O que é mapa mental e ferramentas para fazer o seu

Índice

Vivemos em mundo conectando onde muita informação é compartilhada a cada minuto. No entanto, isso não significa que absorvemos e sintetizamos todo conhecimento que é bombardeado em nossa mente. Nosso cérebro tem limitações físicas, por isso, guarda apenas as informações que considera importante.

Para contornar esta situação e otimizar nossa capacidade de aprendizado e criatividade, alguns métodos e técnicas foram criados. O mapa mental é um dos principais. Para alguns, este conceito pode ser algo novo, mas a verdade é que esta estratégia de organizar informações tem ficado cada vez mais popular.

Os mapas mentais são uma ferramenta gestão de informação que utilizam representação visual de conceitos e ideias para torná-los mais simples. Fazer isso ao aplicar esta técnica pode trazer grandes benefícios em estudos, planejamentos, memorização, desenvolvimento de ideias, criação de apresentações, entre tantas coisas.

Para ajudar você a fazer seu primeiro mapa mental, criamos um guia completo com todas as informações necessárias. Desde conceitos, como fazer, dicas e ferramentas que irão facilitar seu trabalho. Vamos lá?

O que é um mapa mental?

O mapa mental é um diagrama criado com o objetivo de tornar fácil e prática a explicação de conceitos complexos. Ele é feito a partir de uma ideia principal que é anotada no centro, então, conceitos relacionados a esta ideia serão ramificados.

Geralmente, recursos visuais são utilizados para facilitar a compreensão de conceitos. Elementos como setas, símbolos, cores, formas e até mesmo fotos podem ser utilizados para facilitar a assimilação das informações anotadas e destacadas.

Essa característica faz com que o método seja muito indicado para pessoas que aprendem melhor visualmente.

Os mapas podem ser complexos, abordando e relacionado diversos conceitos através de suas ramificações. Ou podem ser simples, tornando a organização de ideias algo prático que pode facilitar suas anotações e compreendimento.

Vale ressaltar que é importante valorizar a capacidade de sintetizar as informações. Por tanto, mesmo temas complexos devem ser anotados em no máximo três palavras. Desta forma, as anotações serão bem compreensíveis e organizadas.

Como este conceito foi criado?

O psicólogo inglês Tony Buzan é que sistematizou o formato de mapa mental. Ele teve a ideia de criar este sistema após perceber que anotações feitas de forma linear não eram eficientes na aprendizagem.

Então, o psicólogo destacou as principais palavras de suas anotações normais e notou a relação entre outros conceitos destacados em seu texto. Porém, as informações estavam desorganizadas e mesmo assim ele esquecia do texto que não estava realçado.

Então, ao utilizar uma nova folha para refazer suas anotações ele utilizou apenas o conceito central e as ideais destacadas, criando ligações entre elas. Então, o método de mapear as informações mentalmente através de anotações foi criado.

Mapa mental vazio composto por nuvens

Mapa mental: como funciona e para quê serve?

Esta estratégia de organização serve para manter seu foco nas informações corretas. Desta forma, você não irá perder sua concentração em uma imensidão de conteúdo que pode causar confusão ou gerar esquecimento.

Isso significa que o mapa mental ajuda a memorizar os principais pontos de um assunto e a organizar os detalhes em sua cabeça sobre planejamentos.

Podemos dizer que é um “mapa” que guia sua mente pelo caminho mais fácil de acessar o conteúdo que acabou de ser aprendido.

Ou seja, as informações estarão dispostas de uma maneira mais prática e simples em suas anotações, proporcionando uma forma simples para que seu cérebro seja capaz de assimilar o conteúdo com facilidade.

Qual é a importância do mapa mental?

Ao criar um mapa para suas informações, seu cérebro irá trabalhar seus dois lados. Desta forma, ativando o lado racional e o lado criativo simultaneamente, é possível estimular sua criatividade e seu foco.

O método traz melhorias na produtividade em processos de conhecimento e na organização para produzir conteúdo. O mapa atua como um filtro de informações, aumentando sua concentração e absorção de novas informações.

Qual é a vantagem de fazer um mapa mental?

As vantagens de utilizar esta técnica estão relacionadas ao aumento de produtividade e melhora significativa da concentração. É possível absorver e lidar de uma maneira mais fácil com as informações, tornado o aprendizado mais efetivo.

O método também pode ser aplicado na solução de problemas, ajudando a visualiza-lo e compreendê-lo. A prática também estimula a criatividade e torna a transmissão de conhecimento mais fácil entre pessoas. Ou seja, é possível transmitir a mensagem que você deseja com muito mais facilidade.

Como fazer seu próprio mapa mental

Existem basicamente duas maneiras principais de elaborar seu mapa. A primeira é à mão, usando papel e caneta. Esta é uma forma mais prática e acessível, pois qualquer pessoa tem acesso a estes materiais.

No entanto, escrever e desenhar seu diagrama pode trazer algumas dificuldades. Afinal, fazer alterações pode acabar se tornando uma tarefa difícil nesta ocasião. Adicionar novas informações, mudar o formato de seu mapa ou até mesmo expandi-lo são ações que podem acabar sendo limitadas às folhas de papel, gerando diagramas desorganizados.

A segunda forma é utilizar aplicativos especializados em criar diagramas. Este método é, de formal geral, mais eficiente e prático, pois permite mudanças sem impacto algum em seu trabalho. É possível fazer alterações a qualquer momento, apagar textos e adicionar novas ideias facilmente.

Além disso, aumentar e mudar a forma do seu mapa é uma tarefa mais simples com estes programas. Afinal, conforme seu mapa cresce, ele será adaptado ao tamanho de sua tela.

Utilizar estes aplicativos torna a adição de cores, formas e imagens muito mais fácil. Compartilhar suas anotações também é algo mais fácil ao criá-las digitalmente.

Enfim, o processo para criar seu mapa mental será o mesmo independente do método escolhido. Confira o nosso passo a passo e entenda os conceitos gerais para saber como criar seu próprio diagrama.

1. Defina o conceito central

O primeiro passo para criar mapas mentais é definir uma ideia central. Este sera o tema escolhido para o seu diagrama. Então, esta ideia deve ser anotada no centro de sua folha ou tela e expandida para fora.

Diversas ideias e conceitos podem ser o foco de um mapa. Porém, para definir bem o tema do seu diagrama busque pensar em um problema que necessita de solução, em um projeto que está sendo discutido ou em algum conceito que você deseja estudar.

Então, de forma centralizada, desenhe ou crie uma forma e anote este conceito dentro dela. Como exemplo, utilizamos o tema “Marketing Digital”.

Criando um mapa menta, adicionando o tema

2. Faça as primeiras ramificações

Após determinar qual é o tema principal do seu diagrama é hora de começar a desenvolvê-lo. Puxe algumas linhas do seu conceito principal e anote subtópicos mais simples.

Faça isso de uma forma que suas informações estejam organizadas e fáceis de compreender. É importante usar apenas palavras-chave ou frases de efeito para manter o trabalho organizado.

Adicionando primeiras ramificações em um mapa mental

3. Explore o tema com mais ramificações

Após identificar os principais subtópicos ligados ao seu assunto principal, faça mais ramificações com outras informações. Continue o processo até anotar todas as informações que são relevantes. A ideia aqui é representar a importância dos conceitos de forma hierárquica.

Não existe um limite para as ramificações, os subtópicos podem ser ramificados e suas ramificações podem gerar mais assuntos. O importante é utilizar a criatividade enquanto mantém seu mapa simples e objetivo.

4. Use cores e imagens

Cores e imagens podem ser usadas para manter seu mapa mental organizado. Utilize cores diferentes para níveis ou assuntos diferentes em seu diagrama. Caso seja relevante, adicione imagens para reforçar os conceitos de forma visual.

Adicionando sub-ramificações e usando cores para melhorar a organização do mapa mental

5. Revise e edite seu projeto

Após finalizar seu trabalho, lembre-se de fazer uma revisão para deixar o mapa mais simples, claro e objetivo. Essa tarefa é muito mais fácil quando o diagrama é desenvolvido em um aplicativo especializado.

Avalie se a estrutura precisa de alguma modificação, encontre os melhores posicionamentos para as informações, confira se assuntos importantes não ficaram de fora e mantenha apenas palavras-chave. Quando mais mapas mentais forem feitos e revisados, melhor será a qualidade dos seus diagramas e do seu aprendizado.

Melhores ferramentas para criar seu mapa mental

Preparamos uma lista com as melhores ferramentas para quem quer deixar o papel e lápis de lado na criação de diagramas. Vários itens são gratuitos e bem fáceis de usar, vale a pena conferir para escolher seu preferido.

1. Canva

O Canva é uma ferramenta de edição que conta com inúmeras utilidades. A criação de diagramas é uma delas. É possível encontrar um grande acervo com templates prontos de mapas mentais que podem ser adaptados e customizados com suas anotações.

Alguns são mais simples e outros elaborados, permitindo muita criatividade para elaborar mapas incríveis. Aqueles que desejam criar seu próprio diagrama do zero também podem utilizar as ferramentas e elementos disponíveis na plataforma.

Portanto, se você deseja criar mapas com um visual profissional, ilustrados com imagens e utilizando elementos criativos, confira o que o Canva tem para oferecer.

Canva

2. MindMeister

O MindMeister é uma ferramenta colaborativa para a criação de diagramas. Através dela, é possível fazer brainstorms em tempo real com outras pessoas, fazendo anotações simultaneamente.

O site também conta com designs personalizáveis, temas prontos que podem ser utilizados ou criados do zero. Além disso, é possível conferir um histórico de contribuições feitas em um mapa e alternar para versões mais antigas.

A ferramenta também permite a criação de slideshows interessantes. Os recursos visuais também são completos, é possível adicionar imagens, documentos como PDF, planilhas, comentários e até mesmo vídeos. Um recurso muito interessante oferecido pelo site é a opção de transformar os planos em ação, com a ferramenta MeisterTask.

MindMeister

3. Lucidchart

O Lucidchart é uma ferramenta especializada apenas na criação de diagramas. Sua plataforma oferece as ferramentas para criar mapas mentais inteligentes, com visuais incríveis e fáceis de entender.

É possível fazer integração de dados para deixar suas informações mais precisas, compartilhar suas anotações com uma equipe ou colegas e integrar plataformas como o Google Suite, Office, Slack, entre outras.

Lucidchart

4. Coggle

Esta é mais uma opção de ferramenta para a criação de diagramas colaborativos em tempo real. O site conta com o uso gratuito, porém, apenas com um número limitado de mapas que podem ser criados.

A ferramenta também oferece o recurso de histórico, salvando cada mudança feita em seu arquivo e possibilitando a recuperação em qualquer ponto em que foi alterado.

É possível adicionar um número ilimitado de imagens em seus mapas e adicionar comentários separados do diagrama para guiar sua compreensão e a ajudar seus colegas.

Coggle

5. XMind

O XMind é uma opção internacional de sistema para criação de mapas mentais. O site conta com diversos recursos avançados para a criação de diagramas, porém está disponível apenas em inglês.

Dentre suas funcionalidades estão um editor de temas, que pode customizar seus mapas, uma interface minimalista e simples de usar, uma ferramenta para exportar seus diagramas como imagens e um acervo de templates para começar seus mapas com uma direção visual.

XMind

6. bubbl.us

O bubbl.us é um site para criar mapas mentais com uma interface desenvolvida para evitar distrações e aumentar seu foco.

Os diagramas criados através da plataforma podem ser compartilhados através de um link, para diversas pessoas trabalharem juntas ou exportados em formatos de imagens para serem incorporados em apresentações.

Bubbl.us

7. Wise Mapping

O Wise Mapping é uma ferramenta open source para a criação, colaboração e compartilhamento de mapa mental. A plataforma está disponível apenas em inglês, mas é completamente gratuita, tanto para usuários pessoais quanto para escolas e empresas.

É possível criar mapas colaborativamente em tempo real, inserir seus diagramas em páginas na web através de um código ou exportá-las em formatos de arquivos visuais.

Wise Mapping

Onde aplicar os mapas mentais?

Após aprender sobre a importância de usar um mapa mental e como criá-lo, é hora de conferir algumas situações em que este método pode ser aplicado para otimizar sua produtividade.

Aprendizado

Novas matérias e conceitos podem ser assimilados de uma forma mais fácil ao utilizar o método. Isso é principalmente mais importante quando novas informações devem ser compreendidas em um curto período, onde a produtividade deve ser otimizada.

Planejamento do seu negócio

Esta é uma técnica excelente para empreendedores aplicarem na elaboração de seu planejamento estratégico. Mapear os principais itens relacionados a vendas, clientes, marketing e logística pode trazer um enorme benefício para que estratégias bem elaboradas sejam desenvolvidas.

Organização de eventos

A organização do seu evento pode ser impecável através da criação de mapas mentais. Os principais itens e seus detalhes serão lembrados ao deixá-los dispostos de uma forma visual e de fácil compreensão.

Solução de problemas

Dispor um problema em um mapa mental e ramificar suas implicações de uma forma visual é uma maneira eficiente de encontrar soluções criativas.

Preparado para turbinar sua produtividade com um mapa mental?

O mapa mental é uma forma inteligente e efetiva de organizar suas informações visualmente. Esperamos que o nosso artigo tenha trazido informações relevantes de como utilizar esta técnica e ferramentas de qualidade para aplicar este novo método.

Nossa dica final é para os profissionais interessados em usar diagrama para otimizar a produtividade de sua equipe. O curso Leadership: A Master Class, uma opção avançada de aprendizados em liderança.

O curso conta com referência teórica e professores best sellers internacionais no assunto, além de contarem com experiência prática de atuação. É sua chance de conquistar uma certificação internacional de liderança sem sair de casa.

Início Blog Comunicação O que é mapa mental e ferramentas para fazer o seu
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download