Dropshipping Nacional: o que é e como começar

Aprenda tudo sobre dropshipping nacional e comece a vender na internet

O dropshipping é uma modalidade de vendas já validada e empregada por diversos ecommerces brasileiros. Diferente de uma loja virtual ou loja física padrão, na qual você faz o controle de estoque e é responsável pela logística de entrega e fretagem dos produtos, no dropshipping nacional, todas essas responsabilidades são transferidas para seus fornecedores.

Está interessado em aprender mais sobre dropshipping no Brasil e começar a vender na internet com sua própria loja virtual, mas sem precisar se preocupar com armazenamento e controle de estoque? Então vamos lá, explicamos tudo direitinho nesse conteúdo!

Crie sua loja virtual com a Wix

O que é dropshipping nacional?

Como já mencionamos na introdução acima, o dropshipping é um modelo de negócios ou técnica de cadeia logística na qual você se posiciona como a frente de loja, mas você não retém os produtos que negocia - ao invés disso, age como uma espécie de middle-man, ou intermediário para as negociações.

Isso significa que o pedido é feito à sua loja online, você tira a sua parte e encaminha o pedido ao fornecedor responsável por armazenar e enviar o produto ao consumidor - algumas vezes o fornecedor também é o próprio fabricante do produto.

Entretanto, nesta negociação o fornecedor não aparece - ou seja, o cliente não tem contato direto com seus fornecedores e você ainda é visto pelo consumidor como o responsável pela embalagem e entrega dos produtos.

A imagem abaixo explica bem como funciona o dropshipping:

Como funciona dropshipping

Como abrir seu próprio dropshipping nacional

Para que você possa começar a vender através dessa técnica de cadeia logística, será necessário fazer alguns preparativos e garantir que está pronto para começar a ofertar os produtos de seus fornecedores.

Encontrar fornecedores de dropshipping nacional

O primeiro passo será encontrar os fornecedores para os produtos que deseja comercializar. Muitas empresas trabalham com fornecedores da China, como por exemplo a AliExpress. Entretanto, neste artigo vamos focar nos fornecedores nacionais de dropshipping para que você possa começar sem dificuldades.

Vale lembrar que seu fornecedor delimita seu catálogo de produtos. Afinal, você só conseguirá vender o que eles comercializam - e possuem em disponibilidade de estoque. Confira abaixo a nossa lista de fornecedores brasileiros de dropshipping.

Criar sua loja virtual

O segundo passo será criar uma loja virtual. Preferencialmente, opte por uma plataforma que já suporta esta modalidade de vendas e oferece recursos voltados para agilizar a adição de produtos dos fornecedores ao catálogo de sua loja virtual.

Certifique-se de criar um site de vendas que possui um tema profissional e, principalmente, que seja responsivo, ou seja, otimizado para dispositivos móveis, como smartphones e tablets. De acordo com dados da Statista, hoje, mais de 52% do tráfego online ocorre através de celulares, você não pode perder essa parcela de clientes, portanto, ofereça uma página otimizada.

Listamos as melhores plataformas para criar ecommerce abaixo, que podem ajudá-lo a criar sua loja de dropshipping nacional e garantir que terá um design profissional, recursos de vendas e páginas otimizadas para visualização e acesso em celulares.

Anunciar seus produtos e fazer marketing digital

Após encontrar seus fornecedores, criar sua loja virtual e cadastrar seus produtos, você precisará começar a investir em campanhas e estratégias de marketing digital para que suas ofertas consigam alcançam o público alvo de sua loja de dropshipping nacional.

Existem diversas ferramentas de marketing digital que podem ajudá-lo com isso, desde soluções para a criação de anúncios como o Google Ads e Facebook Ads, como plataformas de e-mail marketing grátis, ferramentas para criação de banners para ajudá-lo mesmo que não tenha conhecimentos em design e muito mais.

E claro, não deixe também de otimizar as suas páginas para SEO (Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de busca). Dessa forma, conseguirá atrair tráfego orgânico para a sua loja de dropshipping ao melhorar o ranqueamento de suas páginas nos buscadores, como o próprio Google.

Se você quer que as pessoas encontrem a sua marca, seus produtos e sua loja virtual ao fazer buscas e pesquisas nos buscadores, sem que seja necessário pagar para colocar anúncios através do Google Ads, invista em SEO.

Investir em fidelização de clientes e atendimento online

Por fim, você não quer vender para cada cliente apenas uma vez, certo? O custo de aquisição (CAC) de novos clientes é significativamente maior que o custo de retenção de consumidores que já compraram em seu negócio pelo menos uma vez.

Portanto, invista em fidelização de clientes e atendimento online - a principal forma de converter visitantes em clientes fiéis em seu ecommerce de dropshipping nacional.

Para isso, você pode facilmente instalar o JivoChat gratuitamente em sua loja virtual e começar a conversar com seus visitantes, tirar dúvidas, sugerir produtos e alavancar o atendimento ao cliente para não perder oportunidades de vendas.

5 grandes fornecedores de dropshipping nacional

Separamos abaixo fornecedores que podem ajudá-lo a começar, mesmo que esteja com dúvidas sobre o que vender na internet. Confira seus catálogos de produtos e diferenciais e lembre-se: a escolha de fornecedores é extremamente importante e têm impacto direto em suas chances de sucesso.

Afinal, se houverem problemas com a entrega do produto, atrasos ou outros fatores de responsabilidade do fornecedor, na visão do cliente, o seu ecommerce é o responsável por todo o processo de vendas, desde o primeiro contato à entrega!

Confira os fornecedores de dropshipping nacional mais populares no Brasil:

1. Oberlo Brasil

A Oberlo é uma empresa que trabalha com foco em fornecimento de produtos para ecommerces de dropshipping. Seu diferencial é a possibilidade de adicionar e importar centenas de produtos para a sua loja online dentro de apenas alguns minutos.

Além disso, a Oberlo automatiza a gestão de compras e pedidos, permitindo que você possa focar no seu lado dessa parceria: encontrar clientes e vender mais. A empresa também oferece cursos gratuitos de dropshipping para iniciantes.

2. Hayamax

A Hayamax também é um fornecedor de dropshipping nacional que disponibiliza um extenso catálogo de produtos para lojistas e donos de ecommerce. Eles cuidam do controle de estoque, logística e velocidade da entrega e são ideais para quem tem baixo capital de giro.

Eles oferecem grandes marcas de produtos como Philips Walita, Sony, Motorola, entre diversas outras. Além disso, eles oferecem integração para virtualmente quase todas as plataformas de ecommerce de dropshipping.

3. DSlite

O DSlite é um portal de dropshipping nacional que dispõe de uma grande gama de fornecedores para as mais variadas categorias de produtos e nichos de mercado, desde peças e acessórios para motos à produtos de decoração, beleza e cosméticos, instrumentos musicais, distribuição de jogos e tecnologia, entre outros.

4. MixBarato

O MixBarato é uma excelente opção de fornecedor de dropshipping para quem tem interesse em comercializar produtos de moda, vestuário e sapatos, tênis e acessórios. Você não precisa nem mesmo ter um CNPJ para começar a revender os produtos da MixBarato.

5. Xtreme Atacado

Por fim, o Xtreme Atacado também possui uma grande gama de fornecedores para empresas que desejam revender seus produtos. Eles não cobram exclusividade ou fidelidade e te garantem acesso à mais de 100 fornecedores em todo o Brasil, de forma que possa comercializar tanto produtos originais quanto importados.

3 melhores plataformas para criar ecommerce dropshipping

Agora que já conhece os melhores fornecedores de dropshipping brasileiros, confira como criar uma loja virtual profissional e sem dificuldades com plataformas completas e projetadas para atender empresas de todos os tamanhos.

1. Nuvemshop

A Nuvemshop já foi premiada como melhor plataforma de ecommerce pela ABCOMM (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) em 2017 e 2019 e certamente não poderia ficar fora de nossa lista.

Com essa plataforma absolutamente completa e profissional, você terá acesso à todos os recursos e funcionalidades de vendas e marketing projetadas para que você consiga atingir seu público e fechar negócios.

Saiba como criar uma loja virtual e transformá-la em seu trabalho online com a Nuvemshop

2. Shopify

Não podemos falar sobre dropshipping sem mencionar a Shopify, plataforma de ecommerce usada por mais de 1 milhão de negócios ao redor do mundo e que te permite vender em essencialmente qualquer canal, seja ele digital ou físico.

A Shopify conta com recursos profissionais de vendas e marketing, além de funcionalidades projetadas para negócios que desejam trabalhar com esta modalidade de vendas no ecommerce.

Dropshipping Shopify

3. CartX

Com o Cartx, você poderá garantir que sua loja online de dropshipping nacional dispõe de funcionalidades como checkout transparente, produtos e número de visitas ilimitados, certificado de segurança SSL e até mesmo ferramentas de recuperação de carrinhos.

A melhor parte? O CartX oferece um plano sem cobrança de mensalidades, no qual você paga apenas uma taxa sobre cada pedido fechado, ideal para quem deseja abrir se tornar um lojista sem um alto investimento inicial.

CartX

4. Jumpseller

Já a Jumpseller é uma plataforma de ecommerce aclamada internacionalmente, sendo também ideal para empreendedores que buscam abrir seu próprio negócio de dropshipping nacional.

Através dela, você poderá vender através de canais de vendas como a sua loja virtual, no Facebook Commerce, Google Shopping, Instagram e, se preferir, até mesmo em marketplaces como o Mercado Livre. Vale a pena conferir os planos e diferenciais da plataforma.

Jumpseller

Vantagens do dropshipping nacional

Por fim, podemos cobrir as principais vantagens de trabalhar com este modelo de negócios ao invés de abrir um ecommerce padrão, no qual você é responsável pelo controle de estoque, armazenamento de produtos, logística de entrega e frete.

Menor custo

Você não precisará pagar por um galpão ou armazém para seus produtos, não precisará pagar por transportadores e pela fretagem, assim como também não precisará fabricar os próprios produtos ou mesmo se preocupar com a mão de obra necessário para fazer toda a máquina de vendas após o fechamento do pedido funcionar.

Menor risco inicial

Como não existem custos de armazenamento e relacionados à todo o manuseamento e controle de estoque, assim como transportadoras, entrega e todas as especificidades destes processos relacionados à venda, o dropshipping nacional pode ser uma excelente opção para quem ainda não tem experiência vendendo no mercado de ecommerces.

Facilmente escalável

Com o dropshipping nacional, você poderá ampliar seu estoque de produtos ao encontrar mais fornecedores e, dessa forma, poderá escalar seu negócio para outros nichos de mercado. Além disso, não precisará se preocupar em manter um estoque capaz de suprir o aumento de sua demanda à medida que conquistar mais clientes.

Todavia, o dropshipping não oferece apenas vantagens. Vale lembrar que caso você queira ter controle absoluto de seu estoque, mix de produtos e entrega, tanto para evitar problemas com negociações quanto para que possa ter autonomia de suprir seu ecommerce exatamente com os produtos que deseja, vale a pena considerar abrir um ecommerce padrão ao invés de vender via dropshipping.

Pronto para abrir seu ecommerce de dropshipping nacional?

Esperamos que, com nosso conteúdo, você tenha entendido tudo sobre como funciona o dropshipping e tenha encontrado todos os recursos necessário para começar e abrir seu próprio comércio eletrônico.

Mas antes de sair, não deixe de conferir diversas outras ferramentas de vendas online que podem ajudá-lo em seu empreendimento e fazer com que consiga atingir ainda mais clientes e vender mais!

2020/10/28

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte