O Que É Dropshipping e Como Começar

Descubra do que se trata esse novo termo no comércio eletrônico e como fazer

Se você está procurando por formas de começar a vender online e quer conhecer mais sobre o que é comércio eletrônico e como funciona, certamente já deve ter ouvido falar a respeito da modalidade de venda utilizando uma técnica de cadeia logística diferente: o dropshipping. Mas afinal, exatamente o que é dropshipping e como funciona? Quais são as melhores plataformas de dropshipping e fornecedores?

Para ajudá-lo a entender tudo sobre como trabalhar desta forma em seu Ecommerce, decidimos criar um guia completo sobre o que é dropshipping e como começar. Confira as diferenças entre ele a venda por uma loja virtual ou mesmo através de marketplaces.

O que é Dropshipping?

Dropshipping é uma técnica de cadeia logística onde você comercializa e vende produtos que não são produzidos ou estão armazenados em sua própria empresa, mas sim no estoque do fornecedor. Dessa forma, quando uma venda é concretizada, deve-se enviar o pedido ao fornecedor para que o mesmo realize todo o trabalho de embalar e enviar o produto ao consumidor final.

Diferente de criar sua própria loja virtual, aqui você trabalha essencialmente como um intermediador de negócios entre o fornecedor e o cliente, quase como se você fosse um representante da empresa, quando na verdade você é um lojista dono de seu próprio negócio. A imagem abaixo representa bem o funcionamento do dropshipping.

  1. O cliente faz o pedido à sua loja;

  2. Você tira sua parcela da venda e envia o pedido ao fornecedor;

  3. O fornecedor faz o envio do produto ao cliente.

O que é dropshipping e como funciona

Agora, para saber se isso realmente funciona, nada melhor que números concretos sobre o desempenho e crescimento desta metodologia de vendas e logística nos últimos anos. Confira as estatísticas abaixo:

Levando estes números em consideração, podemos afirmar que é um modelo de negócio que realmente já funciona. Mesmo assim, no mercado nacional, ainda são poucos os fornecedores que reconheceram o que é dropshipping e atuam neste cenário. Iremos apresentá-los logo mais neste conteúdo.

Benefícios do dropshipping

Agora que sabe exatamente o que é dropshipping e seu funcionamento e quais plataformas pode usar para lançar seu negócio de dropshipping e começar a vender online, podemos identificar alguns dos principais benefícios de trabalhar através desta modalidade em comparação à controlar seu próprio estoque.

Menor custo

De longe, um de seus maiores benefícios é exatamente o menor custo para que você possa lançar seu negócio. Como o fornecedor é responsável por manter o estoque e também por toda a logística de entrega, você não precisa investir pesado em integrações com transportadoras, otimizações de frete, logística de retorno, entre outros fatores.

Além disso, você também não é responsável pelo catálogo de produtos, ou seja, não precisará se preocupar em ter as melhores ideias sobre o que vender na internet. Mas é importante entender que isso também significa que você não terá um controle perfeito do estoque, disponibilidade de produtos, entre outros fatores que são importantes. Felizmente, plataformas de dropshipping podem ajudá-lo a administrar e acompanhar todos estes fatores, apresentaremos as principais logo mais.

Melhor escalabilidade

Todo negócio online precisa ser escalável, ou seja, ser estruturado pensando no crescimento. Mesmo que no começo sua loja online não venda muito, deve-se trabalhar com sistemas capazes de acompanhar os novos patamares atingidos pelo negócio.

Como no dropshipping você conta com o catálogo de produtos dos fornecedores e eles são responsáveis por todo o trabalho após a efetuação do pedido, os desafios na hora de escalar sua loja virtual são menores pois o trabalho é dividido.

Além disso, você não precisa se preocupar com aluguel ou espaço de armazenamento físico de seus produtos, o que também significa que se aumentar suas categorias e variedade de produtos negociados, não é você o responsável por adquirir e manter um armazém maior.

Foque nas vendas dropshipping

Nessa modalidade de vendas, enquanto todo o trabalho de logística e processamento das entregas é realizado pelo fornecedor, você ainda é responsável por gerenciar o relacionamento com seus clientes, atrair consumidores e atendê-los da melhor forma possível. Portanto, poderá direcionar seus investimentos e trabalho para o atendimento ao cliente e vendas.

Então, otimize sua página de produto para conversões, apresente diferenciais em seu negócio - como convites proativos para abordar visitantes em sua página através do chat online, programas de afiliados ou estratégias de upsell e cross sell para impulsionar suas vendas ao agregar valor à experiência de compra do cliente.

Plataformas de Dropshipping

Principais desvantagens do Dropshipping

Apesar de ser extremamente atraente, especialmente para novos empreendedores, esta modalidade de vendas online também oferece algumas desvantagens em relação à outras estratégias ou formatos de negócios para vender online, entenda:

Menor margem de lucro

A verdade é que a lucratividade do modelo Dropshipping é reduzida, pois as chances são que o seu Ecommerce estará competindo com outros negócios que trabalham com os mesmos fornecedores e oferecem os mesmos produtos.

Como os seus custos serão baixos - um dos maiores atrativos para começar um negócio neste nicho - frequentemente os produtos são comercializados por preços mais baratos para que possam competir com a concorrência. Isso significa que seu negócio precisará realizar muitas vendas para atingir um bom faturamento.

Para lidar com isso, será necessário focar em oferecer diferênciais exclusivos ao seu negócio, destacando-o dos demais concorrentes no mercado de forma que consiga captar e reter mais clientes.

Possíveis problemas na entrega de produtos ou problemas de estoque

Como você não controla o estoque, problemas de falta de produtos ou dificuldade na entrega dos mesmos para determinados locais não são tão incomuns assim. Mesmo que isso não seja realmente a sua parte do trabalho entre o acordo com fornecedores, seus consumidores jogarão a culpa em sua marca - visto que a frente da loja é a página de seu Ecommerce.

Para evitar atrasos na entrega ou outros problemas relacionados em seu negócio de Dropshipping, é importante trabalhar com fornecedores que oferecem a oportunidade de rastrear e sincronizar seu inventário com a sua plataforma de vendas.

Além disso, é importante que seu contrato com o fornecedor deixe explícito de quem são as responsabilidades quando um consumidor receber, por exemplo, produtos danificados ou pedidos incorretos. Entretanto, mesmo que seu fornecedor arque com os custos de devolução e envio - sendo este normalmente o caso -, a sua marca continuará sendo penalizada na visão do consumidor final.

Dropshipping vale a pena?

Considerando as vantagens e desvantagens apresentadas, você pode estar se perguntando se realmente vale a pena trabalhar com essa modalidade de entrega de produtos em seu próprio Ecommerce. Não podemos dizer se essa modalidade de logística vale a pena para seu negócio ou não, será necessário considerar a sua realidade e pesquisar os fornecedores que já atendem o nicho de mercado no qual você deseja atuar.

O fato é que, em alguns cenários, mitigar os riscos de investimento em aluguel de armazéns e controle de estoque pode ser a melhor opção para que você possa lançar seu negócio e loja virtual, mesmo mediante as desvantagens apresentadas.

O mais importante ainda será criar uma loja virtual profissional e encontrar fornecedores de dropshipping que realmente asseguram qualidade na entrega, ter um contrato bem redigido que deixa explícito as responsabilidades de cada parte e, fora este relacionamento com o fornecedor, fazer o possível para oferecer vantagens e diferenciais ao consumidor final, exclusivos à sua marca.

Além disso, ainda é importante considerar os números apresentados anteriormente neste conteúdo - Dropshipping não é uma modalidade nova no mercado, mas vêm sendo cada vez mais explorada por empreendedores e negócios já bem estabelecidos no mercado, como a própria Americanas.com, por exemplo.

No dropshipping, você é o vendedor

Devemos mencionar que, normalmente, o fornecedor ou indústria responsável pelo transporte de produtos não aparece para o consumidor final em negociações. Isso significa que para o cliente, a sua loja é responsável por tudo, desde o processamento das vendas a partir dos valores ofertados à entrega do material, devolução, entre outros aspectos.

Novamente, destacamos aqui a importância de trabalhar com um fornecedor responsável e que esteja de acordo com as diretrizes de seu próprio negócio. Caso contrário, na prática, sempre que o consumidor final encontrar algum problema, ele será atribuido à sua marca, afetando diretamente a sua reputação - afinal, o cliente não sabe e normalmente não está interessado em entender se o erro foi seu ou do fornecedor.

Mesmo assim, abrir um negócio de dropshipping significa ter a oportunidade de atuar em diversos nichos de mercado independentemente de quaisquer barreiras regionais que possam impedir seu negócio, como por exemplo a falta de armazéns para estoque de produtos, entre outros já mencionados no conteúdo.

O importante é lembrar que, por mais que o fornecedor seja responsável pela qualidade do produto e pela entrega, você é o vendedor. Isso também significa que há muito o que se ganhar caso decida trabalhar com fornecedores de qualidade, visto que os méritos serão atribuídos à sua marca, algo que irá ajudá-lo a fidelizar clientes.

Como começar a trabalhar com dropshipping

Após estruturar seus canais de vendas, confira os próximos passos para começar a trabalhar com essa modalidade de vendas online e o que será necessário para que possa lançar seu negócio e realmente conseguir impulsionar suas vendas.

Fornecedores de dropshipping

Após selecionar uma das plataformas e determinar seus canais de vendas online como apresentamos acima, será necessário identificar quais produtos você deseja vender e quem é o seu público alvo. Em seguida, o próximo passo é buscar por fornecedores que trabalham com dropshipping e podem atender à este público.

Para não deixá-lo na mão, podemos indicar alguns dos principais fornecedores que oferecem dropshipping nacional:

  1. Oberlo Brasil

  2. Hayamax

  3. DSlite

  4. MixBarato

  5. Xtreme Atacado

Existem também diversos fornecedores de dropshipping localizados na China, como é o caso do próprio AliExpress, sendo uma alternativa relevante para quem deseja trabalhar com produtos exportados.

Para que você possa escolher o melhor fornecedor de acordo com o nicho de mercado que deseja atingir, será necessário qualificá-los a partir de aspectos que impactam diretamente o nível de satisfação do consumidor final, como: velocidade de entrega, qualidade das embalagens, variáveis da operação logística (OPL), assim como seus acordos de nível de serviço (Service Level Agreement, ou SLA) de fábricas responsáveis pela produção e entrega dos produtos.

Melhores plataformas de dropshipping

Antes de começar a sua busca por fornecedores, se deseja criar um ecommerce de dropshipping, precisará estruturar sua loja online para que possa comercializar produtos através de canais digitais e processar pedidos. Felizmente, para isso, existem plataformas com soluções e canais de vendas dedicados, confira as melhores opções do mercado:

1. Nuvemshop

A Nuvemshop já recebeu o prêmio de melhor plataforma de ecommerce em 2017 e em 2019 pela ABCOMM e também oferece soluções para quem busca criar uma loja virtual de dropshipping. Ao criar seu negócio de dropshipping com a Nuvemshop, você terá a oportunidade de vender através de múltiplos canais, incluindo:

A plataforma é extremamente intuitiva, projetada para atender empresas de todos os tamanhos e, com ela, você poderá criar uma loja online de dropshipping mesmo sem ter conhecimentos em programação, web design, etc. A equipe possui planos escaláveis e oferece um período de 30 dias de teste para cada um deles.

Se gostaria de saber mais sobre cada recurso oferecido pela Nuvemshop, confira nossa avaliação completa da Nuvemshop.

Nuvemshop Dropshipping

2. Shopify

Não há como falar sobre o que é dropshipping sem mencionar a Shopify, uma das maiores plataformas de ecommerce no mundo - já atendendo mais de 1 milhão de empresas ao redor do mundo inteiro. Eles também oferecem uma avaliação gratuita para que você possa estruturar sua loja dropshipping sem nenhum custo inicial.

A Shopify oferece diversos temas prontos e personalizáveis, assim como um construtor intuitivo e projetado para facilitar todo o processo de criação mesmo para quem não tem conhecimentos técnicos na área de desenvolvimento.

Com o Shopify, seu dropshipping poderá vender literalmente em qualquer local, seja colocando um botão de venda em seu site, criando uma loja virutal, nas redes sociais, marketplaces, em seu blog ou qualquer outro canal que desejar, incluindo em sua loja física.

Se ainda não conhecia o Shopify, não deixe de conferir nossa avaliação completa sobre os recursos da plataforma.

Shopify

3. CartX

Também não poderíamos deixar de mencionar sobre a CartX, uma das maiores plataformas de dropshipping do Brasil. Com o CartX, você consegue criar uma loja gratuitamente e pagar apenas pelos pedidos efetivados, ou seja: zero risco e nenhum custo inicial para colocar seu negócio no ar e começar a vender online.

O CartX conta com recursos como checkout de 1-página, te permite adicionar produtos ilimitados em seu catálogo, oferece certificado SSL gratuito para garantir a proteção dos dados de seus clientes e te permite gerar cupons de desconto, recuperar carrinhos de compra abandonados e muito mais.

Portanto, se você busca uma solução completa para começar a fazer dropshipping, vale a pena conferir todos os diferenciais oferecidos pela CartX.

CartX Dropshipping

4. Jumpseller

A Jumpseller é mais uma excelente plataforma de dropshipping e criação de lojas virtuais aclamada internacionalmente. Com ela, você poderá começar a vender através de canais de vendas como:

Todos os planos da plataforma oferecem um período de testes de 14 dias. Além disso, a Jumpseller não cobra comissões de vendas ou taxas sobre negociações e te permite cadastrar quantos produtos desejar em seu ecommerce. Além disso, você já poderá a vender através de múltiplos canais de vendas desde o plano básico.

Dropshipping Jumpseller

Comece a vender com dropshipping

Com sua loja virtual disponível online e seu catálogo de produtos já integrado entre a plataforma e o fornecedor, o último passo é realmente só começar a vender. Foque no marketing digital e trabalhe com ferramentas profissionais de email marketing, assim como um chat online - canal de atendimento projetado para alavancar suas vendas.

Sabendo o que é dropshipping, deve-se considerar ainda que nada te impede de trabalhar em paralelo com seu próprio estoque de produtos. Isso te ajudará a expandir seu catálogo e, caso tenha interesse em vender produtos de suas própria marca, poderá fazê-lo a partir da mesma loja virtual enquanto em paralelo ainda oferece também outros itens a serem vendidos dessa maneira.

Aprendeu o que é dropshipping e está pronto para começar a vender?

Seja através do dropshipping ou caso você mesmo faça o controle de estoque em sua loja virtual, para destacar-se no mercado digital, será necessário investir em soluções que diferenciam seu negócio dos demais.

Lembre-se, através do dropshipping, sua competição será maior pois você estará ofertando os mesmos produtos que outras lojas online e não produtos exclusivos à sua própria marca. Portanto, é importante alavancar outros aspectos de seu negócio e transformá-los em um diferencial comeptitivo.

Para isso, não deixe de conferir como o JivoChat, uma plataforma de chat online e atendimento omnichannel que oferece todos os recursos que você precisa para alavancar seus serviços, pode ajudá-lo a transformar visitantes em clientes e fidelizá-los. Boas vendas!

2020/10/16

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte