O que é oratória? Aprenda a melhorar a sua | JivoChat

Índice

Saber o que é oratória é essencial para quem busca ter sucesso profissional e também admitir uma posição de destaque ao falar em público.

A boa oratória é uma habilidade que é muito valorizada e buscada no âmbito profissional, pois a comunicação é essencial nesses espaços para que seja possível alcançar os resultados esperados.

Em resumo, é necessário saber como se comunicar seja em reuniões em grupo, durante a venda de um produto ou até mesmo apresentação de uma palestra.

Ela também está relacionada ao poder de convencimento e a famosa habilidade de persuasão, características que também são muito utilizadas no ambiente profissional. 

E do contrário que muitas pessoas pensam, a habilidade de ter uma boa oratória não é inata, é possível sim melhorá-la.

Portanto, se você quer saber mais sobre o que é oratória e como você pode melhorar a sua capacidade de se expressar em público confira esse artigo.

Afinal, o que é oratória?

Para entender o que é oratória poderíamos conceituá-la a partir da definição que encontramos no dicionário.

Nos dicionários, ou em sua maioria, encontramos o conceito de oratória como a arte e prática de falar em público.

Entretanto, já é de conhecimento geral que a oratória engloba um conjunto de fatores que não estão restritos apenas ao ato de falar.

E dentre esses fatores podemos citar: a linguagem corporal, a linguagem verbal, e a produção de uma mensagem bem estruturada que será transmitida ao público.

Ou seja, ela está fortemente relacionada com a maneira que você se expressa diante de uma platéia ou público. 

Por isso, a oratória seria melhor definida se a tratássemos como um conjunto de técnicas que auxiliam a declamação de discursos envolventes.

Quando os fatores citados acima são bem explorados em uma oratória, é possível criar um discurso com capacidade de influenciar, convencer e conectar o seu público com as suas ideias.

É por esse motivo que dizemos que a oratória também está relacionada com a capacidade de persuasão, pois através dela é possível convencer o ouvinte. 

Os usos da oratória

Como vimos anteriormente, ao analisarmos mais profundamente o que é oratória, ela é uma habilidade que tende a dar suporte para quem deseja falar bem em público.

E de uma maneira geral, profissionais de diversas áreas precisam desenvolver a habilidade de oratória, pois são essenciais a nível profissional.

Um líder de uma equipe, por exemplo, precisa usar a persuasão para melhorar o desempenho da equipe e motivar os colaboradores a atingir metas mais elevadas.

E principalmente o time de vendas, é necessário saber como convencer um cliente que o seu produto é o melhor do mercado.

A oratória está fortemente associada a cargos de liderança, pois a retórica, e quando falamos de retórica estamos incluindo a oratória, tem a capacidade de:

  • Instigar a imaginação do ouvinte

  • Favorecer a compreensão acerca dos assuntos abordados

  • Despertar a paixão através do interesse

  • Influenciar a determinação

Entende porque desenvolver a oratória é muito importante como uma soft skill? Sim, ela é uma ferramenta poderosa

E nesse sentido a oratória pode ser aplicada em situações algumas situações como quando se tem a necessidade de falar em público:

  • Iniciar uma discussão sobre um tema
  • Ministrar um treinamento ou uma aula

  • Defender o seu ponto de vista em uma reunião ou discussão

  • Convencer os clientes acerca dos benefícios de um produto.

Em palestras ou aulas ela é uma habilidade muito importante, pois através dela é possível deixar um discurso menos monótono e adequá-lo a linguagem do seu público.

Imagem vetorizada de uma palestrante e sua audiência em uma conferência

O que é necessário para desenvolver uma boa oratória?

Provavelmente você está se perguntando, depois de entender o que é oratória, o que é ter uma boa oratória para conseguir se comunicar em público com eficiência.

O primeiro passo para desenvolver a habilidade de oratória é conhecer quais são as técnicas disponíveis para melhorar essa habilidade, e praticar.

Para conhecer as técnicas de oratória mais utilizadas você pode assistir vídeos, comprar livros que estejam relacionados com a área ou então buscar por cursos.

O curso A arte de falar em público, por exemplo, é um curso bastante completo e que apresenta as principais técnicas para que você possa praticar e se tornar um bom orador.

Esse curso possui 11 aulas, e abrange desde o que é oratória até as principais técnicas de linguagem corporal, storytelling e persuasão.

Ele ainda traz exercícios práticos para você exercitar as habilidades aprendidas durante o curso, e também acompanha certificação que pode ser utilizada para melhorar o seu currículo

Já no curso a A Jornada do Orador, você terá acesso a um conteúdo voltado tanto para quem trabalha através das redes sociais, quanto para quem trabalha no mundo corporativo.

Após a aquisição do curso, o acesso é ilimitado, você também pode contar com aulas práticas  e ainda terá acesso a uma comunidade VIP no Whatsapp, para trocar informações e receber conteúdos exclusivos.

O curso A Jornada do Orador também conta com certificação, e são 9 módulos que irão te ajudar a compreender quais são os principais erros,  como superar o seu medo de falar em público e muito mais.

O segundo passo é colocar em prática o que você aprendeu através do estudo, esse passo é essencial para que você adquira confiança sobre as suas habilidades.

Por isso, é importante também que você peça feedbacks sobre os seus discursos para que você possa avaliar se houve melhoria no seu desempenho.

Estratégias para melhorar a sua oratória

Existem diversas estratégias que você pode aplicar para melhorar a sua oratória.

E agora que você já compreendeu o que é a oratória e em quais lugares ela pode ser aplicada, vamos abordar algumas estratégias interessantes que podem ajudar você a estar mais preparado para discursar em público.

Conheça o público que será seu ouvinte

O primeiro passo para ter sucesso durante a oratória é conhecer quem são as pessoas que irão receber a informação que você deseja transmitir.

Pois assim, saberá como direcionar o seu discurso, qual é o melhor tom de voz para que a comunicação seja eficiente e quais abordagens são possíveis de usar com o seu público.

Todos esses aspectos devem ser pensados, pois lembre-se que a oratória deve ser algo estimulante o suficiente para desencadear uma paixão no seu público.

Nesse sentido, quanto mais características você tiver do seu público ou da sua audiência, mais envolvente você pode transformar o seu discurso.

Conheça sobre os seus gostos pessoais, quem são as figuras a quem eles se inspiram e principalmente a maneira com que eles se comunicam.

Para isso você pode criar Personas.

Esteja preparado

Seja em uma reunião de negócios ou numa apresentação para um público, mantenha seu foco em um objetivo principal, que é transmitir uma mensagem a sua audiência.

E por isso, é essencial que você encontre meios de facilitar a transmissão dessa mensagem. 

Um recurso que é muito utilizado entre palestrantes, e também em encontros e reuniões é criar uma apresentação.

Uma apresentação além de facilitar a compreensão do público, contribuirá com a sua oratória, pois através dela é possível manter uma estrutura organizada e coerente dos assuntos que você deve apresentar.

Você pode utilizar a apresentação como apoio, destacando apenas algumas palavras-chave e pontos mais relevantes sobre o assunto.

Mas esteja atento, não coloque textos muito extensos, se você já sabe o que é oratória deve saber não se trata de quantidade e sim de qualidade. 

Utilize a linguagem adequada

Conhecer o público também implica em saber qual o tipo de linguagem deve ser utilizada durante uma apresentação.

Basta que você conheça quem é o seu público e tente adaptar a sua comunicação para aproximá-la da comunicação utilizada por eles.

É importante também saber quando utilizar as linguagens formal e informal, estar preparado e saber quais são os termos técnicos que não irão causar estranheza no seu público.

Brincadeiras, geralmente, são aceitas positivamente, no entanto, cada situação é uma situação, e você precisa analisar com base na sua própria experiência.

Apresente objetividade

Não tem nada pior do que emendar uma história na outra, apresentar um monte de exemplos desnecessários e não entregar o conteúdo que o seu público quer ouvir.

Além de ser cansativo para quem está escutando a sua palestra é capaz de você se perder no seu próprio conteúdo.

É importante que você entregue acima de tudo conteúdo de qualidade, e a partir desse conteúdo aprimore a sua maneira de sintetizá-lo, torná-lo claro, objetivo e interessante. 

Por isso, invista em recursos gráficos como infográficos, mapas mentais, vídeos e outros.

O ideal também é não cansar o seu público ou você pode adquirir uma fama ruim por conta disso.

Esteja atento as pausas

Assim como não é bom encher a sua audiência com conteúdos soltos para ocupar o tempo, também não é bom não dar espaço para que ela assimile o conteúdo apresentado.

Por isso, você deve fazer uma pausa entre as falas. As pausas são importantes para que a audiência consiga absorver o que foi dito, mas fazer pausas sem motivo não é muito profissional.

Uma estratégia que pode ser utilizada é realizar uma pergunta e esperar a plateia refletir sobre o que está sendo perguntado. 

Nessa pausa você pode beber uma água e ganhar um novo fôlego para continuar a apresentação.

Invista em Storytelling

Você entendeu mesmo o que é oratória? 

Se você entendeu, é bem provável que você já saiba que a sua narrativa deve ser impecável tanto para fazer o seu público se sentir atraído pelo conteúdo da sua palestra.

Para isso você pode utilizar uma técnica chamada Storytelling, que consiste em realizar uma narrativa dentro de um contexto específico que permita que o seu público se identifique ainda mais com o assunto. 

Você pode utilizar exemplos que também são bastante bem-vindos pelo público, quem não gosta de uma boa história, não é mesmo?

Dê atenção a sua postura

Para transmitir confiança ao seu público é necessário estar atento à sua postura perante a sua audiência.

A postura pode indicar se você está retraído ou se está ansioso, e é importante que o público sinta que você está confiante, do contrário, como você espera conseguir persuadir alguém sem nem mesmo parecer confiante?

Os gestos também são importantes para a narrativa, pois eles podem dar ênfase a uma informação, mudar a entonação do que está sendo abordado, a linguagem corporal também faz parte de o que é oratória.

Cite pessoas conhecidas

Para dar embasamento a sua fala nada como trazer um exemplo real, por isso você pode pesquisar sobre as personalidades que são autoridade no assunto.

Utilizar pessoas como referência faz com que você adquira maior credibilidade e também faz com que o público se interesse mais pela palestra, principalmente se a personalidade citada é conhecida desse público.

Imagem vetorizada de uma mulher fazendo um checklist em uma planilha

Saber o que é oratória pode ajudar com o medo de falar em público?

Não saber como falar em público é natural para quem não tem nenhuma experiência, mas quem já enfrentou o público em algum momento da vida e se sentiu incapaz deve estar atento.

Pois, essa incapacidade pode estar associada a autocobrança,  a um trauma, ou até mesmo da própria personalidade retraída da pessoa.

Nesses casos, é aconselhável que você busque ajuda profissional, para compreender melhor de onde surge esse medo. 

Algumas reações quando precisamos falar em público são naturais do organismo, pois ele entende que a exposição ao público é uma situação de risco e tende a dar uma descarga de adrenalina e isso nos mantém em estado de alerta.

Como consequência é natural surgir sintomas como ansiedade e estresse, mas você deve saber identificar quando isso vai além do que é considerado normal e acaba afetando a sua rotina.

Ou seja, não adianta saber o que é oratória e conhecer suas técnicas se o medo de falar em público está associado a algum trauma.

Entretanto, estar preparado, e seguir algumas das dicas que mencionamos acima provavelmente vai fazer você se sentir mais confiante e seguro de si. 

Lembre-se de estudar o conteúdo da sua apresentação e também elaborar um roteiro para servir de guia, se mantenha organizado e tente evitar passar por experiências estressantes seguidamente. 

Depois de saber o que é oratória dê o próximo passo

Se você entendeu o que é oratória através deste artigo, provavelmente está pronto para dar os próximos passos.

Existem muitos conteúdos em livros, vídeos e até mesmo os cursos, como apresentamos anteriormente.

Absorva esses conteúdos, aprenda como aplicar essas técnicas ao segmento de mercado que você está inserido.

E pratique, pratique a ter a garantia de que está entregando um conteúdo único e de boa qualidade. 

Início Blog Comunicação O que é oratória? Aprenda a melhorar a sua | JivoChat
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download