"Sua Conexão Não é Particular": Como Resolver [Guia Completo]

11 de janeiro de 2024
Tempo de leitura8 minutos
Felipe A.
Felipe A.
Redator

É muito comum estar navegando na internet e, ao acessar uma página, se deparar com a mensagem de erro no seu navegador dizendo "Sua Conexão Não é Particular". Mas não se preocupe, este é um problema fácil de ser corrigido.

Com o objetivo de esclarecer todas as suas dúvidas e te ajudar, nós criamos este guia detalhado para te explicar o que causa este erro de conexão e como você pode corrigi-lo em apenas alguns passos, confira!

O que "Sua Conexão Não é Particular" Significa e Por Que Este Erro Aparece?

Esta é uma mensagem de erro de privacidade bastante comum que geralmente aparece em navegadores, como o Google Chrome, quando você tenta acessar um site que não possui um certificado SSL válido.

O SSL (Secure Sockets Layer) é um protocolo de segurança que serve para criptografar a comunicação entre o seu navegador e o servidor web. Isso garante a privacidade e a segurança de todas as informações e dados transmitidos.

Entretanto, é importante destacar que diversas outras razões, como problemas de conexão com a internet, roteadores e até mesmo o firewall do seu computador, também podem ocasionar esse erro.

Veja alguns fatores que geram esta mensagem: usar uma rede Wi-Fi pública, errar a digitação da URL de um site, estar com a data e a hora do computador desconfigurada ou ligar o verificador de SSL do seu antivírus.

Como a Mensagem de Erro "Sua Conexão Não é Particular" é Mostrado em Cada Navegador

Cada navegador irá exibir uma mensagem diferente, porém, todas indicam o mesmo problema: não foi possível verificar a segurança daquele site. Confira a seguir como o Chrome, Mozilla Firefox, Safari e Microsoft Edge exibem esse erro:

Chrome

imagem que mostra o erro "sua conexão não é particular" em uma página no Chrome

Se o Chrome identificar algum problema no certificado SSL do site que você está tentando acessar ou na sua conexão, é possível que ele exiba a mensagem acima, acompanhada de alguns dos códigos a seguir:

  • NET::ERR_CERT_AUTHORITY_INVALID: Este erro indica que, no momento, não é possível verificar o certificado SSL do site em questão.
  • NET::ERR_CERT_COMMON_NAME_INVALID: Este erro ocorre quando o nome de domínio digitado na barra de endereços não coincide com o nome de domínio presente no certificado SSL.
  • NTE::ERR_CERTIFICATE_TRANSPARENCY_REQUIRED: Geralmente, o navegador exibe esse erro quando identifica que o site não está em conformidade com as políticas de transparência dos certificados. Isso indica que o certificado SSL da página em questão não foi registrado publicamente.

Quando se deparar com algumas dessas mensagens, antes de tentar corrigi-las, você pode clicar em "Avançado" para conseguir mais informações a respeito ou simplesmente clicar em "Voltar à segurança" e seguir com sua rotina.

Mozilla Firefox

imagem que mostra o erro "Alerta: Potencial risco de segurança à frente" em uma página no Firefox

Diferente do Chrome, o Mozilla Firefox exibe o erro "Alerta: Potencial risco de segurança à frente", seguido de uma explicação das consequência de acessar este site. Veja alguns códigos de erro que estão associados a esta mensagem:

  • MOZILLA_PKIX_ERROR_ADDITIONAL_POLICY_CONSTRAINT_FAILED: Indica que a verificação do certificado falhou devido a uma violação das políticas de certificação do próprio Mozilla.
  • SEC_ERROR_EXPIRED_CERTIFICATE: Significa que o certificado SSL daquele site está expirado/vencido.
  • ERROR_SELF_SIGNED_CERT: É exibido apenas em sites que usam um certificado SSL auto assinado, ou seja, que a própria entidade que está apresentando aquele certificado também é quem o emitiu, o que torna ele invalido para certificadores externos.
  • SEC_ERROR_UNKNOWN_ISSUER: Ocorre quando o Mozilla identifica um certificado SSL cuja autoridade certificado não é confiável ou reconhecida.

Safari

imagem que mostra o erro "sua conexão não é particular" em inglês em uma página no Safari

Quando o Safari identifica um problema de certificação SSL, ele exibe apenas uma página de erro com a mensagem "Esta Conexão Não é Particular" e oferece duas opções: ver mais detalhes ou voltar para a página anterior.

Microsoft Edge

imagem que mostra o erro "sua conexão não é privada" em uma página no Microsoft Edge

Semelhante ao outros navegadores, no Microsoft Edge problemas sites com problemas de certificação SSL vão exibir uma página com o erro "Sua conexão não é particular".

Porém, este mensagem normalmente vem acompanhada de um código de erro, como:

  • Error Code: 0: Este é um erro genérico que não fornece informações detalhadas sobre o problema. Muitas vezes ele indica problemas de conexão, problemas de proxy ou interferências com Antivírus e Firewall.
  • NET::ERR_CERT_COMMON_NAME_INVALID: Quando o nome de domínio real acessado difere do nome de domínio presente no certificado SSL do site, o navegador exibe essa mensagem.
  • NET::ERR_CERT_AUTHORITY_INVALID: Aparece apenas em sites que utilizam um certificado SSL autoassinado, ou seja, onde a própria entidade que apresenta o certificado é também a responsável por emiti-lo, tornando-o inválido para certificadoras externas.
  • DLG_FLAGS_INVALID_CA: O navegador exibe essa mensagem apenas quando o certificado SSL de um site não foi instalado corretamente ou está expirado.

Como Resolver o Erro "Sua Conexão Não é Particular"?

A grande maioria das vezes esta mensagem é exibida quando há um problema com o certificado SSL do site, porém, esse erro também pode aparecer caso esteja acontecendo algo de errado no seu computador.

Para te ajudar, nós separamos 10 dicas de como resolver e se livrar desta mensagem de erro:

1. Tente Recarregar a Página

Parece ser algo muito simples, recarregar a página e tentar acessa-la pode solucionar o problema. Isso porque seu navegador pode ter encontrado problemas para acessar a página ou o próprio servidor do site passou por uma instabilidade.

2. Limpe o Histórico, Cache e Cookies do Navegador

Caso o passo anterior não funcione, uma boa alternativa é limpar o histórico, cache e os cookies do seu navegador. Essas informações tem como o objetivo melhorar sua experiência de uso, mas podem causar conflitos a longo prazo.

Se você usa o Google Chrome, basta seguir os passos abaixo para limpar o cache:

1- Clique nos três pontinhos que ficam localizados no canto superior direito;

2- Clique em "Mais Ferramentas" e depois em "Limpar dados de navegação";

3- Escolha um intervalo de tempo na parte superior da tela. Se quiser excluir tudo, basta selecionar "Todo o período";

4- Agora marque as caixas do lado de "Cookies e outros dados do site" e "Imagens e arquivos armazenados em cache";

5- Clique em "Limpar Dados" e pronto.

Para quem usa o Safari, Firefox ou Edge, basta consultar o site de suporte para entender como realizar este procedimento.

3. Navegue em uma Janela Anônima

Tentar navegar no modo anônimo também pode te ajudar, principalmente se você não quer apagar o seu histórico. O navegador no modo anônimo não salva seus cookies, cache e nem seu histórico de navegação.

Com isso, é possível identificar se essas informações e arquivos são os responsáveis pelo erro "Sua conexão não é particular". Para acessar este modo, basta pressionar as teclas CTRL + SHIFT + N no teclado

4. Ajuste a Data e a Hora do seu Dispositivo

É essencial configurar corretamente a data e a hora do seu computador, pois a maioria dos navegadores requer essas informações para garantir a validade do certificado SSL do site.

Para mudar as configurações de Data e Hora do Windows:

1- Clique na barra de pesquisa e busque por "Configurações";

2- Na janela de configurações, selecione a opção "Hora e Idioma" e depois "Data e Hora"

3- Agora é só selecionar seu Fuso horário e ativar a opção de "Definir Horário Automaticamente";

imagem que mostra o menu de configuração de data e hora do Windows 11

Para dispositivos Apple:

1- Basta acessar as Preferências do Sistema e entrar na opção "Data e Hora";

2- Selecione a opção "Definir data e hora automaticamente" e certifique-se que na aba de Fuso Horário a opção de "Definir fuso automaticamente com base na localização" está ativada.

imagem que mostra o menu de configuração de data e hora do MacOS

5. Evite usar um Wi-Fi Público

Apesar de ser muito prático e na maioria das vezes gratuito, o Wi-Fi público disponibilizado em cafeterias e aeroportos não trabalham com protocolos criptografados, o que te expõem a riscos de privacidade e segurança.

Além disso, esse tipo de conexão muitas vezes é a responsável por fazer com que mensagens de erro do tipo "sua conexão não é particular", entre muitos outros ocorram com certa frequência.

6. Altere as Configurações do seu Antivírus ou Firewall

Atualmente, muitos softwares de segurança como antivírus e Firewall contam com uma configuração conhecida como SSL Scanning, que tem como objetivo proporcionar uma navegação segura.

Porém, quando mal configurados, esses programas podem rejeitar certificados SSL válidos, o que faz com que o navegador mostre mensagens de erro como "sua conexão não é particular" e diversos outros.

7. Reinicie o Roteador, Modem ou Computador

Se nenhum dos passos até o momento gerou algum tipo de resultado, considere reiniciar a sua internet ou seu computador. Esse processo simples muitas vezes resolve o problema e leva apenas alguns segundos.

8. Atualize o Sistema Operacional

Usar o computador com um sistema operacional desatualizar é uma das principais causas de softwares defeituosos, problemas de conexão e principalmente incompatibilidades. Por isso, verifique se há alguma atualização disponível para o sistema.

9. Desabilite seu VPN

Por criptografar e redirecionar sua conexão através de um servidor remoto, a VPN pode bloquear alguns certificados e causar o erro em questão, por isso, considere desabilita-la por alguns minutos para ver se resolve.

Aprendeu Como Resolver o Erro "Sua Conexão Não é Particular"?

Esperamos que nosso artigo tenha te ajudado a entender um pouco melhor todos os fatores que podem causar este erro e quais medidas você pode tomar para resolve-lo de forma rápida, prática e segura.

Compartilhe com seus amigos!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download