Quais diferenciais devo procurar ao escolher uma plataforma de e-commerce?

Na hora de implantar uma loja virtual, um dos principais desafios dos empreendedores é escolher a plataforma de e-commerce mais adequada. Afinal, o sistema funciona com uma vitrine dos produtos, bem como um canal de relacionamento direto com clientes. Portanto, deve ser capaz de promover experiências positivas e memoráveis.

Além disso, por se tratar de um novo universo para o lojista, na mesma medida em que o mercado disponibiliza diversas opções, é comum que a tomada de decisão seja um tanto complexa. Isso sem contar que o recurso contratado impacta diretamente na proporção de crescimento do e-commerce a curto, médio e longo prazos, já que os recursos e as possibilidades variam conforme o software.

Conhecendo essa realidade, listamos 5 diferenciais importantes que devem ser considerados ao optar por uma plataforma de e-commerce. Confira o post e saiba quais são eles!

1. Velocidade e escalabilidade

Apesar do tempo de carregamento das páginas de uma loja virtual não estar ligado apenas à velocidade do sistema escolhido, há um impacto direto nesse quesito. Ou seja, conforme a plataforma, a navegação pode ser mais ou menos rápida.

Em um cenário onde agilidade é um aspectos mais valorizados pelo consumidor, dá para ter uma ideia de como esse fator faz diferença em relação à sua experiência, não é mesmo?

Portanto, é fundamental avaliá-lo junto aos fornecedores, pois um site lento pode ocasionar desistências e abandono de carrinho, bem como prejudicar a reputação do e-commerce. Vale frisar que os mecanismos de busca penalizam sites que apresentam lentidão, acarretando em má indexação.

Outro ponto-chave é a escalabilidade. Na prática, isso significa escolher uma plataforma de e-commerce que esteja pronta para a expansão sempre que necessário, com total segurança e estabilidade. Isso sem contar que, ao longo do tempo, não será preciso realizar possíveis migrações.

2. Segurança

Um dos aspectos imprescindíveis para uma loja virtual de sucesso é a sua segurança. Afinal, é nesse ambiente que os clientes navegam e inserem dados pessoais e bancários, os quais devem ser resguardados contra vazamentos e outros problemas relacionados à cibersegurança.

Além de uma plataforma de e-commerce que prioriza essa questão conquistar o público, já que desse modo transmite credibilidade, ainda se evita prejuízos milionários relacionados à multas e sanções da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Portanto, no momento de optar por um software, é fundamental verificar como o parceiro trata a proteção de dados, de forma a resguardar a operação e se destacar perante a concorrência.

3. Responsiva para mobile

Segundo uma pesquisa realizada pela Panorama Mobile Time em parceria com o Opinion Box, em apenas seis meses o número de consumidores que fazem compras ou pagamentos pelo smartphone subiu de 85% para 91%.

Esse aumento de 6 pontos percentuais se deu em um período de isolamento trazido pela pandemia de coronavírus, a qual levou mais brasileiros a utilizarem o celular durante a jornada de compra.

Isso significa que o lojista deve optar por uma plataforma de e-commerce responsiva, que ofereça a mesma experiência independentemente do equipamento pelo qual um consumidor acessa o site.

4. Integrações

Muito provavelmente você já tenha ouvido falar sobre o conceito de omnichannel, o qual se refere à presença de uma marca em diversos canais de relacionamento. Essa é mais do que uma tendência, mas uma questão de sobrevivência no mercado, para a qual os empreendedores devem estar atentos.

Nesse contexto, é importante contar com uma plataforma que esteja aberta para a possibilidade do lojista fazer integrações com sistemas legados como os de CRM, ERP, marketplaces, automação de marketing, entre outros, o que facilita a gestão do relacionamento com o cliente e diversas outras áreas.

5. Flexibilidade

Por último, mas não menos importante, o lojista deve contar com um software flexível, que seja customizável para os mais variados portes e segmentos de negócios do mercado. Procure uma plataforma que ofereça esta versatilidade e permita criar funcionalidades que tornem a jornada de compra personalizada, conforme o perfil do público.

Oferecer uma trajetória de consumo prática, intuitiva, rápida e em conformidade com o comportamento dos usuários, certamente é uma das estratégias mais eficazes para gerar conversões, aumentar as vendas, a lucratividade e a fidelização.

Depois de ler até aqui, a escolha da melhor plataforma de e-commerce ficou mais clara para você? Para conhecer um sistema que se adapta às mais diversas necessidades e expectativas, conheça a Webstore.

Início Blog Ecommerce Quais diferenciais devo procurar ao escolher uma plataforma de e-commerce?
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download