Review Moto G60: Tudo o que você precisa saber

Índice

A Motorola realizou em Abril de 2021 o lançamento do Moto G60, um dispositivo projetado para competir no mercado intermediário de smartphones, trazendo especificações técnicas recheadas de novidades e um preço de mercado bastante interessante que fica abaixo dos R$2.800.

Porém, será que realmente vale a pena investir neste aparelho? A seguir iremos explorar todas as características, novidades e especificações técnicas que estão presentes no novo smartphone da Motorola, com o objetivo de te ajudar a decidir se o investimento é uma boa ideia ou não.

Motorola Moto G60

Como principais atrativos, o Moto G60 vem equipado com uma câmera de 108 megapixels, um novo display com 120Hz de taxa de atualização e uma das maiores baterias do mercado, com 6000 mAh de capacidade que pode durar dias em modo standby.

Motorola Moto G60

O novo aparelho da Motorola é o sucessor do antigo Moto G9 Plus e chega trazendo diversas melhorias em relação ao dispositivo anterior, mas com alguns pontos que consideramos um downgrade quando pensamos em conforto e inovação.

A seguir, iremos explorar cada uma das configurações e recursos que estão presentes no Moto G60, destacando os pontos positivos e negativos do novo dispositivo da marca, desde o sistema operacional até recursos extras, confira!

Sistema Operacional

Seguindo um certo padrão do mercado, este smartphone da Motorola foi lançado com o Android 11, além de todos os recursos e funções que a Google oferece para a versão mais atual do sistema.

Um dos diferenciais são as modificações que a própria marca realizou no sistema, adicionando a possibilidade de utilizar gestos para abrir a câmera, tirar um print da tela, ligar a lanterna e as diferentes personalizações que podem ser feitas nas fontes, ícones e nas cores dos menus e aplicativos.

imagem do android 11

Porém, quando falamos de atualizações, damos de cara com um dos pontos negativos do dele, pois a marca anunciou que vai garantir apenas mais uma nova versão de Android para o celular e apenas dois anos de atualizações de segurança, o que pode tornar o aparelho obsoleto em pouco tempo.

Ou seja, ele não é a melhor opção para os entusiastas que precisam de um aparelho que esteja sempre atualizado e que receba os novos recursos disponibilizados em futuras versões do Android.

Ficha Técnica

A seguir, iremos detalhar toda a ficha técnica do Moto G60, analisando cada componente de hardware que o aparelho possui com o objetivo de esclarecer a função e importância deles na composição do dispositivo.

Processador Sanpdragon 732G

Uma das principais vantagens que esta presente nele é o Snapdragon 732G, um dos melhores processadores quando falamos de smartphones intermediários, que foi construído em uma litografia de 8 nanômetros e é composto por dois núcleos Kryo 470 Gold com 2.3 Ghz e seis núcleos Kryo 470 Silver com 1.8 Ghz.

Seu desempenho em games é excelente, entregando uma média de 30 a 60 quadros por segundo em jogos como Call of Duty Mobile, PUBG Mobile e World of Tanks Blitz  com os gráficos no Ultra.  

imagem do processador Snapdragon 732G

Uma boa performance, aliado a taxa de atualização de 120Hz disponível na tela, proporciona ao usuário uma experiência muito mais fluida e um menor tempo de resposta, o que consequentemente pode trazer melhores resultados em suas partidas on-line.

Para auxiliar na performance contamos com uma GPU Adreno 618, a mesma utilizada no Moto G9 plus, que trabalha com uma frequência base de 810 MHz e possui uma potência de 435 gigaflops.

Apesar de ele não entregar um desempenho que pode ser comparado a um celular top de linha, o Moto G60 não fica muito para trás, sendo uma das melhores opções entre os dispositivos intermediários quando falamos de hardware.

Memória RAM

Outro upgrade considerável que o Moto G60 recebeu foi em na memória RAM, que agora conta com 6GB disponíveis, o que proporciona um bom desempenho, traz uma navegação mais fluida e evita qualquer tipo de travamento ou congelamento quando estiver realizando multi-tarefas.

Essa atualização é extremamente importante, afinal a memória RAM é um componente essencial para que o processador do seu dispositivo consiga acessar os dados e as informações necessárias de forma mais rápida, ou seja, quanto mais memória o aparelho tiver, maior será a quantidade de informações acessadas pelo processador.

Câmera

Como falamos anteriormente, logo no começo do nosso review, o Moto G60 traz uma câmera principal de 108 megapixels com uma abertura f/1.9 que utiliza uma nova tecnologia capaz de unir até nove pixels em apenas um, reduzindo consideravelmente possíveis ruídos na imagem e aumentando a sensibilidade do sensor à luz externa.

A segunda câmera é uma super grande angular com um sensor de 12 megapixels e uma abertura f/2.2, capaz de tirar boas fotos e entregar um excelente nível de detalhes, sendo inclusive melhor do que a câmera de alguns aparelhos concorrentes. 

A terceira câmera é uma macro de 8 megapixels que utiliza o mesmo sensor e lente da super grande angular, criando fotos incríveis e com excelente nível de detalhamento de objetos próximos como flores, texturas, etc.

imagem que detalha as câmeras do Moto G60

Além disso, o conjunto triplo de câmeras conta com alguns recursos adicionais como: Night Vision, Cinemagraph para criação de GIFS, modo panorama, selfie em grupo, ultra-res e diversas outras funções que podem ser configuradas pelo usuário.

Para a câmera frontal temos um sensor de 32 megapixels que utiliza uma tecnologia semelhante de união de pixels, juntando quatro pixels em um, criando imagens ricas em detalhes e com uma melhor sensibilidade à luz.

Caso queira gravar vídeos, o dispositivo permite que você realize filmagens em 4K a 30 quadros por segundo ou, caso queira mais fluidez, é possível filme em Full HD a 60 quadros por segundo.

Tela

O maior destaque do Moto G60 vai para a tela, que possui uma taxa de atualização de 120Hz, trazendo mais fluidez às imagens, animações, vídeos, filmes e jogos que forem reproduzidos no dispositivo.

Para um melhor gerenciamento da bateria, o aparelho possui uma opção que muda automaticamente a taxa de atualização e que se adapta ao conteúdo que estiver sendo consumido naquele momento.

O painel é fabricado em IPS LCD, que apesar de não entregar um nível de brilho muito alto quando comparado a outras tecnologias, apresenta cores bonitas, um bom nível de saturação e traz um suporte para o HDR 10 que ajuda ainda mais na precisão de cores.

foto da tela do Moto G60

A tela tem um excelente espaço, com 6.8 polegadas que ocupa cerca de 85% do espaço frontal do aparelho, trabalhando com uma resolução Full HD+ de 1080 x 2460 pixels e uma densidade de 395 pixels por polegada de tela, criando imagens detalhadas e bem nítidas.

Bateria

Com uma bateria de 6000 mAh, o Moto G60 se destaca no mercado como um dos smartphones com a maior capacidade de carga disponível, suportando até 28 horas de reprodução de vídeos ou utilizando aplicativos de streaming.

Enquanto isso, em uma rotina comum utilizando redes sociais, e-mails e Whatsapp o dispositivo consegue ficar ligado por volta de 50 horas com apenas uma carga, sendo um excelente companheiro para quem está a maior parte do dia fora de casa ou em viagens.

Esses valores podem variar de acordo com os recursos que estão ativos, aplicativos que forem utilizados, o nível de brilho para qual o aparelho está ajustado e até mesmo o nível de volume que as músicas, vídeos e filmes estão sendo reproduzidos.

O celular é compatível apenas com carregadores de 20 Watts, sendo assim, para conseguir realizar uma carga completa que vá de 0% a 100% o tempo de espera fica em torno de 1 hora e 40 minutos a até 2 horas.

Áudio

Apesar de trabalhar com apenas um alto-falante, o sistema de áudio do Moto G60 consegue entregar um som bem definido, com graves e agudos perceptíveis, além de um volume com boa potência que não causa nenhum tipo de distorção na música ou no vídeo.

Você pode conectar um alto-falante bluetooth ou caixa de som utilizando tanto o bluetooth 5.0 presente no smartphone como por uma saída P2 que fica localizada na parte superior da estrutura dele.

Estrutura e Design

A construção física do novo celular da Motorola é composta por uma peça única na parte de trás com acabamento feito de plástico completamente liso que não escorrega, mas que fica com muitas marcas de mão e de dedo após o manuseio.

Para as dimensões contamos com 16.9 centímetros de altura, 7.5 centímetros de largura, 0.9 centímetros de espessura e um peso de 220 gramas, o que faz com que ele seja um pouco mais pesado do que outros smartphones da mesma categoria.

imagem com uma pessoa usando o Motorola Moto G60

Nas laterais do aparelho você tem acesso a o botão de controle de volume, de energia e um botão dedicado exclusivamente para ativar o assistente de voz do Google, que aceita diversos comandos de voz para ativar aplicativos, fazer ligações e até mesmo mandar mensagens.

Além disso, o Moto G60 conta com um slot exclusivo para colocar até dois chips de operadora ou um chip e um cartão de memória Micro SD de até 512GB, permitindo que você tenha uma maior capacidade de armazenamento.

Ele possui uma certificação IP67, que é capaz de proteger o seu aparelho contra poeiras externas e fontes de água doce por até 1 metro de profundidade durante 30 minutos de imersão.

Em questão de entradas ele possui um conector USB-C na parte inferior e uma entrada P2 na parte superior, enquanto o leitor de digitais está localizado na parte de trás do aparelho na logo da Motorola, o que pode ser um incômodo para alguns usuários.

Outras opções

Apesar de diversos pontos positivos, o Moto G60 não é a única opção dentro deste mercado de smartphones intermediários, existem diversos outros aparelhos com configurações muito semelhantes e que trabalham com a mesma faixa de preço.

Um bom exemplo disso é o Samsung Galaxy A72 , que custa um pouco mais barato e possui um desempenho muito próximo, mas que pode oferecer algumas configurações e recursos mais atrativos para você.

Conclusão

O Motorola Moto G60 é um ótimo investimento, principalmente para quem busca um aparelho muito próximo do mercado top de linha, mas não quer pagar um preço muito alto por essa experiência.

O dispositivo foi lançado oficialmente por R$ 2.699 e ainda está sendo comercializado por este valor, o que consideramos um preço justo por todos os componentes e recursos que ele entrega.

Aprendeu tudo sobre o Motorola Moto G60?

Esperamos que a nossa análise tenha ajudado a esclarecer qualquer dúvida em relação aos recursos e funções do Moto G60, além de servir como uma ferramenta para que você consiga tomar uma decisão mais clara e assertiva.

Lembre-se de conferir as informações do produto e todos os recursos que eles oferecem, para assim, realizar uma escolha assertiva com aquilo que você precisa.

Nós somos participantes do programa de associados da Amazon Services LLC, um programa de afiliados projetado para proporcionar comissões de vendas através do direcionamento para páginas da Amazon e seus demais sites relacionados

Início Blog Reviews Review Moto G60: Tudo o que você precisa saber
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download