Pirâmide de Maslow: o que é e como funciona?

Índice

O ser humano tem necessidades desde as mais simples, como morar bem e estar saudável até as mais complexas, como desenvolver seu potencial máximo. A Pirâmide de Maslow é uma teoria que se baseia nessas necessidades comuns.

Essa teoria do século 20 é utilizada por empresas até hoje, esse modelo hierarquiza as necessidades humanas desde as fisiológicas até as de autorrealização. A cada etapa satisfeita, o indivíduo vai subindo na pirâmide de Maslow e criando novas motivações.

Quer saber o que é Pirâmide de Maslow e como funciona e também como utilizá-la no seu negócio? Confira nosso artigo e conheça tudo sobre a Pirâmide de Maslow.

O que é Pirâmide de Maslow?

Criado pelo psicólogo americano Abraham Maslow (1908-1970), a Pirâmide de Maslow, ou Teoria da Hierarquia das Necessidades Humanas, é um modelo que apresenta as principais necessidades do ser humano em ordem de prioridade.

O modelo define cinco categorias de necessidades humanas, as demandas são elencadas, da base ao topo, que levam as pessoas a satisfação plena e a autorrealização, determinando o que nos motiva. Confira essas categorias:

  • Fisiológicas;
  • De segurança;
  • Sociais;
  • De estima;
  • De realização pessoal.

Ilustração da Pirâmide de Maslow com vários itens em casa etapa

Através dessa pirâmide, tudo o que precisamos para ter uma vida satisfatória é organizado do mais essencial, na base, até os níveis mais elevados, no topo. Para que um indivíduo atinja o ponto máximo da realização pessoal, ele precisa passar por cada uma das etapas.

Por mostrar as necessidades elementares do ser humano, a Pirâmide de Maslow tem sido utilizada por empresas para entender as motivações e o comportamento dos mais diversos públicos.

Quem foi Abraham Maslow?

Antes de continuarmos falando sobre a Pirâmide de Maslow, vamos te mostrar quem foi o fundador dessa teoria. Abraham Maslow foi um psicólogo americano nascido no Brooklyn, Nova Iorque, que fundou a vertente da psicologia humanista.

Com uma corrente focada no aparelho psíquico, estrutura da mente humana segundo a psicanálise, formada por inconsciente, pré-consciente e consciente, compreendendo o ser humano como um ser livre que vive no presente.

A Pirâmide de Maslow foi apresentada no artigo “A teoria da motivação humana”, publicado em 1943 na revista Psychological Review. Sua pesquisa foi aprofundada no livro “A Theory of Human Motivation”, publicado originalmente em 1954.

Para desenvolver essa hierarquia das necessidades humanas, Maslow começou observando o comportamento de macacos e estendendo suas ações à conduta humana.

Chegando a conclusão de que, em ambas as espécies, as escolhas são feitas baseadas em necessidades pessoas que evoluem para novos níveis conforme são satisfeitas, chegando ao pico máximo da auto realização.

Qual é o objetivo da Pirâmide de Maslow?

O objetivo da pirâmide de necessidades de Maslow é mostrar as demandas humanas organizadas de forma hierárquica, de forma que possamos entender as motivações que nos levam adiante.

Segundo o autor, o ser humano só passa para o próximo nível após ter a demanda do estágio anterior completamente sanada.

Por exemplo, uma pessoa que não tem uma necessidade fisiológica satisfeita, como a fome, não terá como buscar segurança e afeto enquanto não resolver as demandas mais urgentes de seu corpo.

Da mesma maneira, alguém que não consiga suprir sua necessidade de afeto dificilmente terá condições de fortalecer sua autoestima e alcançar realizações mais profundas.

De acordo com o psicólogo, essas fronteiras não são tão rígidas, já que nada impede uma pessoa de desejar o próximo estágio sem satisfazer o nível anterior. Mas, a motivação do indivíduo estará sempre concentrada no nível atual da Pirâmide de Maslow.

Ilustração de duas pessoas analisando a Pirâmide de Maslow

Quais são as 5 necessidades de acordo com Maslow?

Agora que você conheceu o que é Pirâmide de Maslow, vamos te apresentar melhor quais são os cinco níveis de necessidades que definem a motivação humana de acordo com o autor.

1. Fisiológicas

A base da pirâmide de necessidades de Maslow apresenta as necessidades fisiológicas comuns a todos os seres humanos. Esse primeiro nível são demandas naturais que precisam ser supridas para manter um corpo saudável e garantir a sobrevivência.

Alguns exemplos dessas necessidades são:

  • Respirar um ar com bons níveis de oxigênio;
  • Estar em um ambiente com temperatura adequada;
  • Saciar a fome e a sede;
  • Cumprir as funções do sistema excretor;
  • Dormir e descansar o suficiente;
  • Ter um abrigo satisfatório (moradia);
  • Manter a saúde física e mental.

Caso essas necessidades não sejam satisfeitas, o indivíduo não conseguirá pensar em outra coisa e estará totalmente focado em atender as demandas do seu corpo, em um estado quase selvagem.

Dessa forma, só é possível passar para o próximo nível da pirâmide de Maslow depois de estar em dia com sua saúde e bem estar.

2. Segurança

Após satisfazer suas necessidades fisiológicas, o ser humano passa para o segundo nível da Pirâmide de Maslow, a necessidade de segurança. Nessa etapa, surge a demanda de proteção contra ameaças, como violência, catástrofes naturais, entre outras.

Entretanto, essa demanda vai além dos perigos comuns da sociedade e se aplica também a necessidade de segurança financeira, estabilidade no emprego, proteção contra riscos (seguros), entre outros.

Geralmente, é preciso satisfazer a ânsia de se sentir seguro para avançar para as demais etapas da realização humana. Isso acontece, pois em estado de insegurança, todo indivíduo fica perturbado e tem sua mente ocupada pelo medo.

3. Sociais

Quando o ser humano está saudável e seguro, ele consegue avançar para o nível de necessidades sociais da Pirâmide de Maslow. Nessa etapa, são satisfeitas as demandas por relacionamento familiares, sociais e afetivos de forma geral.

Fazem parte das necessidades sociais de Maslow:

  • O relacionamento saudável com pais, irmãos, filhos e outros parentes;
  • A satisfação romântica por meio de relações afetivas;
  • A convivência e cooperação no ambiente de trabalho;
  • A socialização com a comunidade, incluindo vizinhança, colegas de escola, pessoas do comércio local etc.

Ao conquistar todas essas necessidades satisfeitas, o ser humano se sente pertencente ao grupo e cria vínculos essenciais para seu bem-estar. Assim, é possível passar para o próximo nível, que já está chegando ao topo da Pirâmide de Maslow.

4. Estima

Até esse nível da pirâmide de necessidades de Maslow, já temos um ser humano saudável, seguro e socializado. Então, chega o momento de observar para dentro de si e atender as necessidades de estima propostas por Maslow.

Nessa etapa da pirâmide, está a necessidade por autoestima, autoconfiança, independência e reconhecimento. Afinal, todo ser humano quer se sentir digno, confiante, respeitado e apreciado pelos outros.

Por isso, nessa etapa também está associada a necessidade de status, que é tão comum na sociedade de consumo. Geralmente, é o momento em que o indivíduo compreende suas capacidades e também recebe o feedback sobre suas virtudes, profissionais e pessoais.

5. Realização pessoal

Chegando no topo da Pirâmide de Maslow, está a realização pessoal, também conhecida como autorrealização. Nesse nível estão as necessidades de desenvolvimento do potencial de cada ser, como o objetivo de atingir a melhor versão de si mesmo.

Para satisfazer a necessidade de autorrealização, é necessário superar desafios, desenvolver o pensamento livre e criativo, conquistar a autonomia e atingir o nível máximo de suas competências.

Dessa forma, é o que entendemos como um ser humano realizado, dependendo das expectativas da sociedade em que vivemos. No caso da sociedade de consumo ocidental, tem a ver com independência, prosperidade, produtividade e influência.

Outras necessidades da Pirâmide de Maslow

Além das necessidades existentes na pirâmide, em estudos posteriores, Maslow identificou outras três delas:

  • Aprendizado: Aspirações por aprender e entender a realidade ao redor;
  • Satisfação estética: Deve ser atendida a procura pela beleza, pela simetria e pela arte como um todo;
  • Transcendência: A necessidade de se espiritualizar através do contato racional com um poder maior.

Maneiras de aplicações da teoria da pirâmide de Maslow

Entendendo melhor o que é pirâmide de maslow e quais são suas necessidades. Agora vamos te mostrar como aplicar práticas da teoria de Maslow, com alguns exemplos desse modelo no mercado atual:

Estratégias de RH

A pirâmide de necessidades de Maslow é muito usada na área de recursos humanos para entender as necessidades dos colaboradores e desenvolver o capital humano das empresas.

Normalmente, o RG parte do modelo para criar programas de benefícios, planos de carreira, pesquisas de clima organizacional, campanhas de engajamento, entre outras ações.

Estratégias de marketing

Já no marketing, a Pirâmide de Maslow é muito utilizada para entender as necessidades do consumidor e desenvolver ações que atendam a esses desejos. Os profissionais da área podem usar o modelo para compreender o que o público-alvo necessita.

Podendo direcionar campanhas e produtos para diferentes níveis de demandas das pessoas. Além disso, a pirâmide de necessidades humanas pode ser usada para criar personas.

Estratégias de vendas

No setor de vendas, a pirâmide de Maslow é uma base importante para compreender o comportamento do potencial cliente e abordá-lo de maneira correta.

Com essa teoria, o vendedor pode avaliar em qual estágio de necessidade o consumidor se encontra e direcionar seus argumentos para agilizar o fechamento do negócio.

Como utilizar Pirâmide de Maslow no e-commerce?

Se você possui um e-commerce, é possível utilizar a Teoria da Hierarquia das Necessidades Humanas para melhorar os resultados da sua loja virtual. Confira algumas dicas para aplicar essa teoria:

Investigue as motivações do seu público

Para ter um negócio de sucesso, é fundamental entender o que leva seus potenciais clientes a comprarem. Com a pirâmide de Maslow, fica fácil investigar as motivações por trás das decisões de compra e direcionar seus esforços para as necessidades do público.

Por exemplo, caso você tenha uma loja virtual de roupas pode descobrir que seus clientes são altamente movidos pela necessidade de estima. Com isso, o lojista pode apostar na estratégia no status proporcionado pelas peças, priorizando marcas e estilos.

Satisfaça as necessidades de seus clientes

A Teoria da Hierarquia das Necessidades Humanas também pode ser utilizada para satisfazer as necessidades dos seus consumidores em todas as etapas da jornada do cliente.

Por exemplo, você pode identificar que há uma maior demanda por segurança no momento do pagamento online. Nesse caso, pode utilizar uma plataforma de e-commerce com requisitos de proteção e mecanismo anti fraude de pagamentos.

Outra necessidade que pode ser identificada e utilizada é a necessidade social dos consumidores. Em uma situação desse jeito, o uso do mecanismo de prova social com avaliações positivas de outros usuários sobre seus produtos é uma excelente tática.

Ofereça novos produtos e serviços

Outra excelente ideia para utilizar a Pirâmide de Maslow é para selecionar novos produtos e serviços para o catálogo do seu e-commerce. Dessa forma, você consegue escolher o que vender para ganhar dinheiro baseado nas necessidades do seu público.

Aprendeu o que é Pirâmide de Maslow?

Esperamos que este artigo tenha te mostrado tudo sobre o que é Pirâmide de Maslow e como aplicá-los no seu e-commerce.

Se você está querendo empreender e montar uma loja virtual, confira nosso artigo completo sobre como montar uma loja virtual.

Início Blog Vendas Pirâmide de Maslow: o que é e como funciona?
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download