Por Que e Como Usar o Google Analytics no Ecommerce

Descubra o potencial desta ferramenta do Google e porquê você precisa começar a utilizá-la

Ao criar uma loja virtual, você se depara com muitos desafios, mas também com muitas vantagens. Além de não ter custo com um espaço físico, de poder trabalhar de casa e de ser dono do seu próprio negócio, o ambiente digital permite que você registre e analise os dados de navegação dos clientes no seu site.

Uma ótima forma para acompanhar as métricas importantes para o seu negócio é criar uma conta no Google Analytics e vinculá-la ao seu e-commerce. Essa ferramenta gratuita do Google permite que você tenha acesso a informações que podem gerar ótimos insights para o seu negócio.

O Analytics fornece uma enorme quantidade de dados. A melhor forma de aprender é na prática, para encontrar o que for importante para o seu negócio. Mas vamos trazer aqui algumas dicas de métricas que você pode acompanhar na ferramenta e sugestões para que você aprenda a mexer nela.

Criar a conta no Google Analytics

Para criar a conta no Google Analytics, você precisa ter uma conta do Google ou vinculada ao sistema. Você consegue logar a primeira vez e dar início aos primeiros passos sem ter um site associado ao sistema.

Inclusive, é possível começar a navegar na conta de demonstração do Google, chamada Google Merchandise Store. Essa é uma boa forma de entender como a ferramenta funciona. Se seu site for novo, provavelmente, você ainda não terá muitos dados para analisar. Então, olhar para essa conta de exemplo é uma ótima possibilidade de se familiarizar com o Analytics.

Para vinculá-lo ao seu e-commerce, existem formas diferentes de acordo com o tipo de site que você utiliza. Existem tutoriais simples para endereços na plataforma da Nuvemshop, por exemplo. Caso você utilize outra plataforma, é só copiar o código de acompanhamento do Analytics e colá-lo em todas as páginas do seu site antes da tag .

A partir do momento em que você fizer essa configuração, seu Google Analytics vai começar a gravar as informações do seu site. Daí em diante, você vai ter muitos dados para analisar!

Métricas disponíveis no Google Analytics

Como já dissemos, o Analytics disponibiliza dados sobre muitas variáveis. Por isso, vamos te ajudar apontando algumas das coisas que você pode encontrar em cada categoria da ferramenta! Além disso, trazemos algumas dicas de como elas podem ser úteis para o seu negócio.

Público-alvo

Quando você começa um negócio, cria toda uma estratégia voltada para suas personas. Você já tem todo um perfil que imagina para seu consumidor, incluindo a região onde mora, a idade e o sexo, só para citar algumas.

O Google Analytics disponibiliza informações demográficas. Na categoria Público-Alvo, você consegue observar sexo, idade, localização geográfica, dispositivos usados na navegação, interesses, entre muitas outras informações a respeito dos visitantes do seu site.

Google Analytics Público-alvo

A partir desses dados, você consegue enxergar, por exemplo, se a estratégia para as personas que você definiu está adequada ou se usuários de outros perfis estão se interessando pela sua loja virtual.

Além disso, é possível otimizar campanhas de marketing digital se perceber, por exemplo, que pessoas de algumas regiões costumam visitar mais seu site do que de outras.

Conhecendo quem visita seu e-commerce, você pode ver se comprova a tese que tinha inicialmente sobre seu público ou se algum outro perfil de cliente tem interesse no seu negócio. Assim, você consegue direcionar melhor a comunicação com essas pessoas.

Outras informações valiosas que você encontra em “visão geral” nessa seção são referentes ao tempo médio dos usuários no seu site, a média de páginas visitadas e a taxa de rejeição — a porcentagem de usuários que entram no seu site e saem sem executar nenhuma ação.

Esses dados podem trazer informações importantes referentes à navegação no seu e-commerce, por exemplo. Se o tempo médio das sessões está baixo, é possível que as pessoas não estejam encontrando o que querem ou que achem difícil navegar pelo site.

Aquisição

A aba de Aquisição do Google Analytics mostra informações sobre a procedência dos visitantes do seu site.

Aquisição

Nessa seção, você consegue enxergar os visitantes que estão chegando ao seu e-commerce digitando diretamente sua URL, por resultados orgânicos das buscas, campanhas pagas no Google, pelas redes sociais ou por referências ao seu site em outras páginas.

Saber de onde vem a maior parte do seu tráfego pode te ajudar a melhorar seus pontos fracos, a saber aquilo que já funciona para você e se existe algum canal em que o investimento não traz retorno, por exemplo.

Comportamento

A seção de Comportamento do Google Analytics disponibiliza informações sobre a navegação dos usuários em seu site.

Google Analytics Comportamento

Ali você consegue observar, por exemplo, quais as páginas mais acessadas do seu e-commerce. Essa seção pode trazer informações muito valiosas para o seu negócio.

Por exemplo, você pode observar quais as páginas de produto mais visitadas e se, realmente, esses são os artigos que você mais vende. Caso as informações sejam diferentes, você já sabe que precisa investigar, com uma pesquisa qualitativa, quais motivos levam os usuários a olhar esses produtos, mas não a comprá-los.

Outros dados que a seção disponibiliza é a de páginas de destino, ou seja, a primeira página de um usuário que chega ao seu site, e as páginas de saída — as últimas visitadas pelas pessoas antes de deixar seu e-commerce. A partir daí, você consegue analisar de pode melhorar algo nesses endereços para que a navegação melhore e seu visitante não queira sair, por exemplo.

Conversões

Muito útil para lojas virtuais, a aba de Conversões do Google Analytics permite que você visualize as conversões que configurar na ferramenta, sejam elas o preenchimento de formulários ou uma venda, por exemplo.

Conversões

Configurar essas conversões é bastante simples. Basta acessar as configurações, ir em “vista”, depois em “metas” e adicionar uma nova meta. O próprio Google disponibiliza um material ensinando como criá-las.

É possível configurar não apenas metas de conversões, mas também de tempo de navegação no site ou de páginas visitadas pelo usuário em uma sessão.

Cursos para se aperfeiçoar no Google Analytics

As citadas aqui neste post são apenas algumas das funcionalidades que você pode explorar. O Google Analytics é uma ferramenta com muitas possibilidades, então é normal ficar um pouco perdido no início.

Por isso, indicamos alguns cursos gratuitos para que você possa aprender na prática. O próprio Google disponibiliza vídeo-aulas na Analytics Academy. Os vídeos são inglês, mas têm legendas em português e há a possibilidade de mexer na ferramenta em uma espécie de tour guiado. Além disso, você pode fazer uma prova ao final do curso e receber um certificado.

Se preferir um conteúdo totalmente em português, pode ler as aulas da Universidade do E-commerce do Nuvemshop. Elas apresentam um passo a passo de como mexer no Analytics aplicado ao seu negócio, além de trazerem exemplos práticos e exercícios para que você entenda como a ferramenta pode ajudar seu negócio.

À primeira vista, o Analytics pode parecer assustador, mas, com calma e dedicação, é possível usar todos os benefícios que ele pode trazer para o seu negócio. Pronto para criar sua conta no Google Analytics e começar?

2019/09/23

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte