Como usar recursos visuais para impulsionar o Marketing de Conteúdo

Índice

O cenário do marketing digital mudou significativamente nos últimos anos. Escrever bons textos ainda é fundamental para engajar o público na internet, mas hoje é preciso ir além. Com a atenção do público cada vez mais dividida, é preciso usar outros recursos para se destacar da multidão. 

Para obter os resultados desejados, os criadores de conteúdo precisam enfrentar a falta de tempo do público e o excesso de informações disponíveis na internet. E a melhor forma de fazer isso é usando recursos visuais atraentes e originais. 

Identidade visual consistente

Se você tiver uma ideia clara do tipo de conteúdo que pretende divulgar e do tom da sua comunicação, criar materiais impactantes vai se tornar muito mais fácil. Por isso, o primeiro passo é revisitar o seu manual de marca e encontrar ali os elementos que merecem destaque. 

Pense na impressão que você quer deixar no seu público e comunique aos criadores de conteúdo as características que devem estar presentes nos materiais de marketing. Assim, o manual de marca deve ser um guia de estilo e determinar a essência de todo o marketing de conteúdo a ser trabalhado. 

Isso inclui o básico, como logotipo, cores e fontes, mas deve ir além, buscando aspectos conceituais que vão dar personalidade aos materiais, ainda que sejam criados por diversos departamentos, agências e parceiros. 

Recursos visuais originais

As imagens que compõem o seu marketing de conteúdo têm um impacto significativo no engajamento que você vai conquistar, especialmente nas redes sociais. Recursos visuais de qualidade não são apenas atraentes, mas também estimulam o compartilhamento e aumentam a taxa de cliques.

Embora muitas marcas recorram a imagens de banco de fotografias em busca de praticidade, essa não é a escolha ideal. Usuários de internet já viram o bastante desse tipo de conteúdo, o que faz com que esse recurso transmita impessoalidade e seja pouco interessante.

As imagens de arquivo, no entanto, ainda têm o seu espaço no marketing, mas se você criar os seus próprios recursos visuais, a originalidade tende a atrair muito mais leitores e gerar mais engajamento. 

Utilizando fotografias para criar infográficos únicos

Mesmo que você não conte com um fotógrafo para fazer as suas imagens, criar recursos visuais originais é uma tarefa acessível e simples. Usar modelos de infográfico é uma ótima forma de aproveitar fotografias, sejam elas criadas especialmente para a sua marca ou retiradas de um banco de imagens. Veja um exemplo neste infográfico:

Infográfico sobre a importância de fazer exercícios físicos

Na imagem acima, a fotografia escolhida pode ser substituída por outras que representem a prática de atividade física, pois as cores, os ícones e a tipografia têm seu próprio impacto e dão destaque às informações. Ou seja, ao invés de um lutador de boxe, a fotografia poderia ser de uma maratonista ou de um tenista e o efeito seria semelhante.

Ou, como no exemplo abaixo, onde a fotografia desempenha um papel importante, mas ainda assim poderia ser substituída por outra e ainda manter a identidade da empresa. Para isso, bastaria usar uma imagem que estivesse em harmonia com a paleta de cores definida no manual de marca.

Informativo da Anchor Liberty Beer com uma foto de uma taça com cerveja

Reaproveitar Conteúdo 

Criar conteúdo demanda tempo e recursos, e não há motivos para escrever um longo artigo para blog, por exemplo, e não adaptá-lo para que seja usado em outros canais nos formatos adequados.   

Além de tornar o seu marketing de conteúdo mais eficiente, o uso de diversas plataformas para difundir as mesmas informações sob novos formatos faz com que cada canal impacte positivamente os outros. 

Você pode, por exemplo, postar um artigo no seu blog e uma imagem atraente com as principais informações do texto em uma rede social. Veja como um artigo sobre estatísticas de marketing de conteúdo visual pode ser resumido em cinco imagens para carrossel do Instagram:

Exemplos de imagens para carrousell do Instagram

Com um material como esse, a sua audiência nas redes sociais tem um teaser atraente e informativo que vai estimular a leitura do artigo completo, aumentando o tráfego no site e o engajamento das suas postagens ao mesmo tempo.

As mensagens podem ser adaptadas para os mais diversos meios, por isso é importante criar uma estratégia de marketing de conteúdo que contemple o reaproveitamento de conteúdos. Você pode estipular, por exemplo, que as postagens mais populares do seu blog em um determinado período vão servir de material para a criação de um conteúdo rico, como um ebook, de um número definido de postagens no Instagram e envio de newsletter

O caminho oposto também pode ser uma boa forma de reaproveitar conteúdo. Assim, escolha um webinar ou mesmo um ebook com boa performance e adapte para diversos conteúdos mais curtos, como postagens em blogs ou material para newsletters. 

Comece com pesquisa de palavras-chave

Se você está começando a planejar formas de aproveitar o seu conteúdo em diversos canais, o ideal é começar com uma pesquisa de palavras-chave para encontrar os temas mais relevantes para o seu leitor. 

Você pode começar usando o Google Analytics para analisar um blog e encontrar as postagens ou os assuntos mais populares e adaptá-los para conteúdos mais curtos ou desenvolvê-las para criar materiais ricos. 

Para organizar a sua estratégia de criação e reutilização de conteúdo, utilizar mapas mentais como este abaixo é uma forma simples e eficaz de otimizar os esforços e planejar um cronograma de postagens, envio de newsletters e oferta de materiais para gerar leads. 

Infográfico sobre como criar um plano de marketing de conteúdo

Transformando conteúdos

Após encontrar o conteúdo que você vai adaptar, é o momento de pensar como você vai dividi-lo em materiais mais curtos ou agrupá-los em um conteúdo mais abrangente. Se você optar por criar infográficos para um carrossel de imagens com os principais pontos do seu material original, o primeiro passo é justamente identificar as informações mais relevantes. 

Feito isso, você pode escolher modelos personalizáveis que mais combinem com a sua mensagem e com o volume de dados que você quer representar visualmente. O ideal é escolher os aspectos realmente mais importantes e impactantes, deixando o conteúdo escrito o mais sucinto possível, e contar com os elementos de design para informar o seu público. 

E ao contrário, se na etapa de identificar os conteúdos que tiveram maior engajamento você encontrou um tema que de forma recorrente tem uma boa performance em uma rede social, você pode reunir diversas informações relacionadas e com elas criar um ebook para gerar mais leads ou alguns emails para a sua newsletter. 

Conclusão

Quando se trata de adaptar conteúdos para diversos canais, as possibilidades são ilimitadas. Os recursos visuais como infográficos são versáteis o bastante para serem usados em redes sociais, ebooks, newsletters e blogs. Usar infográficos também é uma ótima opção para tornar imagens ilustrativas em conteúdos originais, atraentes e altamente informativos.

Início Blog Marketing Como usar recursos visuais para impulsionar o Marketing de Conteúdo
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download