Nômade digital: aprenda o que é e como se tornar um

Índice

Viver viajando é o sonho de muitas pessoas. Para alguns profissionais, este sonho é tão importante, que eles encontraram uma maneira de conciliar as viagens constantes com o trabalho através da tecnologia. Conhecidos como nômades digitais, estas pessoas trabalham enquanto conhecem diversos lugares diferentes.

Estes profissionais ocupam cafés, bibliotecas, ambientes de coworking e diversos outros espaços onde seu trabalho pode ser realizado.

É comum imaginar que apenas freelancers podem ter esta liberdade em sua carreira, porém, a verdade é que qualquer profissional capaz de executar seu trabalho a distância pode adotar este estilo de vida. Desde jornalistas e programadores até arquitetos, engenheiros e advogados.

A ideia de viajar por diversos lugares do mundo é muito atraente, mas não se engane achando que fazer as malas e escolher um destino interessante irá o tornar em um nômade digital.

Para que esta opção de estilo de vida prospere, é preciso de muita dedicação, consistência e comprometimento, afinal, seus resultados e sua renda dependem apenas do seu esforço.

Se mesmo após avaliar os desafios, você ainda deseja trilhar um caminho completamente diferente para sua carreira, confira algumas dicas e informações que podem ajudar a compreender como iniciar e prosperar neste novo estilo de vida.

O que é um nômade digital?

Os nômades digitais são pessoas com a liberdade de viajarem constantemente para onde quiserem, pois, seu trabalho é realizado através da internet e a presença em uma cidade ou escritório específico não é necessária. É possível trabalhar literalmente em qualquer lugar do mundo onde uma boa conexão de internet esteja disponível.

Geralmente, este estilo de vida é escolhido por pessoas que estão cansadas da rotina tradicional e decidiram atuar ativamente realizando as principais decisões de suas carreiras, definindo suas próprias prioridades, tarefas e trabalho.

A possibilidade de viajar e conhecer diversos destinos diferentes é muito tentadora, porém, é preciso ter em mente que nem todos estão preparados para se tornarem nômades digitais. Pois, estas pessoas também têm inúmeras responsabilidades e muitas vezes precisam se esforçar e trabalhar mais do que trabalhadores em um emprego convencional.

Isso acontece porque pessoas que escolhem este estilo de vida e carreira precisam definir suas próprias metas e prazos a serem cumpridos. Afinal, a renda que será gerada é diretamente ligada à sua produtividade. Isso significa que em alguns dias será preciso trabalhar até mais tarde e até mesmo sacrificar finais de semana.

Podemos resumir este estilo de vida em dois aspectos principais: ganhar dinheiro trabalhando na internet e viajar ou se mudar de um lugar para o outro. Portanto, apenas trabalhar de forma remota ou realizar viagens de longo prazo para trabalhos pontuais não torna profissionais em nômades digitais.

Notebook de um nomade digital

Onde os nômades digitais vivem?

Em qualquer lugar do mundo que possa oferecer uma boa conexão com a internet. Mas existem destinos que são mais visados por oferecerem qualidades, como um custo de vida barato, infraestrutura, internet rápida e diversas outros aspectos que podem afetar a escolha de um profissional.

Alguns dos destinos mais visados são: Chinag Mai, na Tailândia, Kuching, na Malásia, Lisboa, em Portugal, Belgrado, na Sérvia, Buenos Aires, na Argentina, Seul, na Coreia do Sul, San Diego, nos Estados Unidos, Florianópolis, no Brasil e diversas outras cidades.

Em várias destas cidades existem comunidades de nômades digitais, o que estimulou estas cidades a aumentarem os espaços de trabalho em conjunto e os cyber cafés para atender toda a demanda.

Quais os benefícios de se tornar um nômade digital?

A flexibilidade de horários e a oportunidade de conhecer lugares fantásticos são os aspectos mais atraentes da vida de quem vive viajando e trabalhando. Porém, existem outros aspectos positivos deste estilo de vida, para os conhecer e se aprofundar, continue lendo nosso artigo.

1. Trabalhe de qualquer lugar

Fotos de profissionais trabalhando com seus notebooks abertos a beira de piscinas, deitados em uma praia ou aproveitando uma linda paisagem deixam inveja em muita gente.

Contudo, a realidade de um nômade digital pode ser um pouco diferente, afinal, a conexão de internet destes lugares e fatores comportamentais podem impactar diretamente a produtividade.

É claro, ao escolher um destino paradisíaco que conte com uma boa infraestrutura, será possível apreciar a vista, as paisagens e as atividades que aquele lugar oferece durante os intervalos e os momentos de descanso em seu trabalho.

Contando com uma boa conexão à internet, é possível escolher lugares remotos para fugir do estresse das cidades ou, indo na contramão desta ideia, experienciar a vida corrida em grandes metrópoles como São Paulo, Tóquio, Nova York, Dubai, etc.

2. Liberdade e autonomia

Ambiente de trabalho, horário, ritmo e estilo de trabalho são preferências individuais que mudam de pessoa para pessoa. Uma das maiores vantagens do nomadismo digital é a possibilidade de controlar tudo isso.

Algumas pessoas se sentem mais produtivas trabalhando em um escritório, sem interrupções e durante o horário comercial, mas existem aqueles que preferem trabalhar ao ar livre ou em casa e fazer seu próprio horário, respeitando sua produtividade.

Ao optar por este estilo de vida, será possível criar sua própria rotina de acordo com escolhas que melhoram sua qualidade de vida e ajudam a aumentar sua produtividade.

3. Benefícios financeiros

A flexibilidade dos espaços de trabalho coletivo, os espaços de coworking, são excelentes soluções para pessoas que optam por viajar bastante e até mesmo para os profissionais que escolhem apenas uma cidade, mas não desejam arcar com gastos em estrutura, construindo seu próprio escritório.

Além disso, é possível optar por trabalhar em cidades onde a qualidade de vida é boa e os custos em gerais são baixos. Fugir das metrópoles pode ser uma maneira interessante para economizar em sua jornada como nômade digital.

4. Networking

Frequentar diversos ambientes de trabalho compartilhado gera inúmeras oportunidades de networking. Ao viajar e passar por diversas cidades, estas oportunidades são aumentadas consideravelmente.

É possível ter contato com pessoas de diversas culturas diferentes, empresas, áreas de atuação e países, proporcionando uma troca muito rica. São oportunidades para novos negócios, para aprender e, é claro, fazer novos amigos pelo mundo.

Benefícios do nomadismo digital

Quais são os desafios que um nômade digital enfrenta?

A vida de quem pratica o nomadismo digital não é feita apenas de benefícios, também existem dificuldades que precisam ser superadas.

Portanto, se você realmente deseja trilhar este caminho, é muito importante conhecer os principais desafios impostos para pessoas que escolhem este estilo de vida.

Instabilidade

Uma boa parte dos profissionais que trabalham como nômades digitais não têm um contrato permanente. Isso significa que a renda não é algo garantido, então, é necessário correr atrás de novos trabalhos todos os meses.

A busca por hospedagem e locais que ofereçam uma boa estrutura para trabalho também é constante. Além disso, nem sempre será possível trabalhar em condições ideais. Portanto, é preciso estar preparado para produzir bem mesmo em condições adversas.

Muito trabalho

Este estilo de vida tem suas recompensas, mas não é fácil de conquistá-las, principalmente para quem está começando. É preciso trabalhar muito para conseguir estabelecer sua vida e conquistar uma segurança financeira, afinal, trabalhar viajando não é a mesma coisa que estar de férias.

Disciplina, inteligência emocional e organização são essenciais para que os profissionais sejam capazes de planejar e finalizar seu trabalho. É muito provável que horários precisem ser estendidos e que trabalhos sejam realizados durante os finais de semana para que seus objetivos possam ser alcançados.

Desafios na vida social

Conhecer muita gente nova é uma parte incrível do nomadismo digital, no entanto, dizer adeus aos novos amigos constantemente pode afetar bastante algumas pessoas.

Além disso, não será possível conviver com familiares e ver amigos com frequência. Eventos sociais como casamentos, aniversários e formaturas podem acabar sendo perdidos porque está muito longe ou cheio de trabalho.

Aproveitar as viagens sem perder produtividade

Um dos maiores desafios deste estilo de vida é conseguir curtir os destinos de suas viagens enquanto mantêm a produtividade e continua gerando uma boa renda.

O estresse de muita cobrança, deadlines apertadas e necessidade de resultados pode fazer com que você não aproveite os melhores aspectos dos lugares escolhidos. No entanto, programar e realizar muitas atividades pode fazer quem que o foco no trabalho seja perdido, afetando diretamente sua produtividade.

Desafios nômade digital

Como você pode se tornar um nômade digital

Confira a seguir algumas dicas que podem ajudar em sua transição para este novo estilo de vida.

1. Aprenda tudo sobre nomadismo digital

Obter o máximo de informações sobre este estilo de vida é muito importante antes de adotá-lo.

Busque sobre conteúdo relacionado ao assunto, confira relatos de pessoas que já vivem desta maneira e procure comunidades de nômades digitais para conversar sobre esta escolha, trocando experiências reais.

Será preciso lidas com imprevistos e desvantagens, é preciso estar sempre pronto para superar diversos desafios que irá aparecer em seu caminho, portanto, tome as medidas necessárias para estar preparado para eles.

2. Se pergunte: por que desejo me tornar um nômade digital?

Pergunte para si mesmo se é este estilo de vida que deseja e responda de forma honesta. Realmente quer trabalhar em diversas cidades ou quer apenas viajar?

Talvez, reunir fundos para tirar férias prolongadas seja a melhor opção. Ou então, encontrar um trabalho remoto que possa ser realizado em sua casa, para evitar o cansaço do caminho até a empresa.

3. Quite suas dívidas

Ninguém deseja começar um novo capítulo de sua vida e carreira com assuntos pendentes. As dívidas podem trazer muitas preocupações durante suas viagens, ocupando sua mente com ansiedade e a interferindo em sua produtividade.

Portanto, se você realmente deseja se tornar um nômade digital, comece reduzindo ou acabando com todas as suas dívidas. Desta forma, sua atenção continuará focada no trabalho e nas viagens.

4. Comece devagar

É bem provável que profissionais que acabaram de aderir ao nomadismo digital não estejam preparados o suficiente para uma jornada do outro lado do mundo, sem nenhum tipo de ajuda.

Portanto, não venda todos os seus bens para comprar uma passagem, comece devagar. Faça pequenas experiências no próprio Brasil, então em países vizinhos e gradativamente indo mais longe.

Além disso, tenha em mente que no começo haverá pouco lazer. Será preciso se adaptar uma nova rotina e a um novo estilo de trabalho que inicialmente irá exigir longas horas para produzir resultados interessantes.

5. Faça cursos online

É muito importante continuar estudando e se especializando continuamente para ter sucesso na vida de nômade digital. Aprender sobre assuntos relacionados à sua carreira através de cursos online é uma forma muito interessante e eficiente de se manter atualizado enquanto viaja.

6. Faça freelances nas horas vagas

Um experimento interessante que pode ser realizado para descobrir seu nível de produtividade com o trabalho remoto é a prestação de serviços freelancers durante seu tempo livre.

Não é necessário um investimento alto para começar, é possível trabalhar com habilidades que você já tem e aprimorá-las, além disso, a experiência servirá como uma autoavaliação para identificar quais caraterísticas precisam ser melhoradas para obter sucesso trabalhando enquanto viaja pelo mundo.

7. Planeje-se

Ter objetivos é algo essencial tanto para sua carreira quanto para sua vida pessoal. Estas metas se tornam ainda mais importantes para quem deseja adotar o nomadismo digital, é preciso definir qual é seu real desejo.

Qual seu destino, quanto tempo irá ficar lá e que atividades irá desenvolver quando chegar. Além disso, é importante ter uma forma de renda bem definida e confiável, pois imprevistos acontecem, contar com planos adicionas pode ajudar a superar adversidades inesperadas.

Além disso, tenha em mente um destino ideal para alcançar com seu trabalho. Desta forma, será preciso descobrir o custo de vida neste local, se a região é segura, valor de moradia, custo de alimentação, entre outros cuidados que precisam ser levados em consideração.

Portanto, ao escolher um local para trabalhar, não olhe apenas para as características que o tornam atraente, lembre-se que o orçar o custo de vida dos novos destinos é algo essencial para evitar dificuldades muito graves.

8. Contrate um seguro de viagem

Ninguém sabe quando um problema pode aparecer durante sua jornada. Por isso, antes de viajar, garanta um bom seguro de viagem que seja válido durante toda jornada e cubra custos adicionais com emergências e incidentes que possam afetar sua saúde.

Não hesite em contratar um seguro bom o suficiente para funcionar em todos os lugares planejados de sua viagem, afinal, cuidar de sua saúde é uma preocupação indispensável.

9. Encontre moradia antes de chegar aos destinos

Se não deseja passar por dificuldades ou até mesmo colocar a qualidade de sua estadia em risco, dê seu melhorar para encontrar uma boa moradia antes de chegar ao destino desejado.

Com aplicativos como o Airbnb, anúncios na internet, albergues e outras opções, não é difícil encontrar um lugar interessante para sua estadia, pelo menos inicial em uma nova cidade.

A dica para quem está aderindo a este estilo de vida agora é encontrar moradias temporárias, desta maneira, será possível fechar negócio caso a hospedagem seja confortável ou então encontrar uma nova moradia mais adequada.

Se tornando um nômade digital

Ideias de trabalho para quem deseja seguir o caminho de nômade digital

Agora que você já sabe o que é um nômade digital e o que é necessário para se tornar um, é hora de conferir uma das partes mais importantes deste estilo de vida: as opções para gerar renda.

Confira a seguir algumas opções muito interessantes de atividades para ganhar dinheiro enquanto viaja.

Abra seu próprio negócio online

Gerenciar um estoque e uma equipe de vendas a distância pode ser um desafio, mas precisamos reconhecer que as lojas virtuais continuam crescendo e movimentam muito dinheiro na internet.

Por isso, conhecer nômades virtuais que gerenciam um ecommerce é algo comum. Caso sua experiência em administração seja mais limitada para liderar um negócio complexo, considere utilizar marketplaces ou adotar o dropshipping.

Venda como afiliado

Os programas de afiliados são uma excelente opção para empreendedores que não tem um produto para vender ou não desejam criar um ecommerce a partir de um marketplace.

Através do marketing de afiliado, você ficará encarregado de vender produtos de outras pessoas. Um link único será enviado, então, será sua responsabilidade divulgá-lo para conquistar clientes através do seu link e, então, ganhar comissões das vendas.

A vantagem dos programas de afiliados é a possibilidade de trabalhar com um produto com os quais tem afinidade, para produzir conteúdo de qualidade, divulgar com propriedade e até mesmo ter a credibilidade para realizar negociações que irão gerar vendas.

Marketing de afiliados

Produza de conteúdo

A grande vantagem da produção de conteúdo é que ela pode ser desenvolvida em vários formatos. Textos, vídeos, fotos, gerencialmente de redes sociais, podcasts, estas são apenas algumas das ideias que podem ser desenvolvidas através desta carreira.

Desenvolva blogs e sites

Que tal, ao invés de criar conteúdo, desenvolver as plataformas onde este material é disponibilizado? Programadores, webdesigners e profissionais de tecnologia em geral podem colocar suas habilidades em prática para se tornarem nômades digitais.

Crie seu próprio curso online

Profissionais que possuem muito conhecimento em sua área de atuação podem desenvolver e vender seus próprios cursos ou infoprodutos.

Desde aulas de inglês a consultorias avançadas em marketing digital, profissionais que têm experiência em uma área e eficácia comprovada pode gerar muita renda vendendo seu conhecimento.

Cursos digitaist

Seja um freelancer

Profissionais de design gráfico, redação, marketing, tradução e várias outras profissões que já têm a cultura de realizar trabalho remoto podem ser a porta de entrada para a vida de nômade digital.

Preparado para o desafio de se tornar um nômade digital?

Esperamos que o conteúdo do nosso artigo tenha esclarecido suas dúvidas sobre este estilo de vida e ajudado você a decidir se está pronto ou não para começar uma nova etapa em sua carreira.

Caso a ideia de ganhar dinheiro remotamente através de um programa de afiliado tenha despertado seu interesse, confira os benefícios de participar do programa de afiliados JivoChat.

Início Blog Comunicação Nômade digital: aprenda o que é e como se tornar um
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download