Os 4 P’s do Ecommerce

Descubra como uma receita bem simples te levará a ter seu E-Commerce no ar em poucos passos. E de bônus, te explicarei sobre um serviço gratuito de chat online!

Não é difícil colocar seu E-Commerce no ar, mas muita gente simplesmente não continua os passos porque não encontra um guia com uma macro visão. Neste passo a passo, não pretendo te levar por todos os detalhes pequenininhos porque a intenção é te ajudar a ter maior clareza sobre o processo inteiro e te dar liberdade de tomar suas próprias decisões.

O E-Commerce será seu, certo? Comece decidindo isso!

Alguns passos são sim clichês, mas são tão importantes que não posso deixar passar, preciso falar deles para você. Talvez você até nem saiba por serem tão óbvios. Mas não se preocupe, tudo ficará bem e, no final, você terá a chance de ir ainda mais longe com seus sonhos e objetivos.

Quer saber como enxergar melhor seu E-Commerce? Então vamos lá!

Essa estratégia inteira de criação é baseada nos 4P do Marketing!

Produtos do E-Commerce

Essa é a pergunta que precisa ser feita para abrir seu E-Commerce. O que você pretende vender nele? Seriam sapatos, produtos ou serviços virtuais, stickers, placas fotovoltaicas? Se você não tem ideia do que quer vender, pare tudo e pesquise sobre suas habilidades.

É importante que você conheça seu produto!

Principalmente se você está começando este projeto só, é necessário que saiba muito bem o que está fazendo. Já imaginou um cliente te fazer uma pergunta antes da compra e você não saber responder? Existem, também, as pessoas voltadas unicamente na parte do negócio e não se importam muito com o produto. Se você for desse tipo, ou você terceiriza alguém ou se esforça um pouco mais para conhecer o produto.

Você precisa de alguém que conheça o produto, mesmo que não seja você.

Critérios que você pode utilizar para escolher seu produto podem incluir afinidade, conhecimento, entrância no mercado, sua própria networksocial, facilidade de implantação e muitos outros. É importante frisar que o lado contrário de todos esses aspectos pode ser utilizado também. Por exemplo, dificuldade de implantação pode afastar muitas pessoas e prejudicar o processo, mas se você tiver vontade e perseverança, talvez seja uma ótima oportunidade.

Seu produto precisa atender uma demanda específica.

Preço do E-Commerce

Aqui entra a viabilidade (ou não) de seu E-Commerce. Saiba que é aqui que seus conhecimentos em contabilidade ou a contratação de alguém para isso deverão entrar. Questões de logística e otimização de cenários deverão ser bem estudadas para que seja possível saber se você, no final, terá lucro ou pagará para ter seu E-Commerce no ar.

É importante saber a viabilidade do seu negócio!

Fazer uma pesquisa de mercado é um ótimo meio de começar a estudar o preço dos seus produtos no seu E-Commerce. Comece com seu círculo próximo de contato e vá expandindo, de modo que consiga dados suficientes para saber da entrância de mercado de seu preço de seu produto.

Perceba, também, qual o preço da concorrência!

Se seu produto é magnífico na sua visão, atende uma necessidade comprovada mas já existe alguém aplicando um preço muito inferior, o que você poderá fazer a respeito? Existe alguma diferenciação do produto que faça o cliente preferir seu preço do que o do concorrente? Lembre-se do valor agregado do produto que impacta o preço. Se o cliente respeita e gosta mais da sua empresa, então talvez ele não se importe em pagar mais caro porque seu produto realmente valha mais para ele.

Se o cliente gostar da sua empresa, ele poderá pagar mais caro por seu produto.

Veja também: 5 motivos para fazer marketing de conteúdo no seu e-commerce

Praça do E-Commerce

Aqui começamos a colocar as mãos no E-Commerce do jeito que ele é. A Praça é somente o meio de distribuição do seu produto. Você pode pensar nas Praças que utilizará e nas Praças que seu cliente já se encontra.

Instagram, Facebook, pesquisa no Google e anúncios são Praças.

Na verdade, se você colocar um carro de som e sair nas ruas anunciando e vendendo seu produto lá mesmo, então você acabou de colocar outra Praça em operação. Talvez não seja útil (e até ilegal), mas é um bom exemplo. Com sua Praça bem definida, você deverá estar em íntimo contato com seu cliente. O estudo da persona e costumes do seu nicho poderá te revelar muito sobre onde seu cliente pode ser encontrado.

Exponha seu carro de som (metafórico) onde o cliente estiver.

Promoção do E-Commerce

Promoção é o pilar de divulgação de seu E-Commerce. Lembra do carro de som do P anterior? Ele é Praça porque faz a venda lá mesmo, mas somente o carro de som (sem venda) seria um exemplo de Promoção.

Esse P lida bastante com a concorrência.

Muitas empresas criam seus anúncios do Google para palavras chave com o nome da concorrência. A Promoção é o modo como você faz seu cliente encontrar sua Praça. Ou seja, tudo que aumenta o conhecimento do seu nicho sobre sua empresa e Produtos faz parte da Promoção.

Dica bônus!

A minha dica bônus entra exatamente agora para amplificar todos esses P. Um modo de melhorar a relevância da sua Praça, aumentar o valor agregado dos seus Produtos, garantir que a Promoção será convertida em compra porque o Preço é compatível. Essa solução é o Jivochat, que você poderá utilizar para amplificar todos os 4P’s aqui citados, seja seu ecommerce no WordPress ou essencialmente em qualquer plataforma de loja virtual!

Uma boa estratégia tem eficácia do início da execução até o final e o pós-final.

Entenda pós-final como relacionamento, como pós-venda, como o aumento contínuo da sua Promoção através da própria divulgação que seus clientes passam a fazer para você.

Início Blog Ecommerce Os 4 P’s do Ecommerce
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download