32 Melhores sites para fazer vendas online

Diversifique seus locais de venda através desses sites para fazer vendas online

Começar uma loja virtual é um processo simples, mas dificilmente fácil. Existem dezenas ideias sobre o que vender na internet e opções para fazer vendas online e tomar uma decisão sobre qual delas adotar para o seu negócio pode se tornar uma tarefa complexa. Afinal de contas, cada uma destas páginas contam com regras e tarifas próprias, assim como vantagens e desvantagens. Para ajudá-lo nessa tarefa de começar suas primeiras vendas online - ou para diversificar os sites no qual divulga seus produtos para ecommerce - selecionamos 32 opções de sites para aumentar o alcance de sua loja virtual!

E claro, não deixe de aproveitar para instalar a JivoChat em seu site para impulsionar as vendas online. Monitore e aborde visitantes com convites proativos e esteja disponível em tempo real para oferecer uma experiência realmente diferenciada.

Leia também: Como vender pelo WhatsApp: 8 Dicas infalíveis

1. Nuvemshop

Se está procurando por uma plataforma de ecommerce profissional que pode ajudá-lo a começar a fazer vendas online o quanto antes, certamente gostará de conferir a Nuvem Shop. Além de facilitar a criação de sua loja virtual, eles também oferecem serviços para que você coloque no ar sua loja no Facebook ou Instagram.

A Nuvem Shop também permite a segmentação e personalização através de segmentos e nichos de mercado específicos, como roupas e acessórios, saúde e beleza, entre outros. Caso você já tenha seu próprio negócio digital, poderá ainda contar com eles para aumentar suas vendas, posicionar sua marca no mercado e otimizar a gestão, não deixe de conferir!

Criar site de vendas online com a Nuvemshop

2. Shopify

O Shopify é uma plataforma para criar seus próprios sites de vendas online. Um dos mais populares em sua área, o Shopify conta com diversos modelos criados por profissionais. A plataforma também conta com uma própria ferramenta para analisar visitas e número de vendas de sua loja. Ao invés de cobrar tarifa por itens ou anúncios, o Shopify é utilizado através de planos mensais.

Shopify

3. Hostgator

Você provavelmente já conhece o Hostgator por seus excelentes serviços de hospedagem de sites, mas você sabia que eles também oferecem um construtor de sites realmente completo e que, inclusive, pode ser usado para criar um site e fazer vendas online? A melhor parte é que, além de contar com recursos profissionais, você poderá usufruir dos servidores de altíssimo desempenho da própria Hostgator e garantir a disponibilidade de seu site de vendas.

Criar site de vendas online com o Hostgator

4. SITE123

Com o SITE123, criar um ecommerce é tão simples quanto selecionar um modelo e personalizá-lo de acordo com seu nicho de mercado e com sua marca. A plataforma oferece ferramentas intuitivas para que você possa construir uma loja online dentro do menor intervalo de tempo possível, sem que seja necessário ter conhecimentos em programação, design, web design, etc. Vale a pena conferir os planos oferecidos pelo SITE123 para colocar seu site de vendas online no ar de forma rápida, prática e com preços competitivos.

Site123

5. Tray

A Tray certamente é outra grande alternativa entre os melhores sites para fazer vendas online. Eles oferecem uma plataforma completa, oferecendo todos os recursos que você precisa para administrar seu negócio e abrir sua loja virtual. Conte com ferramentas de email marketing, aplicativo mobile, loja de aplicativos que podem ser integrados e reforçar seus serviços e muito mais. Além disso, a Tray também oferece a opção de vender diretamente nos maiores marketplaces.

6. CartX

Por outro lado, se você está em busca de uma alternativa para criar um site de vendas e começar a vender através de dropshipping, realmente vale a pena conferir as soluções oferecidas pela CartX. Além de poder criar uma loja virtual gratuitamente, poder cadastrar produtos e receber visitas ilimitadas, você tera a oportunidade de integrar sua página com o checkout do Shopify para vendas via dropshipping. Vale a pena acessar e conferir todos os recursos disponíveis.

7. Loja Integrada

A Loja Integrada também se destaca entre as opções de sites para fazer vendas online. Além de permitir que você consiga criar uma loja virtual rapidamente e colocá-la no ar, a plataforma também oferece sua própria loja de aplicativos, onde você poderá encontrar soluções e integrações que podem ser adicionadas ao seu ecommerce facilmente, como gateways de pagamento, canais de atendimento, chat online, entre outras.

8. Webnode

O Webnode não podería ficar fora de nossa lista. Com ele, você pode criar facilmente sua loja virtual, blog ou o site institucional de sua empresa. Na ferramenta de criação de ecommerce, encontrará recursos como gerenciamento de produtos, pedidos e entrega, relatórios de acompanhamento de resultados, integração com Google Analytics, entre outros benefícios. O webnode oferece vários temas prontos para que você possa criar um ecommerce dentro de poucos minutos e personalizá-lo da forma como preferir.

9. Jumpseller

Outro excelente site para fazer vendas online é o Jumpseller, que oferece múltiplos canais de vendas digitais, são eles: loja virtual, Facebook Commerce, Google Shopping e Instragram Shopping. Além disso, eles oferecem uma grande seleção de temas e os mais populares métodos de pagamento e de envio. É possível experimentar a plataforma gratuitamente por 14 dias e seu plano mais básico não impõe limite de produtos ou cobra comissões sobre vendas.

10. Wobiz

Com a Wobiz, você pode aproveitar todos os recursos que uma plataforma de ecommerce profissional tem a oferecer e ainda terá a oportunidade de contar com uma equipe especializada pronta para garantir que sua loja esteja preparada para começar a vender. Eles oferecem um construtor intuitivo, mas caso você prefira, poderá solicitar que a própria Wobiz crie sua loja para você. Além disso, vale a pena conferir as ferramentas de marketing digital oferecidas pela Wobiz. Acesse pelo nosso link e ganhe um mês de graça da versão profissional da plataforma para lançar sua loja online.

11. Dooca

A Dooca oferece uma plataforma completa para quem deseja começar a vender online através de seu próprio ecommerce. Dentre seus diferenciais, podemos destacar um editor de aparência avançado para que você possa personalizar a sua página como preferir, resultados otimizados para marketing e SEO, integração aos principais marketplaces no mercado. Além disso, eles também oferecem integrações com ferramentas adicionais para turbinar sua loja online, como agrupadores de produtos, selos customizados, ferramentas de descontos e muito mais.

12. iSET

A iSET é uma plataforma de e-commerce completa com ótimos recursos tanto para quem deseja criar uma loja virtual do zero quanto vender pela internet de maneira mais lucrativa. A iSET é primeira plataforma SaaS do Brasil com modelo focado 100% no cliente, onde conta com um time de Sucesso do Cliente que acompanha cada etapa do projeto, assegurando que as metas e objetivos estão sendo alcançados. Além disso, oferecem também consultorias de e-commerce e marketing digital e vários canais de atendimento como: chat online, ticket de suporte, telefone, grupo de lojistas no WhatsApp, entre outros.

13. Bagy

Não há como falar sobre sites para fazer vendas online sem mencionar o Bagy. Essa plataforma de ecommerce permite que você crie uma loja virtual e possa acompanhar absolutamente tudo diretamente através de seu smartphone, via aplicativos disponíveis para Android e iOS. Assim, você consegue fazer vendas online, cadastrar produtos, fazer alterações em sua loje e avaliar relatórios de onde estiver. Vale a pena conferir como é fácil começar a vender com o Bagy.

14. Weebly

O Weebly é um dos melhores construtores de sites disponíveis no Brasil e também conta com recursos projetados para empreendedores que desejam entrar no mercado de ecommerces e criar seu próprio site de vendas online. Com o Weebly, você consegue selecionar entre temas profissionais e responsivos, ou seja, otimizados para disposistivos móveis e gerenciar seus produtos, carrinho de compras, logística de entrega e muito mais.

15. Ecwid

Quando o assunto é fazer vendas online, não podemos deixar de apresentar a plataforma de vendas da Ecwid. Ela permite que lojistas possam criar suas próprias lojas virtuais ou começar a vender através de outors canais digitais, como marketplaces ou nas redes sociais (Instagram e Facebook). Acompanhe seus resultados de qualquer lugar através de um aplicativo para dispositivos móveis e aproveite a integração com anúncios através do Google Ads, Facebook Ads e outras plataformas para impulsionar suas ofertas.

16. Mercado Livre

Uma das melhores opções para quem deseja fazer vendas online. Um dos maiores acervos de produtos para compra ou venda, o alcance do Mercado Livre permite que venda qualquer tipo de produto. A plataforma também conta com diversas formas de pagamento e o MercadoPago, que permite aos vendedores realizar vendas por cartão de crédito, mesmo que sua loja virtual ainda esteja no início.

Mercado Livre

17. OLX

O principal concorrente do Mercado Livre no Brasil, a OLX é um dos maiores grupos de sites de vendas online. Apesar do foco na venda de produtos usados, é possível comercializar de tudo, inclusive imóveis, negócios, veículos e até mesmo oferecer vagas de emprego ou propostas de serviço. Vale a pena conferir a página da OLX e conhecer mais sobre seus serviços para lojas virtuais e pessoas físicas.

Cadastre-se na JivoChat: Aproveite 14 dias GRÁTIS

18. Enjoei

Com uma proposta mais moderna e pessoal, diferente das duas plataformas citadas acima, o Enjoei é um site de vendas online também voltado para venda de usados. O layout de sua página também reflete essa abordagem mais direta, se afastando do modelo tradicional. Um dos elementos mais bacanas do site é a possibilidade de, por exemplo, o usuário informar o tamanho ou número de roupas e calçados para que ele possa buscar vestimentas dentro dessa especificação. Ou seja, caso seja dono de um ecommerce voltado à moda, o Enjoei acaba sendo mais indicado que outros websites.

19. eBay

O site que inspirou a criação do Mercado Livre na América Latina, o eBay é o maior site de leilões e vendas online no mundo. Caso também realize vendas internacionais, o site pode ser uma excelente opção para exportar seus produtos, já que permite frete internacional. Seu funcionamento é semelhante a sites como a OLX e, obviamente, ao Mercado Livre, permitindo listar seus produtos para serem encontrados nas buscas.

20. Amazon

Outra gigante da ecommerce, a Amazon é um dos lugares ideias para vender produtos autorais como livros ou ebooks. Embora as opções de categorias para produtos que podem ser vendidos por vendedores online sejam amplas em países como os Estados Unidos, atualmente no Brasil ainda não é possível comercalizar todos os tipos de produto. Ou seja, será necessário pesquisar para conferir se a plataforma serve de acordo com seu nicho de mercado.

Amazon

Veja também: Os chats são o futuro mas talvez seu negócio ainda não tenha compreendido isso

21. Selz

Diferente dos sites citados até aqui, o Selz é um site que permite construir sua própria loja virtual. Ou seja, ao invés de ser um sistema de intermediação para compra e vendas, o negócio do Selz é abrigar sua ecommerce, pagando apenas um plano mensal para utilização de suas ferramentas. O Selz também permite incluir uma loja virtual em seu blog feito no WordPress, por exemplo.

Selz

22. eBid

Uma espécie de alternativa ao eBay, o eBid possui funcionamento semelhante a ele em quase todos os aspectos. Sua principal vantagem sobre o gigantesco concorrente são suas taxas sobre as vendas, 3% menores que as praticadas pelo eBay. Em compensação, o alcance de seus produtos acaba sendo menor por conta do número de usuários também ser consideravelmente mais baixo.

23. Etsy

Focado na comercialização de produtos artesanais, o Etsy é uma plataforma para vendas online dedicada para quem procura itens fora do padrão visto em outros sites como eBay e Mercado Livre. Ele permite criar sua própria loja virtual dentro da plataforma, que permite pagamento também por sistemas mobile como Apple Pay.

Etsy

Ganhe dinheiro com a JivoChat: 30% recorrentes? Conheça o Programa de Afiliados da JivoChat

24. Bigcommerce

Outra plataforma para ecommerces, o Bigcommerce conta com funcionalidades parecidas com as do Shopify, servindo como uma alternativa. Porém, a plataforma conta com suporte a mídias sociais e utilização de cupons de desconto, entre outros. Seu revés é o preço de vender na plataforma, já que ele faz cobranças através de planos mensais, mas também faz cobrança de taxas para cartão de crédito e itens vendidos nela.

25. Bonanza

Essa plataforma para vendas online é focada na indústria da moda. O Bonanza funciona de maneira semelhante a sites como OLX, pois ao invés de utilizar cobranças através de planos mensais ou por anúncio, sua única taxa é após o fechamento de uma venda. É possível criar sua própria loja virtual dentro do Bonanza, no qual os usuários poderão vender tudo que tem a vender em apenas um local.

Bonanza

Confira também: O Jogo das Redes Sociais que você (provavelmente) não aprendeu a jogar

26. Submarino

Um dos primeiros a trabalhar com revenda de produtos online, o Submarino foi pioneiro em ser um site de vendas online sem contar com estoque próprio. Atualmente, o site se desdobra em diversos outros tipos de vendas, inclusive na área de viagens. Porém, devido ao seu tamanho e alcance de público, é um dos que cobra a maior taxa de vendas, cobrando 16% do valor do item vendido.

27. Zibbet

Assim como o Etsy, o Zibbet é um dos sites para fazer vendas online voltado aos produtos artesanais. Contando com itens de decoração, joalheria, brinquedos e diversas outras categorias, o site também separa seus produtos por categorias como “feitos à mão” e itens “vintage”, ou seja, com estilo “retrô”. É possível abrir uma loja própria dentro da plataforma, realmente vale a pena conferir.

28. BoxLoja

Fechando a seleção de plataformas, com o BoxLoja você poderá facilmente criar uma loja virtual e ter acesso à recursos profissionais, como a possibilidade de criar seu próprio programa de fidelidade, gerenciar e-mail marketing, entregar cupons de desconto para alavancar as vendas, entre outras funcionalidades prontas e já inclusas no site.

29. Sites de nicho

Também é possível fazer o caminho inverso, procurando anunciar seus produtos em sites de algum nicho em específico. Através de algumas buscas na internet, pode encontrar sites ou blogs que permitem a comercialização de produtos em suas páginas ou comunidades. Isso permite à sua ecommerce acessar um público que, mesmo que menor do que o das redes varejistas, tem muito mais potencial de se interessar pelo que está vendendo.

Leia também: Melhor hospedagem de site: 25 melhores opções

30. Redes Sociais

Apesar de ser mais recomendado como um complemento do que como uma loja virtual principal, as redes sociais podem ser grandes aliadas na hora de fazer suas vendas online. Através de páginas no Facebook ou perfis no Instagram - ou outras mídias sociais -, pode entrar em contato diretamente com pessoas interessadas em adquirir os produtos que vende, sem a necessidade de intermediários.

Para ilustrar como pode utilizar as redes sociais para vender seus produtos, não deixe de conferir essa história sobre uma empreendedora que montou sua ecommerce no Instagram. Ou seja, mesmo que não recomendado, uma boa ideia fora da caixinha pode fazer com que alcance grande sucesso nas mídias sociais.

Redes Sociais

31. Grupos de Facebook

Além da história que mencionamos no parágrafo acima, os grupos de Facebook podem servir como um excelente ponto de vendas, principalmente para produtos de nicho. Diversos grupos são criados justamente com o propósito de realizar vendas ou trocas. Grupos específicos sobre algum determinado tipo de produto - como filmes, videogames ou moda - normalmente também possuem políticas ou grupos próprios para venda.

32. Seu próprio ecommerce!

Apesar de estar por último na lista, nossa maior recomendação é que crie seu próprio site. Já comentamos sobre essa possibilidade em alguns dos itens dessa lista, já que Shopify e Selz permitem a criação de sua própria página de vendas online. Porém, elas não são as únicas e existe uma série de serviços que facilitam a criação de lojas virtuais, mesmo que não seja um web designer ou desenvolvedor. Para escolher qual o melhor site para seu ecommerce, recomendamos fortemente que também cheque nossa lista com as 10 maiores plataformas de ecommerce no Brasil para fazer sua escolha!

Atenda seus clientes em sites e redes sociais com o Jivochat!

Embora sites como eBay e Mercado Livre não permitem que instale um chat online, atualmente já é possível utiliza o Jivochat para atender seus clientes no Facebook ou em sua própria página. Não saia sem conhecer mais sobre nossa plataforma acessando nossa página de funcionalidades e saiba também sobre nossos planos disponíveis. E lembre-se: você possui 14 dias GRATUITOS para testar o Jivochat em sua loja virtual!

E não se esqueça de acessar mais vídeos como o acima no Canal do Youtube da JivoChat Brasil

2020/10/23

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte