Identidade Visual: o que é e como fazer?

Índice

A identidade visual é o ponto de partida para que o seu público-alvo venha a conhecer quem é o seu negócio e qual é o segmento do mercado que você atua.

E a elaboração da Identidade Visual vai muito além da escolha de um logotipo.

Pois ela envolve elementos tipográficos, paleta de cores e outros elementos que devem facilitar a comunicação com o seu público-alvo.

Você já deve ter reparado que algumas marcas possuem uma Identidade Visual tão características que basta observarmos um elemento, para identificar de qual a marca aquela propaganda se trata.

E para que o seu público-alvo consiga fazer essa mesma associação com sua marca você precisa saber como criar uma identidade visual que se diferencie da concorrência e destaque os valores que você deseja transmitir. 

Se você pretende abrir um negócio ou quer reforçar a sua marca dentro do mercado, nesse artigo nós iremos oferecer um guia completo sobre o que é identidade visual, por que ela é importante e como elaborar a sua.

O que é identidade visual?

A Identidade Visual é um conjunto de elementos visuais que refletem um nome, ideia, produto, empresa ou serviço.

Dentro do conjunto de elementos da identidade visual estão incluídos o logotipo, a tipografia, as cores, os grafismos e as imagens. 

Por isso, podemos dizer que ela é individual para cada negócio, e a sua construção deve ser única e exclusiva.

É com base nos elementos da Identidade Visual que o seu público-alvo será capaz de reconhecer o seu negócio quando for adquirir o seu produto, ou em alguma campanha promocional que você realizar.

Mas para que isso aconteça a Identidade Visual deve ser bem construída e agregar pontos relevantes para o público-alvo.

Uma identidade visual bem construída é aquela que é criativa e permite que os elementos visuais formem uma unidade visual. 

Ainda é preciso focar no ponto de vista do cliente, pois a identidade visual é o ponto principal de comunicação desse cliente com o negócio.

Ou seja, para definir a identidade visual é preciso um vasto conhecimento de mercado e também do seu público-alvo, como outros aspectos ligados ao design e ao comportamento do consumidor.

Qual a importância em desenvolver uma identidade visual?

A identidade visual é importante por vários aspectos, pois além de conversar com o seu público, é através dela que o seu negócio transmite profissionalismo e credibilidade.

É também a identidade visual que reflete para o público a primeira impressão da sua empresa ou do produto.

Ou seja, o público adquire um produto e se gostar do produto com certeza irá gravar a sua identidade visual, seja o logotipo ou qualquer outro elemento que permita que ele lembre quando for efetuar uma nova compra. 

Para reforçarmos a importância da identidade visual, vamos fazer um exercício, pense que você está assistindo a um filme, e nesse filme os personagens estão em um bar bebendo uma bebida escura, com um rótulo vermelho. 

Você consegue fazer alguma associação a pensar sobre essa bebida? Muito provavelmente se você assistisse a cena desse filme, e mesmo que o rótulo não carregasse o logotipo, você lembraria da Coca-Cola.

Isso acontece, pois a marca possui uma identidade muito forte e se tirarmos um elemento importante como o Logotipo, ainda é possível fazer uma associação.

Existem outros refrigerantes feitos a partir de Cola? Sim! Provavelmente alguns com rótulos em outras cores ou até mesmo em vermelho, mas inevitavelmente associamos à Coca-Cola.

E esse mesmo processo pode acontecer com uma tipografia e até mesmo com elementos gráficos. 

É claro que para chegar no mesmo lugar em que a Coca-Cola está e ter uma associação quase que imediata na cabeça do consumidor, não é de um dia para o outro.

Por isso, a Identidade Visual deve ser trabalhada e promovida junto a um bom trabalho de branding até que o público consiga realizar associações nesse nível.

Com uma identidade visual única e um bom trabalho de promoção é possível que  o seu negócio conquiste mais reconhecimento.

Diferenças entre Branding, Identidade Visual e Marca

Caro leitor, agora que você já conhece a importância de elaborar uma Identidade Visual para o seu negócio, existem alguns conceitos que são bastante confundidos dentro da publicidade e do design.

E embora eles estejam muito próximos, eles possuem significados e aplicações diferentes, por isso, nesse tópico, esclarecemos um pouco sobre conceitos para que você consiga diferenciá-los.

Identidade visual

Apenas recapitulando o conceito que já exploramos sobre a Identidade Visual, ela é o conjunto de todos os aspectos visuais que acompanham um produto, empresa ou um serviço.  

A Identidade Visual estão associados elementos como cores, tipografia, ícones, elementos gráficos, slogan e demais conteúdos que permitem transmitir a personalidade da marca. 

Marca

A marca pode ser conceituada de duas maneiras distintas.

A primeira delas considera como marca a representação da sua empresa, ou seja, apenas o logotipo. 

Já o segundo conceito é muito mais amplo e integra elementos como o logotipo, nome da organização, sua missão, seus valores, tom de voz e tudo aquilo que possa ser representativo da sua empresa.

Branding

O Branding é um conceito bem mais amplo, pois ele é uma estratégia de gestão voltada para consolidar a sua marca dentro do mercado. 

A criação da Identidade Visual pode ser incluída dentro do branding, pois ela também é uma estratégia que visa o posicionamento da sua marca no mercado.

O Branding engloba aspectos como desenvolvimento de estratégias, planejamento, criação e conceitos a respeito da empresa, como a sua empresa vê o mundo e onde ela quer chegar.

Portanto, o objetivo do branding é despertar sensações positivas e direcionadas para atrair o público-alvo da sua empresa.

Elementos da identidade visual

A Identidade Visual é composta de alguns elementos básicos.

E para que você não cometa erros na hora de montar a sua é necessário saber quais são esses elementos,  e qual é o papel que eles desempenham na Identidade Visual.

Lembre-se que embora estejamos apresentando esses elementos separadamente eles fazem parte de um todo.

Eles devem ser coerentes para que seja possível formar uma unidade visual e também um conceito. 

Logotipo

O logotipo é a representação gráfica da sua marca e também é a sua identidade.

Ele deve ser uma imagem consistente e memorável que se fixe na cabeça do seu público-alvo, e que também transpareça qual é o nicho do seu negócio.

Dentro do logo alguns elementos fazem com que ele adquira um aspecto único como a cor, que também deve ser utilizada na paleta de cores, tipografia podendo ser única para o logo ou não e geralmente o símbolo gráfico. 

Muitas vezes ele pode conter apenas a tipografia, mas uma tipografia estilizada, não sendo necessário a utilização de um símbolo gráfico.

O símbolo gráfico pode ser desde os mais simples como formas geométricas, até os mais detalhistas. 

A escolha vai depender do seu nicho de mercado, e também dos valores que serão transmitidos através do seu logo.

Portanto, é importante lembrar que a escolha do logo deve ser feita com cuidado.

Além disso, o logo deve ser aplicável em diferentes formatos tanto digital quanto impresso. 

Um logotipo aplicável é a chave para que você possa replicá-lo em diferentes materiais sem precisar realizar grandes alterações.

Paleta de cores

Você pode não saber, mas para 90% dos consumidores a possui um papel muito importante nas decisões de compra.

Por isso, quando você pensar em uma paleta de cores para o seu negócio, você deve pensar tanto nas emoções que essas cores irão transmitir ao seu público quanto no seu segmento de atuação.

Por exemplo, empresas do ramo alimentício têm tendência em utilizar as cores vermelho, amarelo e laranja por serem cores quentes e estimular alegria, ação e também a fome.

É recomendado utilizar no máximo duas cores, ou tons para que o seu conteúdo tenha consistência e seja mais fácil gerar assimilação.

As cores têm um papel fundamental dentro da identidade visual que é:

  • Diferenciar o seu negócio: para isso você deve analisar seus concorrentes e ver as cores que eles utilizam e pensar em como você pode alterar essas cores para destacar o seu negócio.

  • Associar o seu negócio: Já utilizamos um exemplo de associação de cor no início desse artigo.

  • Também significa estratégia para o seu negócio: As cores afetam o humor e o comportamento das pessoas, suas atitudes e também possuem aplicações emocionais.

E a sua paleta de cores não deve ser utilizada apenas no seu logotipo, ela deve ser utilizada em imagens de anúncios promocionais, banners, embalagens de produtos, layouts de vídeos e em todo lugar que a sua marca estiver presente.

Tipografia

A fonte é o arranjo do seu texto, e toda a parte escrita envolvida na comunicação com o seu público. 

Seja na comunicação interna da empresa, ou então em imagens promocionais. 

É importante destacar que a tipografia utilizada para a comunicação de uma maneira geral pode ser diferente da tipografia utilizada no seu logotipo.

As marcas mais famosas, por exemplo, investem tipografias que sejam simples e acessíveis, mas também levam em conta algumas modificações como a curvatura, peso e também os espaços para refletir a personalidade da marca.

A presença ou ausência de serifa também possui seu impacto na tipografia, deixando elas com um aspecto mais ou menos moderno.

Fotos e imagens

A fotografia representa o seu negócio e também o seu público-alvo, por isso são elementos importantes na identidade visual.

As fotos são utilizadas para a comunicação de uma maneira geral em sites, eventos, anúncios e imagens nas redes sociais.,

Por exemplo, se o seu negócio possui um site as imagens e fotos servirão para gerar empatia no seu público, e permitir que eles se vejam refletidos nessas imagens.

Portanto,  será necessário que você escolha fotos adequadas com os valores da sua empresa.

Se o seu site oferecer serviços jurídicos, fotos de pessoas sendo atendidas por advogados, pessoas de terno e outras imagens que lembram esse segmento.

Ainda é possível editar essas imagens e incluir elementos da sua identidade visual como as tipografias, cores e o seu logo. 

Processo de construção de uma Identidade Visual

Para elaborar a Identidade Visual da sua empresa é necessário que você tenha um conhecimento aprofundado sobre o seu público-alvo e o seu segmento de mercado. 

E para isso separamos alguns passos que irão te auxiliar a compreender melhor como você pode fazer para unificar todos os elementos que citamos acima. 

Conheça o seu público-alvo

A identidade visual da sua marca irá conversar com o seu público então você precisa saber como a sua marca será percebida por esse público e quais são os interesses desse público que você pode incorporar na sua marca.

Para isso você deve levar em consideração algumas características importantes do seu público como:

  • Idade

  • Gênero

  • Nível educacional

  • Profissão

  • Estilo de vida

  • Interesses

  • Valores

É possível que nem todas essas questões sejam respondidas através da análise de público alvo, e por isso você pode investir em montar uma persona, para obter mais informações sobre o seu público.

Também é relevante que você consiga identificar qual é a dor que o produto ou serviço resolve para o seu público para assim definir uma identidade visual que represente essas soluções. 

Defina o propósito do seu negócio

Identifique o motivo de você ter escolhido esse nicho e qual é o principal propósito do seu negócio. 

Faça uma análise do seu plano de marketing para identificar quais são os seus objetivos futuros. 

Também análise os seus concorrentes e como essas marcas estão inseridas dentro do mercado.

Para isso você pode responder algumas perguntas como:

  • Quais são os serviços que você está oferecendo?

  • Quais são os seus objetivos a curto e longo prazo?

  • Qual missão, valores e a visão que a sua marca adere? 

  • Quais são os elementos visuais como cores, imagens e tipografia que refletem o seu negócio?

Briefing

Agora você já tem dados suficientes para elaborar um briefing sobre o seu negócio. 

No briefing você vai destacar quais são os aspectos mais relevantes e importantes para que a sua marca se destaque aos olhos do seu público-alvo.

Algumas perguntas complementares e que podem contribuir para o seu briefing são:

  • Como você quer que a sua marca seja percebida pelo público

  • Quem são os seus principais concorrentes?

  • Como eles se posicionam no mercado?

  • Qual é o seu diferencial?

  • O que é interessante mostrar para o seu público?

  • Como criar algo único e diferente dos meus concorrentes?

Respondendo essas perguntas você já pode começar a pesquisar alguns elementos relevantes para o processo de criação da sua identidade visual.

Busque referências de marcas famosas e também dos seus concorrentes, mas lembre-se de que para se destacar você vai precisar planejar algo novo.

Brainstorming

Com todas as informações e referências obtidas é hora de colocar tudo no papel e então planejar os seus esboços.

Para essa etapa é necessário muita criatividade, portanto, evite fazer um brainstorming se você estiver cansado, desanimado ou incomodado.

É preciso atenção para coletar todas as informações e transformá-las em ideias. 

Aproveite também para coletar informações sobre a psicologia das cores, tipografias e também símbolos e elementos visuais. 

Não esqueça também de contratar um profissional qualificado e que esteja apto a te ajudar durante esse processo.

Elaborando a sua identidade visual

Enquanto estiver esboçando os designs e tentando alinhar todos os elementos da sua identidade visual não se esqueça de pensar na sua marca como se você estivesse contando uma história para alguém.

Pois as histórias tem o poder de gerar empatia e também envolver as pessoas. 

Para evitar confusão você também deve prezar pela simplicidade e facilidade de compreensão, pois como já comentamos a identidade visual vai ser o primeiro contato do público com a sua marca. 

Então tente pensar nas possíveis aplicações que a sua identidade vai ter e como os elementos que você definiu dentro dela se comunicam.

Ajuste o contraste das cores para que elas se adaptem a todos os elementos da sua identidade visual e evite usar cores muito vibrantes.

Imagem vetorizada de uma pessoa escolhendo imagens no computador.

5 programas para você aplicar sua Identidade Visual

Se você quiser utilizar a sua identidade visual para promover a sua empresa ou os seus produtos, basta escolher os programas certos para cada situação.

Para que você consiga fazer a aplicação da sua identidade visual, preparamos uma lista com 5 programas que vão desde a edição de logo até a edição de vídeo para você testar.

1. Canva

Canva é uma ferramenta cheia de recursos para quem deseja utilizar layouts criativos de uma maneira prática, uma vez que, a ferramenta é bastante intuitiva e de fácil utilização.

Ela também contém diversos layouts prontos, basta apenas editar. 

Crie imagens profissionais gratuitamente com o Canva

2. Crello

Crello é uma plataforma que permite que você crie Stories e imagens para feed. 

Ele inclui modelos prontos para que você crie imagens com um aspecto profissional em poucos minutos. 

 

Crie imagens profissionais gratuitamente com o Crello

3. Logaster

Com a plataforma Logaster, você cria uma identidade visual para o seu negócio em poucos segundos, basta inserir o nome da sua empresa e escolher uma das opções.

4. Envato

Envato é uma plataforma super completa, onde você encontra de tudo para deixar a promoção da sua marca mais atrativa. Na plataforma você encontra vídeos, música, layouts e muito mais!

5. Movavi

Utilizar vídeos nas redes sociais ajudam a engajar ainda mais o seu público. Com o Movavi, a edição de vídeos se torna uma tarefa prática e profissional, pois ela conta com uma série de recursos e ferramentas para você utilizar.

Manual de identidade visual

Além da Identidade Visual, também existe o MIV ou Manual de Identidade Visual, e você deve estar se perguntando sobre o que é o MIV e do que ele se trata.

O Manual de Identidade Visual é um material que funciona como um guia para que você saiba como aplicar todos os elementos da sua identidade visual.

No manual de identidade visual estão incluídas todas as flexões de logotipo, ou as variações possíveis nesses elementos, bem como, as suas aplicações. 

Apresentação do conceito da identidade visual

Para que o manual de identidade visual fique completo você deve fazer uma apresentação do conceito da sua identidade visual.

Da mesma forma que você planejou fazer um storytelling sobre a sua marca, nessa etapa você conta como chegou a construção do seu logotipo e como ele representa a sua marca.

Também menciona a escolha das tipografias, da paleta de cores e de outros elementos que compõem a sua Identidade Visual.

Os componentes gráficos

No manual de identidade visual da marca, os componentes gráficos da sua  Identidade Visual.

Ou seja, o logotipo completo e também reduzido, e outras imagens e elementos que os constroem separadamente. 

Por exemplo, o seu logotipo é construído pelo símbolo e pela tipografia, então esse dois elementos devem ser apresentados separadamente nesta seção. 

Variações de assinatura

Se você possui um slogan, ele também deve ser incluído no manual de identidade visual e ser apresentado junto com o seu logotipo.

Na variação de assinatura é onde você aplica as flexões de logo como: na horizontal e vertical, junto e separada do slogan.

Aspectos técnicos

Nesse tópico são apresentados os dados técnicos da sua marca como a tipografia utilizada no seu logotipo, no seu slogan, e se foram realizadas alguma alteração nessa tipografia.

Também ficam incluídos os códigos da sua paleta de cores, como os códigos nos padrões RGB, CMYK e Pantone. 

Aplicações em fundos diversos

Nesse tópico são feitas diferentes aplicações dos elementos gráficos nas cores que os contemplam.

Por exemplo, se o seu logotipo é roxo e azul escuro, você vai aplicá-lo em fundos com cores quentes, frias e em tons pastéis, aplicações de fundo claro ou escuro.

Também vai verificar se em algum desses tons o seu logotipo não fica bem e excluí-la.

Ou então colocar o seu logotipo em apenas uma cor, roxo ou azul, em que a aplicabilidade fique boa optando por utilizar a versão do seu logo em monocromático. 

Aplicações do seu logo

Nessa etapa utiliza-se mockups para mostrar como o seu logo ficaria aplicável, pode ser tanto impresso, quanto no ambiente digital. 

Lembre-se que toda a aplicação de logotipo precisa ter uma área de respiro.

A área de respiro é sempre o tamanho de alguma letra, da sua preferência para a aplicação do seu logo, com as suas reduções máximas e mínimas desse logo.

Manual de identidade visual para você se inspirar

Se para você ainda não ficou claro todas as flexões de logo e como aplicá-las no seu manual de identidade visual, nós separamos alguns exemplos para que você possa se inspirar e elaborar o seu. 

Governo federal 

Acessando o Link você encontra o manual de identidade visual do Governo Federal. 

Hospital federal do Rio de Janeiro

Ao acessar o link você encontra o manual de identidade visual dos hospitais federais do Rio de Janeiro.

Samu

No link você tem acesso ao manual de identidade visual do serviço de atendimento móvel e urgência - SAMU. 

Já sabe como elaborar a sua identidade visual?

Nesse artigo nós apresentamos um guia completo para que você possa elaborar a sua identidade visual e também alguns programas para facilitar a construção dela.

Não esqueça de estudar sobre estratégias de marketing como marketing empresarial, marketing de conteúdo e outras para saber como posicionar o seu negócio e aplicar a sua identidade visual.

Se você pensa em abrir um site para a sua empresa, não esqueça de disponibilizar um canal aberto para solução de dúvidas através de um chat online, conheça o JivoChat e todos os seus recursos. 

Início Blog Comunicação Identidade Visual: o que é e como fazer?
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download