Qual notebook comprar em 2022?

Índice

Todos sabemos como pode ser difícil definir qual notebook comprar para o seu dia a dia que atenda todas suas necessidades, devido a quantidade de dispositivos disponíveis no mercado. Outro fator que dificulta bastante esse processo são as diferentes configurações que cada aparelho possui, o que passa a tornar todo o processo um tanto quanto confuso.

Pensando nisso, nós da Jivo preparamos um artigo completo para esclarecer todas as suas dúvidas em relação às peças mais importantes que compõem esses notebooks, fazendo com que você consiga definir exatamente qual a melhor combinação de peças para conseguir trabalhar, estudar ou jogar.

Como escolher qual notebook comprar?

Para conseguir escolher o melhor notebook durante a sua pesquisa, é preciso observar os principais componentes desses dispositivos como: processador, memória RAM, sistema de armazenamento, placa de vídeo, tela, bateria e recursos adicionais.

Cada peça de hardware possui a sua função única, porém, dependendo do uso algumas podem ser mais importantes do que outras. Um bom exemplo disso é a placa de vídeo, que para estudantes pode não ter muita importância, mas para um gamer este componente é essencial para rodar jogos em alta qualidade e com bom desempenho.

Processador

O processador ou a CPU (Central Processing Unit), é uma das peças de hardware mais importantes de qualquer notebook, pois ele é o responsável por realizar o processamento dos dados, transformar esses dados em informações e enviar todas essas informações para a placa mãe do computador que irá enviar essas informações para outros componentes. 

Para conseguir definir o desempenho e a qualidade de um processador é preciso estar atento a três características únicas desses componentes, que basicamente vão definir o desempenho e quais tarefas ele é capaz de executar.

Clock

A primeira delas é a frequência do processador, também conhecido como clock ou velocidade. Esta característica é medida em uma unidade chamada hertz e está diretamente ligada à capacidade que ele possui de processar diversas informações ao mesmo tempo.

Núcleos

A segunda característica mais importante é a quantidade de núcleos ou cores que um processador possui. Em processadores que possuam dois ou mais núcleos, cada núcleo irá funcionar de forma independente, o que permite o seu computador a realizar mais ações e tarefas por clock.

Porém, é bom lembrar que uma maior quantidade de núcleos não é a mesma coisa que uma maior velocidade. Por exemplo, um processador quad-core de 2.5 Ghz não tem o dobro de velocidade em relação a um dual-core de 2.5 Ghz, ele simplesmente utiliza seus núcleos de forma mais eficiente e consegue executar mais tarefas.

Cache

Por último temos o cache do processador, que é basicamente uma memória de acesso rápida que o processador utiliza com a finalidade de tentar reduzir o tempo que ele leva para acessar as informações que estão guardadas na memória RAM.

Atualmente, o processador AMD Ryzen 5 5-3500U é um dos melhores do mercado e presente no Acer A315-23-E291 da imagem abaixo, que também conta com 8GB de memória RAM, 1TB de HD e uma  tela de 15.6 polegadas. Além disso, o processador possui uma placa de vídeo integrada Radeon Vega 8 que suporta pequenas tarefas gráficas.

Notebook Acer A315-23-E291

Com mais de 700 avaliações, esta é uma opção perfeita caso você esteja em dúvida sobre qual notebook comprar para trabalhar com tranquilidade em casa ou até mesmo no seu escritório.

Memória RAM 

A memória RAM de um notebook é um dos componentes que trabalha junto com o processador para melhorar o desempenho. Ela é muito importante para você conseguir executar programas,abrir abas do navegador e rodar jogos sem que o dispositivo fique lento ou travando.

Para conseguir definir a quantidade ideal de memória RAM que você precisa, primeiro é preciso entender qual o seu objetivo com o dispositivo. Caso você queira apenas estudar, ler e produzir textos os modelos com 2GB de memória, como é o caso do Legacy C da Multilaser da imagem abaixo, que tem 32Gb de espaço interno e uma tela de 14 polegadas, sendo mais do que o suficiente para um estudante de EAD.

Notebook Legacy C Multilaser

Agora, para trabalhar em home office ou até mesmo jogar games mais leves, a melhor opção com certeza será um modelo que trabalhe com 4GB a 8GB de memória RAM, afinal, ele consegue executar programas moderados e realizar multitarefas leves sem nenhum problema.

Em casos mais extremos, onde será necessário máxima potência e desempenho, a melhor saída é investir em um dispositivo que tenha 16GB de memória RAM instaladas em sua placa mãe.  

Nesta situação caso você esteja em dúvida sobre qual notebook comprar, recomendamos o Acer Aspire Nitro 5 AN515-54-79YX, que além de 16GB de memória RAM, conta com um processador Intel Core i7 9750H, 512GB de SSD e uma placa de vídeo dedicada Geforce GTX 1650.

Notebook Acer Aspire Nitro 5 AN515-54-79YX

HD ou SSD

As diferenças entre os dois sistemas de armazenamento são bem evidentes, principalmente se falamos de velocidades e taxas de transferência de arquivos. Outro fator que torna eles bem diferentes um do outros é a maneira que as informações são gravadas, lidas e transferidas dentro de cada um.

HD

O mais comum são os HDs que trazem como principal vantagem capacidades maiores de armazenamento, que podem variar de 1TB, até a aproximadamente 10 TB, além de serem hardwares mais baratos, o que acaba tornando notebooks que utilizam HD muito mais acessíveis.

Um bom exemplo disso é o Lenovo IdeaPad S145 da foto abaixo, que traz um HD de 1TB como forma de armazenamento para que você tenha espaço suficiente para todos seus arquivos, programas, jogos e fotos.

Lenovo IdeaPad S145

Para o seu funcionamento, o HD tem internamente, um sistema de discos magnéticos, controlados e acessados por um braço mecânico que para encontrar certas informações, vai até uma área específica do disco e começa a realizar a leitura das informações que ali estão arquivadas. 

SSD

Já os SSDs funcionam completamente diferente, utilizando um sistema de memórias 3D Nand, que faz com que ele consiga acessar suas informações e arquivos de forma quase instantânea.

Por utilizarem uma tecnologia bem recente e que é quase 5 vezes mais rápida que a de um HD, os SSDs para notebook tendem a custar mais caro e oferecer um armazenamento um pouco menor, ou seja, são perfeitos para quem trabalha com pequenas quantidades de arquivos e está buscando velocidade.

Placa de vídeo

As placas de vídeo para notebook, em termos de design e estrutura, são bem diferentes dos modelos utilizados em desktops. O principal diferencial delas é que são compactas e utilizam o espaço interno do dispositivo de forma mais inteligente e eficiente, muitas vezes tendo apenas cerca de 2 a 3 centímetros de espessura.

Elas não são comercializadas para o consumidor final, porém, o mercado brasileiro tem disponível alguns modelos de notebook gamers que vem com essas placas instaladas, como é o caso do Acer Nitro 5 AN515-54-528V que possui uma GTX 1650, capaz de suportar jogos e programas de última geração com uma excelente performance.

Notebook Acer Nitro 5 AN515-54-528V

Ao buscar por um aparelho que tenha placa de vídeo, é preciso estar atento ao desempenho da placa, para isso, verifique a velocidade dela que é calculada em Mhz, desta forma você consegue entender o desempenho da sua GPU e verificar a velocidade com que os núcleos de vídeo dela trabalham.

Outro ponto muito importante é verificar a memória de vídeo disponível na placa, sinalizada pela sigla GDDR, ela é responsável por realizar toda a leitura, análise e processamento das informações que são projetadas no monitor. Antes de escolher qualquer modelo, verifique as configurações mínimas exigidas pelo programa ou jogo que você deseja utilizar.

Bateria

Por último, mas não menos importante, devemos sempre nos atentar para a capacidade da bateria antes de definir qual notebook comprar. Afinal, ela vai definir o número de horas que você consegue utilizar o dispositivo quando estiver longe ou sem acesso a uma tomada elétrica.

Atualmente existem dois tipos de bateria, as de Li-Ion que são leves, atóxicas e conseguem armazenar uma grande quantidade de carga, utilizando uma nova tecnologia que não vicia e pode ser utilizada ligada na tomada normalmente.

O outro modelo, mais comum em smartphones é a bateria de Li-Po, que são muito mais leves e possuem um design ultrafino, além de conseguirem armazenar quase que o dobro da capacidade quando comparadas às baterias de Li-Ion.

Para conseguir identificar a capacidade de carga de um dispositivo, é preciso observar a sigla mAh que se traduz para miliampere-hora. Esta medida te ajuda a entender o número de horas que o aparelho consegue ficar ligado quando está em carga máxima. Lembrando que esse número pode variar dependendo do uso do dispositivo.

Aprendeu a escolher um notebook para sua rotina?

Esperamos que nosso artigo tenha te ajudado a entender tudo que você precisa saber para conseguir escolher de uma forma mais assertiva qual notebook comprar para o seu dia a dia, que entregue tudo que você precise por um valor justo.

Lembre-se de conferir as informações do produto e todos os recursos que eles oferecem, para assim, realizar uma escolha assertiva com aquilo que você precisa.

Nós somos participantes do programa de associados da Amazon Services LLC, um programa de afiliados projetado para proporcionar comissões de vendas através do direcionamento para páginas da Amazon e seus demais sites relacionados

Início Blog Reviews Qual notebook comprar em 2022?
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download