30 dicas de email marketing para ecommerce

As diversas maneiras de usar o email marketing para impulsionar suas vendas

Uma das principais ferramentas usadas pelos ecommerce, o email marketing, é essencial para qualquer produto ou serviço que esteja a vender em sua loja virtual. Por isso, trouxemos 30 dicas para email marketing no ecommerce, que abrangem métodos para captar emails, tipos de ferramentas que pode usar e de quais maneiras pode usá-las em seu favor. Além disso, também oferecemos algumas maneiras de avaliar seus resultados e como administrar sua base de emails.

Veja também: 20 sites para começar seu ecommerce

1. Tenha um plano

plano de negócios

Qual o propósito para usar email marketing em seu ecommerce? A primeira vista, impulsionar suas vendas parece a resposta óbvia, mas não é a única disponível. Antes de dar um ponto final na sua estratégia, é necessário considerar qual tipo de público receberá seus emails. Isso influi não apenas no objetivo final, mas o tipo de conteúdo que compartilhará e qual será sua forma. Se o seu negócio envolver vendas para outras empresas, por exemplo, aquele tipo de email super modernoso e viralizável nas redes sociais pode não ser uma boa opção, enquanto conteúdos relevantes sobre seu ramo de negócio e divulgar palestras e eventos sediados pela sua empresa pode render melhores resultados.

2. Procure ferramentas para automatizar o envio de emails

Caso seu ecommerce ainda esteja com uma base de emails curta, talvez não sinta a necessidade de automatizar seus emails. No entanto, é necessário que desde os primeiros passos passe a avaliar e começar a utilizar ferramentas que automatizam o envio destas mensagens, que reduzirá consideravelmente o uso de seu tempo em uma tarefa em questão. Através delas, também é possível programar o envio destes emails, algo que abordaremos em nossas próximas dicas.

3. Permaneça testando os diferentes programas de automatização de emails

Mesmo que já use um serviço favorito, é sempre válido ficar de olho nas novidades em relação aos programas para envio automático de emails. Novas melhorias de uma ferramenta em particular podem servir melhor a seu negócio do que o método atual, então é sempre válido testar novas alternativas.

4. Segmente seu público

segmentação do publico

Uma das dicas de ouro para fazer email marketing é segmentar seu banco de dados. Através da segmentação, é possível escolher a parcela correta de seu público para enviar uma determinado tipo de material, conteúdo ou promoção. Um estudo feito pelo MailChimp, um dos mais conhecidos serviços de email marketing, revelou que separar sua base de dados em diferentes categorias - ao invés de mandar a mesma mensagem para todos os contatos - gera 14% mais aberturas do email e 15% mais cliques dentro dos emails.

Além disso, também foi registrado um índice menor de denúncias de spam, pedidos para ser excluído da lista e não visualizações. Segmentação é uma das ações primordiais em email marketing.

5. Personalize a experiência

Com dezenas de empresas enviando emails automatizados a seus clientes com ofertas, confirmações, promoções e sorteios, se torna essencial fazer a diferença e não ser mais um email que vai parar na caixa de spam. Para isso, tente deixar a experiência o mais personalizado possível. Para isso, tente enviar emails chamando o cliente pelo nome, oferecendo links e conteúdo significativo e, mais importante, tente encorajá-lo a responder seus emails. Uma estatística do Hubspot revela que a média de cliques em emails com o primeiro nome de um contato ou empresa aumenta 14 e 10%, respectivamente.

Leia também: As 8 alternativas ao PayPal para ecommerce

6. Ofereça conteúdo relevante

Não adianta segmentar seu público e tornar a experiência o mais pessoal possível se não oferece conteúdo de grande valor. Por isso, fique atento ao tipo de conteúdo que o seu público está prestando atenção e planeje-se de acordo. Ficar atento às respostas aos mais diferentes tipos de material compartilhado por você são uma ótima maneira de implementar melhorias nesse quesito.

7. Use e abuse de atraentes chamadas para ação (CTA)

chamada para a ação

Não apenas em postagens em um blog ou em uma publicação nas redes sociais, o CTA também é importante no email marketing. Pense em uma proposta clara na chamada para ação, ao invés de distribuir as chamadas ao longo do email, de acordo com seu objetivo. Se a sua tática envolve encorajar o destinatário a ler o email, um CTA (sigla para call to action, chamada para ação em inglês) na linha de assunto pode ser uma boa estratégia. Para vender, pode usar uma imagem no email para convidá-lo a uma promoção, por exemplo.

8. Não seja desleixado com a linha de assunto

O primeiro contato de um prospecto com seu email será através da linha de assunto, por isso, de maneira alguma deverá ser desleixado nessa questão. Assegure-se de que essa linha seja curta e ofereça uma descrição clara, levando em consideração qual o segmento de sua base de contatos que está enviando a mensagem. Lembre-se que este é o primeiro contato do cliente com sua mensagem, mas que também pode ser a última.

9. Assegure-se que seu email seja fácil de ler em dispositivos móveis

Assim como sua ecommerce, é essencial que tenha segurança de que seus emails são facilmente lidos em um smartphone ou tablet. Outro estudo da empresa Litmus revela que mais de 70% dos usuários destes dispositivos deletam imediatamente um email do qual não podem ler em seus aparelhos.

A pesquisa também aponta que um design em coluna única facilita a visualização do email nestes aparelhos, pois torna mais ágil a rolagem. Dê preferência a serviços de automatização de emails que ofereçam prévias de mensagens em diferentes tamanhos de telas e tipos de dispositivos.

mobile friendly

10. Mantenha o painel de preview dos celulares em mente

Além de uma grande parcela de usuários lerem os emails em um dispositivo móvel, eles recebem os emails em um painel de prévia, do qual as imagens possivelmente estão bloqueadas e apenas uma parcela da mensagem está sendo mostrada. Por isso, procure colocar os elementos mais importantes logo no início do email, como o primeiro nome do prospecto ou cliente, o motivo do email e, se possível, uma chamada para ação.

Não perca: 18 dicas para seu ecommerce ficar em primeiro lugar no Google

11. Seja breve, mas ofereça uma leitura mais aprofundada sobre um assunto como opção.

Existe uma grande probabilidade de, caso seu email seja demasiadamente longo, ele seja descartado ou lido pela metade. Mesmo quando um assunto necessita de profundidade, recomendamos que ainda o aborde de maneira breve. No entanto, isso não significa que a leitura precisará parar no email: ofereça a seu cliente ou leitor a oportunidade de ler uma versão completa de um artigo em questão através de um link.

leia mais

12. Nem todos seus emails precisam ser para fechar uma venda

Vender é a palavra-chave para a sobrevivência de uma loja virtual. Mesmo assim, não é necessário que envie emails a seus prospectos e clientes apenas com o propósito de fechar uma venda. Algumas vezes, um tipo de conteúdo que elicite o leitor a clicar em um link para visualizar um conteúdo pode trazer melhores resultados do que apenas vender um produto, já que esse mesmo leitor terá a oportunidade de explorar melhor sua página.

13. Construa um relacionamento com seus contatos

Quem disse que apenas o social media engraçadinho é capaz de criar um relacionamento com seus seguidores? Também é possível estabelecer esse vínculo com seus contatos através do email marketing. Esse é mais um motivo pelo qual não deve ver essa ferramenta apenas para promover vendas.

É recomendado que, pelo menos uma vez ao mês, tente enviar um email com pegada mais pessoal, independente do assunto, seja ele comemoração de aniversário de seu negócio ou sobre mudanças na sua indústria. Lembre-se de convidá-los a interagir com o conteúdo enviado.

14. Prepare-se com antecedência para datas comerciais e sazonalidade dos produtos.

Natal, Dia dos Pais, Dia dos Namorados são datas comemorativas que promovem picos na procura de presentes. Por isso, prepare-se com antecedência para o envio de promoções através de um calendário, ao invés de preparar sua campanha quando a data estiver próxima. Pesquise quais são as datas comemorativas durante o ano e deixe lembretes para que não seja pego desprevenido e tenha que elaborar suas promoções do zero com pouco tempo disponível.

JivoChat exemplo Black Friday

15. Crie campanhas para aniversariantes

Um segmento que pode ser muito útil em seu ecommerce é o de “aniversariantes de cada mês”. Uma boa parcela de pessoas gosta de ser lembrada especialmente no aniversário, principalmente se esta lembrança vier no formato de promoções. Por isso, uma boa ideia para seu email marketing é a de criar estratégias para atender o público nessa data.

Veja também: 7 dicas para usar o Instagram em sua loja online

16. Use e abuse das newsletters

Independente da periodicidade, use e abuse das newsletters. Elas servem para informar seus contatos de novos produtos, conteúdos ou serviços que esteja disponibilizando, os mantendo atualizado sobre as atividades de seu negócio ou promoções que esteja promovendo.

Por isso, é essencial que prepare esse tipo de material e os envie com regularidade. Enquanto uma newsletter diária possivelmente será encarada como spam, o ideal é mantê-la em uma periodicidade de no mínimo uma semana. Alguns sites, inclusive, permitem que o usuário escolha o intervalo entre uma newsletter e outra.

newsletter

17. Ofereça descontos em troca de assinaturas de newsletter

Uma estratégia para adquirir mais emails para sua base de contatos é o oferecimento de pequenos descontos em troca de assinatura em sua newsletter. Por exemplo, é possível programar um popup para aparecer quando um visitante mostre a intenção de sair de sua página, oferecendo o desconto mencionado após o preenchimento de seu endereço eletrônico, entre outras táticas.

18. Posicione espaços em seu site para que visitantes deixem seus emails

Outra das táticas úteis para adquirir mais leitores para sua newsletter está no posicionamento de um campo em sua página para que o usuário deixe seu email. Normalmente estes espaços ficam em algum canto lateral da parte superior da homepage, ou no centro de uma landing page. Também é possível que posicione um campo desses em postagens de seu blog corporativo para que acompanhe seus conteúdos.

19. Use o formulário pré-atendimento do JivoChat

O JivoChat também pode ser um grande aliado na hora de construir sua base de contatos para email marketing. Antes de um atendimento, os visitantes de seu ecommerce que acionarem o chat possuem a opção de preencher um pequeno formulário com algumas informações básicas, entre elas o seu nome e email. Use e abuse dessa funcionalidade para expandir sua lista!

20. Configure emails a serem enviados quando um cliente não termina de efetuar uma compra

exemplo Flaviarado

Uma funcionalidade disponível em diversas ferramentas de email marketing e automatização de mensagens, é possível criar uma regra para que o software envie um email a alguém que não finalizou sua compra. Ao cumprir a regra e possuir o email do prospecto em questão, o software envia uma mensagem a esta pessoa perguntando o motivo pelo qual não conseguiu concretizar a compra, oferecendo ajuda para resolver quaisquer questões. Vale lembrar que alguém que colocou algum item de sua loja no carrinho já está com quase tudo encaminhado para fechar a compra, então o método é eficiente para recuperar um cliente que, por algumas vezes, pode ter apenas se deparado com um problema técnico.

Veja também: 6 funcionalidades que deve colocar em seu ecommerce ainda hoje!

21. Solicite o email na finalização de uma compra

Uma das estratégias essenciais para que aumente sua base é a de solicitar o email do cliente ao finalizar uma compra. O endereço eletrônico não serve apenas para que aumente sua base, mas para também permitir ao seu cliente que acompanhe todo o processo de entrega.

22. Incentive seus compradores a deixar um review de seu produto

Outra das regras que pode implementar em seu sistema de automatização para email marketing pode ser aplicada a quem já comprou um produto seu. Uma das dicas para aumentar a probabilidade de compra é, certo período após a chegada de um produto ao usuário, o software envie um email a este cliente incentivando-o a deixar um review em sua página. Uma review positiva tem grande impacto na decisão de futuros compradores.

reviews do produto

23. Analise os dados de suas campanhas passadas

Usar email marketing também gera uma série de dados que podem ser analisados para obter mais sucesso em campanhas futuras. As informações que podem ser analisadas são: taxa de sucesso na entrega - quantos emails de fato chegaram às caixas de entrada dos contatos -, percentual de abertura do email, taxa de cliques, comparativo entre pessoas que abriram o email em relação às que clicaram em algum link contido neles, taxa de cancelamento de inscrição e taxa de conversão.

Esses dados podem indicar que tipo de conteúdo está sendo aprovado e se suas vendas através de email estão sendo bem sucedidas. Esta também é uma das dicas obrigatórias a se seguir na condução das campanhas de email marketing.

24. Use os resultados da análise para conduzir novos testes

Feita a análise dos dados de suas campanhas, chega o momento de testar novos tipos de conteúdo e promoções a serem compartilhadas com seus subscritos. Uma dica útil é que crie diferentes versões de uma mesma newsletter, por exemplo, e vá testando seus resultados entre os segmentos. Com isso, se torna possível determinar quais os tipos de conteúdo favoritos desse grupo.

análise de dados das campanhas

25. Encontre o melhor horário para envio dos emails

Assim como as publicações em redes sociais, é recomendado que leve em consideração os melhores horários para enviar emails a seus inscritos. Diferentes grupos checam emails em diferentes horários, então vale a pena pesquisar mais sobre os diversos segmentos de seu público-alvo antes de apertar o botão de “Enviar” ou “Programar”.

26. Recompense seus compradores fiéis

Outro segmento cuja criação pode ser bastante útil é a de clientes fieis de sua ecommerce. Embora seja naturalmente um grupo lucrativo, isso pode se tornar um problema se notarem que realiza promoções apenas para novos usuários. Por isso, tenha o costume de criar promoções e vantagens voltadas exclusivamente a esse segmento, para que se sintam mais especiais e continuem a realizar compras em seu ecommerce.

27. Crie segmentos de acordo com lista de desejos

Outra recomendação de segmento para email marketing que temos é a de segmentação por lista de desejos. Por exemplo, você pode criar um segmento apenas dos clientes que colocaram um determinado produto em sua lista de desejos e reproduzir a regra para o restante dos produtos de sua loja. Através dele, quando este item for alvo de uma promoção ou esteja oferecendo-o com desconto, um email será enviado às pessoas que o possuem em sua lista de desejos, aumentando consideravelmente suas chances de conversão.

whishlist

28. Tente trazer compradores antigos de volta

Alguns compradores podem simplesmente sumir. Independente da razão, é possível que os traga de volta a seu negócio. Promoções especiais de retorno, por exemplo, podem fazer com que retomem o contato com sua marca e ao consumo de seus produtos ou serviços.

29. Permita aos usuários que administrem sua subscrição

Pode parecer contra-produtivo, mas permitir que o cliente, prospecto ou apenas um subscrito possa configurar como funciona sua assinatura é uma maneira de conquistar seu respeito. Dando a ele a opção de escolher que tipo de conteúdo receber, periodicidade das newsletter e até mesmo a de cancelar a assinatura quando quiser, você passa a sensação de transparência e de que seu negócio não é apenas mais uma “torneira de spam”.

Afiliados JivoChat: Conheça o programa e ganhe até 30% de comissões recorrentes

30. Mantenha sua lista limpa e atualizada

Embora possuir o maior número possível de contatos em sua base possa parecer excelente, na verdade ela pode se tornar um problema, caso não seja atualizada com frequência. Isso acontece pois inscritos que não abrem seus emails ou que apresentem constante retorno podem impactar negativamente seus dados, além de eventualmente se tornar um custo maior no serviço de email marketing que utilizar.

Leia também: 17 ferramentas que qualquer dono de uma e-commerce necessita

Por isso, fique sempre atento e atualize frequentemente sua base. Um método que pode considerar é o de remover inscritos após um ano de inatividade. Também é possível programar uma mensagem perguntando a um usuário que não abre seus emails se ainda deseja permanecer na lista. Caso esta também seja ignorada, delete-o para que seus dados fiquem mais positivas.

2016/08/11

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte