Confira o passo a passo de como vender na Amazon

Índice

A Amazon é uma das principais opções de quem está planejando começar a vender na internet. 

Afinal, a plataforma de e-commerce já se consolidou no mercado brasileiro, se tornando um dos principais marketplaces a serem usados pelos consumidores.

Isso faz com que o alcance de anúncios na plataforma seja capaz de alcançar milhões de pessoas. 

Além disso, a plataforma se mostra atrativa para os vendedores ao oferecer opções de planos. 

É possível escolher entre uma taxa fixa e comissão sobre o valor das vendas, permitindo utilizar a modalidade que gere mais lucro.

Se você deseja aprender mais sobre a plataforma, confira nosso artigo e entenda como vender na Amazon.

Qualquer pessoa pode vender na Amazon?

Pessoas físicas e empresas podem vender na Amazon. Para usar a plataforma é preciso apenas contar com um CPF ou CNPJ que seja válido.

Não é preciso firmar um contrato social ou outros documentos da mesma categoria para vender na plataforma. 

Ou seja, o processo é simples e sem burocracia, uma forma de tornar o marketplace mais atrativo para quem deseja vender.

Quais documentos são necessários para começar a vender na plataforma?

O registro para começar a fazer suas vendas na plataforma da Amazon é bem simples. 

É preciso apenas informar seus dados pessoais como endereço, email, nome, telefone, documento de identificação pessoal, CPF ou CNPJ.

Já para receber o pagamento será preciso contar com um cartão de crédito internacional de uma das bandeiras: Visa, MasterCard ou Diners). 

Também é necessário ter uma conta bancária com o mesmo CPF ou CNPJ registrado.

Como funcionam os planos e taxas da Amazon?

É possível optar por duas formas de como vender na Amazon, usando o plano individual ou o profissional.

A versão individual é para quem irá vender menos de 10 produtos por mês, tendo um custo de R$ 2,00 por item vendido.

Já o plano profissional não limita o número de vendas, mas conta com um valor fixo de R$ 19,90 ao mês.

Além de pagar as taxas fixas, os vendedores também precisam pagar um valor de comissão pelos itens vendidos. 

Uma porcentagem do preço total de venda do produto é cobrado, incluindo o valor do item e suas despesas.

Essa porcentagem pode variar de 8% a 16%, caso tenha interesse em informações mais detalhadas site da Amazon e escolha qual será o plano do seu negócio e crie sua conta. É possível escolher entre duas opções.

Plano de vendas Profissional: conta com uma mensalidade de R$ 19 oferecendo acesso a uma ferramenta de auxílio de upload e o gerenciamento de pedidos. O plano permite um número ilimitado de vendas.

Plano de vendas Individual: essa é uma alternativa voltada para pessoas que não tem a intenção de gerenciar uma loja virtual como sua principal atividade financeira. O plano não conta com assinatura, mas tem taxas adicionais e um valor de R$ 2 por produto.

2. Organize os documentos para finalizar seu cadastro

Apesar de não contar com muita burocracia, é preciso oferecer suas informações pessoais para utilizar a plataforma profissionalmente. 

Os dados básicos são: nome, telefone, email, CPF ou CNPJ.

Informações da loja virtual: nome da pessoa física titular ou razão social, endereço comercial com comprovante de domicílio e nome fantasia, o nome com que sua loja será identificada na plataforma.

Conta bancária.

Cartão de crédito ou débito. 

Países em que você pretende vender.

Após registrar suas informações será possível publicar seus itens e começar a vender.

3. Publique seus produtos

Com sua conta criada e todos os seus dados registrados será possível publicar seus produtos para venda. 

A plataforma oferece 3 opções diferentes para fazer o cadastro dos itens, confira como cada uma delas funciona.

Cadastro manual

Qualquer vendedor que usar a plataforma pode usar a opção de criar e gerenciar o inventário digital de sua loja.

Através da opção é preciso cadastrar um anúncio por vez.

Cadastro usando planilhas

Vendedores que contam com o plano profissional podem utilizar um recurso que permite importar uma planilha com as informações de todos os seus produtos.

É uma forma prática de adicionar vários anúncios de uma só vez, facilitando o gerenciamento de produtos e adição de novos itens. Ou seja, é uma forma otimizada de atualizar sua loja.

Cadastro através de integração

Vendedores que já utilizam outras plataformas de e-commerce podem importar os dados de sua loja para a Amazon.

Geralmente, as próprias plataformas contam com as ferramentas necessárias para fazer o gerenciamento das vendas e importar os dados dos produtos para o marketplace.

4. Use a própria plataforma para adicionar itens que já existem no site

Uma dica para otimizar a criação de seus anúncios é usar uma ferramenta disponível na própria Amazon.

O catálogo do site reúne todos os itens que já foram cadastrados na plataforma. Isso significa que se algum outro vendedor vende o mesmo produto que você, é mais fácil encontrar este item para adicioná-lo em sua loja. 

Com o produto cadastrado, basta informar o código de barras que o sistema irá encontrar o item em questão. 

Melhores plataformas de e-commerce com integração com a Amazon

Agora que você já aprendeu tudo o que precisa saber sobre como vender na Amazon, confira algumas indicações de plataformas de e-commerce que oferecem integração com o marketplace.

1. Wix

O Wix é uma plataforma de e-commerce muito utilizada pelo mundo inteiro, tudo isso devido à facilidade com que usuários podem criar seus sites e os diversos aplicativos que adicionam funcionalidade em suas páginas.

Um dos aplicativos disponíveis para o Wix permite criar um canal de vendas completamente integrado com as lojas Wix. 

O recurso permite exibir e promover produtos de sites internacionais da Amazon em seu site. 

Também é possível mostrar os itens em uma galeria personalizável e conectar sua conta de afiliado da Amazon para ganhar comissões sobre vendas.

Ou seja, a plataforma é uma boa opção tanto para donos de lojas na Amazon quanto para afiliados. 

Além disso, quem utilizar o Wix poderá contar a variedade de benefícios do serviço, como:

  • Editor simplificado Wix
  • Fontes ilimitadas
  • App Market
  • Ferramentas de SEO avançadas
  • Galeria de mídia
  • Otimização mobile
  • Nome de domínio personalizado
  • Muito mais

Crie sua loja virtual com a Wix

2. Zyro

O Zyro é mais uma plataforma de e-commerce que permite que seus usuários criem uma loja virtual e vendam na Amazon usando essa loja. 

Para fazer isso basta apenas criar sua conta, montar sua loja digital usando o editor de sites, catalogar seus produtos e conectar sua loja à conta Amazon.

Então, será possível sincronizar seu estoque, lista de produtos, alternativas de envio e diversas outras preferências.

Utilizar o Zyro também irá facilitar o gerenciamento de produtos, aproveitando os benefícios de uma loja virtual e de vender usando o marketplace da Amazon. Tudo isso centralizado no painel de controle do Zyro.

Usuários que optarem por integrar uma loja usando este serviço também irão contar com: 

  • Domínio grátis por 1 ano
  • Suporte 24h
  • Integrações de marketing
  • Blog
  • Designs inspiradores 
  • Guia de e-commerce

Criar loja virtual e ecommerce com a Zyro

3. Nuvemshop

Por fim, a Nuvemshop também oferece uma integração com a Amazon através de um recurso adicional.

A ferramenta Mintegra foi desenvolvida para integração de produtos aos principais marketplaces e e-commerces do mercado.

O recurso pode ser adicionado em sua loja criada na Nuvemshop para adicionar os produtos em sua loja da Amazon e para fazer a automatização de fluxo de controle de estoque e pedidos.

As principais vantagens de usar este recurso são:

  • Geração automática de etiquetas de envio
  • Controle e automatização dos anúncios
  • Publicação de diversos produtos de uma só vez
  • O estoque de produtos é sincronizado entre suas lojas, atualizando automaticamente a cada venda ou alteração

Aprendeu como vender na Amazon?

Investir em vender marketplaces é uma ótima estratégia para alcançar mais consumidores e aumentar suas vendas.

Contudo, contar com um site para sua loja virtual também é importante para estabelecer sua marca e aumentar sua autoridade.

Um recurso que pode otimizar o gerenciamento do seu e-commerce é uma plataforma de atendimento online.

O JivoChat é uma ferramenta de chat online que pode ser instalada em lojas virtuais, permitindo atender clientes em tempo real. 

Além disso, o JivoChat também permite conferir os visitantes de seu site em tempo real, fazer convite proativo de conversas e centralizar o atendimento em um só lugar, com integração com o Instagram e WhatsApp.

Início Blog Ferramentas Confira o passo a passo de como vender na Amazon
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download