Marketing Viral: O que é e como aplicar essa estratégia

Tempo de leitura13 minutos
Eduardo S.
Eduardo S.
Redator

Provavelmente você já foi impactado por propagandas que se popularizaram de forma assustadora. Principalmente quem usa as redes sociais acaba se deparando com conteúdos que são compartilhados, curtidos e acabam grudando na cabeça, seja com uso do humor, músicas, frases de efeito ou até misturando duas ou mais dessas coisas.

E isso não acontece por simples coincidência. Na verdade, existe um grande planejamento que envolve todo o processo para que ele ocorra.

Por isso, o marketing viral é uma excelente estratégia para empresas que desejam fazer com que suas marcas sejam mais conhecidas e impulsionar o negócio.

Esse tipo de marketing explora a conexão entre pessoas e faz com que elas naturalmente promovam a sua marca. Nessa estratégia, o público tem um papel fundamental para engajar com os conteúdos produzidos.

Pensando nisso, preparamos este artigo onde iremos apresentar tudo sobre o que é marketing viral, como aplicar essa estratégia e a importância dela para a sua empresa. Confira!

O que é marketing viral?

Basicamente, o marketing viral é uma estratégia de marketing que procura aumentar significativamente a visibilidade dos conteúdos através do compartilhamento e engajamento das redes sociais.

Os resultados dessa estratégia variam de acordo com o planejamento, mas geralmente incluem aumento de tráfego e captação de leads, usuários ou clientes. A informação se espalha rapidamente no marketing viral, possibilitando um crescimento substancial e vantajoso para a marca.

O objetivo é contar uma história e transmitir uma mensagem forte, envolvente e confiável. Quando se realiza uma ação de marketing viral, a expectativa é que o público se identifique com a marca e o produto.

Utilizando ações emocionais, cativantes, engraçadas e que ofereçam algum tipo de ajuda, a viralização ocorre de forma orgânica e gratuita.

É importante destacar que o marketing viral é diferente do buzz marketing, embora frequentemente sejam confundidos. As metas de marketing das duas estratégias divergem na mensagem e na forma como ela é comunicada e direcionada ao público-alvo.

Ilustração de 3 mãos onde cada um deles segura um celular e vários ícones de internet

Qual é Buzz Marketing?

No buzz marketing, a meta é criar entusiasmo em torno de um produto ou serviço, gerando um impacto que incentive as pessoas a comentarem sobre a campanha. A palavra "buzz" pode ser traduzida como "burburinho", refletindo essa intenção.

Enquanto o buzz marketing busca atrair atenção de maneira provocativa e chamar a atenção de qualquer forma, o marketing viral foca em estabelecer uma conexão emocional e promover interações fundamentadas na relevância do conteúdo.

Por que investir em marketing viral é importante?

Por que sua marca deve investir em marketing viral? A resposta é simples! Quando sua campanha ou ação atinge o status viral, as chances de popularização do seu produto ou serviço aumentam significativamente.

Isso, por sua vez, abre oportunidades para aumentar suas vendas e conquistar novos clientes.

É importante destacar que nem todas as campanhas vão viralizar. No entanto, ao buscar formatos e conteúdos que incentivam o público a compartilhar sua mensagem, você já estará ajudando na conquista de mercado.

Entender a importância desse investimento é crucial. Nosso mercado se tornou global e sem barreiras. Uma pequena loja no interior pode vender para qualquer lugar do país e do mundo.

Essa facilidade aumenta a competição, exigindo que todas as empresas, grandes ou pequenas, lutem para se destacar e fortalecer suas marcas. Lembra daquela sensação de estar em frente a uma prateleira repleta de marcas diferentes para o mesmo produto?

O marketing viral ajuda sua empresa a se destacar, criando uma conexão com o público-alvo que facilita a escolha da sua marca entre tantas opções.

Quando um possível cliente vê seu produto na prateleira, é ideal que ele se lembre da campanha, sorria ao pensar na piada ou slogan, e sinta vontade de experimentar o produto para enfrentar seu dia com mais disposição.

Quais os benefícios do Marketing Viral?

Quando usado estrategicamente, o Marketing Viral oferece inúmeros benefícios para empresas que desejam se destacar em um mercado competitivo. Vamos explorar algumas dessas vantagens:

Aumento da Visibilidade da Marca

Uma campanha viral coloca sua marca em destaque, alcançando um público muito maior em um curto espaço de tempo. O compartilhamento espontâneo aumenta a exposição, tornando sua marca mais conhecida e reconhecível.

Maior Alcance Orgânico

Diferente de estratégias pagas, o Marketing Viral depende de compartilhamentos orgânicos. Isso significa que sua mensagem alcança um público mais amplo de maneira autêntica, resultando em um alcance significativamente maior.

Engajamento do Público e Potencial de Viralização

Campanhas virais conseguem envolver o público de maneira única. Criar conteúdos que despertem emoções faz com que as pessoas se sintam mais inclinadas a compartilhar. Esse engajamento genuíno não apenas amplia a visibilidade, mas também aumenta o potencial de viralização e alcance, levando sua mensagem ainda mais longe.

Baixo Custo de Investimento

Os custos associados ao marketing viral são menores em comparação com outras campanhas. Isso se deve ao fato de os meios de comunicação serem gratuitos, não exigindo grandes investimentos em mídias pagas.

O principal recurso de projeção são as pessoas impactadas pelas ações e conteúdos da marca, de forma que a viralização não é cobrada. A ação é instintiva, impulsionada pelo desejo de compartilhar algo que acharam interessante e desejam que seja visto por outras pessoas.

Construção Sólida da Reputação

A viralização de um conteúdo ocorre quando o público se identifica com a mensagem da marca. Com a confiança estabelecida, a reputação da sua marca é fortalecida ao longo do tempo.

É importante manter essa imagem para não perder público por falta de credibilidade. Os conteúdos virais devem manter o padrão de qualidade, garantindo que leads, consumidores e clientes se sintam à vontade para compartilhar.

Retorno Imediato

Outra vantagem da estratégia do marketing viral é o feedback rápido, pois em pouco tempo os compartilhamentos provocam reações em massa. Várias ações simultâneas permitem visualizar como o público reage ao conteúdo da campanha.

É possível mensurar o retorno por meio de curtidas, comentários, visualizações, entre outros. O retorno imediato facilita a geração de leads e o aumento das conversões, o que colabora para as próximas ações da marca.

Ilustração de uma pessoa em pé ao lado de um celular com um megafone e vários ícones de redes sociais

Como fazer marketing viral?

Há várias maneiras de transformar uma ação em algo viral e alcançar o objetivo de muitas pessoas compartilharem o conteúdo da campanha. Aqui estão alguns passos para executar uma estratégia de marketing viral bem-sucedida:

1. Conheça o Seu Público-Alvo

O primeiro passo é entender para quem a campanha e o conteúdo são destinados. Considere as características específicas desse público. Para impulsionar a viralização, é crucial compreender o comportamento, as preferências, as dores e as necessidades dos leads e consumidores.

Entenda também como eles se comunicam nos diversos canais de comunicação para usar uma linguagem adequada. O marketing viral busca representatividade, e ninguém compartilha algo com o qual não se identifica.

2. Analise as Redes Sociais

Depois de conhecer e entender seu público, analise o movimento nas redes sociais e monitore o nível de engajamento. Isso ajudará a identificar os canais mais apropriados para lançar uma campanha viral e aumentar as chances de compartilhamento.

Elaborar uma campanha criativa e atraente sem utilizar a rede correta para publicar o conteúdo dificilmente atrairá o público necessário. Avalie aspectos importantes que podem ser mensurados no engajamento das redes sociais, como hashtags, cliques e tráfego de palavras-chave.

3. Planeje o Título, a Imagem e a Mensagem

Seja por e-mail marketing, rede social ou blog, o primeiro contato do público é com o título, a imagem e, em seguida, com o texto. Um conteúdo viral é capaz de alcançar pessoas de diferentes perfis, conectadas por preferências e necessidades.

Portanto, é crucial criar um título atraente que desperte o interesse do público em saber o que sua marca tem a dizer. Garanta que a mensagem seja clara e que as imagens ou vídeos associados estejam alinhados com a mesma linguagem.

4. Foque nas Emoções

Muitas decisões são influenciadas pelas emoções, e o marketing viral pode aproveitar essa característica. Ao planejar estratégias baseadas no comportamento do seu público, você pode gerar ideias para conteúdos românticos, bem-humorados ou eufóricos.

Assim, mesmo que de maneira inconsciente, é provável que a ação favoreça a viralização. Quando as pessoas se deixam levar pelas emoções, elas tendem a querer compartilhar esse sentimento com outros, promovendo a identificação.

5. Seja Confiável

Mesmo quando envolvidas emocionalmente com a marca, as pessoas preferem compartilhar informações verdadeiras e confiáveis. Portanto, não tente enganar o público com dados ou fatos sem fundamento.

Se precisar mencionar estatísticas, forneça a fonte de pesquisas ou dados concretos que atestem a veracidade do conteúdo. Para ganhar a confiança e fidelidade do público a ponto de viralizar suas publicações, comprometa-se com a produção de conteúdo sério e verdadeiro.

6. Gere Identificação

Quando o lead, consumidor ou cliente se identifica com sua marca, há uma maior predisposição para compartilhar o conteúdo e contribuir para a viralização.

Se a mensagem tiver humor e for engraçada, as probabilidades de viralização aumentam. Os usuários da internet adoram memes e tendem a disseminar o conteúdo com aqueles mais próximos, desencadeando uma série de compartilhamentos.

7. Planeje o Lançamento da Campanha

Para viralizar, uma campanha precisa ser lançada no momento certo, de forma planejada e com análise do comportamento do público-alvo na web. Para aumentar as chances de viralização, estabeleça uma data estratégica.

Pode ser um período sazonal ou uma oportunidade ainda não explorada; essa decisão requer observação e análise do cenário como um todo.

Algumas estratégias para estimular o compartilhamento e ampliar o alcance do conteúdo incluem:

  • Utilizar hashtags de forma estratégica;
  • Criar um bom CTA sugerindo compartilhamento;
  • Oferecer exclusividade de conteúdo valioso em troca de compartilhamento;
  • Sugerir marcações de amigos, parentes e pessoas próximas;
  • Usar guest posts para unir marcas e aumentar o poder de viralização;
  • Produzir posts que se comuniquem entre os perfis da marca na internet.

8. Distribua Gratuitamente e Sem Restrições de Acesso

O conteúdo viral deve ser gratuito para o público, independentemente do tamanho da empresa, estrutura da campanha ou investimento aplicado. Portanto, pense em como esse conteúdo chegará às pessoas e seja fácil de compartilhar.

Nunca coloque um conteúdo viral "à venda" ou dificulte o acesso do público que você deseja atingir. Um conteúdo consistente e relevante, quando gratuito, tem muito mais chance de ser compartilhado e viralizar rapidamente.

Principais erros a serem evitados no marketing viral

O marketing viral busca cativar a atenção do público, mas há erros que podem comprometer seus esforços. Evite os seguintes deslizes para aumentar suas chances de sucesso:

1. Abordar Assuntos Delicados

Vivemos em uma sociedade com muitas questões sensíveis, como intolerâncias religiosas e fatos históricos controversos. Abordar esses temas pode até atrair atenção, mas as repercussões podem ser negativas para sua marca. Evite temas polêmicos e prefira assuntos mais leves. Isso não significa deixar de apoiar causas importantes, mas faça isso com cautela.

2. Explorar Situações Negativas

Aproveitar-se de situações negativas é um grande erro, não só em campanhas virais, mas em qualquer ação de marketing. Evite campanhas que possam ser interpretadas de maneira negativa, como sexismo ou preconceito. Um exemplo é a campanha "Bic for Women", que recebeu muitas críticas por sugerir que canetas comuns não eram adequadas para mulheres. Avalie bem suas campanhas para evitar esse tipo de erro.

3. Não Considerar as Consequências

Não considerar as possíveis consequências de uma campanha pode ser desastroso. A campanha "Free Iced Coffee" da Starbucks, por exemplo, foi tão bem-sucedida que tiveram que cancelá-la devido à demanda excessiva. Para evitar problemas, realize testes com grupos de pessoas antes de lançar uma campanha, obtendo feedback e ajustando conforme necessário.

4. Focar Excessivamente na Publicidade

Embora o objetivo de uma campanha de marketing seja promover a marca, no marketing viral, a sutileza é essencial. A história contada deve ser o foco principal, com a mensagem publicitária integrada de maneira suave. A sutileza pode ajudar a construir um elemento de surpresa e tornar a campanha mais memorável.

5. Ignorar o Público-Alvo

Ignorar o público-alvo é um erro comum, mas prejudicial. Sempre mantenha seu público em mente ao criar uma campanha. Uma dica simples é perguntar constantemente: "O que isso tem a ver com meu público?" Use lembretes visuais para manter o foco no público em todos os estágios de planejamento e execução da campanha.

6. Falta de Propósito

Criar uma campanha sem um objetivo claro é desperdício de tempo e recursos. Toda ação de marketing deve ter um propósito bem definido, alinhado com a estratégia da marca. Mesmo que o conteúdo seja interessante e cativante, ele deve servir a um propósito específico para ser eficaz.

Se você reconhecer algum desses erros em suas campanhas, não se preocupe. O primeiro passo para melhorar é identificar os problemas e buscar maneiras de corrigi-los. A busca contínua pela melhoria é essencial para alcançar a excelência.

Exemplos de Marketing Viral

Agora que entendemos o conceito de Marketing Viral e suas estratégias, vamos analisar alguns exemplos inspiradores que demonstraram a eficácia dessa abordagem.

Essas campanhas não apenas alcançaram um público vasto, mas também deixaram um impacto duradouro, oferecendo lições valiosas para quem deseja explorar o Marketing Viral.

Nissan: "Pôneis Malditos"

Em 2011, a Nissan lançou o comercial "Pôneis Malditos", que se espalhou rapidamente nas redes sociais. A campanha utilizou ironia ao comparar a potência do veículo com a força de um pônei, ironizando a medida cavalo-vapor.

Plataformas como Twitter, YouTube e o extinto Orkut foram cruciais para o sucesso da campanha, resultando em um aumento de 80% nas vendas do modelo promovido, superando as expectativas de faturamento da empresa.

Metro Trains Melbourne: "Dumb Ways to Die"

A campanha "Dumb Ways to Die" foi criada para aumentar a conscientização sobre segurança nas estações de metrô em Melbourne. Com um jingle cativante e personagens adoráveis, a campanha conquistou atenção global.

Este exemplo mostra como a combinação de elementos visuais e sonoros criativos pode ampliar significativamente o alcance e o engajamento orgânico de uma mensagem.

ALS Association: Desafio do Balde de Gelo

Em 2014, o "Ice Bucket Challenge" se tornou um fenômeno global. A campanha incentivava as pessoas a despejarem um balde de água gelada sobre si mesmas, aumentando a conscientização sobre a esclerose lateral amiotrófica (ALS) e arrecadando doações significativas para a causa.

Esse exemplo destaca como uma ideia simples, aliada ao poder das redes sociais, pode transformar uma campanha em um movimento mundial.

Dove: "Dove Real Beauty Sketches"

A Dove, conhecida por suas campanhas delicadas, lançou em 2013 o curta-metragem "Dove Real Beauty Sketches". Mulheres foram convidadas a se descreverem para um desenhista forense, sem saber que também seriam descritas por estranhos.

A comparação entre as autodescrições e as descrições dos desconhecidos revelou que as mulheres eram vistas como mais bonitas do que imaginavam.

Este projeto provocou uma reflexão sobre os padrões de beleza impostos pela sociedade, evocando uma gama de emoções que incluíam encantamento e empoderamento.

Esses exemplos demonstram como campanhas bem planejadas e criativas podem atingir um vasto público e deixar um impacto duradouro, comprovando o poder do Marketing Viral.

Aprendeu o que é Marketing Viral?

O marketing viral pode ser uma ferramenta poderosa para as marcas quando aplicado de maneira estratégica e direcionado ao público correto. Essa abordagem requer criatividade e uma percepção aguçada sobre o que tem potencial para viralizar.

No entanto, seguindo as diretrizes e aprendendo com exemplos de sucesso, é possível criar uma campanha eficaz que converta leads e impulsione as vendas.

Se você está procurando mais ferramentas de marketing para a sua empresa, vale a pena considerar as opções disponíveis no JivoChat. Esta plataforma oferece funcionalidades de comunicação interna, permitindo a configuração de departamentos e centralizando as comunicações, o que facilita a troca de informações entre a equipe de marketing e outros setores.

Além disso, contar com um chat online no seu site pode ser um diferencial significativo para aumentar a retenção de clientes. Aumentar o tráfego é apenas uma parte do processo; é crucial também reter os visitantes e convertê-los em clientes.

Utilize recursos como convites proativos para engajar os usuários que estão navegando no seu site, proporcionando uma experiência personalizada que pode resultar em mais oportunidades de negócios.

Compartilhe com seus amigos!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download