Dicas de copywriting para campanhas de sucesso

Coletamos as melhores estratégias de copywriting de email marketing.

A técnica de copywriting vem ganhando muita atenção no mundo de marketing digital - e não é difícil ver porquê. O copywriting, por definição, é o ato de escrever textos publicitários, mas na verdade ele é muito mais do que o simples escrever textos. Mesmo no email marketing, o copywriting sempre deve ser feito com um objetivo: converter os seus leitores em leads, ou clientes.

Hoje, vivemos em um mundo no qual ter certa habilidade de contar histórias de maneira que seja cativante e convincente não tem preço. Contar uma história não significa apenas contar o que aconteceu com a chapeuzinho vermelho - a história pode ser o que você quiser.

Uma história sobre como um dos seus clientes usou o seu produto e obteve bons resultados, por exemplo. Se a sua empresa usa o email marketing para se relacionar com os seus clientes, para promover eventos, anunciar promoções…. tudo pode ser uma história - se for bem redigida.

O copywriting vai ser a arte de contar essas histórias de uma maneira que ilustre as vantagens do seu produto, o problema que ele resolve, porque você se destaca entre a competição. Tudo vai depender da sua habilidade de conectar com o leitor dos seus emails, de maneira que encoraje a conversão - mas nunca dê a sensação de forçar o cliente a comprar o seu produto.

Nem sempre um CTA enorme e chamativo dá conta. Às vezes, você precisa de um texto cativante, de um design que desperte certas emoções, e mais do que qualquer outra coisa: falar a língua do cliente. Para você aplicar as suas habilidades de copywriting nas suas campanhas de email marketing, confira as seguintes dicas.

Dicas de copywriting para melhores campanhas de email marketing

01) Aproveite o topo do seu email: tenha um título

O título vai ter o papel de deixar claro ao leitor o assunto da mensagem, deixando claro o que o leitor pode encontrar se continuar lendo o email.

Sempre preste atenção, e se certifique de que não há nada acima do seu título. Um bom título é chamativo, já que os leitores do email vão começar por ele por uma questão de instinto. Com isso em mente, não permita que nada passe despercebido ao leitor - que provavelmente nem vai ver o que há acima do título.

Uma pequena nota sobre o título: pode ser tentador inserir um título em letras maiúsculas para chamar mais atenção - mas a não ser que o próprio design do email seja assim, evite cair nessa. A questão é que um email que contém muitas letras maiúsculas parece agressivo, e pode trazer outros tipos de problemas. Uma linha de assunto feita em maiúsculas, por exemplo, pode ser confundida por spam e prejudicar a entregabilidade do seu email marketing.

Por exemplo, considere dois títulos possíveis para uma campanha de email marketing que tem como objetivo conseguir que o cliente volte e finalize a compra com os itens no seu carrinho abandonado.

  1. “Você se esqueceu do seu carrinho de compras”

  2. “Elena, o seu carrinho está se sentindo sozinho”

Qual dos dois você acredita que despertaria mais interesse do leitor?

Conseguir encontrar um bom título para a sua campanha de email marketing nem sempre é fácil - mas é um passo importante. Afinal, a taxa de abertura não é a única métrica que importa em campanhas de email marketing. A taxa de cliques também tem um papel crucial no sucesso de qualquer campanha - fazendo do título do seu email (quase) tão importante quanto a sua linha de assunto.

02) Mantenha o foco do seu email marketing sempre no destinatário

Esta dica pode parecer óbvia - afinal, no marketing digital o foco costuma sempre estar no cliente/lead/leitor. Mas na hora de escrever e compor uma campanha de email marketing, é fácil perder o leitor de vista na maneira que escrevemos.

Não é nenhuma surpresa que a maneira que escrevemos tem um grande impacto nas decisões do leitor - afinal, disso se trata o copywriting. A sua meta ao fazer a sua campanha de email marketing deve ser ajudar o cliente, guiar o leitor à alguma decisão - o ato de oferecer ou vender deve sempre vir em segundo lugar.

Nos dias de hoje, é crucial você se diferenciar entre o mar de competidores. E um aspecto que os internautas realmente apreciam é que uma empresa busque ajudá-los ao invés de apenas tentar vender. Mostre ao leitor do seu email que ele é mais do que mais um contato em uma longa lista de pessoas, mais do que apenas mais um target.

Considere estas duas opções:

  1. “Nós queremos sempre melhorar, assim que não hesite em nos contactar com perguntas ou sugestões.”

  2. “Não hesite em entrar em contato conosco caso tenha qualquer dúvida ou sugestão - estamos sempre à sua disposição.”

Há uma diferença sutil entre as duas, mas dá para notar que a primeira opção usa o leitor para o seu próprio benefício. Pode passar uma sensação de que na verdade, essas sugestões não são bem-vindas porque a empresa se importa com o cliente - ela se importa com ela mesma. E isso é um grande problema!

Você tem que fazer o cliente ver que a experiência dele é a coisa mais importante, a felicidade e satisfação do leitor - não apenas o sucesso da empresa. Mas não se preocupe, pois se você focar na satisfação do cliente, ele provavelmente será fiel à você - e no final das contas, a sua empresa vai vender e melhorar, mas da maneira certa.

Veja também: Dicas de Marketing Digital para salões de beleza.

03) Siga as boas práticas dos CTAs (botões de chamada à ação)

O botão CTA é o link que vai levar o leitor do seu email à sua página online, buscando converter o cliente. Essa conversão pode tratar de muitas coisas, como fazer o download do seu último eBook ou fazer alguma compra para aproveitar a sua nova promoção.

O importante do seu CTA é que ele deve ser muito visível no seu email - isso envolve ter um bom design que guia o olhar o leitor desde o topo ou título, até o final, onde está o seu CTA. É importante que você tenha apenas um botão CTA no seu email. Ele será o elemento mais importante de todo o email, e não deve competir com nada mais.

Caso você queira inserir outro, escolha um link em forma de alguma frase - essa frase pode estar justo por baixo do seu CTA, mas é importante que ela nunca tire a atenção do seu CTA central. Um bom jogo de cores e design pode fazer toda a diferença neste elemento.

No que se trata de escrever a copy do seu CTA, lembre-se de ele não deve reforçar o que o cliente está fazendo - o popular “Clique aqui”. O cliente obviamente sabe onde está clicando, fazendo desse CTA uma copy desperdiçada.

Ao invés disso, sempre reforce o que o leitor está ganhando ou porquê ele escolheu seguir o seu link. Isso vai servir como um breve resumo do porquê o cliente deveria clicar nesse botão, ou aceitar a sua oferta. Voltando aos nossos exemplos anteriores de um eBook ou uma promoção, os seus CTAs poderiam ser: “Conseguir o eBook!” e “Obter um 20% de desconto!”.

04) Use o método da corrente de água no seu email marketing

Quando há um incêndio, Hollywood adora nos mostrar cenas nas quais as pessoas da área formem uma corrente para conseguir jogar baldes de água no fogo até que cheguem os bombeiros. Essa técnica pode ser muito útil para o seu email marketing!

Aplicando isso ao copywriting, nós temos uma corrente de títulos e subtítulos que transportam interesse e atenção ao invés de água. Essa técnica é usada frequentemente por artigos deste estilo: listas de dicas que usam os subtítulos para encorajar o leitor a continuar lendo.

Quando aplicada às suas campanhas de email marketing, essa estratégia vai te ajudar a usar não apenas o design do email, mas também o seu conteúdo para prender a atenção do leitor e fazer com que ele leia a sua mensagem até o final - até o seu CTA.

Leia depois: Dicas práticas de como usar um chat online em Landing Pages.

05) Resolva um problema

As pessoas não querem comprar coisas - elas querem pôr um fim a um problema, resolver alguma situação. Afinal, você compra um desentupidor de privada porque quer? Todos compramos porque queremos resolver aquela situação tensa com a privada e voltar às nossas vidas.

Para ter uma cópia que é realmente persuasiva, você tem que encontrar esse motivo por trás da compra dos seus clientes. O que você resolve? Isso pode ser um assunto complicado, mas vale a pena pensar nisso antes de escrever qualquer email.

Uma empresa chamada Bains & Company criou uma pirâmide que pode te ajudar a ver o valor real do que você está oferecendo no seu email (e na sua empresa, em geral!). A pirámide se chama “Elementos de valor” - e os seus autores encorajam empresas a encontrar o seu valor, para logo pensar em maneiras de aumentar esse valor.

Pirâmide de Valor

Uma vez que você saiba o que você pode resolver para o seu cliente, fica muito mais fácil encontrar maneiras de falar com o cliente, de motivar o cliente a comprar o que você vende. Deixe que isso seja a base das suas campanhas de email, procure argumentos que giram em volta do seu valor.

06) Use táticas psicológicas no seu email marketing

Seres humanos são complicados e nem sempre é fácil conseguir maneiras de convencer o cliente - mesmo com toda a pesquisa e investigação do marketing digital. Por isso, pode valer a pena ouvir o que os profissionais de psicologia tem a dizer sobre como funcionamos, como tomamos as nossas decisões.

Um ótimo exemplo que é usado com frequência no marketing digital em geral é o medo que temos de ficar por fora. Famoso pelas suas siglas em inglês, FOMO (fear of missing out) é um fator que afeta as nossas ações. É por esse medo de perder alguma coisa legal, ou ficar por fora do que está acontecendo é que ter um limite de tempo para promoções funcionam tão bem.

Temos medo de não comprar no momento e perder a promoção por completo - ou esperar mais uns dias e não conseguir nenhum dos itens que realmente nos interessam. Ao criar uma urgência, limitando o tempo da promoção, conseguimos que as pessoas tomem alguma atitude com rapidez.

Conheça o Programa de Afiliados da JivoChat: 30% recorrente em todos os pagamentos!

Outra estratégia com base na psicologia humana é a prova social. A prova social aproveita o fato de que nós queremos formar parte de um grupo, e tomamos a opinião desse grupo muito a sério. É por isso que grandes empresas sempre mostram o número de pessoas que já assinaram a sua newsletter, por exemplo.

Um internauta vê um número exorbitante de assinantes àquela newsletter e pensa: “Se todas essas pessoas estão felizes com essa newsletter, talvez eu também seja.” Ou talvez um “Todas essas pessoas vão saber coisas que não vão chegar em mim, me deixando por fora”.

Também ligada ao sucesso de marketing com influencers - a prova social também fala do que nos liga ao resto do grupo. Se você vê uma influencer com a qual você se identifica, e ela está feliz com um produto - você será mais aberto a experimentar esse produto do que outros parecidos.

Parcerias JivoChat: nosso programa de afiliados paga 30% recorrentes.

07) Tenha tudo alinhado!

Uma campanha de email marketing bem feita e bem escrita é uniforme. O seu conteúdo entrega o que você prometeu na sua linha de assunto. O seu conteúdo está escrito com uma personalidade que permanece a mesma do título até o seu CTA. O seu conteúdo expõe as vantagens e o valor por trás da sua oferta/mensagem - e o design guia o olhar do leitor pelo email, passando pelo conteúdo e chegando até o CTA.

Não adianta você prometer o mundo e a lua no assunto do seu email, e logo abordar um tema completamente diferente no corpo da mensagem. Isso não é persuasivo - isso é confuso. Ao invés disso, tenha uma mensagem que segue o mesmo tom.

Seja casual, fale com o leitor como falaria com um colega. Mas siga esse tom pela mensagem toda. Se você for mais formal no seu tom, se certifique que essa formalidade se note no assunto e no conteúdo, no design - mas sem parecer frio e distante.

O truque aqui é encontrar a sua voz. Um estilo, uma personalidade para a sua marca. Uma vez que você tenha o valor que a sua empresa oferece, os argumentos que pode usar para motivar os leitores - o estilo de voz ficará mais claro, também.

2018/07/24

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte