Quanto custa Marketing Digital: Principais serviços e dicas para precificar

Tempo de leitura22 minutos
Eduardo S.
Eduardo S.
Redator

Quanto custa Marketing Digital? A maioria dos empreendedores reconhece a importância de investir nessa área, independentemente do ramo de negócio. Mas qual seria o investimento inicial? Qual o custo mensal? E onde encontrar suporte para desenvolver estratégias eficazes?

Entender os custos envolvidos é fundamental tanto para os clientes quanto para as agências, afinal o Marketing Digital tornou-se essencial nas estratégias de negócios atuais. Ter uma ideia dos preços ajuda os clientes a escolherem o fornecedor de serviços adequado e auxilia as agências a atrair mais negócios.

Para novas agências, definir estratégias de preços apropriadas pode ser complicado, assim como, para clientes em busca de serviços de marketing digital, entender os custos médios pode ser desafiador.

Pensando nisso, este artigo apresentará quanto custa contratar uma agência de marketing digital, mostrando as médias de custo em diversos segmentos do marketing digital, os serviços inclusos e os diferentes fatores que influenciam nos custos. Confira!

Por que contratar uma agência de Marketing Digital?

Considerando o cenário atual do mercado, as empresas precisam mais do que nunca de diversas estratégias para impulsionar suas vendas. É aqui que o Marketing Digital desempenha um papel crucial!

No entanto, navegar por esse caminho sem orientação pode ser desafiador. Com tantas opções disponíveis na internet, como saber qual caminho seguir?

Uma agência de Marketing Digital competente não apenas oferece serviços voltados para o ambiente online, mas também analisa o mercado, compreende as suas prioridades e, com isso, indica o caminho certo.

Por esse motivo, antes de começar a procurar por uma agência, é fundamental dar um passo importante que muitas vezes é ignorado: definir os seus objetivos com o Marketing. Definir os seus objetivos é tão crucial quanto decidir se você irá contratar uma agência para auxiliá-lo ou não!

Ter clareza sobre os seus objetivos é como traçar um mapa que orientará as suas estratégias. E aqui está o segredo: diferentes objetivos exigem estratégias diferentes. Vamos ver alguns exemplos para ilustrar melhor:

  • Aumentar o reconhecimento da marca: sua estratégia pode incluir a criação de conteúdo envolvente, presença ativa nas redes sociais e investimento em publicidade paga para aumentar a visibilidade;
  • Gerar leads: neste caso, você precisa criar ofertas de materiais ricos, como e-books ou webinars, criar landing page convincentes, posicionar formulários em locais estratégicos e investir em campanhas de e-mail marketing;
  • Impulsionar as vendas: aqui, você pode focar na aquisição de novos clientes ou explorar ações de sucesso do cliente, como o upsell, para os clientes que já compraram de você.

Percebe como cada objetivo demanda uma abordagem específica?

Mas não se preocupe, se você não estiver seguro sobre como definir seus objetivos, uma ótima agência também pode te ajudar com isso!

Foto de um papel em cima de uma mesa com vários gráficos e escritos e duas pessoas anotando

Quanto custa Marketing Digital?

Existe uma tabela fixa de preços para serviços de marketing digital? Na verdade, não existe apenas uma tabela, mas várias. Os preços podem variar de acordo com a região, o país e a valorização que as agências atribuem aos serviços e profissionais envolvidos.

A precificação para serviços de marketing digital é bastante diversificada atualmente.

Conhecer as taxas médias praticadas no mundo digital pode ajudar a entender quanto custa contratar uma agência e a planejar sua estratégia de marketing online, seja para uma pequena empresa, uma rede de e-commerce ou uma empresa multinacional.

A tabela a seguir oferece uma visão geral em média de quanto custa marketing digital, abrangendo diversas despesas de uma estratégia de publicidade online:

  • Anúncios PPC (Pay-per-click): R$ 2.500 – R$ 30.000/mês
  • SEO: R$ 1.500 – R$ 25.000/mês
  • Marketing nas Redes Sociais: R$ 1.000 – R$ 15.000/mês
  • Marketing de Conteúdo: R$ 3.000 – R$ 50.000/mês
  • Email Marketing: R$ 500 – R$ 40.000/mês
  • Publicidade de Influenciadores: R$ 1.000 – R$ 100.000/mês ou mais
  • Marketing de Afiliados: R$ 1.000 – R$ 75.000/mês

É importante ressaltar que esses valores são estimativas gerais e podem variar dependendo da agência de marketing digital e do plano escolhido.

Marketing nas Redes Sociais

A presença nas redes sociais é crucial para estabelecer uma forte identidade de marca. Com o crescimento do uso da internet, as plataformas de mídia social se tornaram ferramentas valiosas para direcionar tráfego segmentado e interagir com os consumidores.

Empresários de pequenas e grandes empresas podem interagir diretamente com seus clientes, ouvir seus feedbacks e construir lealdade à marca por meio de uma gestão eficaz de mídias sociais.

Diversos fatores podem influenciar em quanto custa marketing nas redes sociais:

  • Escolha da plataforma: diferentes plataformas têm diferentes custos. Por exemplo, a publicidade no LinkedIn geralmente é mais cara do que no Facebook ou Instagram.
  • Criação de conteúdo: conteúdo de alta qualidade, seja em vídeo, texto ou imagens, é crucial para o engajamento, mas também requer recursos, o que afeta o orçamento.
  • Campanhas publicitárias: se você planeja executar campanhas pagas nas redes sociais, os gastos com anúncios podem se acumular rapidamente, dependendo da plataforma e da concorrência pelas palavras-chave e [público-alvo](publico alvo jivo).
  • Agendamento e manutenção: postagens regulares e engajamento são essenciais, e o custo de um gerente de mídia social interno ou de uma agência para lidar com essas tarefas pode variar.
  • Ferramentas de marketing digital: o uso de tecnologias específicas também impacta os preços. As agências estão cada vez mais utilizando ferramentas de IA para mídias sociais, o que pode gerar despesas adicionais, mas aumentar significativamente a eficácia de uma campanha.

Detalhamento dos Custos:

  • Facebook: R$1.000-10.000/mês para gerenciamento, excluindo gastos com anúncios.
  • Instagram: R$1.000-10.000/mês para gerenciamento, excluindo gastos com anúncios.
  • LinkedIn: R$1.500-15.000/mês para gerenciamento, excluindo gastos com anúncios.
  • X (Antigo Twitter): R$750-8.000/mês para gerenciamento, excluindo gastos com anúncios.

Esses custos podem incluir vários serviços, como criação de conteúdo, agendamento de postagens e gerenciamento de comunidade.

Realizar uma análise de custos de marketing nas redes sociais pode ajudar você a alocar seu orçamento de maneira mais eficiente, garantindo um maior retorno sobre o investimento.

Quanto custa Marketing de Conteúdo

Conteúdo de qualidade não apenas atrai seu público, mas também aumenta o valor da sua marca, estabelecendo uma presença online sólida.

Como parte do inbound marketing, o marketing de conteúdo eficaz engloba uma variedade de serviços, incluindo estratégia, desenvolvimento, otimização, promoção e relatórios.

Quando esses elementos são integrados de forma eficiente em uma campanha de marketing de busca, a visibilidade da sua marca nas páginas de resultados dos motores de busca (SERPs) melhora significativamente, direcionando tráfego qualificado para o seu site.

Fatores que influenciam os custos do marketing de conteúdo:

  • Tipo de conteúdo: diferentes formatos, como blogs, vídeos, infográficos e podcasts, têm custos de produção variados. Por exemplo, serviços de marketing em vídeo geralmente são mais caros do que produzir uma postagem de blog.
  • Frequência: publicar com mais frequência acarreta custos mais altos, mas a consistência é fundamental para a retenção de público e otimização de mecanismos de busca.
  • Pesquisa: uma pesquisa detalhada por tópicos e palavras-chave pode aumentar as despesas, mas é essencial para um conteúdo de alta qualidade que ressoa com o seu público-alvo.
  • Canais de distribuição: os custos também podem variar dependendo se você usa mídias sociais, marketing por email ou anúncios PPC para distribuição.

Em média, uma empresa pode gastar entre R$ 3.000 – R$ 50.000/mês em marketing de conteúdo. Aqui está uma análise dos preços do marketing de conteúdo para oferecer mais insights sobre como esses custos são distribuídos entre vários serviços:

  • Postagens de blog: R$200-2500/postagem, dependendo do tamanho, nível de especialização e pesquisa necessária.
  • Conteúdo em vídeo: R$2.000-10.000/vídeo para marketing de vídeo em formatos longo e curto.
  • Infográficos: geralmente variam entre R$200-400/gráfico, mas os preços podem aumentar com base na complexidade do design e nos dados necessários.
  • Postagens em mídias sociais: custam entre R$ 50-500/postagem para design básico e redação.

É importante observar que os custos totais para o marketing de conteúdo podem variar com base nos seus objetivos de marketing exclusivos e na agência escolhida.

arte com 3 pessoas analisando gráficos e segurando uma moeda

Publicidade Pay-Per-Click (PPC)

Pay-per-click (PPC) é um modelo de publicidade digital no qual os anunciantes pagam uma taxa toda vez que alguém clica em seus anúncios.

Ao contrário do tráfego orgânico, o PPC oferece uma maneira de atrair visitantes para o seu site, direcionando usuários com um interesse real em seus produtos ou serviços. Essa abordagem estratégica pode impulsionar o crescimento do seu negócio e ajudá-lo a alcançar novos patamares.

Os anúncios podem ser exibidos em motores de busca, mídias sociais e outros sites, oferecendo uma oportunidade de alcançar seu público-alvo de forma precisa e eficaz. Várias variáveis podem afetar o custo de suas campanhas de PPC:

  • Palavras-chave: palavras-chave competitivas geralmente têm um custo por clique (CPC) mais alto. Por exemplo, palavras relacionadas a setores altamente competitivos, como seguros e jurídico, costumam ser algumas das mais caras no Google Ads.
  • Competição: se vários anunciantes estiverem disputando a mesma palavra-chave, isso pode aumentar o custo. As tendências sazonais também podem afetar a concorrência e os preços nos motores de busca.
  • Nicho: nichos com valores de ciclo de vida do cliente mais altos tendem a ter custos de PPC mais elevados.
  • Plataforma: diferentes plataformas têm custos médios diferentes. O Google Ads geralmente é mais caro do que o Bing ou a publicidade em redes sociais.
  • Qualidade do anúncio: plataformas como o Google Ads utilizam uma Pontuação de Qualidade para avaliar a relevância e qualidade do seu anúncio. Uma pontuação de qualidade mais alta pode reduzir seu CPC.

Mas quanto custa marketing de PPC? Em média, empresas podem esperar pagar cerca de R$2.500 – R$ 30.000/mês em taxas de gerenciamento de agência, ou 10-15% do gasto com anúncios.

Enquanto isso, o gasto com publicidade pode variar de R$20.000 – R$ 100.000/mês para pequenas e médias empresas (PMEs), embora isso possa variar amplamente com base nos fatores mencionados acima.

Cada vez mais, as empresas estão explorando o uso da inteligência artificial (IA) para PPC. A IA pode ajudar a otimizar estratégias de lance, aprimorar a seleção de palavras-chave e aumentar a relevância do anúncio, resultando em campanhas de marketing online mais eficientes em termos de custo.

Otimização para Mecanismos de Busca (SEO)

A otimização para mecanismos de busca, conhecida como SEO, é uma prática que visa melhorar a visibilidade de um site nos resultados de pesquisa. Ao contrário do PPC, onde você paga por cliques, o SEO busca gerar tráfego orgânico otimizando diversos aspectos do site e seu conteúdo.

O objetivo final é alcançar as primeiras posições para palavras-chave relevantes, aumentando o tráfego e as conversões.

Ter uma equipe de marketing orgânico competente é essencial para obter sucesso em SEO. Vários elementos podem influenciar os custos de SEO, contribuindo para o preço total:

  • Concorrência: em setores altamente competitivos, pode ser necessário mais tempo e recursos para alcançar altas posições, o que afeta o preço.
  • Tamanho do site: sites maiores, com mais páginas, geralmente exigem estratégias de SEO mais abrangentes, o que pode aumentar os custos.
  • Complexidade: táticas avançadas de SEO, como marcação de esquema ou SEO internacional, podem aumentar o custo.
  • Metas: objetivos específicos de negócios, como aumentar o tráfego orgânico em uma determinada porcentagem ou focar em várias regiões, também podem afetar o preço.
  • Habilidades: a experiência dos profissionais de marketing envolvidos em seu SEO afeta os custos. Profissionais experientes podem oferecer serviços adicionais, como otimização da taxa de conversão (CRO), para melhorar o desempenho do seu site.

Equilibrar a competitividade do SEO com o preço é essencial para maximizar o retorno do investimento em marketing digital.

Os preços dos serviços profissionais de SEO podem variar dependendo dos fatores mencionados acima. Em média, as empresas podem esperar pagar entre R$ 1.500 – R$ 25.000/mês por serviços de uma agência de marketing digital.

Taxas adicionais de consultoria, que variam de R$ 200 a R$ 1000 por hora, podem ser aplicadas para consultoria especializada, dependendo da estratégia de SEO desejada.

Quanto custa marketing de Email Marketing

O email marketing continua sendo uma das formas mais eficazes de se comunicar diretamente com seu público-alvo, permitindo nutrir leads, converter clientes em potencial e manter os clientes existentes, fornecendo valor por meio de conteúdo personalizado.

Vários fatores podem influenciar o quanto custa marketing por email, como:

  • Tamanho da lista: o número de assinantes em sua lista de email impacta diretamente o custo, sendo que mais assinantes geralmente significam custos mais altos para as plataformas de email.
  • Automação: sequências de emails automatizadas, como emails de boas-vindas ou lembretes de carrinho abandonado, requerem configuração inicial, mas podem reduzir os custos a longo prazo, melhorando a eficiência.
  • Design: emails personalizados com elementos gráficos e interativos são mais caros do que emails simples baseados em texto.
  • Frequência: o número de emails enviados por mês pode influenciar os custos totais, seja você enviando boletins informativos regulares ou promoções sazonais.
  • Hospedagem de email: uma hospedagem de qualidade é fundamental para o sucesso do marketing por email.

Os preços dos serviços de marketing por email variam de acordo com suas necessidades específicas, mas o planejamento antecipado pode ajudar a alocar recursos de maneira eficiente para esse aspecto crucial do marketing online.

Campanhas básicas – iniciando em R$ 500-2.500/mês para listas pequenas com designs simples. Campanhas de nível médio – entre R$ 1.500-7.500/mês, incluindo automação e design moderadamente complexo. Campanhas avançadas – R$ 4.000-40.000/mês, apresentando designs personalizados, múltiplas sequências de automação e extenso gerenciamento de lista de emails.

Atualmente, há várias ferramentas de email marketing disponíveis, A Brevo é um exemplo de ferramenta que combinam marketing e emails transacionais em uma única plataforma. Emails transacionais são aqueles enviados para confirmar um pagamento, um pedido, entre outros.

Essas ferramentas oferecem diversos planos, incluindo opções gratuitas com limites, como 300 emails por dia. É interessante explorar essas opções e descobrir como é simples fazer email marketing com elas.

Se você procura por ferramentas de email marketing, confira nossa lista completa com 15 ferramentas de email marketing.

Marketing de Influenciadores

A publicidade com influenciadores envolve colaborações com pessoas populares na internet para promover produtos ou serviços. Essa estratégia pode ajudar as empresas a construir uma imagem de marca autêntica e identificável, que ressoa com o público-alvo, aumentando assim a conscientização da marca e impulsionando as conversões.

Os custos da publicidade com influenciadores podem variar dependendo de vários fatores, incluindo o nível do influenciador, o alcance de sua audiência e a complexidade do conteúdo necessário. Por exemplo, micro-influenciadores, com um público mais limitado, geralmente cobram menos do que celebridades ou influenciadores de alto nível.

Os custos típicos para campanhas de publicidade com influenciadores variam consideravelmente:

  • Micro-influenciadores: entre R$ 500-2500 por post patrocinado.
  • Influenciadores de nível intermediário: de R$ 2.000 a R$10.000.
  • Influenciadores de grande alcance: de R$ 5.000 a 50.000.
  • Mega-influenciadores: celebridades mundialmente famosas podem cobrar dezenas de milhares até mais de R$5 milhões por post.

Estes são intervalos de preços gerais e os custos reais podem variar com base em negociação, exclusividade de contrato e outros termos específicos.

Marketing de Afiliados

Outro serviço de marketing oferecido é o marketing de afiliados. Essa é uma estratégia na qual as empresas recompensam parceiros externos, conhecidos como afiliados, por direcionar tráfego ou vendas para seus sites por meio dos esforços de marketing dos afiliados. Essa abordagem ganhou destaque por sua capacidade de expandir o alcance de uma marca enquanto recompensa diretamente os resultados.

Mas quanto custa marketing de afiliados? Existem diversos custos associados a essa estratégia:

  • Taxas da plataforma: muitos negócios usam plataformas de marketing de afiliados que podem ter uma taxa de configuração e custos de assinatura mensais ou anuais.
  • Comissões de afiliados: os principais custos contínuos são os pagamentos feitos aos afiliados por cada venda, clique ou lead que eles geram. As taxas podem variar por indústria, produto e expertise do afiliado.
  • Criação de conteúdo: embora a maioria dos afiliados crie seu próprio conteúdo para promover produtos ou serviços, alguns podem exigir pagamento pela criação de conteúdo.
  • Ferramentas de rastreamento e análise: monitorar com precisão a eficácia das campanhas de afiliados é crucial, mas tem um custo associado dependendo da ferramenta.
  • Custos de gestão: taxas adicionais serão aplicadas se você terceirizar para um serviço de gestão de programa de afiliados.

O marketing de afiliados oferece uma excelente maneira de alcançar novos públicos e impulsionar vendas, mas é essencial entender os diferentes componentes de custo para gerenciar seu orçamento de forma eficaz. Os custos médios do marketing de afiliados podem variar:

  • Taxas da plataforma: com a disponibilidade de plataformas pagas e gratuitas, esse custo pode variar entre R$0-2.500+/mês.
  • Comissões de afiliados: uma taxa de 5-30% de cada venda é comum, mas pode variar com base nos termos do contrato.
  • Criação de conteúdo: pode ser categorizada como serviços inclusos se os afiliados criarem seu próprio conteúdo ou custará R$ 75-200/hora se eles terceirizarem.
  • Ferramentas de rastreamento e análise: cerca de R$ 300/mês para ferramentas de software premium.
  • Custos de gestão: variam de R$ 2.000-75.000/mês, dependendo da escala da operação.

O JivoChat oferece um programa de afiliados no qual, ao se inscrever, você recebe um link personalizado para divulgar os produtos e começar a ganhar comissões. Uma das vantagens do programa de afiliados do JivoChat é que você ganha 30% de comissão recorrente para cada pagamento feito pelos clientes que você indicar!

Além disso, você terá acesso a diversos recursos em seu painel de afiliados, incluindo capturas de tela do produto, apresentação de vendas, banners e muito mais.

Como definir a sua tabela de preços para marketing digital

A falta de uma tabela única para os preços no marketing digital se deve à diversidade operacional das agências. Algumas podem levar mais tempo para realizar um serviço, enquanto outras menos. Outros fatores incluem a experiência e remuneração dos profissionais contratados, além dos custos fixos da empresa, como a localização física ou se aderiram ao home office.

Esses aspectos podem se tornar um diferencial competitivo ao estabelecer os preços, considerando que existem muitas agências oferecendo serviços semelhantes. A igualdade de preços entre agências com diferentes níveis de expertise pode nivelar o mercado e prejudicar a concorrência saudável.

Precificação por hora

Para definir o preço que faz sentido para sua agência, é essencial entender sua estrutura de custos e montar uma tabela de preços que seja justa para ambas as partes. Uma abordagem comum é a precificação por hora, especialmente para agências iniciantes e profissionais autônomos.

Nesse modelo, a cobrança é feita com base nas horas trabalhadas em cada projeto. Por exemplo, se sua agência fechou um contrato com a Coca-Cola e seis profissionais estão envolvidos, como 2 Redatores, 2 Diretores de Arte, 1 Atendimento Publicitário e 1 Analista de Marketing, é preciso calcular o custo por hora de cada um.

Para determinar o preço por hora, você pode usar a seguinte fórmula:

  • Horas no mês = 21 dias x 8 horas = 168 horas/mês
  • Valor/hora = Salário mensal do profissional / Horas trabalhadas no mês
  • Por exemplo, se o Redator recebe R$3.000 por mês, seu valor por hora seria R$3.000 / 168 = R$17,85 por hora.

Repita esse cálculo para cada profissional envolvido, depois calcule quantas horas eles vão gastar no projeto ao longo do mês para determinar o preço final.

Precificação por mês

Trabalhar com um preço fixo por mês também é uma opção viável, pois simplifica os cálculos. Nesse modelo, você pode oferecer pacotes fechados com uma margem de lucro adequada. Em vez de calcular as horas individualmente para cada cliente, você determina as horas necessárias para cada pacote e adiciona a margem de lucro.

Ao formalizar a margem de lucro no plano de negócios, evite estabelecer margens diferentes para cada cliente. Analise a concorrência para definir uma margem que seja competitiva e lucrativa. Por exemplo, se sua margem de lucro é de 40% e o preço das horas é de R$ 5.000, o cálculo seria:

Margem de Lucro = Preço das horas X 0.4 Margem de Lucro = R$ 5.000 X 0.4 Margem de Lucro = R$ 2.000

Além da margem de lucro, é essencial considerar os custos fixos adicionais para determinar o valor final para o cliente. Por exemplo, se seus custos fixos mensais são de R$ 4.000 e sua receita bruta média é de R$ 50.000, o cálculo seria:

Percentual de custo fixo = (Custo Fixo Mensal / Receita Bruta) x 100 Percentual de custo fixo = (R$ 4.000 / R$ 50.000) x 100 Percentual de custo fixo = 8%

Assim, o preço final para o cliente seria:

Preço final = ( Preço das horas + Percentual de Custo Fixo ) + Margem de Lucro Preço final = (R$ 5.000 + 8%) + R$ 2.000 Preço final = R$ 7.400

Apresente ao cliente os planos mensais disponíveis, garantindo que cada plano ofereça o que foi contratado, evitando trabalhar além do acordado. Ofereça descontos ajustando a margem de lucro, se necessário. Ofereça três tipos de contrato mensal:

  • Plano Básico: O mais simples que sua agência pode oferecer sem comprometer muito. Mantenha a margem de lucro consistente, mas ajuste as horas dedicadas conforme necessário.
  • Plano Padrão: Intermediário, com mais recursos e envolvimento da equipe. Não reduza o preço base, mas ajuste a margem de lucro ou o escopo se necessário.
  • Plano Premium: O mais completo, com foco em resultados rápidos. Apresenta como uma situação ganha-ganha, onde o cliente obtém resultados e a agência tem a chance de criar um caso de sucesso. O preço é secundário, o importante é o cliente entender o valor agregado.

Precificação por demanda

Essa é outra abordagem para criar sua tabela de preços para marketing digital: precificar serviços individualmente.

É um método clássico de precificação, frequentemente utilizado por sindicatos em suas recomendações. Aqui, você atribui um valor a cada serviço: um post em mídia social vale X, um artigo de blog vale Y, um site vale Z. Depois, ao formalizar a proposta, você soma esses valores e envia para o cliente.

É essencial que esses preços sejam calculados da mesma maneira que explicamos nos tópicos anteriores: levando em conta as horas necessárias, somando os custos fixos e adicionando sua margem de lucro.

Fatores que influenciam o preço do Marketing Digital

Depois de analisar os diversos serviços de marketing digital e quanto custa marketing digital, é importante entender os elementos que podem impactar esses preços.

Aqui estão alguns dos principais fatores que podem afetar o custo total do marketing digital:

  • Indústria e Competitividade: A competição na sua indústria pode influenciar significativamente os preços do marketing digital. Setores altamente competitivos geralmente demandam estratégias mais elaboradas, resultando em custos mais altos.
  • Localização Geográfica: O local do seu negócio e do seu público-alvo pode determinar os custos do marketing digital. Serviços em grandes áreas metropolitanas tendem a ser mais caros devido aos custos operacionais elevados e à concorrência local.
  • Escopo e Metas: A complexidade do seu projeto e os objetivos estabelecidos desempenham um papel importante na definição dos custos. Objetivos mais desafiadores geralmente exigem um orçamento maior para o planejamento, execução e acompanhamento.
  • Reputação e Especialização da Agência: Agências de marketing digital bem estabelecidas, com reputação sólida e expertise no campo, geralmente cobram mais pelos seus serviços. Sua reputação pode garantir um certo nível de qualidade e eficácia.
  • Personalização e Serviços: Quanto mais personalizados e adaptados forem os serviços, é provável que mais altos sejam os custos. Soluções prontas podem ser mais econômicas, mas soluções personalizadas tendem a ser mais eficazes para alcançar objetivos específicos.

O que considerar na hora de procurar quanto custa marketing digital

Vamos analisar alguns dos principais fatores a considerar ao pesquisar preços de marketing digital. Isso ajudará você a escolher uma agência que atenda aos seus objetivos e ao seu orçamento.

Revisar a Estratégia de Preços das Agências

Antes de se comprometer com uma agência específica, certifique-se de entender o modelo de preços delas.

Diferentes empresas de marketing digital operam com várias estruturas de preços, como tarifas por hora, mensalidades, níveis de serviço, preços baseados em desempenho ou modelos de precificação baseados em projeto.

Algumas oferecem preços personalizados para atender às necessidades únicas de cada cliente. Comparar as tarifas ajudará você a entender o que esperar em termos de entregáveis e como os modelos afetam seus custos totais.

Comparar Serviços

Ao comparar preços, é recomendável obter orçamentos de várias agências para uma comparação precisa dos serviços e preços oferecidos. Certifique-se de entender o que está incluído em cada pacote para comparar ofertas semelhantes e obter o melhor valor.

Buscar Transparência

A reputação é fundamental ao avaliar uma agência de marketing digital. Procure empresas que ofereçam preços transparentes, pois isso estabelece uma base sólida para um relacionamento de trabalho confiável. Taxas ocultas podem aumentar seus custos e comprometer sua confiança na agência, então ter uma comunicação clara sobre os preços é crucial.

Examinar Avaliações de Clientes e Estudos de Caso

Avaliações de clientes e estudos de caso são recursos valiosos para avaliar a eficácia das estratégias de uma agência. Explore depoimentos e estudos de caso para entender melhor as capacidades e resultados da agência.

O feedback positivo indica confiabilidade, enquanto os estudos de caso demonstram resultados reais entregues aos clientes.

Entender o ROI

Avaliar o retorno sobre o investimento (ROI) é essencial ao considerar os custos do marketing digital. Calcule o ROI para diferentes tipos de serviços que lhe interessam, como SEO, PPC ou mídias sociais. Um ROI mais alto significa que o serviço pode gerar mais receita do que o gasto, tornando-o um investimento valioso.

Verificar as Tecnologias Utilizadas

Não ignore a tecnologia por trás das estratégias de marketing. Soluções avançadas, como ferramentas de marketing de IA, podem oferecer análise de dados aprimorada e otimização de campanhas. Avalie se os benefícios potenciais justificam o investimento adicional.

Esses pontos são fundamentais ao escolher uma agência de marketing digital, garantindo que você obtenha o melhor valor e resultados para o seu investimento.

Aprendeu quanto custa marketing digital?

Esperamos que este artigo tenha te ajudado a entender quanto custa marketing digital para as diferentes estratégias e os muitos fatores que determinam os gastos com esta área, desde os canais de marketing até a reputação da agência. Ter esse entendimento é crucial para estabelecer orçamentos realistas e construir relacionamentos de sucesso com as agências a longo prazo.

O JivoChat oferece uma solução para gerar leads qualificados e aumentar as vendas. O Jivo Marketing possui diversas funcionalidades para otimizar o tráfego do seu site.

Destaque-se com campanhas no chat ou utilizando janelas pop-up. Promova suas promoções, expanda sua lista de e-mails, impulsione suas conversões, crie anúncios e melhore seus produtos com o feedback dos clientes. Experimente gratuitamente por 14 dias.

Compartilhe com seus amigos!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download