Gestão de Tráfego: o que é e o papel do Gestor de Tráfego

Índice

Qualquer empresa que deseja conquistar resultados digitais precisa desenvolver estratégias para sua gestão de tráfego.

O tráfego é um termo muito comum usado por negócios online, que significa a quantidade de visitantes que acessam os canais digitais de sua marca. 

Esses canais podem ser seu próprio site, canal no YouTube, redes sociais, entre outros. 

Desenvolver um bom plano de gestão de tráfego garante que o seu empreendimento conte com um fluxo constante de visitantes.

Isso permite que sua marca se posicione bem e seja conhecida por muitas pessoas, gerando engajamento, leads e vendendo mais.

Apesar de parecer algo simples em sua proposta, gerir o tráfego não é uma tarefa simples. Existem várias categorias de tráfego e diversas estratégias para gerar o fluxo de visita em seus canais.

Portanto, se você deseja aprender o que é gestão de tráfego, como isso converte visitantes em leads e leads em oportunidades de venda, confira o nosso artigo.

O que é Gestão de Tráfego?

Como já mencionamos, tráfego é o fluxo de pessoas que visitam um de seus canais digitais. 

Quanto mais pessoas acessarem esses canais, maiores serão as chances de que outras pessoas também encontrem sua empresa na internet.

Já a Gestão de Tráfego é uma estratégia que visa aumentar esse fluxo de acessos para seu site ou suas redes sociais usando anúncios.

Neste tipo de estratégia, os profissionais que gerem o tráfego têm o papel de segmentar o público de um negócio e avaliar as métricas para fazer o gerenciamento dos visitantes nos canais definidos.

Isso é importante porque apenas um número alto de visitas não significa que irá gerar resultados, é preciso que as pessoas que visitam seus canais sejam qualificadas para se tornarem clientes.

Portanto, ao realizar a gestão de tráfego será preciso avaliar o perfil do seu público e os canais digitais mais indicados para que sua empresa alcance esses consumidores.

Conheça os tipos de tráfego

Além de existirem diversos canais digitais que podem ser usados nessas estratégias, também existem os vários tipos de tráfego.

Tráfego orgânico

É o tipo de tráfego que acontece de forma natural. Por iniciativa própria, as pessoas pesquisam no Google e chegam até seu site ou página.

Uma das principais formas de gerar tráfego orgânico é investir em estratégias de conteúdo para que sua marca esteja bem posicionada nos resultados em sites de busca.

Tráfego pago

Empresas que buscam resultados mais rápidos podem conseguir visibilidade pagando pelo tráfego. Contudo, é preciso investir um valor relevante para que essa estratégia dê resultados.

Além disso, existem 2 variedades de tráfego pago:

  • Rede de display: empresas compram o espaço em sites de terceiros que tenham uma parceria com o Google.
  • Rede de pesquisa: empresas pagam para estarem nas primeiras posições dos resultados de buscas, na frente até mesmo de resultados orgânicos. Esses anúncios contam com uma etiqueta que os identificam como “anúncio”. 

Tráfego direto

Esse tipo de tráfego acontece quando as pessoas já conhecem seu site e desejam acessar ele, digitando o nome de sua página no buscador. 

Essa forma de pesquisa acontece apenas quando os usuários já sabem que querem acessar seu site e não precisam de intermediação para acessar sua página.

Tráfego por email marketing

É uma forma de tráfego que acontece quando as pessoas clicam em um link enviado por email.  

Apesar de ser bastante usado, é preciso que as pessoas já estejam inseridas em um funil de vendas para que cliquem no link, caso contrário, será muito difícil.

A taxa de cliques geralmente é boa em campanhas onde os emails são enviados para leads que oferecem seus dados voluntariamente para receber esse tipo de conteúdo.

Tráfego social

É o tráfego proveniente de links que são usados em suas redes sociais. 

Estar presente nas redes é importante porque muitas pessoas passam muito tempo usando esses canais, portanto. Isso aumenta as chances de levar esses usuários para seu blog ou site.

Tráfego de referência

O tráfego de referência funciona por indicações. Um exemplo é quando um consumidor lê um comentário positivo em um site confiável e decide conhecer mais sobre sua marca, acessando seus canais digitais.

Vantagens de fazer a Gestão de Tráfego

Criar uma boa estratégia de tráfego pode trazer ótimos benefícios para o seu negócio, confira os principais a seguir:

Cria uma audiência qualificada

Uma das maiores vantagens da gestão de tráfego é fazer a segmentação do público qualificado.

Isso é possível porque as ferramentas de CRM e tráfego permitem que seu negócio encontre pessoas com o perfil específico pesquisado.

Uma forma inteligente de descobrir esse perfil é criar uma buyer persona para o seu negócio, usando faixa etária, interesses, localização, trabalho, dores e desejos.

Melhora o ROI (Return Over Investment)

Qualificar seu público, unir o tráfego orgânico e pago são ações que irão aumentar o retorno sobre o investimento do seu negócio.

Esse é um resultado muito positivo que acontece porque as estratégias são feitas de forma complementar, trazendo resultados a curto, médio e longo prazo.

O ideal é criar um fluxo contínuo de visitantes em seus canais, aumentando a geração de leads e as oportunidades de vendas.

Melhora a reputação de sua marca

Conquistar os primeiros lugares nos resultados das páginas de busca do Google, além de gerar visibilidade para seus produtos e serviços, também irá posicionar sua marca como uma autoridade no assunto abordado.

Isso garante que sua marca ganhe mais reputação no mercado, contribuindo com as conversões em vendas.

Dicas para fazer uma boa Gestão de Tráfego

O conceito de gestão de tráfego é algo fácil de entender, mas não é tão simples assim na hora de executar.

Para ajudar a desenvolver seu planejamento, confira algumas dicas que podem ajudar na sua estratégia de tráfego.

Estude seu público-alvo

Entender muito bem o perfil do seu público e suas preferências é fundamental para descobrir quais os melhores canais para gerar tráfego.

As informações sobre os consumidores também irão ajudar no processo de gestão, facilitando a escolha e estruturação de estratégias. 

Dessa forma, um negócio pode investir em canais e campanhas eficientes, reduzindo erros e otimizando ganhos.

Crie um planejamento

Investir tempo na etapa de planejamento é essencial para garantir um bom fluxo de tráfego na hora de executar suas ações.

Portanto, ao usar o tráfego pago pense em formas de acompanhar os clientes em todos os processos do funil de vendas.

Essa é uma forma mais segura de fazer com que os leads sejam qualificados e avancem em sua jornada de compra.

Escolha e acompanhe métricas

Definir as métricas usadas para avaliar o sucesso de suas ações também é um passo muito importante na hroa de fazer o gerenciamento de tráfego.

Esses dados também são importantes para descobrir quais estratégias devem ser deixadas de lado por não gerar resultados.

Algumas métricas relevantes são: 

  • Custo por aquisição
  • Custo por cliques
  • Visualizações do anúncio
  • Taxa de cliques
  • Geração de leads

Contrate uma agência de Marketing Digital

Existem agências de marketing digital especializadas em gerar tráfego para seus clientes. 

Essas empresas contam com profissionais especializados que trabalham diariamente atuando nesse tipo de gestão e entendem quais as melhores táticas para cada negócio e sua área de atuação.

Como escolher o canal de tráfego certo?

Escolher o melhor canal para sua estratégia de tráfego é importante para aumentar o número de acessos por um custo menor.

Contudo, existem muitas opções de canais atualmente, como: 

  • Email marketing
  • Facebook Ads
  • Instagram Ads
  • Google Ads
  • Pesquisas orgânicas
  • Influenciadores digitais

Se você ainda tem dúvidas de como escolher o melhor canal de tráfego, confira algumas dicas que podem ajudar.

Use informações sobre o perfil de usuários

Após estudar seu público-alvo, será possível avaliar quais são os melhores canais para alcançá-los.

Usar bem esses dados é fundamental para direcionar as ações e conteúdos aos canais corretos, otimizando custos de tráfego e aumentando suas vendas.

Avalie seu orçamento

O orçamento será o ponto inicial de como suas ações de tráfego serão desenvolvidas. 

Portanto, ao definir sua estratégia, escolha a quantidade de capital que será investida nos anúncios sem prejudicar outras áreas do seu planejamento financeiro.

Avalie a experiência do produto ou serviço no mercado

Entender como os consumidores experienciam seus produtos ou serviços no mercado também é importante na hora de escolher os canais de tráfego.

Isso porque produtos consolidados que já fazem parte da rotina das pessoas pedem por estratégias diferentes de produtos disruptivos, com novas ideias e funcionalidades.

O que um Gestor de Tráfego faz?

O Gestor de Tráfego é o responsável por gerar tráfego para sites na internet. Esse profissional precisa contar com conhecimento analítico e usar uma abordagem data driven para analisar os dados encontrados e escolher os melhores canais.

Também é papel do profissional avaliar possibilidades de otimização nas campanhas e entender quais métricas são importantes em cada canal. 

Entender bem do marketing digital também é importante para que o profissional possa atuar bem adquirindo tráfego pago e produzido conteúdo para tráfego orgânico.

Quanto ganha um Gestor de Tráfego?

Dizer um valor específico para o salário de um profissional de qualquer área é algo complexo que pode variar devido a diversas questões.

Experiência, autoridade e carreira são fatores fundamentais para saber quanto esse profissional pode ganhar.

Gestores no início de sua carreira estão em torno de R$ 2.200, gestores mais experientes podem ganhar cerca de R$ 4.000 e profissionais com muita autoridade e reconhecimento de mercado podem ganhar até mesmo R$ 20.000 por mês.

Quais as funções de um Gestor de Tráfego

Agora que já entendemos o que faz um Gestor de Tráfego de forma geral, é hora de conferir as principais tarefas e funções desse profissional.

  • Criar relatórios para mensurar resultados.
  • Analisar o desempenho de campanhas e seu impacto nas estratégias de marketing.
  • Criar contas e perfis nos gerenciadores de campanhas e ferramentas para clientes.
  • Acompanhar e analisar as campanhas de mídia.
  • Fazer a gestão de verba de contas de anúncios em busca de melhorias.
  • Distribuir a verba entre os canais de tráfego pago.
  • Desenvolver planejamentos, criar e otimizar campanhas de tráfego pago.
  • Fazer o estudo de palavras-chave e de público.

Melhores cursos de Gestor de Tráfego

1. Formação Gestor de Tráfego Pago e Mídia Performance 2022

Disponível na plataforma Udemy e muito bem avaliado por quem fez o curso, o Formação Gestor de Tráfego Pago e Mídia Performance ensina sobre gestão de tráfego pago, Google Ads, Facebook Ads, Copywriting, Gatilhos Mentais e muito mais.

O material é bastante completo, com 27 horas de videoaulas passando pelas áreas de tráfego pago, conversão online e web analytics.

O instrutor é o professor Hélder Brito, que leciona em instituições como a ESPM e FGV, além de atuar como profissional na área de marketing digital há mais de 12 anos.

2. Gestão de Tráfego + Agência Digital

Esse é um curso da Udemy que foca em ensinar a criar sua agência de marketing digital com o foco em Gestão de Tráfego.

São 6 horas de videoaulas que ensinam a abrir e estruturar sua agência, tendo seu negócio online funcionando e captando clientes em poucos dias.

O curso é indicado para quem deseja começar seu negócio, para profissionais que já atuam na área mas desejam empreender, estruturando seu próprio negócio.

3. Estratégias de Tráfego Pago para Google Ads e Facebook Ads

Com 12 horas de conteúdo sob demanda, esse é um curso que foca em ensinar estratégias eficientes de tráfego pago para vários segmentos, sem precisar ser um expert em anúncios para entender e aplicar esses conceitos.

prático e direto ao ponto, o material usa exemplos nos principais segmentos onde existe muita demanda, como negócios locais, e-commerce, produtos digitais e empresas B2B.

4. Google Ads (Adwords) COMPLETO + Remarketing + Youtube Ads

Por fim, esse é um curso completo de Google Ads e Remarketing que ensina a dominar as principais plataformas de marketing digitais do zero ao profissional.

São mais de 15 horas de conteúdo ensinando sobre:

  • Campanhas de pesquisa
  • Otimização de palavras-chave
  • Otimização de Campanhas e Anúncios
  • Metas e Conversões
  • Análise de Performance
  • Principais Métricas e KPIs
  • Cálculo de ROI e ROAS
  • Campanhas de Display

Bem avaliado na plataforma, o material já ensinou mais de 42 mil alunos e é recomendado por muitas pessoas que finalizaram o curso.

Aprendeu o que é Tráfego Pago?

Esperamos que o nosso artigo tenha explicado de forma simples e fácil de entender o que é Tráfego Pago e como ele influencia os resultados de um negócio.

Caso tenha interesse em otimizar sua conversão através do fluxo de tráfego gerado, considere usar uma ferramenta de atendimento online.

O JivoChat é uma ferramenta de chat online que pode ser adicionada em seu site, além de unificar seus canais de atendimento online como WhatsApp e Facebook.

Início Blog Marketing Gestão de Tráfego: o que é e o papel do Gestor de Tráfego
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download