Criptomoedas: o que são e como investir

Índice

Mesmo quem não acompanha o mercado financeiro de perto já se deparou com a variação das criptomoedas. Mas afinal, o que é criptomoeda? Onde, e em qual investir?

Por ser um tipo de ativo muito novo no mercado acaba despertando muitas dúvidas. Por isso, preparamos este guia para quem deseja iniciar no universo das criptomoedas.

O que são criptomoedas?

A criptomoeda é, essencialmente, uma moeda digital. Mas vai além disso, assim como as moedas físicas possuem número de série, marca d'água e outros dispositivos de segurança, a criptomoeda utiliza criptografia que torna suas transações mais seguras.

Devido a sua negociação ser toda dentro da internet, ela não é emitida por nenhum governo (como o Real ou o Dólar, por exemplo) e por não estar ligada a nenhum país específico, não seguem regulamentações de um Banco Central.

Como funciona a criptomoeda?

A tecnologia por trás das criptomoedas é conhecida como blockchain, ou “protocolo da confiança”. Consiste em dados compartilhados e bases de registros, totalmente descentralizados.

Essa confiança se dá pela ausência de um mediador terceiro, que cria uma ligação direta entre as partes da transação.

A criptomoeda é armazenada em uma carteira e administrada em um computador ou um dispositivo móvel, e toda a venda, compra e cotação, acontece de forma anônima na internet.

As transações são registradas no blockchain através dos mineradores. Eles oferecem a capacidade de processamento dos seus computadores para realizar esses registros e conferir as operações feitas com as moedas – em troca disso, são remunerados com novas unidades delas.

Para que servem as criptomoedas?

As criptomoedas possuem as mesmas finalidades do dinheiro físico. As principais funções são servir como compra e venda de produtos e serviços; reserva de valor e investimentos; e ainda como unidade de conta, quando os produtos são precificados e o cálculo econômico é realizado em função dela.

Algumas empresas já aceitam o pagamento através das criptomoedas, como por exemplo, a Microsoft e a Dell.

Como funciona a variação da criptomoeda?

A cotação da criptomoeda funciona basicamente como a lei de oferta e demanda. Quando o interesse por uma criptomoeda aumenta e chama mais atenção, o número de investidores aumenta, e a tendência é que o seu valor suba.

Um exemplo disso é a Bitcoin. Que em 2021 atingiu seu valor histórico, superando os US $61 mil.

Agora que entendemos melhor o que são as criptomoedas e como elas funcionam, montamos uma lista com as melhores criptomoedas para comprar.

1. Bitcoin (BTC)

Não tem como falar de criptomoedas sem citar a Bitcoin, é a moeda digital mais conhecida no mercado. Considerada a primeira criptomoeda do mundo, foi criada em 2008 por um programador de pseudônimo Satoshi Nakamoto.

O ano de 2020 foi histórico para a Bitcoin, onde atingiu uma valorização de quase 300%.

2. Ethereum (ETH)

A Ethereum é um dos projetos mais relevantes no mercado de criptomoedas e possui um potencial de crescimento ainda maior. Em 2016 a Ether, nome original da moeda, um hacker conseguiu encontrar uma falha de segurança e roubou o equivalente a US $50 milhões em Ether.

Diante das dúvidas sobre o futuro da moeda digital, a comunidade que mantinha decidiu criar outra rede. E a Ether passou a se chamar Ethereum Classic e a nova moeda que começou a circular na rede ganhou o nome de Ethereum.

3. Litecoin (LTC)

O Litecoin foi criado por um ex-funcionário da Google chamado Charlie Lee, em 2011. A moeda possui diversas características semelhantes ao bitcoin, com a intenção de facilitar a participação de qualquer pessoa no processo de criação de novos Litecoins. A principal diferença está no tempo de mineração, que busca reduzir o tempo necessário para confirmar transações feitas com a moeda.

Devido a esse processo mais rápido de transação, o Litecoin é considerado mais eficiente para realizar operações no dia-a-dia.

4. Ripple (XRP)

Criada em 2011, o Ripple é um protocolo de pagamento distribuído. Eles possuem uma moeda digital no seu sistema, mas também possuem suporte em sua rede para outros tokens, que permite representar moedas tradicionais e outros bens. 

Ao contrário de criptomoedas tradicionais, como o Bitcoin e o Ethereum, o XRP não possui um processo de mineração. A principal ideia é não depender do sistema financeiro tradicional para realizar suas operações.

5. Cardano (ADA)

Com um projeto bastante ambicioso, o Cordano foi criado em 2015 pelo co-fundador da ethereum, Charles Hoskinson. Com o objetivo de unir as melhores funcionalidades e características de todas as criptomoedas existentes no mundo.

O Cordano é uma criptomoeda virada para o futuro, considerando que já possui há muito tempo um algoritmo de consenso mais sustentável, como é o caso do Proof of Stake.

Outra característica importante dessa moeda digital é possuir uma equipe composta por uma série de experts em tecnologia, em engenharia e em estudos acadêmicos.

6. Binance Coin (BNB)

A moeda foi criada por uma das maiores corretoras de criptomoedas que existe, a Binance. Foi criada com o objetivo de diminuir as taxas de trading.

A Binance Coin também pode ser utilizada para pagar despesas de viagens, fazer compras usando cartão de crédito, entre outros serviços. Constantemente a Binance lança novas funcionalidades que permitem o uso do token.

O forte desempenho do ativo e a estratégia de negócios da empresa têm recebido muitos elogios de quem trabalha no mercado financeiro. Isso fez com que a moeda se tornasse uma das mais negociadas do mundo.

Como investir em criptomoedas?

Existem algumas formas de investir ou obter criptomoedas. É possível comprar fundos de investimento através de corretoras de valores especializadas (também conhecidas como Exchange), minerando ou aceitando as moedas virtuais como forma de pagamento de algum serviço.

Depois de entender e conhecer melhor algumas criptomoedas existentes no mercado, listamos algumas corretoras onde é possível comprar criptomoedas.

1. Binance

Logo da Binance

A Binance é a maior corretora de criptomoedas do mundo. Apesar de ser asiatica, eles oferecem suporte para compra de Bitcoin com a nossa moeda, aceitando transferências até pelo PIX como forma de depósito.

Possui uma das plataformas mais robustas e com camada tripla de segurança, através de e-mail, autenticador de segurança e sms. Além de possuir um token próprio com descontos em taxas.

2. Mercado Bitcoin

Considerada a maior corretora de Bitcoin do Brasil, alcançando mais de 1 milhão de clientes no Brasil. Eles possuem uma plataforma simples de operar, de fácil navegação tanto para investidores iniciantes quanto para experientes.

O Mercado Bitcoin é a primeira corretora de Bitcoin do Brasil, eles possuem um alto investimento em segurança e criptografia de dados.

3. BitcoinTrade

Logo da BitcoinTrade

A BitcoinTrade é uma das mais populares e confiáveis no mercado de criptomoedas. Fundada em 2017, eles possuem uma interface prática, que facilita o uso. Não possuem taxas para depósito e eles também negociam outros tipos de criptomoedas.

A única com certificado PCI/DSS Compliant - uma norma internacional que garante que empresas sigam padrões internacionais de segurança e boas práticas nas operações com cartões.

4. Foxbit

A Foxbit é uma plataforma direta de compra e venda de criptomoedas, eles possuem 43% desse mercado no Brasil. Eles possuem as menores taxas em relação aos seus concorrentes e uma central de ajuda aos seus usuários através de atendimento por e-mail, chat e telefone em horário comercial.

É seguro investir em Criptomoedas?

Comprar criptomoedas, assim como qualquer outro tipo de investimento, envolve riscos. Escolher bem uma corretora de criptomoedas é fundamental, e sempre tomar cuidado com tudo que envolva sua segurança digital. Como por exemplo utilizar senhas fortes e também softwares que fazem a autenticação de dois fatores, como Google Authenticator e Authy.

Mas a grande vantagem das criptomoedas é justamente a segurança. Isso porque as moedas virtuais são uma nova forma de você realizar transações e guardar informações, por esse motivo, as técnicas de segurança são tão inovadoras quanto essas transações.

Aprendeu o que é criptomoeda?

É importante que você analise todas as informações e certifique-se que as criptomoedas se encaixam no seu perfil de investidor.

Espero que o nosso guia tenha ajudado a entender mais sobre o que é, seus tipos, como ela funciona e onde comprar criptomoedas. Agora você já pode começar a entrar no mundo das moedas digitais.

Início Blog Reviews Criptomoedas: o que são e como investir
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download