O que é mercado digital e como montar seu negócio

Índice

Entender como funciona o mercado digital é algo fundamental para quem deseja empreender nos dias de hoje. Afinal, a tecnologia e a internet já são partes integrais do nosso cotidiano.

Recursos digitais são utilizados para completar tarefas de forma mais rápida, precisa e eficiente. 

Esse avanço tecnológico do mercado é a nova realidade que evoluiu a forma como as pessoas fazem negócios.

A democratização da internet e a popularização dos smartphones também deram muita força para esta transformação digital do consumo. 

Hoje, qualquer pessoa pode ter acesso a sua conta bancária e fazer investimentos pelo seu celular, comprar produtos em um site ou vender seus próprios itens em uma loja virtual. 

É possível até mesmo aproveitar novos modelos de negócios, como os produtos digitais.

Esse tipo de produto pode ser criado e comercializado de forma 100% online, sem a necessidade de gerenciamento estoque e logística.

Além deste modelo de negócio, o mercado projeta que novas oportunidades irão surgir e poderão ser aproveitadas com alta rentabilidade.

Você já sabe como pode se encaixar ou encaixar seu negócio nesta nova realidade? Caso tenha interesse neste assunto, confira o nosso artigo para conhecer tendências e descobrir dicas para investir no mercado digital.

O que é mercado digital?

A internet é um fenômeno tecnológico que integra o nosso dia a dia, proporcionou o desenvolvimento de novas culturas e conectou o mundo.

Essa era de mudanças rápidas e expressivas criou novas oportunidades para que as pessoas possam interagir digitalmente ou trabalhar neste meio, adaptando o físico para o virtual e lucrando com isso.

Algumas das mudanças mais comuns foram as locadoras sendo substituídas pelos serviços de streaming e a popularização dos aplicativos de entrega.

Lojas virtuais se popularizaram, cursos digitais ganharam muita relevância e as redes sociais são indispensáveis para o entretenimento e para as empresas.

Portanto, podemos entender o mercado digital como um grande ecossistema virtual que conecta pessoas, entregando soluções com apenas alguns cliques.

Este ambiente digital oferece a mesma oportunidade para todos, ou seja, qualquer um pode se destacar. 

Contudo, para que isso aconteça é preciso estar atento sobre as novidades, ter determinação para aprender e começar.

Como o mercado digital funciona na prática?

Quem entendeu o que é o mercado digital é capaz de compreender sua influência no comportamento dos consumidores. 

Para entender melhor o conceito, podemos imaginá-lo como um comércio digital. Qualquer item que seja comercializado no ambiente virtual irá fazer parte deste mercado.

Portanto, empreendedores capazes de oferecer soluções, sejam elas através de produtos físicos ou infoprodutos, podem desenvolver seu próprio negócio para ganhar dinheiro na internet

Ponteiro do mouse ao lado de um note e elementos gráficos representando o mercado digital

Os 10 principais tipos de mercado digital

Crescendo e conquistando cada vez mais espaço no mundo dos negócios, a necessidade de profissionais e empreendedores qualificados aumenta dia após dia no mercado digital.

Caso você ainda seja inexperiente nesse campo, não é preciso se preocupar. Esteja aberto para aprender sobre coisas novas e adquira o máximo de informações que conseguir.

Confira a lista a seguir para conhecer as principais áreas do mercado digital.

1. E-commerce

Este é o principal setor do mercado digital. Nos dias de hoje é muito difícil encontrar pessoas que ainda não fizeram algum tipo de compra online alguma vez.

Segundo a pesquisa feita pelo NeoTrust, em 2020 o Brasil contou com 301 milhões de compras realizadas, um aumento de 68,5% comparado a 2019. Isso fez o faturamento crescer de forma significativa, gerando 126,3 bilhões de reais.

Essas pesquisas e informações mostram que o segmento é um mercado que continua crescendo e oferece ótimas oportunidades para quem deseja empreender. 

Para começar no setor é importante conhecer bem o mercado. Estude estratégias e descubra a melhor maneira de se posicionar. Além disso, avalie a possibilidade de vender para outras regiões e até mesmo outros países, aproveitando ao máximo o ambiente digital.

2. Desenvolvimento e programação

Para que as áreas de tecnologia continuem se desenvolvendo, é preciso de profissionais capacitados em programação, TI e desenvolvimento de web e softwares. 

Essas pessoas são as responsáveis por criar novos sistemas digitais que auxiliam na evolução de tecnologias e viabilizam soluções necessárias para o mercado continuar crescendo.

Quer aprender a programa pela internet? Confira nosso artigo com os melhores cursos de programação online.

3. Economia compartilhada

A economia compartilhada é uma opção que apresenta boas oportunidades para o futuro do mercado digital. 

O modelo consiste em uma forma de dividir bens, experiências e serviços, tudo devido ao crescimento dos apps e redes sociais, que aumentam as interações entre usuários.

O exemplo mais famoso é o Uber, que mudou a maneira como o transporte particular é consumido e melhorou a dinâmica da mobilidade urbana.

Esta forma de negócio tem como objetivo diminuir o custo de serviços, oferecendo uma solução alternativa e promovendo o uso consciente. 

4. Segurança da informação

Para garantir um crescimento seguro, cada vez mais negócios do mercado digital precisam de profissionais especializados em segurança da informação. 

Estes profissionais são necessários para garantir os cuidados dos dados e da segurança do próprio negócio.

5. Marketing digital

O marketing digital é algo fundamental para que os negócios digitais funcionem de forma eficiente e gerem seus melhores resultados.

Para empreender neste mercado é preciso contar com noções de marketing digital ou contar com uma equipe de profissionais qualificados para fazer com que sua marca se posicione bem e venda mais.

Também é possível se especializar em áreas dentro do próprio marketing digital, como e-mail marketing, mídia paga, SEO e muito mais.

6. Criação de conteúdo

Influenciadores digitais ou criadores de conteúdo são profissionais que se especializaram no consumo de mídia pelas redes sociais e plataformas.

Muitas pessoas são capazes de monetizar conteúdos produzidos para blogs, YouTube, TikTok e redes sociais. 

É possível entrar nesse ramo com um objetivo profissional, focando em ganhar dinheiro e produzindo conteúdo de qualidade.

Ao se profissionalizar no marketing de influência, é possível utilizar os métodos de monetização das próprias plataformas, vendendo seus próprios produtos ou vendendo através de links de afiliados.

7. Produtos digitais

Os infoprodutos, também conhecidos como produtos digitais, são materiais completamente virtuais que podem ser comercializados. 

Alguns dos exemplos mais comuns são e-books, cursos online, vídeos, aplicativos, sites de membros.

Grande parte deste tipo de produto tem como foco educar e oferecer algo de valor para os usuários. 

8. Programa de Afiliados

O programa de afiliados é um ótimo sistema que pode auxiliar produtores digitais que geram mais renda através de vendas por links de afiliados. 

Diferente do que muitos pensam, tornar-se um afiliado é algo simples, sua única restrição é ter mais de 18 anos. 

A opção é bastante segura, pois não precisa de um investimento inicial e você irá ganhar dinheiro através das comissões, afinal, o cadastro é gratuito. 

9. Análise de dados

Outra área fundamental para o mercado digital é a análise de dados. Acompanhar as informações é algo fundamental para orientar as decisões de um negócio e alcançar seus melhores resultados.

A área que atende este tipo de demanda é a Web Analytics, que tem como objetivo extrair dados e interpretá-los para usá-los de forma prática.

Algumas das ferramentas mais comuns para este tipo de análise são oferecidas pelos próprios sites e redes sociais, como o Facebook Analytics e Google Analytics.

Os profissionais da área usam métricas e indicadores de performance, os KPI, para fazer a análise de dados. 

Desta forma é possível  mensurar o perfil do seu público e como ele se comporta em seu site, que conteúdo acessou, tempo de permanência e mais.

10. Trabalho freelance

Por fim, profissionais de diversas áreas podem trabalhar no mercado digital através de freelances pela internet. 

Existem diversas plataformas desenvolvidas para conectarem freelancers com pessoas interessadas em seu trabalho, como o 99freelas e o Workana.

9 tendências para acompanhar sobre mercado digital

Por ser um mercado no ambiente digital, seu ambiente é muito dinâmico e repleto de inovações que podem mudar tudo em poucos dias.

A velocidade com que estas novidades acontecem e se tornam populares é cada vez maior. Não acompanhar as novidades pode fazer com que empreendimentos se tornem ultrapassados com muita rapidez.

Portanto, é fundamental manter-se informado sobre essas informações para quem trabalha ou deseja trabalhar neste meio.

Para auxiliar você a se manter atualizado, separamos algumas das principais tendências do mercado digital.

1. Mercado mobile

O acesso a internet se tornou muito mais popular após os smartphones se tornarem produtos acessíveis.

A melhoria na usabilidade e os planos de dados mais baratos fizeram com que o mercado mobile se tornasse a maior fonte de tráfego de páginas na internet. 

2. Transmissões ao vivo

As transmissões ao vivo ou livres são uma ótima forma de aumentar o engajamento com seu público, aproximando sua marca através das interações.

Este tipo de conteúdo é um ótimo formato para realizar sorteios para seus seguidores, ensinar com tutoriais, lançar produtos e até mesmo tirar dúvidas do seu público.

As principais redes sociais já contam com ótimas plataformas de streaming, como o Facebook, o Twitter e o YouTube. 

3. Conteúdos Visuais

A comunicação está se tornando cada vez mais visual. Conteúdos e anúncios que não tem muito apelo acabam sendo ignorados ou não ganham a mesma relevância que materiais mais elaborados. 

Portanto, investir em imagens chamativas e criativas é algo fundamental para alcançar o sucesso no mercado digital.

4. Realidade aumentada e realidade virtual 

A realidade aumentada e a realidade virtual são tendências que já estão conquistando seu espaço nos negócios digitais. 

Com a realidade virtual, negócios podem oferecer uma experiência 100% virtual capaz de transportar os usuários para um mundo completamente novo e controlável.

Já a realidade aumentada permite que os usuários utilizem dispositivos para fazer o mundo real interagir com o mundo virtual. 

Um exemplo prático é o de lojas de móveis que utilizam a câmera de smartphones para mostrar uma prévia de como os itens ficariam na casa dos seus clientes.

5. Viral marketing

Viralizar algum tipo de conteúdo é um dos maiores desejos de empreendedores que investem no digital.

O marketing viral é uma vertente que tem como objetivo produzir peças focadas em alcançar um número muito grande de pessoas, usando pouco investimento. 

Contudo, é preciso utilizar este tipo de estratégia com muito cuidado, pois seu conteúdo pode acabar viralizando pelos motivos errados e prejudicando seu negócio.

6. Geomarketing

O Geomarketing não é um conceito novo, mas tem sido adotado cada vez mais em estratégias de marketing digital. 

A proposta deste tipo de marketing é desenvolver ações focadas em uma localização específica, segmentando seu conteúdo para pessoas de uma cidade, região ou até mesmo bairro. 

Utilizar a geolocalização aliada ao marketing é uma excelente estratégia para negócios locais com mais limitações. Desta forma, seu investimento em anúncios pode ser mais preciso.

7. Inteligência artificial

A inteligência artificial, comumente abreviada como IA, é uma tecnologia que tem aperfeiçoado sistemas digitais ao aumentar sua capacidade com um poder de processamento semelhante ao da inteligência humana.

Esse tipo de tecnologia é muito importante para o desenvolvimento do mercado digital, que precisa de sistemas de automação de e-mail, chatbot e outros recursos para ser capaz de atender um número muito alto de usuários.

8. Web Analytics

A Web Analytics é uma área que continuará sendo uma tendência atual enquanto o mercado digital existir.

Como já explicamos, a análise de dados é fundamental para que empreendedores e negócios sejam capazes de fazer escolhas inteligentes.

9. Criptomoedas

O Bitcoin é o responsável por trazer as criptomoedas ao conhecimento público. Esta tecnologia existe há anos e está remodelando o uso da internet comercial. 

Apesar das incertezas envolvendo as criptomoedas, existem muitas pessoas investindo seu tempo e dinheiro para explorar este recurso como uma nova forma de realizar pagamentos. 

Como montar seu negócio no mercado digital

Colocar um negócio no mercado digital ou começar um negócio do zero na internet requer que empreendedores entendam como esse mercado funciona para se adaptar e competir em alto nível. 

Para entender as mudanças e conhecimentos necessários para garantir que o seu empreendimento esteja em uma posição favorável neste mercado, confira as ações necessárias neste cenários. 

Produza conteúdo de qualidade

O conteúdo de qualidade é principal pilar do mercado digital. É através dele que consumidores irão encontrar seu negócio na internet.

Quanto mais conteúdo de valor for produzido, mais relevante e interessante seu negócio irá parecer para o seu público. Além disso, este tipo de material ajuda a mostrar que sua marca é confiável.

Portanto, defina uma linha editorial e escolha os canais mais relevantes para produzir conteúdos interessantes e informativos, que geram valor a quem os consome.

Ciclo do mercado digital representado por um ipad, smartphone, computador e dinheiro

Diversifique os canais e formatos

Um dos conteúdos mais populares da internet é de artigos para blogs. Contudo, em muitos casos é preciso diversificar suas opções.

Publicações para redes sociais, vídeos para o YouTube, TikTok e até mesmo podcasts são opções válidas, de acordo com seu público.

Se prepare e se adapte ao ambiente digital

Por fim, é fundamental se preparar para atuar de forma profissional no ambiente digital. Para isso, é preciso entender os elementos que compõem uma experiência de usuário positiva.

Confira a seguir os principais fatores que compõem a jornada do cliente na internet: 

  • Experiência mobile: atualmente os mecanismos de busca priorizar sites que oferecem uma ótima experiência mobile de navegação para seus usuários.
  • SEO: entender a otimização para mecanismos de buscas é um elemento essencial para que o seu site atraia tráfego de forma orgânica.
  • Presença digital: seu negócio estará sendo sempre observado pelos internautas, portanto, saiba como reagir a qualquer tipo de reação.
  • Segurança de dados: com os perigos da internet e a regulação LGPD é preciso garantir uma experiência segura, com transações financeiras protegidas para que seu negócio nem clientes sofram prejuízos.
  • Adaptação: a concorrência na internet é muito forte. Portanto, é importante aprender com seus concorrentes, identificando seus erros e acertos e, então, os adaptando para seu negócio.

4 Dicas para começar seu negócio no mercado digital

Após aprender o que é mercado digital e como montar seu negócio, é hora de conferir algumas dicas que irão ajudar a executar seus planos e alcançar ótimos resultados. 

Independente de já contar com um negócio físico e estar em um processo de mudança ou começar um negócio completamente online, é fundamental marcar sua presença no digital. 

Confira as principais dicas que irão ajudar o seu negócio a ter sucesso no meio digital.

1. Estude bem seu público

Entender quem é seu público e aprender sobre é o primeiro passo para desenvolver uma estratégia digital.

Estudar seu público é a melhor maneira para planejar ações que geram resultados, feitas nos canais certos para o público com interesse. 

Para que isso seja possível, é preciso coletar e analisar os dados sobre o desempenho do seu negócio com frequência. 

2. Estude o seu mercado

O próximo passo após conhecer bem seu público é conhecer a fundo o mercado em que seu empreendimento está inserido. 

Caso esteja pesquisando opções para abrir seu negócio, escolha um setor com o qual você já tenha intimidade e seja capaz de entender bem sobre seu produto ou serviço.

Isso irá facilitar o planejamento de estratégias sólidas e a escolha dos canais para fazer a divulgação de sua marca. 

Além disso, optar por uma área em que você domina o conhecimento irá transmitir autoridade, passando mais confiança para o seu público.

3. Defina os canais de vendas

Após definir seu público e mercado, é preciso escolher quais canais de vendas serão utilizados sobre o seu negócio.

Hoje em dia existem diversas opções disponíveis para sites e lojas online. É possível até mesmo contar com opções de pagamentos e integrações de logística específicas que facilitam suas vendas, permitindo que clientes de qualquer lugar comprem do seu negócio.

4. Foco na divulgação

Por fim, nossa última dica é focar esforços na divulgação do seu negócio. Avalie a possibilidade de investir em conteúdo para canais de divulgação orgânica e crie estratégias para mídias pagas.

É importante identificar o equilíbrio perfeito para o seu negócio, pois a divulgação orgânica é mais barata, contudo a a mídia paga é mais efetiva.

Aprendeu o que é mercado digital e está preparado para investir no seu negócio?

Investir em um negócio digital é algo que requer muito estudo e planejamento. Esperamos que o nosso artigo tenha ajudado você a se preparar para empreender na internet. 

Nossa última dica é utilizar um canal de atendimento online para responder seus clientes em tempo real.

O JivoChat é uma ferramenta de atendimento profissional que unifica o chat de redes sociais e do seu site em um só lugar. 

Além disso, a plataforma permite conferir os visitantes do seu site em tempo real e enviar convites proativos para conversas com mensagens personalizadas.

Início Blog Marketing O que é mercado digital e como montar seu negócio
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download