Google Ads: o que é e como funciona?

Índice

O Google Ads é uma plataforma que vai te ajudar a melhorar suas vendas e gerar tráfego para o seu site.

Se você tem uma loja virtual, ou precisa melhorar a divulgação dos seus produtos, o Google Ads é a ferramenta certa para isso.

Através dos anúncios nessa plataforma você pode fazer com que os seus serviços cheguem até o seu público-alvo no momento mais oportunos.

Com essa plataforma você pode anunciar dentro da rede de pesquisa, rede de display, Youtube e em aplicativos da Google Play.

Se você quer saber mais sobre o que é o Google Ads, como ele funciona, e como fazer para anunciar dentro da plataforma, esse artigo é para você!

O que é o Google Ads?

O Google Ads, como já comentamos, é uma plataforma de anúncios criada pelo próprio Google.

Essa plataforma permite que você consiga divulgar os seus serviços dentro do buscador do Google, sites parceiros e muito mais.

A grande vantagem em utilizar essa plataforma é que o Google tem um alcance muito bom pelo número de usuários, pois ele é a maior plataforma de buscas na internet.

E só em 2020, as plataformas do Google movimentaram cerca de R$ 67 bilhões de reais no Brasil.

O Google é um gigante, e isso faz com que as pessoas queiram que seus negócios apareçam nele.

É por isso que elas contratam o Google Ads,  para criar anúncios atrativos e que conduzam o seu público-alvo até a página do seu site e outras possibilidades.

E melhor ainda, é que contato com o público-alvo ocorre quando ele já tem a intenção de realizar uma compra ou  contratar um serviço.

Pois das diversas opções de anúncios dentro da plataforma,  ele encontrou o seu anúncio na rede de pesquisa do Google ou na rede de Display visitando algum site parceiro relacionado.

Dessa forma você está investindo dinheiro para alcançar uma audiência qualificada e não a massa como é feito na publicidade tradicional.

E além de gerar uma economia no bolso, obviamente aumenta a suas chances de melhorar suas vendas, permitindo que o seu negócio seja mais lucrativo.

Com uma grande possibilidade de segmentação do seu público com base em diferentes categorias, o Google Ads permite que você otimize suas campanhas cada vez mais.

Possibilidades de anúncios no Google Ads

Existem diferentes maneiras de exibir um anúncio através do Google Ads, como já foi comentado.  

Portanto, para que você conheça as possibilidades de anúncios dentro do Google Ads e consiga definir a melhor  para o seu negócio, nós iremos exemplificar cada uma delas:

Rede de pesquisa

A rede de pesquisa do Google são os resultados exibidos quando se pesquisa alguma palavra-chave. 

Os anúncios realizados na rede de pesquisa ganham destaque, ocupando as quatro primeiras opções da página ou as três últimas, quando a concorrência pela palavra-chave é muito grande.

Uma das vantagens de utilizar a rede de pesquisa é alcançar as pessoas que já possuem a intenção de realizar uma compra ou contratar um serviço.

Os anúncios da rede de pesquisa funcionam da seguinte maneira: o anunciante só paga quando alguém clica nesse anúncio.

O que é vantajoso, pois ao invés da impressão, que é quantas vezes esse anúncio foi exibido, você só paga quando alguém clicar nele, tendo grandes chances de que essa pessoa esteja interessada no produto ou serviço que você está oferecendo.

Rede de Display

A Rede de Display do Google são anúncios de mídia que são exibidos nos sites parceiros do Google.

Portanto, os anúncios veiculados através da rede de display possuem um alcance muito alto e podem ser exibidos em websites, blogs e páginas de notícias.

Outra diferença entre a rede de pesquisa e a rede de display é que na rede de display os anúncios possuem elementos gráficos.

Eles são feitos no formato de banners e muitas vezes utilizam Rich Media, servem para chamar a atenção do público quando esse público acessa uma página de um site.

Eles também permitem a segmentação por palavras-chave, informações demográficas e remarketing.

Ao optar por esse modelo de anúncios, você pode escolher quais são tipo de sites e conteúdos que ele será exibido, otimizando assim as etapas do funil de vendas.

Na rede de display você pode utilizar anúncios como:

  • Banner: são anúncios gráficos e que podem ser de Rich Media, fazendo com que o cliente interaja com eles. Eles possuem alguns formatos específicos e padrões do Google.
  • Texto: são semelhantes ao banner, mas não seguem possuem uma mídia associada. São anúncios no formato caixa de texto com título, descrição, nome da empresa e URL.
  • Gmail: são anúncios personalizados e visualizados na caixa de entrada daquelas pessoas que possuem Gmail.
  • Aplicativos: anúncios em dispositivos móveis.

Anúncios no Youtube

A plataforma de stream de vídeos mais utilizada mundialmente também veicula anúncios através do Google Ads. 

Milhões de pessoas assistem vídeos diariamente em diversas categorias no Youtube, então você pode ter um alcance muito alto na exibição dos seus anúncios. 

Nos anúncios para o Youtube você pode segmentar o seu público com base na idade, gênero,  local, interesses e muitas outras opções.

Além disso, você pode definir quais os horários e em qual tipo de vídeo você deseja que o seu anúncio seja veiculado.

E segundo o Youtube você só paga quando as pessoas interagem com a sua campanha, se elas não assistirem o seu anúncio até o fim não há cobrança.

Aplicativos para dispositivos móveis

Se você desenvolveu um site ou um aplicativo para sua empresa e quer divulgá-lo através do Google, você pode fazer isso com campanhas de aplicativos no Google Ads.

Optando por campanhas com o objetivo:

  • Fazer com que seu público baixe o seu aplicativo.
  • Pessoas conheçam o seu aplicativo.
  • O fazer com quem já possui o seu aplicativo instalado realize uma ação.

Google Shopping

Para quem já possui um ecommerce ou uma loja virtual, anunciar no Google Shopping é bastante vantajoso. 

No Google Shopping você pode promover todos os seus produtos, aumentar as visitas na sua loja e segmentar os público aumentando as chances de conversões.

Os anúncios de Google Shopping contém imagens e preços permitindo a visualização do produto fazendo com que esses anúncios sejam mais atrativos em comparação com os anúncios de preço.

Permitindo que o usuário veja preço, produto e o nome da loja. 

Outros recursos disponíveis

Ainda é possível dentro do Google Ads você trabalhar com campanhas de remarketing.

O remarketing funciona da seguinte maneira:

  • Uma pessoa acessou o seu site, então através dos cookies isso fica registrado
  • Se você está rodando uma campanha de remarketing, toda vez que essa pessoa acessar um site que seja parceiro do Google ela será bombardeada com seus anúncios da rede de display
  • Você define o público que deseja atingir como aparecer para aquelas pessoas que visitaram o seu site e continuam pesquisando no Google sobre o assunto, ou então apenas para aquelas pessoas que utilizam dispositivos móveis e outros

Além do remarketing também é possível fazer anúncios para listas de emails, para aquele grupo de pessoas que já são seus clientes.

Permitindo que esses clientes visualizem seus anúncios nas suas pesquisas, é uma ótima oportunidade de manter seus clientes na carteira de clientes ativa. 

Como começar a anunciar no Google Ads?

Para você iniciar as suas campanhas no Google Ads é muito fácil, pois a ferramenta é bastante intuitiva. 

Por isso, siga o passo a passo de como começar a anunciar no Google Ads.

Faça login ou crie sua conta

O primeiro passo é entrar no site do Google Ads

Depois, basta clicar em “começar agora”, para fazer login com a sua conta no Google.

Para utilizar essa ferramenta é necessário que você tenha uma conta no Google, se não tiver você pode criar uma.

Em seguida, você verá uma janela onde será necessário o preenchimento de alguns dados referentes à sua conta de anúncios.

Esses dados vão incluir: 

  •  Tipo de conta (Pessoa física ou jurídica)
  • Número de sua identidade
  • Data de nascimento
  • Nome do seu negócio, endereço comercial
  • Número para contato (opcional)
  • Formas de pagamentos pelos anúncios.

Leia os termos de uso, se concordar aceite e clique em Registrar.

Depois de se registrar você vai ver que sua conta foi criada com sucesso. 

Crie uma campanha no Google Ads

Para cada um dos modelos que apresentamos existe um passo a passo e ele vai depender do seu briefing para a sua campanha de Google Ads.

Nosso foco será a rede de pesquisa, mas você deve fazer a seguinte observação:

  • Rede de pesquisa e Google shopping: maior objetivo vendas, leads e tráfego
  • Rede de Display e Youtube: maior objetivo alcance, reconhecimento, consideração, vendas, leads e tráfego.

Na tela, após o login, clique no botão azul (+) para criar uma nova campanha.

Então você deve ter definido qual é o seu objetivo com essa campanha. 

Por exemplo: 

  • Desejo conseguir mais vendas para o meu site.  Nesse caso o objetivo é “vendas”
  • Ou quero que as pessoas se cadastrem na minha landing page, para esse caso o objetivo é “leads”
  • Para ganhar mas tráfego no seu site o objetivo deve ser “tráfego na web”

O próximo passo é definir qual vai ser o seu tipo de campanha dentre aquelas que já foram mencionadas no artigo, como já mencionamos vamos focar na rede de pesquisa.

Print screen Google Ads escolha de campanha

É importante que o seu objetivo esteja alinhado com a sua estratégia de marketing.

Depois de selecionar a rede de pesquisa, basta clicar em continuar. 

Defina como irá atingir seu objetivo.

Insira a URL do seu site e defina a conversão que quer obter e rastrear.

Para que você consiga acompanhar as métricas, instale o código de conversão dentro do seu site. 

O Google pode lhe enviar as instruções de instalação, ou executá-la automaticamente.

Na página seguinte você deve escolher um nome para sua campanha e definir em quais redes ela irá aparecer: Pesquisas de rede Network ou outros sites on-line Display Network ou ambas opções.

Agora você irá trabalhar para definir o seu público-alvo.  

Escolha qual país ele se encontra, determine agora as características de público que se interesse pelo seu negócio.

Escolha a língua do navegador nos dispositivos do público, você pode escolher os idiomas que quiser.

Print screen Google Ads segmentação de público-alvo

Agora, é hora de configurar o orçamento da campanha.

Decida o orçamento diário para a campanha e como irá gastá-lo.

Para adicionar informações extras relacionadas a sua campanha clique em “extensões de anúncios”.

Print screen Google Ads extensões de anúncios

Para finalizar, clique em salvar e prosseguir.

Configurar um grupo ou grupos Ads

Depois de configurar a campanha é hora de criar os seus anúncios.

Essa é uma etapa muito importante, pois você deve pensar no objetivo dos anúncios e também nas palavras-chave que os seus prospects utilizam na hora de realizar uma pesquisa,

Defina um grupo de palavras-chave para cada anúncio. 

Conforme mostra a imagem anterior, supondo que queiramos criar um grupo Ad que tem como público-alvo quem deseja comprar almofadas na sua loja de produtos personalizados.

Dessa maneira escolhemos as palavras: almofadas decorativas, almofadas personalizadas, almofadas personalizadas. 

Depois de configurar o seu grupo de anúncios clique em salvar e continue para prosseguir.

Print screen Google Ads grupo de anúncios

Crie seu anúncio e finalize a campanha

Crie os demais anúncios e não esqueça de colocar a URL exata para a página de divulgação dentro do seu site. 

Preencha os campos de título, as headline, lembrando que para anúncios da rede de pesquisa você pode incluir até 3 campos de títulos diferentes e 2 descrições.

Enquanto você configura os seus anúncios o Google Ads permite que você visualize uma prévia antes de finalizá-lo. 

Clique em Continuar na Campanha para ser direcionado à página principal da campanha, através dessa página você terá controle de todas as configurações da campanha.

5 ferramentas para criar Landing Pages para promover seus produtos

Para que você possa anunciar com o Google Ads, é necessário ter um site, blog, ecommerce ou uma landing page.

Por isso, separamos algumas das principais ferramentas para que você consiga 

1. Wix

A Wix é um dos melhores construtores de sites disponíveis no mercado, e através dela você pode criar páginas de captura..

O Wix oferece um editor de layouts simples e se destaca entre as demais opções por oferecer modelos prontos, responsivos (otimizados para dispositivos móveis) que possuem design moderno para quem busca criar uma Landing Page profissional.

2. SendinBlue

A Sendinblue é uma ferramenta completa  e conta com recursos de automação de marketing, CRM, e-mail marketing e também oferece um construtor e editor de Landing Pages.

Mesmo sem ter conhecimento em  programação, você pode criar do zero ou a partir de modelos personalizáveis Landing Pages modernas. 

3. E-goi

Já a E-goi é uma plataforma multi-tarefa que oferece soluções digitais para empreendimentos em todos os nichos.

Com ela você pode criar e-mail marketing, Landing Pages ou formulários de pop-up.

4. RD Station

O RD Station também é uma plataforma de automação de marketing digital, e oferece uma ferramenta de criação de Landing Pages.

Bastante intuitiva, permite que você crie páginas de capturas dentro de apenas alguns minutos, selecionando a partir de modelos pré-definidos e personalizando-os de acordo com as necessidades de seu negócio.

5. Instapage

A Instapage oferece uma ferramenta com mais de 90 modelos de Landing Pages customizáveis para que você possa criar páginas de captura rapidamente.

Na plataforma, é possível criar formulários personalizados e integrar a página com suas ferramentas de marketing digital. 

Como funciona o leilão de palavras-chave Google Ads

Embora não tenhamos abordados aspectos mais técnicos referentes ao Google Ads é fundamental que você saiba de algumas informações.

Para que você saiba quanto irá investir no Google Ads e quanto irá obter de retorno é necessário saber como é o funcionamento do leilão de palavras-chave do Google.

A cada pesquisa realizada no Google, é realizada uma espécie de leilão dentro do Google.

E é esse processo que determina quais são os anúncios exibidos e qual a ordem desses anúncios. 

Os anúncios são classificados com base no seu custo por clique (CPC) e também no seu índice de qualidade. 

Lembra que no início desse artigo mencionamos que você só paga se alguém clicar no seu anúncio?

O custo por clique é o valor que você tem que pagar cada vez que alguém clicar no seu anúncio, e ele é determinado pela palavra-chave levando em conta aspectos como o volume de busca, concorrência e outros.  

Já o índice de qualidade se refere a qualidade do seu anúncio, e ele é calculado com base no desempenho combinado de três componentes:

  • Taxa de cliques (CTR) esperada: a probabilidade de seu anúncio receber um clique quando é exibido.
  • Relevância do anúncio: o nível de correspondência entre seu anúncio e a intenção que motiva a pesquisa do usuário.
  • Experiência na página de destino: qual é a relevância e utilidade da página de destino para as pessoas que clicam no anúncio.

Em resumo, ao realizar uma pesquisa o Google Ads faz uma  busca dos anúncios que tenham palavras-chave correspondentes à pesquisa.

POSIÇÃO DO ANÚNCIO = (Lance máximo de CPC) x (Índice de Qualidade da palavra-chave)

E toda vez que uma pesquisa ocorre o leilão acontece, por tanto os resultados são potencialmente diferentes e dependem da concorrência.

Quanto maior for o seu índice de qualidade da palavra-chave menor vai ser o seu custo por clique.

O Google permite que você defina um CPC Manual para que você consiga monitorar as duas campanhas, e não sofrer sustos com aumentos não previstos.   

Ou você pode utilizar o CPC automático, permitindo que o próprio Google Ads suba o valor dos lances para otimizar a sua campanha e oferta, dessa forma você não precisa ficar ajustando os lances e monitorando a campanha.

No entanto, você não  vai poder determinar um valor máximo para as diferentes palavras-chave utilizadas, diferentemente dos lances Manual CPC.

E isso faz com que você não tenha um controle preciso sobre o seu orçamento.

Como dissemos, o Google estabelece um leilão para cada palavra-chave, por isso você precisa encontrar  as palavras chaves que se encaixem mais precisamente no seu orçamento. 

Digamos que você possa gastar com R$ 0,70 por palavra-chave para ainda obter um lucro.

Então você pode utilizar o Google Keyword Planner para começar as suas palavras-chave.

Nesse momento você deve se colocar no lugar do seu público-alvo, e pesquisar da mesma forma que ele faria para encontrar o seu produto.

Você não precisa encontrar apenas uma palavra-chave. 

No Keyword explorer na aba “get ideas”  você terá acesso  ao número de buscas para as palavras-chave na região e a média de CPC para cada uma delas.

Lembre-se de escolher palavras-chave que tenham um bom volume de pesquisa para maximizar o seu alcance, mas esteja de olho no custo por clique dessas palavras chaves. 

Vantagens em utilizar o Google Ads

Agora que você já conhece como o Google Ads funciona, vamos mencionar algumas vantagens em utilizar a plataforma para divulgar o seu site.

Se você ainda não compreendeu a importância de utilizar o Google Ads, conheça agora como ele pode fazer você ganhar destaque para o seu público-alvo. 

Resultados rápidos

Em comparação com SEO, que leva algum tempo até que você consiga um bom ranqueamento para as suas páginas, com o Google Ads, esse resultado é quase que imediato, desde que você trabalhe para otimizar a suas campanhas.

Você ainda pode focar em várias palavras-chave ao mesmo tempo, e desativar as suas campanhas de Google Ads quando quiser.  

Ou seja, ele é uma ótima opção para quando você quiser que o seu público conheça um produto novo ou então venham a conhecer a sua marca mais rapidamente. 

Possibilidade de realizar remarketing

Já mencionamos como  remarketing funciona no Google Ads, então vamos imaginar o seguinte cenário:

Existe uma pessoa que visitou todas as páginas do seu site, passando por todas as etapas do funil de vendas, mas ela não realizou nenhuma ação.

Não seria interessante exibir o seu produto para que ela lembre dele?

Com remarketing no Google Ads, você pode ter como objetivo aparecer para as pessoas que visitaram todas as páginas dentro do seu site. 

Avaliar o seu desempenho

Através das métricas é possível avaliar o desempenho das suas campanhas, que é uma vantagem se pensarmos em publicidade tradicional como rádio, outdoor, jornais e etc…\ \ Dessa forma você consegue definir o seu orçamento a cada campanha e ainda calcular o retorno sobre o investimento (ROI). 

E você ainda tem acesso a informações como:

  • Quem clicou no seu anúncio
  • Quantos leads foram gerados
  • Quanto de tráfego você obteve através do Google Ads para seu website
  • Qual palavra-chave gerou mais tráfego e leads

Se manter no mercado competitivo

Muitas empresas já utilizam o Google Ads para dar visibilidade aos seus negócios.

E ao utilizar o Google Ads você ganha a chance de aparecer para o seu público-alvo no momento em que eles possuem intenção de compra.

Além de permitir que você  monitore as estratégias que estão sendo utilizadas pelos seus concorrentes. 

Pronto para começar a sua campanha de Google Ads?

Nesse artigo nós mostramos quais são as possibilidades de utilizá-la para promover anúncios na internet e como você pode começar a utilizá-la.

Não esqueça de ficar atento às métricas de conversão, definir os KPI e também o ROI das suas campanhas.

Embora pareça complicado, a ferramenta é bastante intuitiva, e não deixe de descobrir qual tamanho de banner usar nas suas campanhas.

Boas vendas!

Início Blog Marketing Google Ads: o que é e como funciona?
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download