Análise SWOT no Inbound Marketing: Entenda Como Fazer

Porque aplicar a análise SWOT na estratégia de Inbound Marketing

A análise SWOT é uma conhecida ferramenta de análise, amplamente utilizada por empresas de qualquer segmento.

O nível de detalhamento da avaliação que essa ferramenta proporciona fez com que ela ganhasse usos mais amplos, como no Inbound Marketing. Assim, antes mesmo de ser lançada, qualquer campanha pode ser analisada para trazer os melhores resultados.

É cada vez mais comum adotar a análise SWOT no marketing, no entanto, esse movimento ainda gera muitas dúvidas sobre como deve ser feito. A aplicação das técnicas precisa de algumas adequações para surtirem o efeito desejado e proporcionar insights e constatações mais certeiras.

Só isso garante que a estratégia será conduzida da melhor forma! A seguir, conheça melhor a análise SWOT, seu conceito e saiba como ela pode ser aplicada no planejamento de Inbound Marketing!

O que é a análise SWOT?

A análise SWOT é uma metodologia prática que, por meio de alguns pilares, promove a análise de determinada situação. Sua proposta é simples e estratégica, visando à tomada de decisão. Por isso, seu uso pode ser um tanto quanto amplo.

Em um exemplo, se uma empresa pretende lançar um novo produto no mercado, a análise SWOT é utilizada para avaliar a possibilidade de sucesso. De modo geral, a situação passa por um diagnóstico repleto de questionamentos que geram diferentes observações importantes sobre a situação.

Ao utilizar a análise SWOT, os gestores têm contato com várias óticas relacionadas à própria empresa, ao mercado e aos clientes. Dessa forma, a tomada de decisão se torna estratégica. As possibilidades de erros são reduzidas ao máximo!

SWOT é uma sigla para as 4 etapas que compõem essa análise:

  1. Strengths (Forças, ou pontos fortes);

  2. Weaknesses (Fraquezas, ou pontos fracos);

  3. Opportunities (Oportunidades);

  4. Threats (Ameaças).

A aplicação dessa metodologia passa exatamente por analisar cada um desses pontos, de acordo com o que for pretendido. Ainda há uma divisão que guia a análise, formada por fatores internos (forças e fraquezas) e fatores externos (oportunidades e ameaças).

O processo de análise

A análise é feita em duas etapas, considerando os fatores internos e externos. Respectivamente, na primeira etapa, a avaliação considera como os pontos fortes e fracos da empresa impactam o passo a ser dado.

No momento seguinte, a avaliação externa traz uma análise sobre as oportunidades que podem ser aproveitadas no movimento pretendido e quais são as ameaças de fazer isso.

Diante dessas divisões, a equipe de gestão deve confeccionar a matriz SWOT, desenhando duas colunas: fatores positivos (pontos fortes e oportunidades) e fatores negativos (fraquezas e ameaças). Após isso, cada constatação de fatores deve ser preenchida em cada uma dessas colunas.

Por exemplo, se você quer lançar um novo tênis de corrida no mercado, é preciso avaliar tudo que envolve essa decisão. Em pontos fortes, sua marca pode ter a inovação e, em oportunidades, a chance lançar um produto inovador por um preço acessível.

No entanto, uma das fraquezas da sua marca é a qualidade do produto, e a ameaça principal são as gigantes esportivas do mercado.

Ao relacionar todos esses fatores, o próximo passo é avaliar e ponderar como cada fator positivo ou negativo relaciona entre si. Ao final da análise, se o balanço for positivo, pode ser uma boa ideia lançar esse produto no mercado. Já se os fatores negativos prevalecem, talvez a ideia ainda precise de alguns ajustes.

Como aplicá-la no Inbound Marketing?

No Inbound Marketing, a proposta é realizar campanhas de marketing menos agressivas, que têm como base a atração do público qualificado. Essa classificação é dada para as pessoas que têm interesse real no produto ou serviço que a empresa vende.

Para conseguir captar essa audiência, é fundamental ter uma estratégia bem definida, focando, principalmente, na segmentação.

Existem diferentes ferramentas que ajudam na atração de público, especialmente quando se trata do digital, como:

Essas e uma série de outras possibilidades ajudam às empresas a conquistarem leads importantes e convertê-los em clientes. Ainda assim, uma boa estratégia de Inbound precisa ser definida com bases sólidas e dentro de uma análise detalhada.

A análise SWOT pode ter um papel crucial no direcionamento de como essas campanhas serão executadas. O ideal é realizar esse debate antes de começar a estratégia de marketing, já que isso garante o máximo de eficácia nas ações e, principalmente, o melhor uso dos recursos financeiros da empresa.

O processo

Na prática, o processo não deve ser muito diferente da análise de um novo produto, exemplo que você viu neste conteúdo. Porém, a análise SWOT terá o foco em determinar quais serão as melhores ações que vão compor a estratégia da empresa.

Isso ajudará a decidir onde o time de marketing concentrará os seus trabalhos, avaliando os fatores internos e externos para tomar a melhor decisão para o negócio.

Por exemplo, a análise pode ser utilizada em uma campanha para promover o aumento do fluxo de visitantes no site da empresa. Assim, são avaliadas as melhores ferramentas para conseguir isso, considerando os pontos fortes e fracos, as oportunidades e ameaças.

Para tomar decisões mais acertadas, é preciso considerar questões como:

  1. custo das campanhas;

  2. nível de presença digital;

  3. alcance;

  4. competitividade em relação ao que os concorrentes fazem;

  5. chances de campanhas inovadoras.

Análise SWOT no Inbound Marketing Processo

Quais benefícios podem ser colhidos?

Ao aplicar a análise SWOT no desenvolvimento de uma estratégia de Inbound, uma série de ganhos serão obtidos pelas empresas. Os resultados mais gerais, certamente, direcionam para o sucesso da campanha, chegando ao objetivo pretendido.

Para alcançar essa meta, vários pontos devem ser alcançados. Por isso, veja quais são os principais benefícios da aplicação da análise SWOT na estratégia de Inbound da empresa!

Esforços direcionados e estratégicos

Uma análise ajuda a empresa a entender quais pontos ela precisa superar e quais pode usar para potencializar sua estratégia Inbound. Diante disso, um equilíbrio é encontrado, balanceando diversos fatores.

Como resultado, esse trabalho direciona o time de marketing a respeito da melhor forma de chegar às metas que a campanha tem. Assim, os esforços são mais bem aplicados.

Para ter uma estratégia de sucesso, é importante usar as principais ferramentas, avaliando, além da situação da empresa, os elementos externos. Com a análise SWOT, as ações também serão capazes de se mostrar competitivas em relação à concorrência, tendo potencial de atrair o público-alvo e engajá-lo.

Uso adequado do orçamento de marketing

O orçamento de marketing é sempre um ponto de muita discussão e de profundo detalhamento. Uma boa estratégia nem sempre depende de muito investimento, só que poucas empresas trabalham com uma boa disponibilidade de recursos financeiros.

Por conta disso, cada escolha deve ser feita diante de bases sólidas, para que esse orçamento seja aproveitado da melhor maneira possível.

A análise SWOT permite avaliar todos os fatores internos e externos, considerando quais ações seriam mais adequadas para a empresa. É avaliada uma série de detalhes, especialmente, o momento que a empresa vive e o estágio de sua relação com o público.

Isso garante que as ferramentas escolhidas sejam precisas e consigam atrair mais público por um custo menor.

Aplicação das principais tendências de marketing

As tendências de Inbound são ações que têm feito sucesso e mostrado resultados realmente concretos para as empresas. Quando se trata do digital, as novidades surgem o tempo todo, graças ao avanço constante da tecnologia.

Se uma empresa está por dentro de todas essas possibilidades que envolvem a transformação digital, certamente, pode aproveitá-las e conseguir resultados eficientes dentro de sua estratégia.

Com o uso da análise SWOT, essas tendências sempre vão passar pela observação dos profissionais de marketing, o que, por si só, já é um ganho e tanto.

Naturalmente, o trabalho de avaliação dos fatores pode direcionar a estratégia para algumas dessas ações. Isso ajuda as campanhas a terem como base de seu direcionamento essas tendências, captando um bom fluxo de usuários.

Estratégias que permitem segmentação mais precisa

A segmentação é tudo dentro do Inbound. Se a proposta é atrair, o trabalho de campanhas deve ser desenvolvido com o direcionamento bastante detalhado, para captar a audiência de quem realmente é o alvo das empresas.

Para definir quais são as ações mais alinhadas com o que o marketing do negócio precisa, a análise SWOT dá um importante suporte para chegar aos recursos necessários. Quando a empresa avalia as oportunidades, têm mais chances de chegar a um público ou persona que ainda não captou, mas está alinhado com a proposta de seu negócio, por exemplo.

Dessa forma, no ciclo natural da análise, é preciso avaliar os recursos disponíveis para isso, assim como os riscos de atrair esse público e quais os possíveis fatores (pontos fracos) podem atrapalhar nessa tarefa.

A análise SWOT é uma estratégia sólida e que pode ser usada em diversos momentos dentro de uma empresa, garantindo uma tomada de decisão estratégica e alinhada às metas pretendidas. O Inbound Marketing pode ter ganhos significativos, sendo aplicado dentro de ações com mais chances de conversão.

Agora você sabe como iniciar essa análise junto ao seu time de marketing! Não se esqueça de que o melhor momento de aplicar essa metodologia é antes mesmo de pensar em toda a estratégia, já que o SWOT vai direcionar para as ações mais eficientes.

E, para fazer um bom planejamento do seu ano, não deixe de conferir a melhor forma de se definir o orçamento para o time de marketing da sua empresa.

2019/03/12

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte