Como criar um e-commerce de sucesso

Índice

Saber como criar um e-commerce de sucesso é o desejo de muitas pessoas, em especial diante do crescimento exponencial que o mercado tem tido ao longo dos últimos anos. 

Só em 2021, de acordo com o índice MCC-ENET, o e-commerce brasileiro teve um aumento de 35,36% no volume de vendas. Sem contar 2020, ano de pandemia, quando o setor teve crescimento histórico que representou um avanço de 10 anos em menos de 1. Diante deste cenário, centenas de pessoas passaram a ver o setor como forma de ganhar dinheiro na internet…

O que observamos, no entanto, é que enquanto temos cerca de 1 CNPJ sendo aberto a cada dois segundos, mais de 80% não se mantém após o primeiro ano de empresa. Isso acontece porque, na ânsia pela criação de um e-commerce do zero, as pessoas esquecem do principal: de se capacitar para tal.

A verdade é que, para ser bem-sucedido ao criar um e-commerce, é necessário se planejar, criar e validar o negócio antes de apostar em impulsão e crescimento. Ao longo deste artigo, nós, do Ecommerce na Prática, vamos te mostrar como você vai criar um e-commerce de sucesso em 6 passos realmente simples e que já transformaram a vida de mais de 30 mil empreendedores.

Conheça o poder do e-commerce

Já não é mais novidade que o e-commerce é um dos mercados que mais cresce no Brasil e no mundo nos últimos anos. E, com baixo investimento inicial e boa rentabilidade, desde grandes empresários até pessoas comuns já perceberam que essa forma de vender produtos pela internet e serviços é uma opção vantajosa.

Além disso, o comportamento dos clientes tem mudado devido à expansão da internet e a facilidade, rapidez e dinamismo que ela proporciona. Para você ter uma ideia, hoje, com a preferência pela comodidade e praticidade na hora das compras, os consumidores vêm adotando o e-commerce como um dos principais canais de compras.

Isso acontece porque as pessoas estão cada vez mais conectadas à grande rede e a cada dia que passa estão perdendo o medo de realizar compras online. 

Nesse sentido, mesmo produtos que antes eram inimagináveis de serem adquiridos pela web, como itens de mercado, farmácia e afins, agora são comprados em e-commerces sem nenhum problema.

Levando em conta essa transformação, deixar de ter uma presença online significa perder muitos clientes em potencial.

Conheça algumas vantagens de vender online

Existem diversas vantagens de vender online em relação ao comércio tradicional e vamos te mostrar algumas delas:

1) Maior alcance geográfico

O alcance de uma loja física acaba ficando restrito ao ponto comercial que a loja ocupa, atingindo apenas os clientes da área. Já um e-commerce é capaz de alcançar pessoas de todo o Brasil, abrindo mais possibilidades de venda.

Fora isso, a marca pode ser conhecida também pelas pessoas de fora da sua área de atuação.

2) Possibilidade de vendas a qualquer hora

Se você tem uma loja física, provavelmente tem alguns desses custos envolvidos em sua operação: aluguel, manutenção, alto volume de estoque, dependência do fluxo de pessoas no local… 

Isso sem contar o principal, que é o fato de que sua loja só fica aberta cerca de 10 a 12 horas por dia, seguindo o horário de funcionamento médio de centros comerciais e shoppings.

No e-commerce, isso não acontece. Você pode criar um e-commerce investindo até mesmo zero reais, utilizando o modelo dropshopping. Ou pode começar com muito pouco, utilizando o dinheiro apenas para criar sua loja virtual e comprar um estoque mínimo viável (poucas peças!).

E a melhor parte: os clientes podem acessar o seu site e comprar seus produtos a qualquer hora do dia, todos os dias do ano, e fazer o pagamento online, através de plataformas online de pagamento.

Dessa forma, o seu negócio fica aberto 24h por dia, e você não tem que gastar mais por isso.

3) Maior escalabilidade para o seu negócio

Quando se trata de uma loja física, a única forma de fazer o negócio crescer hoje em dia é abrindo uma nova unidade de negócio em outra localidade ou ampliando a sua estrutura.

E essa acaba sendo uma grande ao criar um e-commerce, pois o espaço online tem capacidade virtual praticamente infinita, o que te possibilita atender centenas ou até mesmo milhares de pedidos por dia, se for necessário.

Além disso, em uma loja virtual fica muito mais fácil de vender aqueles produtos encalhados que não possuem nenhuma procura no dia a dia de sua loja física.

4) Facilidade de implementação

Recentemente, estava conversando com um de nossos alunos no Ecommerce na Prática. Esse ano em questão contou que, enquanto assistia ao nosso treinamento Ecommerce do Zero, foi colocando em prática os passos apresentados e, em sete dias, já estava com o negócio rodando. Em dez dias, já tinha feito suas primeiras vendas… Tudo isso direto do escritório de casa, apenas com um computador com acesso à internet.

Isso foi possível porque criar um e-commerce é mais simples do que parece, desde que tenha o direcionamento correto. Para se inserir nesse mercado, é preciso apenas conhecer os passos certos. E são eles que vamos te mostrar abaixo.

Como criar um e-commerce de sucesso

Da mesma forma que em qualquer outro negócio, criar um e-commerce exige conhecimento da área, planejamento e capacitação.

Por isso,é importante que você entenda que, por mais que saber como criar um e-commerce seja uma tarefa mais simples do que saber como criar um negócio físico, ainda exige que sejam seguidos passos essenciais.

E, para te ajudar nessa jornada, nós reunimos 9 passos validados pelo Ecommerce na Prática para que você aprenda como como criar um e-commerce:

1. Antes de tudo, trace seus objetivos e metas

Antes de começar o seu e-commerce, é preciso definir metas e prazos de execução de cada etapa. Assim, você consegue se organizar além de ser capaz de mensurar o crescimento de sua empresa.

Por isso, estabeleça um prazo para cada um dos passos que vamos apresentar para construir toda a estrutura do e-commerce. Defina o tempo necessário para colocar em prática os passos a seguir levando em conta a sua rotina e cumpra-os.

2- Construindo um plano de ação

O plano de ação é um documento em que você vai sistematizar a lista de ações a serem executadas para executar os passos necessários para criar o seu e-commerce. Nos negócios, ele significa toda a programação estratégica da sua empresa.

Podemos citar como exemplo de uma ação desse plano que você tenha como meta fazer 30 vendas por mês, vendendo um produto por dia.

Dessa forma, você vai validar o seu negócio. A validação é um passo muito importante e se refere a vender regularmente e provar que o seu produto possui potencial de venda.

Depois que tiver validado o seu negócio, os passos serão relacionados à parte estrutural, construindo canais de audiência, estrutura de vendas, envios, atendimento e lidando com questões legais da empresa.

Para isso, para concluir seu plano de ação, responda às seguintes perguntas:

  • O que você vai vender? Liste os produtos para começar seu negócio.
  • Para quem você vai vender? Especifique o seu cliente ideal, mapeando-o e entendendo seus comportamentos.
  • Quem vai te fornecer esses produtos? É preciso definir quem vai fornecer seus produtos, listando todos os canais, pessoas e empresas que vão vender para você sua mercadoria.

3. Construindo a estrutura legal do negócio

Uma etapa essencial para saber como criar um e-commerce é entender que todo negócio precisa estar devidamente regulamentado, para não ter complicações maiores no futuro. 

Por isso, você vai precisar de um CNPJ para cadastrar legalmente a sua empresa. Por mais que existam algumas formas de vender online sem esse cadastro, isso não é o mais indicado para quem deseja ter um negócio de sucesso.

Assim, abrir um MEI é a forma mais indicada para você começar. Todo processo é feito online, você arca com menos impostos e consegue gerar nota fiscal para os seus clientes. Você pode abrir seu MEI no site do Governo Federal neste link.

4. Construindo a estrutura dos canais de audiência

Construir uma audiência sólida e estar próximo dela  é essencial para transformar o seu público em possíveis clientes. O Facebook e o Instagram são ótimos canais para consolidar essa etapa de estrutura.

Porém, para saber se posicionar online de forma relevante, é preciso entender para quem você está vendendo. 

Nesse sentido, quando se trata de um produto único, fica muito mais fácil de estudar qual o seu público ideal.

A partir daí, você precisará produzir conteúdo que tenha a ver com os interesses da sua persona, mas vamos explicar essa parte melhor logo mais.

O mais importante aqui é entender que ao vender para um público específico, o engajamento da sua empresa vai crescer de forma orgânica. E se você impulsionar esse conteúdo, aumentará ainda mais o poder e o alcance.

5. Criando a estrutura de vendas e envios

Outro ponto crucial para quem deseja saber como criar um e-commerce é criar  uma estrutura de vendas, ou seja, saber onde você vai vender os seus produtos.

Nesse sentido, existem vários canais de vendas para quem está começando, como os marketplaces. Alguns exemplos de marketplaces são o Mercado Livre, o Magazine, Luiza, a Americanas, a Shopee…

Mais adiante, quando o seu negócio estiver validado, você deverá migrar também para estruturas mais sólidas de vendas, como as Plataformas de lojas virtuais.

6. Criando a estrutura de atendimento

Outro ponto fundamental na sua estrutura é estar presente em várias formas de contato com os seus clientes. Esse meio pode ser, inclusive, as próprias ferramentas de chat que o Facebook e Instagram possuem.

Além disso, é recomendado deixar várias formas de contato, como o número de contato da empresa.

Agora, com a estrutura pronta para saber como criar um e-commerce, você está pronto para criar as suas estratégias de vendas.

7. Crie estratégias de vendas

A primeira estratégia é utilizar a sua estrutura de audiência para vender. Para isso, é preciso cadastrar seus produtos no Mercado Livre (ou em outros marketplaces) utilizando anúncios bem feitos, com descrições e títulos bem elaborados.

Utilize boas palavras-chave, um bom título e uma descrição completa para despertar o interesse das pessoas de entrarem no seu anúncio e então comprarem. 

Com o Google Adwords, você consegue pesquisar as palavras com mais relevância no seu segmento. Além dela, a Ubersuggest também pode te ajudar.

Além disso, é preciso produzir anúncios com vídeos e fotos de qualidade para que seus produtos se diferenciem dos concorrentes. Foque também em descrições detalhadas, tirando dúvidas frequentes de seus clientes. Quanto mais informações, melhor.

8. Produza conteúdo de qualidade

Esses conteúdos são importantes para apontar um problema na cabeça de seus clientes que precisa ser solucionado.

Em alguns casos, a sua audiência pode já até entender sobre os problemas que o seu produto soluciona. Ou seja, você não precisa bater tanto na tecla de revelar o problema, pode simplesmente falar sobre o assunto e sanar as dúvidas que esses prospectos têm. 

E, nesse caso, basta se aprofundar melhor em questões que o seu produto pode resolver. Por isso, é importante mostrar o seu produto junto a um conteúdo de valor. Assim, você gera mais interesse do seu público sobre o que você vende.

E, para que aqueles que têm interesse no seu produto consigam efetuar a compra, é importante ter um link de pagamento junto ao anúncio.

Assim, seu cliente terá noção de um problema e irá solucioná-lo com o seu produto.

Baixe GRATUITAMENTE o Checklist: 6 Passos Para Estruturar um Ecommerce do Zero

Baixe agora mesmo o Checklist Ecommerce do Zero e conheça as 6 etapas fundamentais para estruturar um negócio próprio na internet.

Esse checklist é gratuito e vai te mostrar todas as etapas ESSENCIAIS para você começar seu Ecommerce do Zero.

Isso porque ele foi criado com base no treinamento mais consagrado do Ecommerce na Prática, o Ecommerce do Zero, que já formou mais de 30 mil alunos.

O material é 100% gratuito!

QUERO BAIXAR O CHECKLIST

Início Blog Ecommerce Como criar um e-commerce de sucesso
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download