Saiba Tudo Sobre #Hashtags Para Ecommerce!

As hashtags para e-commerce podem fazer uma grande diferença na visibilidade do seu negócio! Saiba como usá-las!

Se você usa redes sociais, já deve ter se deparado com as famosas hashtags. É bem provável, inclusive, que você já as tenha usado. Mas nem todos conhecem o poder das hashtags para e-commerce.

Elas identificam um tema, ajudam mais usuários a encontrarem a sua publicação e podem ser grandes aliadas para gerar mais tráfego e conversões no perfil da sua loja. Entenda tudo sobre este recurso neste post!

O que são as hashtags e onde elas são usadas?

Hashtags são termos precedidos do símbolo #. Elas são usadas em redes sociais para indicar o conteúdo daquela publicação e inseri-lo em uma espécie de “categoria” que reúne publicações semelhantes.

Por exemplo, é comum vermos nas redes sociais uma foto de cachorro com a #dogs ou #instadogs, se ela for postada no Instagram. Assim, um usuário que esteja procurando posts relacionado a este assunto, pode usar o mecanismo de busca da rede, inserido a hashtag #instadogs e encontrando os conteúdos relevantes com essa marcação.

4 dicas de como usar hashtags para e-commerce

Confira abaixo algumas dicas de como aproveitar ao máximo as hashtags para e-commerce:

1. Pesquisar quais são as #hashtags mais usadas

Faça uma pesquisa com seus concorrentes usando ferramentas específicas (como Keyhole, Webstagram ou TopHashtags) para descobrir quais são as mais usadas de uma forma geral e quais são as mais usadas pelo ramo de mercado em que você atua. Fazer uma mescla de ambos os tipos de hashtags pode ajudá-lo(a) a atrair mais pessoas para o seu perfil.

Exemplo: #tbt é mundialmente usada por diferentes perfis de usuário. É a sigla para Throwback Thursday. Trata-se de uma hashtag adicionada a postagens feitas às quintas-feiras (Thursdays) para relembrar algum momento marcante do passado. Fazer este tipo de postagem para falar sobre um acontecimento da loja é uma boa ideia.

  1. Usar a hashtag para aumentar a visibilidade do seu perfil

Os usuários podem buscar por hashtags específicas. A rede social trará os principais e/ou mais recentes resultados. Mesmo que o usuário ainda não seja seguidor do seu perfil, ele pode encontrar a sua publicação, gostar do seu conteúdo e passar a segui-lo.

Exemplo: você tem um e-commerce de moda e montou algumas postagens de looks com a #OOTD. A sigla significa Outfit Of The Day, ou “look do dia” em tradução livre. Um usuário que esteja buscando por inspirações de looks pode fazer a busca pela #OOTD e encontrar a sua publicação. Essa é uma ótima oportunidade para conquistar novos seguidores, comentários e curtidas.

3. Ficar de olho nas hashtags do momento

Algumas hashtags, como a #tbt que citamos acima, são bastante usadas o ano todo, mas há algumas que aparecem para marcar momentos específicos. É importante ficar de olho nelas para, se fizer sentido, usá-las também nas suas postagens e aproveitar a onda de tráfego.

Exemplo: vamos imaginar que o seu e-commerce seja do ramo de casa e decoração. No mês seguinte, sua loja terá um estande em uma grande convenção do ramo que possui uma hashtag própria. Quando você postar sobre a participação da sua empresa, é interessante usar a hashtag da convenção para atrair o tráfego de quem está pesquisando sobre o evento.

4. Crie uma hashtag para a sua loja virtual

Dessa forma, você concentra tudo que for postado sobre a loja por você, por clientes ou por parceiros.

Exemplo: divulgue a hashtag da sua marca para os seus clientes ao enviar um produto e peça para eles postarem uma foto usando o produto ou fazendo o unboxing. Dessa forma, ao pesquisar pela sua hashtag, os usuários verão não só as suas postagens como as de diversos clientes com o seu produto.

Leia também: 7 Boas Práticas nas Redes Sociais Para Ecommerce

Como Usar Hashtags para Ecommerce

Cuidados: o que evitar ao usar hashtags para e-commerce

Além das dicas acima, é importante mencionar algumas ações que devem ser evitadas. Como:

1. Excesso de hashtags

O uso excessivo desse recurso pode tornar a sua publicação confusa e ser identificada como spam. O limite do Instagram, por exemplo, é de 30 hashtags, mas usar cerca de 10 já é suficiente.

2. Usar muitas hashtags genéricas

Adotar termos muito amplos não ajuda a atingir o seu público-alvo, pois hashtags genéricas atraem um público genérico. Outro problema é que elas, geralmente, são usadas nacional ou internacionalmente e podem atrair um público fora do seu raio de atuação. Isso é particularmente um problema se a sua loja é local ou nacional.

Exemplo: #cosmeticos é uma hashtag muito usada, mas se a sua loja atende só o Rio de Janeiro, por exemplo, faz sentido usar também #cosmeticosrj. Já se a sua loja vende produtos veganos para todo o Brasil, pode usar #cosmeticosveganos para atrair o público mais segmentado.

Agora que você sabe um pouco mais sobre o uso das hashtags para e-commerce, sugerimos a leitura sobre uma outra ferramenta específica do Instagram e que pode ser muito interessante para as lojas virtuais. Conheça o Shopping on Instagram.

2019/06/14

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte