Como comprar Dogecoin [Guia Completo]

Índice

Provavelmente você já ouviu falar sobre as criptomoedas e as altas e baixas do seu valor na internet ou em jornais. O interesse por essas moedas digitais vem aumentando cada vez mais entre os investidores.

Além das famosas criptomoedas como a Bitcoin, Ethereum, Litecoin, existem diversas outras moedas digitais e cada vez mais outras são criadas. E uma que chamou atenção nos últimos anos, ultrapassando 1000% de valorização foi a Dogecoin.

Certamente você já escutou algo sobre a Dogecoin, mas afinal o que é Dogecoin? Não se preocupe, preparamos este artigo para tirar todas as dúvidas sobre essa criptomoeda e mostrar como comprar Dogecoin.

Mestres do Bitcoin

Começar no mundo dos investimentos sem muito conhecimento pode ser muito arriscado, independente se vai começar com ações, criptomoedas ou outro tipo de ativo.

Um dos primeiros passos para você conseguir atingir seus objetivos com investimentos, é investir no seu conhecimento. Por isso, recomendamos o Curso Mestre do Bitcoin.

Idealizado pelo Augusto Backers, este curso irá te ensinar técnicas operacionais e psicológicas para dominar o mercado das criptomoedas. Ensinando conceitos de mentalidade financeira, educação financeira e de operações de Trading.

O curso Mestres do Bitcoin é um treinamento completo com vídeo aulas que irá te ensinar sobre técnicas de Trading do mercado financeiro relacionado a criptomoedas e DeFi (finanças descentralizadas) e várias moedas digitais.

Com este treinamento, você estará preparado profissionalmente para conseguir excelentes resultados, além de aprender a sobreviver no mercado de bitcoins e criptomoedas com diferentes estratégias de montagem de carteira de investimento.

Imagem de uma Dogecoin com a figura do cachorro Shiba Inu na moeda

O que é Dogecoin?

Antes de falarmos como comprar Dogecoins, vamos apresentar um pouco sobre o que é essa criptomoeda. A Dogecoin é uma criptomoeda de código-fonte aberto, ou seja, qualquer programador pode acessar gratuitamente.

Além disso, é descentralizada e funciona de forma ponto-a-ponto, ou seja, sem envolver um servidor ou autoridade central.

Diferente de outras criptomoedas, a Dogecoin surgiu de forma não muito convencional. A moeda digital, diferente da Bitcoin, não possui um manifesto ou algum documento que oficialize sua criação, como o White Paper do Bitcoin de Satoshi Nakamoto.

Ela surgiu a partir de um meme da internet, o Doge, um cachorro Shiba Inu que acabou sendo popularizado na internet.

O símbolo da Dogecoin, é esse cachorro meme DOGE. Apesar do seu surgimento não muito convencional, a Dogecoin já possui um valor de capitalização de mercado bem expressivo, girando em torno de US$ 8 bilhões.

No primeiro mês da sua criação, o Dogecoin valorizou cerca de 250%, atualmente existem por volta de 114 milhões de Dogecoins disponíveis no mercado. Quem investiu logo no início teve um bom retorno.

Como surgiu a Dogecoin?

Como mencionamos, a Dogecoin foi criada no final de 2013 por Billy Markus, um dos desenvolvedores que começou a criar o código da Dogecoin como uma forma de homenagear um meme que bombava na internet na época.

Basicamente, o meme era uma imagem de um cachorro da raça Shiba Inu com frases engraçadas que simulam o pensamento do animal. Dessa forma, a imagem do cão acabou virando a identidade da criptomoeda que foi oficialmente lançada em 2014.

Inicialmente a moeda era popular apenas em grupos específicos, entretanto a criptomoeda foi ganhando cada vez mais notoriedade e força.

Uma ação que fez a criptomoeda ganhar ainda mais relevância foi quando a comunidade Dogecoin doou 55 mil dólares em 2014 para as corridas da Nascar nos Estados Unidos, em parceria com o piloto Josh Wise.

Na corrida, Josh Wise utilizou a logomarca da Dogecoin no carro, o que fez com que a criptomoeda ganhasse ainda mais reconhecimento, inclusive fora da internet.

Outra ação que aumentou a popularidade da Dogecoin foi quando a comunidade conseguiu captar 25 mil dólares em 2014 para patrocinar a equipe jamaicana nos Jogos Olímpicos de Inverno na Rússia.

Como funciona a Dogecoin?

Pensada como uma alternativa de criptomoeda descentralizada, a Dogecoin pode ser utilizada tanto para especulação, quanto para transferir dinheiro.

Graças ao seu código-fonte aberto, os desenvolvedores e programadores podem acessar o código e realizar melhorias. Por ser uma rede descentralizada e de ponto a ponto, não existe um servidor central que regulamente o seu funcionamento.

Seu protocolo de funcionamento é o consenso Proof of Work (PoW), que pode ser traduzido para prova de trabalho, em portugues. Mesmo protocolo utilizado pela Bitcoin.

As criptomoedas são obtidas através da mineração, onde os operadores de rede realizam a validação das transações no blockchain e são recompensados com unidades de Dogecoin.

A comunidade Dogecoin é extremamente engajada e contribui com formas de valorizar a criptomoeda e manter o alto volume de negócios. Não existe um limite de unidades para serem mineradas, dessa forma é possível que o preço aumente no decorrer dos anos.

Para que serve a Dogecoin?

Quando a Dogecoin foi criada, o seu objetivo era facilitar o acesso à tecnologia de criptomoedas ao desenvolver uma moeda digital acessível para todos. Além disso, o criador queria fazer uma brincadeira com a tecnologia e o meme que estava em alta na época.

Assim, a Dogecoin e demais moedas digitais, funcionam como um cripto ativo que pode ser comprado e vendido tanto com o objetivo de lucrar com a diferença dessas transações, quanto para ser usado como um substituto para a moeda tradicional.

Como comprar Dogecoin

Finalmente iremos mostrar como é muito simples comprar Dogecoin. Independente da plataforma, o processo é basicamente o mesmo para todas as corretoras de criptomoedas.

  • Faça seu cadastro no site da corretora de criptomoedas;
  • Informe o saldo em reais que você deseja transferir;
  • Confira os dados da conta da plataforma e transfira o dinheiro com DOC, TED ou PIX (caso a corretora aceite);
  • Aguarde a confirmação da transferência;
  • Informe a quantidade de Dogecoins que deseja comprar e faça sua compra!

Pronto! Agora, você já sabe como comprar, vender e trocar Dogecoins. Confira a seguir algumas corretoras para você poder comprar Dogecoin.

Ilustração de uma Dogecoin e graficos ao fundo

Onde comprar Dogecoin?

Agora que você conhece como surgiu e o que é a Dogecoin, preparamos uma lista de corretoras onde você consegue comprar Dogecoin.

Assim como outras criptomoedas, uma das formas de obter esses ativos é através das Exchanges (corretoras de valores especializadas).

1. Binance

A Binance é uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo. Apesar de ser asiatica, eles contam com um suporte para comprar Dogecoin com a nossa moeda, aceitando até transferências pelo PIX, como forma de depósito.

A Bicance conta com uma das plataformas mais robustas e seguras, com camada tripla de segurança: com autenticador de segurança, e-mail e sms. Além de possuir um token próprio com descontos em taxas.

2. Coinbase

A Coinbase é uma mais uma corretora que permite comprar Dogecoin entre outras criptomoedas. Com mais de 60 mil usuários, a Coinbase surgiu em 2012 com a intenção de que todos pudessem negociar criptomoedas.

Com uma interface bem simples e intuitiva, é possível comprar Dogecoin em poucos minutos com a Coinbase. Em sua plataforma é possível observar a variação dos valores das criptomoedas.

3. BitPreço

A BitPreço surgiu em 2018 com o objetivo de transformar o mercado de criptomoedas e buscando o melhor preço de diversas criptomoedas. Hoje a BitPreço é uma das maiores plataformas de negociação no Brasil.

Dentro das inúmeras criptomoedas que são negociadas na BitPreço, é possível comprar Dogecoin nessa plataforma em poucos minutos. Precisando apenas realizar seu cadastro na plataforma e efetuando seu primeiro depósito.

4. eToro

Outra plataforma que é possível comprar Dogecoin é na eToro. Uma plataforma totalmente segura e muito conhecida no mercado de criptomoedas, eles estão presentes em mais de 140 países e possuem uma comunidade de mais de 10 milhões de investidores.

Com uma plataforma intuitiva e segura, a eToro é líder em negociações de Dogecoin, porém, diferente de algumas corretoras, elas não contam com muitas opções de criptomoedas.

Quais as taxas na hora de comprar Dogecoin?

As taxas podem variar de acordo com cada corretora de valores, mas geralmente existiram algumas taxas, como:

  • Taxa de transações: algumas corretoras cobram uma porcentagem pequena quando você comprar Dogecoin ou vender, portanto deposite sempre a mais do que precisa comprar;
  • Taxa de depósito: a maioria das plataformas não cobram nada ao depositar dinheiro, no entanto, essa taxa pode existir;
  • Taxa de retirada: existe uma taxa para retirar as criptomoedas dependendo do método escolhido, são valores fixos ou percentuais.

Ilustração de três moedas Dogecoin e dois cachorros Shiba Inu

Vantagens e riscos da Dogecoin

É preciso ficar atento às vantagens e os riscos que podem acontecer na hora de comprar Dogecoin. Uma das vantagens dessa criptomoeda são as transações realizadas de forma rápida e que quase nunca acontecem congestionamentos na rede.

E com os custos dessas transações sendo bem baixos, isso acaba fazendo a Dogecoin se tornar uma boa opção para quem deseja transferir dinheiro sem pagar caro nas transações.

Outra vantagem da Dogecoin está na mineração da criptomoeda, que acaba sendo mais acessível do que a mineração da Bitcoin. Isso acontece graças à taxa hash da Bitcoin ser bem mais que a Dogecoin.

De forma resumida, isso ocorre porque os mineradores de Bitcoin precisam investir mais em seus computadores para a resolução dos complexos problemas matemáticos para validar essas transações.

Com mais de 120 bilhões de unidades de Dogecoin em circulação pelo mundo, não existe um limite para a produção e inserção de novas moedas no mercado. Ou seja, pode existir um número infinito de Dogecoins circulando no mercado.

Isso pode representar um risco para os usuários. Por isso que ela não é utilizada como investimento de fato, apenas para especulação.

Outra desvantagem da Dogecoin é a baixa liquidez. Resumidamente, a liquidez é a facilidade que a aplicação pode ser convertida em dinheiro. Isso acontece pelo fato da Dogecoin não ser tão procurada.

Aprendeu como comprar Dogecoin?

Esperamos que este guia tenha te ajudado a descobrir como comprar Dogecoin, e te ajude a entrar de vez nesse mercado de criptomoedas e variar sua carteira de moeda digital.

Caso tenha interesse em diversificar seus investimentos, conheça nosso artigo sobre como comprar Bitcoins.

Início Blog Reviews Como comprar Dogecoin [Guia Completo]
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download