Aprenda como calcular o ponto de equilíbrio de negócios

29 de maio de 2023
Tempo de leitura7 minutos
Guilherme M.
Guilherme M.
Redator

Saber como calcular o ponto de equilíbrio é o ponto de partida para quem tem interesse em empreender e criar um negócio próprio.

Essa ferramenta é usada para indicar o ponto em que as receitas de uma empresa não estão ganhando, nem perdendo dinheiro.

O conceito é essencial para tomar decisões estratégicas, com informações valiosas sobre a saúde financeira de empreendimentos, ajudando a entender sua viabilidade, definir metas e estratégias de crescimento.

Depois de calcular o ponto de equilíbrio, será possível tomar decisões informadas sobre preços de serviços e produtos, estipular metas de vendas realísticas, reduzir custos e aumentar a eficiência operacional.

Confira o nosso artigo se você tem interesse em aprender mais sobre esse conceito, conhecer a fórmula para calcular e aplicar o ponto de equilíbrio no seu negócio.

O que é ponto de equilíbrio?

O ponto de equilíbrio é o momento em que uma empresa tem o valor de suas despesas (fixas e variáveis) e receitas iguais. Isso significa que o lucro e o prejuízo estão zerados.

Ou seja, após pagar todas as suas despesas e contar com a ausência de perdas, será possível saber exatamente qual o lucro atual.

Muitas pessoas entendem que a prioridade é apenas maximizar o lucro a todo custo.

Contudo, a fórmula de ponto de equilíbrio não tem como objetivo falar que não há lucro, mas entender que é preciso considerar um valor mínimo para cobrir danos financeiros e despesas empresariais.

Resumindo, é obtido o lucro suficiente para não deixar de pagar nenhuma das despesas e depois é possível saber o valor exato do seu montante.

Qual a importância da fórmula de ponto de equilíbrio?

Calcular o ponto de equilíbrio ajuda empresas a correr menos riscos na hora de tomar decisões estratégicas.

Além disso, o controle oferecido por essa prática ajuda a manter uma gestão financeira de qualidade, visando objetivos que são alcanceis e condizem com a realidade do seu negócio.

Qual é a fórmula para calcular o ponto de equilíbrio contábil?

Antes de continuarmos, é importante saber que existem variações da fórmula do ponto de equilíbrio.

A fórmula de ponto de equilíbrio contábil é a mais usada e simples de entender. Com ela é preciso ter a receita suficiente para cobrir todas despesas fixas e custos, tendo lucro e prejuízos zerados.

Fórmula:

  • Ponto de equilíbrio contábil = Custos e despesas fixas ÷ Margem de contribuição
  • Margem de contribuição = Receita total – Custos e despesas variáveis

Agora vamos a um exemplo de como calcular o ponto de equilíbrio contábil usando valores fictícios.

Se a sua empresa vende um produto a R$ 20,00, mas seu custo de produção é R$ 12,00, isso significa que sua margem de contribuição será de R$ 8,00.

Para identificar o percentual, vamos dividir a margem de contribuição pela receita: R$ 8,00 ÷ R$ 20,00 = R$ 0.4. Caso queira saber o percentual, basta multiplicar por 100 para obter o resultado de 40%.

Supondo que a empresa venda R$ 60 mil e que sua sua margem é de 40%, podemos aplicar a fórmula:

  • R$ 60 mil ÷ 0,4 = R$ 150.000
  • Ponto de equilíbrio contábil = R$ 150.000

Isso significa que a empresa precisa vender R$ 150.000 para pagar os gastos fixos e os custos de produção.

Qual é a fórmula para calcular o ponto de equilíbrio financeiro?

Semelhante com a fórmula do equilíbrio contábil, sua principal diferença é que no cálculo não são inclusos custos e despesas fixas, depreciações e outros tipos de despesas que não quererem desembolsos.

Para entender esse conceito um pouco melhor, saiba que a depreciação pode ser inclusa como custo, já que em casos onde o ativo é desvalorizado, uma parte do capital é perdida.

Contudo, com o ponto de equilíbrio isso não acontece.

Entenda melhor conferindo a fórmula do ponto de equilíbrio financeiro:

  • Ponto de equilíbrio financeiro = Custos e despesas não desembolsáveis ÷ Margem de contribuição

Qual é a fórmula para calcular o ponto de equilíbrio econômico?

A fórmula do ponto de equilíbrio econômico é mais complexa porque além de levar em consideração as despesas fixas e os custos, ela também inclui o custo de oportunidade do dinheiro.

Dessa forma, é possível projetar o valor de lucro mínimo que a empresa precisa ter para conseguir uma remuneração que condiz com aquela que teria caso esse dinheiro fosse aplicado em outras questões do mercado.

O método é bastante usado por empreendedores que estão começando com seu negócio.

A fórmula de ponto de equilíbrio econômico é a seguinte:

  • Ponto de Equilíbrio econômico = (Despesas fixas + Custos + custo de oportunidade) ÷ Margem de contribuição unitária

Como calcular o ponto de equilíbrio?

Agora que você já conhece as fórmulas, é hora de conferir o passo a passo de como fazer o cálculo de ponto de equilíbrio.

1. Faça o levantamento e auditoria das despesas fixas

O primeiro passo é realizar o levantamento de todas as despesas fixas que a empresa apresenta.

Os itens mais comuns são:

  • Aluguel
  • Condomínio
  • Contas de água, luz, internet e outros custos fixos
  • Salários
  • Pró-labore
  • Seguro

É importante lembrar que esses itens são apenas os mais comuns, mas cada negócio apresenta suas próprias particularidades e conta com custos necessários variados para manter suas operações.

2. Identifique a margem de contribuição

Assim como explicamos na primeira fórmula, é preciso identificar a margem de contribuição do seu negócio.

Para fazer isso, basta realizar o cálculo:

  • Margem de contribuição = Receita total – Custos e despesas variáveis

É importante fazer o cálculo de forma individual para cada um dos produtos ou serviços e então multiplicá-los pela quantidade vendida de cada um deles.

3. Aplique a fórmula para calcular o ponto de equilíbrio

Com todos os dados em mãos, basta apenas aplicar a fórmula e obter o resultado que precisa ser alcançado para atingir o ponto de equilíbrio.

Relembrando a fórmula mais básica:

  • Ponto de equilíbrio contábil = Custos e despesas fixas ÷ Margem de contribuição

4. Use o Excel para otimizar seu gerenciamento

O Excel permite que você crie uma planilha de ponto de equilíbrio, facilitando a estão de sua empresa.

Para fazer o cálculo correto é importante garantir que todos os dados a seguir sejam inseridos e atualizados na planilha:

  • Preço de venda
  • Custos variáveis
  • Despesas variáveis
  • Custos fixos
  • Despesas fixas
  • Despesas não desembolsáveis

Com esses dados é possível usar ferramentas e fórmulas dentro do seu documento para organizar suas finanças.

Cursos que podem ajudar você a alcançar o ponto de equilíbrio

Depois de aprender como calcular o ponto de equilíbrio, confira algumas dicas de cursos que podem facilitar esse processo e ajudar a atingir o ponto de equilíbrio de forma mais rápida e controlada.

1. Curso de Gestão Comercial para Pequenas e Médias Empresas

Esse é um custo interessante para empresários e profissionais do setor comercial.

O conteúdo apresenta tudo sobre o setor comercial de um negócio, passando por todos os seus processos desde a realização de um pedido até o cálculo de reposição do estoque.

O material é bastante interessante para quem deseja conhecer formas de gestão e controle para atingir e superar o ponto de equilíbrio do seu negócio.

Carga horária: 3 horas

Certificado: Oferece certificado de conclusão.

Principais tópicos:

  • Estoque atual
  • Giro de produto
  • Produtos similares
  • Preços e concorrentes
  • Condições de pagamento
  • Débito de fornecedor
  • Troca de fornecedor
  • Pedido de compra x Nota fiscal de entrada
  • Estimativa de compra
  • Cotação de preços
  • Estimativa de compra
  • Lista de compras
  • Geração de pedidos
  • Contratos e acordos comerciais

Tipo de acesso: Acesso ilimitado na plataforma Udemy.

2. Curso de Excel – Expert Cursos

Se você tem interesse em otimizar a gestão do seu negócio através de planilhas de controle, considere aprender tudo sobre o Excel.

A Expert Cursos conta com um material que prioriza o tempo dos seus alunos, focando na execução passo a passo de módulos e exercícios práticos.

O conteúdo ensina a usar a ferramenta desde o nível básico e indo até utilizações mais avançadas.

Carga horária: 30 horas

Certificado: Oferece um certificado de conclusão.

Principais tópicos:

  • Apresentação e configuração completa do layout
  • Comandos iniciais
  • Fonte, Alinhamento e Numeração
  • Funções mais utilizadas
  • Sequências e Atalhos
  • Planilhas, Tabelas e Gráficos
  • Tabelas Dinâmicas
  • Logotipo para Orçamento
  • Gráficos Dinâmicos
  • Funções avançadas (Somase, Se, PROCV, PROCH, Cont.se)
  • Macros
  • Criação de Dashboards
  • Design inteligente para apresentação
  • Validação de Dados
  • Funções Financeiras

Tipo de acesso: Oferece acesso vitalício ao curso enquanto estiver disponível online.

Aprendeu como calcular o ponto de equilíbrio?

Esperamos que o nosso artigo tenha ajudado você ao apresentar as fórmulas usadas para calcular a meta de ponto de equilíbrio de um negócio.

Caso tenha interesse em se aprofundar no planejamento, estratégia e gerenciamento de negócios, confira nosso artigo que apresenta os melhores cursos de gestão financeira.

Compartilhe com seus amigos!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download