Guia completo de como fazer dropshipping

17 de julho de 2023
Tempo de leitura7 minutos
Guilherme M.
Guilherme M.
Redator

Uma das formas mais simples e práticas de trabalhar na internet é fazer uma loja de dropshipping.

Através desse modelo de negócio é possível vender produtos direto de fornecedores através do seu próprio ecommerce.

Isso significa que não será preciso se preocupar com o estoque ou a logística, essas serão responsabilidades do fornecedor. Isso permite focar seu trabalho no gerenciamento e crescimento do seu negócio.

Se você tem interesse em começar a vender online sem precisar comprometer seu dinheiro , confira nosso artigo e aprenda como fazer dropshipping.

O que é dropshipping e como fazer?

O dropshipping é um modelo de ecommerce em que qualquer pessoa pode abrir sua loja e vender sem precisar de um estoque.

O efeito prático disso é que será necessário escolher um fornecedor para oferecer seus produtos e é ele quem cuidará do armazenamento, preparo e envio.

O trabalho de um vendedor que tem uma loja de dropshipping é realizar a divulgação, atender os clientes e realizar as vendas.

Para fazer o seu negócio, e preciso apenas:

  1. Escolher o nicho de mercado
  2. Escolher os produtos que irá vender
  3. Escolher seus fornecedores
  4. Testar os produtos escolhidos
  5. Definir seus canais de vendas
  6. Criar uma política de troca e devoluções
  7. Divulgar sua loja
  8. Acompanhar os pedidos
  9. Oferecer um bom atendimento ao cliente

Como fazer dropshipping: aprenda o passo a passo

Confira a seguir o passo a passo de como criar sua loja de dropshipping.

1. Escolha um nicho de mercado específico

Comece o processo escolhendo o nicho de mercado em que deseja se especializar. Isso é importante para escolher pelas melhores formas de divulgação, canais de venda que seu público usa e para selecionar os fornecedores certos.

Existem muitos ecommerces atualmente, por isso escolher algum mercado específico é uma estratégia para se diferenciar dos outros.

Faça isso pensando em áreas que você conhece bem ou tem bastante interesse. Leve as tendências em consideração, buscando por áreas com boa lucratividade e alta demanda.

Ao mapear suas principais opções, pesquise sobre o tamanho do mercado em que deseja atuar, seu público-alvo, comportamento dos clientes e concorrência.

2. Escolha os produtos que vai vender

O próximo passo para criar sua loja é definir os produtos que serão vendidos em seu ecommerce.

Como falamos no item anterior, busque atuar em mercados com os quais você tem preferência ou afinidade. Dessa forma será mais fácil gerenciar seus processos de vendas.

Afinal, será possível falar dos produtos com mais propriedade, passando confiança para seus clientes no atendimento e através do marketing.

Trabalhar com produtos pelos quais tem interesse também irá ajudar na avaliação da qualidade desses itens.

Por fim, será mais fácil entender a visão do seu público-alvo, suas vontades e desejos, já que você faz parte desse grupo.

3. Encontre bons fornecedores

Depois de definir seu nicho e produtos, é hora de pesquisar pelos melhores fornecedores para sua loja de dropshipping.

Sempre busque fornecedores que fazem a entrega direto para os clientes, pois eles geralmente oferecem os melhores preços.

Faça uma pesquisa sobre os líderes de mercado na sua área de atuação e opte pela alternativa que atende melhor que você deseja ter como cliente.

4. Teste os produtos escolhidos

Muitas pessoas pulam essa etapa na hora de fazer seu negócio de dropshipping, mas esse é um passo bastante importante.

É fundamental assegurar a qualidade dos produtos que serão vendidos em sua loja. Essa é uma forma de evitar comentários negativos sobre sua loja nas redes sociais e sites como o reclame aqui.

Existem fornecedores que oferecem amostras para que seus clientes atestem a qualidade dos itens.

Caso o fornecedor mais interessante para sua loja não tenha essa opção, considere fazer um pedido ou pesquisar bastante sobre a experiência de outros clientes que compraram.

5. Escolha seu canal de vendas

Agora é hora de escolher o canal de vendas para sua loja. É importante escolher bem, muitas pessoas tendem a ir para os marketplaces, mas essas plataformas podem cobrar comissões que irão afetar o preço dos produtos.

A forma ideal de como fazer dropshipping é criar sua própria loja virtual. Dessa forma não será necessário pagar comissões e será muito mais fácil rankear seu ecommerce nas páginas dos mecanismos de buscas como o Google.

Ter sua própria loja também oferece outros benefícios, como a possibilidade de trabalhar melhor a sua marca e de que clientes acessem diretamente seu site sem a necessidade de fazer uma pesquisa.

Uma das formas mais fáceis de fazer isso é usar uma plataforma para criar lojas virtuais. Confira as principais opções que oferecem integração com dropshipping:

6. Defina sua política de troca e devoluções

A legislação brasileira assegura aos consumidores o direito de arrependimento. Isso significa que os clientes têm um período de até 7 após a chegada do produto para se arrepender, podendo solicitar o cancelamento ou a troca sem custos adicionais.

Por isso é importante contar com uma política de trocas e devoluções bem ajustada com seu fornecedor.

Isso é importante porque mesmo em um modelo de dropshipping, você ainda é responsável pelas compras feitas pelos clientes.

7. Divulgue a sua loja

Com sua loja criada, é hora de divulgá-la. Isso é importante porque os clientes não vai encontrar seus produtos sozinhos.

É importante garantir sua presença nas redes sociais, fazer publicações, gravar vídeos e investir campanhas de marketing para divulgar sua marca e produtos.

Otimizar seu site e descrições de produtos também pode ajudar com estratégias de SEO, para fazer com que sua loja seja exibida nos primeiros lugares em resultados de buscas no Google.

8. Acompanhe todos os pedidos

Acompanhar os pedidos dos seus clientes é importante para assegurar que nada dê errado, promovendo satisfação e a fidelização.

Isso é importante porque eventuais imprevistos irão acontecer. Nesses momentos, estar presente e ajudar seu cliente a resolver a situação fará com que eles sejam muito mais compreensivos.

Portanto, sempre peste atenção nas movimentações e esteja presente para os clientes.

9. Ofereça um ótimo atendimento ao cliente

Por fim, é importante oferecer canais de atendimento ao cliente para evitar que eles se frustrem ao tentar contatar seu negócio.

Oferecer um ou mais canais é uma forma de facilitar a resolução de problemas relacionados a troca e devoluções, além de facilitar a resposta de dúvidas que podem influenciar no fechamento de uma compra.

Portanto, é fundamental ter no mínimo um email profissional para que seus clientes possam entrar em contato de maneira formal.

Contudo, você pode ir além. Existem ferramentas como o JivoChat que permitem o atendimento omnichannel, integrando um chat online em sua loja e centralizando suas redes sociais e WhatsApp em um só lugar.

Melhores sites para criar sua loja de dropshipping

1. Wix

O Wix é uma das plataformas de criação de sites mais conhecidas no Brasil, oferecendo recursos variados e de qualidade para quem deseja abrir seu ecommerce.

Em apenas alguns passos é possível utilizar a ferramenta para escolher um template de loja virtual profissional, customizá-lo, adicionar produtos e começar a vender.

Uma das principais vantagens do Wix é a integração do seu ecommerce com o modelo de dropshipping através do Wix App Market.

A Loja de Aplicativo do Wix conta com dezenas de integrações voltadas exclusivamente para dropshipping, integrando sua loja com fornecedores nacionais e internacionais, facilitando o começo do seu empreendimento.

2. Nuvemshop

O Nuvemshop permite começar seu negócio de dropshipping gratuitamente ou integrar sua loja diretamente aos fornecedores do AliExpress.

A plataforma oferece essa opção através do aplicativo Dropi, que conecta sua loja feita na Nuvemshop aos fornecedores internacionais do AliXpress.

O Dropi também permite automatizar a importação de produtos e pedidos, otimizando os processos do seu ecommerce.

3. Tray

A Tray é uma plataforma que visa oferecer tudo o que você precisa para sua loja virtual em um só lugar.

O serviço conta com uma vitrine completa, integração com mais de 30 marketplaces, redes sociais, soluções de pagamento, frete e atendimento ao cliente.

O dropshipping na Tray pode ser feito com produtos da AliExpress e Dropi Nacional, facilitando o gerenciamento dos produtos e sua loja.

4. Loja Integrada

A Loja Integrada conta com planos bem acessíveis para quem deseja começar uma loja de dropshipping profissional.

Sem investir muito é possível criar um ecommerce com pedidos ilimitados, suporte humanizado, integração com marketplaces e fornecedores AliExpress.

Fácil e prático de usar, a Loja Integrada permite abrir sua loja em apenas 5 passos.

A plataforma também usa a inteligência artificial para aumentar suas vendas e recompras, oferece checkout sem login, certificado de segurança, chechout em tela única e salvamento do cartão.

Aprendeu como fazer dropshipping?

Esperamos que o nosso artigo tenha ajudado você a entender como fazer dropshipping do zero.

Caso queira conferir o processo completo de como criar uma loja virtual, acesse o nosso artigo que ensina o passo a passo para montar sua loja virtual.

Compartilhe com seus amigos!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download