O que é Princípio de Pareto e como usá-lo no seu negócio

Índice

Você sabia que os números 80 e 20 tem uma conexão estatística? É bem provável que 80% do lucro gerado de sua empresa venha apenas de 20% dos clientes ou que 20% da dedicação de esforço em seu trabalho é responsável por 80% dos seus resultados.

O princípio de Pareto, também conhecido como regra do 80/20 e lei de Pareto, é uma tendência estatística que apresenta e relaciona a proporção 80/20 em várias situações de causa e efeito.

Este é um conceito que pode ser aplicado em diversas contextos, tanto em sua vida pessoal quanto em análises do seu negócio.

Continue lendo o nosso artigo para aprender como o princípio de Pareto surgiu, como o conceito funciona e entenda como aplicá-lo em seu negócio para otimizar os resultados que sua empresa pode alcançar.

Como surgiu o Princípio de Pareto

A lei de Pareto é um princípio que afirma a relação de 80/20 em muitos fenômenos, isso significa que 80% das consequências são geradas por 20% das causas.

Esta regra foi criada pelo consultor de negócios Joseph Moses Juran após analisar a constatação do economista italiano Vilfredo Pareto, que estudou a conexão entre os números 80 e 20. Pareto mostrou que aproximadamente 80% da terra na Itália pertencia a cerca de 20% da população.

O economista Pareto desenvolveu este estudo após notar que, em seu jardim, apenas 20% das vagens continham um total de 80% das ervilhas.

Então, a lei de Pareto ganhou destaque e interesse por se mostrar versátil, a regra é universal e pode ser aplicada em análises sociais, naturais e, principalmente, econômicas.

Como utilizar o Princípio de Pareto em seu negócio

A regra do 80/20 é eficaz e pode ser aplicada em muitas situações, por isso, as áreas do marketing e administração popularizam o princípio ao adaptá-lo em prol da produtividade.

No entanto, é preciso entender as análises geradas a partir desta regra não irão gerar os números exatos. Além disso, ela não é uma verdade absoluta e não deve ser aplicada de maneira excessiva.

Portanto, utilize o princípio para avaliar a relação de dados importantes em seu negócio, como, por exemplo:

  • 80% dos lucros são gerados por 20% dos clientes.

  • 80% dos resultados são gerados por 20% dos investimentos.

  • 80% das vendas são de 20% dos produtos.

  • 80% das reclamações são comunicadas por 20% dos clientes.

  • 80% das vendas são feitas por 20% da equipe de vendas.

Ao analisar estas informações de maneira específica em seu negócio, será possível entender como funciona a relação de investimento e recompensa, onde 20% do empenho ou causa que gera 80% dos resultados ou consequências.

A partir destas análises, será possível gerenciar seus recursos de uma maneira mais inteligente para otimizar os resultados, direcionando os esforços e o investimento nos 20% que asseguram os bons resultados em seu negócio.

Aplicar o princípio de Pareto no marketing digital é uma das formas específicas de otimizar suas estratégias para otimizar resultados.

Utilize a regra e avalie a proporção de vendas online quanto aos produtos disponíveis, a relação entre tráfego gerado por conteúdo, a quantidade de engajamento gerado pela porcentagem de seu público, entre tantas outras possibilidades.

Desta forma será possível focar nas plataformas, conteúdos e anúncios que geram mais resultados de vendas.

Mantenha o foco nos resultados

Utilize a lei de Pareto para identificar qual é o diferencial que torna aqueles 20% mais produtivos. Quais estratégias são utilizadas, como é feito o relacionamento e o atendimento de clientes que se enquadram nesta categoria.

Após esta avaliação, você irá encontrar os fatores que fazem estes 20% terem tanto valor a aplicá-los ou adaptá-los para melhorar a contribuição que é feita pelos 80% restantes.

É claro, existem casos onde não será possível oferecer o tratamento dos 20% para a quantidade restante de clientes, afinal, o atendimento personalizado importa e afeta seus resultados.

Porém, é importante por a regra em prática para criar em sua empresa, gradativamente, a cultura de oferecer mais valor para quem paga mais pelos seus produtos ou serviços.

Como agir com os 80% restantes

Entendemos sobre a importância dos 20% que trazem a maior parte dos resultados para negócios, no entanto, isso não significa que os 80% restantes devem ser ignorados.

Pensando nos clientes, avalie o potencial de gerar valor à sua empresa que estes 80% apresentam. Caso ainda existam oportunidades de melhorar seus resultados apelando para este público, repense suas estratégias e as otimize. Caso este público não gere valor algum ao seu negócio, considere a opção de deixá-los.

Assim como processos, sistemas e estratégias que não geram resultados e apenas consomem tempo são eliminadas de uma organização, perfis de clientes que não geram retorno devem ser ignorados para que não comecem a gerar prejuízo.

Contudo, reforçamos, aja com cautela para não perder um público que possa oferecer resultados futuros. O mesmo vale para canais e conteúdos que ainda não geram resultados expressivos agora, mas tem o potencial de impactar positivamente no futuro.

Uma maneira otimizada para se desfazer de clientes que geram pouco lucro para sua empresa é eliminar os 20% com o menor impacto no lucro. Desta forma sua estratégia pode ser otimizada, conquistando mais tempo para ser dedicado à parcela de clientes responsável pelos resultados expressivos.

Benefícios de utilizar o Princípio de Pareto

Através de nossa explicação já é possível notar que utilizar a regra do 80/20 pode gerar muitos benefícios para um negócio. Alguns dos principais são:

  • Otimização de como os recursos de uma empresa são utilizados, principalmente em um contexto em que são limitados.

  • Auxilia a avaliação de quais dificuldades de uma organização e ajuda a definir quais problemas devem receber prioridade em sua solução.

  • Proporciona a oportunidade de organizar estratégias para solucionar os problemas de forma eficiente.

  • Torna a organização de dados mais simples e compreensível.

  • Ajuda a tomar decisões baseadas em dados reais.

Barra ilustrando 20% de esforço acima de uma barra ilustrando 80% de resultados

Como aplicar a lei de Pareto de maneira prática

Se você ainda não visualizou uma maneira prática de aplicar a regra do 80/20, confira algumas maneiras práticas de aplicar este conceito em um ambiente profissional.

Delegue tarefas de acordo com o desempenho

Ofereça os recursos e as ferramentas necessárias para que o grupo de 20% dos colaboradores de sua empresa que geram mais resultados possam continuar evoluindo.

No entanto, não esqueça ou demita os 80% que geram a menor parte dos resultados. Gerencie sua equipe de maneira inteligente, portanto, encontre áreas onde estes membros têm um desempenho e delegue atividades desta natureza para que eles também possam fazer um bom trabalho.

Defina prioridades

Utilize o princípio de Pareto para que otimizar seus processos e fazer com que seu negócio pare de perder tempo com atividades irrelevantes.

Seu negócio faz muitas reuniões, mas as decisões relevantes e ideias criativas são geradas em apenas 20% dos encontros? Busque maneira de economizar o tempo dos colaboradores e fazer reuniões apenas em momentos relevantes.

O princípio também pode ser aplicado para otimizar suas vendas. Se seu lucro vem de apenas 20% dos itens vendidos, talvez os 80% de produtos estejam desperdiçando seu tempo e espaço no estoque, desacelerando o crescimento do seu negócio.

Melhore a qualidade de vida e trabalho

Avalie seu comportamento e busque descobrir como a regra se aplica em suas tarefas. Se 20% das atividades realizadas resultam em 80% dos resultados, comece a investir mais tempo e atenção no que realmente importa.

Além disso, é possível reduzir distrações que tiram seu foco e deixar apenas 20% do entretenimento que você realmente aproveita, abrindo mais espaço em sua agenda para utilizar em seu crescimento profissional ou pessoal.

Desta forma, naturalmente, você irá produzir mais e se sentir satisfeito consigo mesmo.

Use o Princípio de Pareto para aumentar a produtividade

Se seu objetivo com a regra do 80/20 é apenas aumentar a produtividade, confira algumas dicas que podem melhorar seu desempenho a partir de algumas mudanças simples de comportamento.

Comece a utilizar uma matriz de custo-benefício

É possível proporcionar uma representação gráfica de suas atividades para definir quais merecem mais atenção e quais podem ser ignoradas.

É uma maneira simples de criar uma lista sobre o que precisa ser feito, alimentando itens através da lei de Pareto que podem ocupar as seguentes categorias: ignorar, fazer quando puder, programar para fazer e fazer agora.

Resuma seus relatórios

Evite relatórios excessivamente grandes que podem gerar confusão. Aplique o princípio para valiar quais são as informações relevantes que devem fazer parte de suas principais avaliações.

Diminua a quantidade de reuniões

Tome cuidado com reuniões muito longas e frequentes, pois elas podem cansar seus integrantes e acabar gerando resultados irrelevantes.

Aplique o princípio de Pareto para definir os temas e momentos de reuniões mais propícios e produtivos.

Grupo de 7 pessoas executando atividades diferentes de forma produtiva

Cuidados ao adotar a Lei de Pareto

Após aprender o que é a lei de Pareto, sua origem e como utilizá-la para otimizar sua produtividade e resultados, confira alguns cuidados que devem ser tomados em sua aplicação. Afinal, algumas exceções podem existir, fazendo com que a regra do 80/20 nem sempre apresente as melhores soluções para seus desafios.

Avalie a realidade do seu negócio

Por mais que o princípio apresente uma regra de fácil compreensão e aplicação simples, ele só irá resultar em resultados eficazes caso tenha sido baseado em dados precisos para oferecer informações que representam a realidade de apresentam soluções praticáveis.

Por isso, não baseie as decisões sobre o seu negócio em análises feitas através da regra do 80/20 quando informações superficiais foram utilizadas. Para que o método funcione, será preciso que seu negócio levante dados precisas que resultarão em análises que realmente representam a realidade.

Caso contrário, existirão fatores que não foram levados em consideração podem fazer com que escolhas que parecem interessantes em um momento, gerem resultados negativos no futuro.

Lembre-se da variabilidade dos fatos

O princípio de Pareto não é uma verdade absoluta. É possível notar em diversos aspectos de nossas vidas e áreas de conhecimento uma forte interação de causa e consequência onde 20% dos esforços gera 80% dos resultados, no entanto, existem momentos em que esta correlação não está presente.

Além disso, identificar tarefas, comportamentos de clientes, dados sobre seu negócio que se enquadram na regra do 80/20 para encontrar soluções não significa que estas mesmas soluções serão a melhor resposta após mudança.

Monitorar suas informações e dados constantemente é importante para entender como as decisões tomadas a partir do método afetaram seu negócio e descobrir com encontrar novas ideias para manter sua empresa evoluindo.

Use o Princípio de Pareto para aumentar a produtividade do seu atendimento

Esperamos que seu repertório de métodos e estratégias para otimizar seu negócio tenha aumentando com o conteúdo que trouxemos em nosso artigo. E se você está buscando uma maneira de tornar seu atendimento mais eficiente, utilize um chat profissional para tornar a experiência dos clientes que geram 20% de seus resultados ainda melhor.

Através do JivoChat sua equipe pode dar atenção em tempo real aos visitantes do seu site, monitorar as páginas que estão sendo acessadas e utilizar convites proativos para iniciar conversas e tirar dúvidas.

Início Blog Vendas O que é Princípio de Pareto e como usá-lo no seu negócio
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download