Como saber a melhor hora para abrir um e-commerce

As mudanças de hábitos e comportamentos trazidas pela pandemia de coronavírus trouxeram também um novo cenário de mercado, onde muitas lojas físicas precisaram fechar as portas, na mesma medida em que diversos negócios do setor de e-commerce surgiram. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), entre o início de março e abril de 2020, aproximadamente 100 mil novos e-commerces foram abertos no Brasil.

Além da adaptação necessária a uma nova realidade, muitos empreendedores estão de olho nos números, os quais mostram as possibilidades que vender online podem trazer. Para se ter ideia, de acordo com um estudo do movimento Compre & Confie, em parceria com a ABComm, o faturamento do segmento aumentou em 56% quando comparado ao mesmo período de 2019.

Por outro lado, criar uma loja virtual de sucesso vai muito além de lançar um site e esperar que os clientes apareçam. Para se destacar perante a alta concorrência, é imprescindível desenvolver certos processos, os quais contribuirão para que o projeto seja realmente promissor nesse momento oportuno aos e-commerces.

Quer saber mais quais são eles para, então, ter certeza que chegou o momento de empreender na internet? Então confira o nosso post!

O que considerar antes de ter o próprio negócio no mercado de e-commerce?

O primeiro passo para quem tem o objetivo de criar um e-commerce é compreender o setor. Vale se informar sobre o mercado, as tendências, características e particularidades, para então avaliar se há identificação com a área.

A próxima etapa é avaliar como se estará presente na internet. Ou seja, quais produtos serão vendidos, qual será o propósito da marca, público-alvo, concorrência e outros detalhes que indicarão as probabilidades ou não de sucesso de determinada ideia ou nicho.

Isso sem contar a importância de conhecer os formatos de e-commerces possíveis, de modo a optar por aqueles que melhor atendam as demandas e o orçamento.

Como saber qual o melhor tipo de e-commerce?

O e-commerce vai muito além de apenas vender online. Isso porque, a partir de uma demanda de mercado cada vez maior por novas ferramentas para o comércio eletrônico, diferentes formatos foram surgindo. Os principais são:

Loja virtual:

Site desenvolvido especificamente por uma marca, o qual funciona como um canal de vendas e relacionamento com o público;

Marketplace:

Pode ser comparado a um shopping na internet, onde diferentes lojistas compartilham a mesma plataforma para realizar suas vendas online. Entre elas estão Magazine Luiza, Mercado Livre e Amazon;

Redes sociais:

Mais do que canais de relacionamento, algumas redes sociais disponibilizam botões de compra, como é o caso do Instagram, YouTube e Pinterest. Isso significa que os empreendedores que investem no e-commerce podem aproveitar esses importantes recursos para criar engajamento e vender.

Com essas informações em mãos, fica mais fácil definir quais serão os modelos de vendas a serem adotados para o sucesso.

Além dessa análise, outros requisitos fundamentais para um empreendimento com bons resultados são criar um planejamento estratégico e um plano de negócios para vender online, os quais devem considerar análises como as de mercado, público-alvo e logística.

Como preparar o ambiente para ter o próprio negócio na internet?

O momento certo de abrir um e-commerce não se trata apenas de escolher a data para o início das atividades de vendas. Como citamos, antes de colocar o objetivo em prática, é essencial estudar muito sobre o comportamento do mercado e potenciais clientes.

Na prática, antes de qualquer coisa, preparar o ambiente consiste em saber onde está o público-alvo, o que procura, quais dores e desejos possui, e entender os canais de venda onde o mesmo se encontra. Estes incluem, por exemplo, as redes sociais e os sites visitados no dia a dia.

Comece com o aprendizado de como vender seus produtos e gerenciar o estoque, os quais estão entre as bases mais importantes para a estruturação do e-commerce.

Paralelamente, descubra e construa formas de vendas constantes para esses itens, já que garantir a sustentabilidade do negócio é indispensável para se partir ao próximo nível. Ou seja, gerar demanda suficiente para que haja retorno financeiro.

Como saber se realmente está na hora?

Após fazer todas as análises que citamos neste post, é preciso ainda levar em conta que, assim como em qualquer outro segmento, abrir um e-commerce requer mais do que boa vontade.

É preciso saber que os resultados não aparecem da noite para o dia, sendo essencial se planejar para crescer de forma sólida e estruturada, além de permanecer competitivo no mercado ao longo do tempo.

Isso depende, por exemplo, do seu potencial de investimento e capacidade de atrair tráfego, o que significa adotar diferentes estratégias para atrair os potenciais clientes.

Todavia, se você já passou dessa fase, conhece o mercado, já colocou seus produtos à venda, se relacionou com clientes e verificou quais itens consegue vender, chegou o momento de responder 3 perguntas cruciais:

  • Qual seu nicho de mercado?

  • Quem é a sua audiência, ou potenciais clientes?

  • Quem são seus fornecedores e parceiros?

A partir do momento em que você tiver este mapa bem claro, além das condições de conquistar tráfego por conta própria e o investimento necessário, finalmente estará no caminho certo rumo à criação de sua loja virtual.

Gostou do conteúdo? Está pronto para ter o próprio negócio no mercado de e-commerce? Conheça a Webstore, podemos te ajudar a desenvolver sua marca através de uma plataforma com mais de 250 recursos e 100 integrações para uma loja virtual completa. A solução é acessível a todos os portes de empreendimentos virtuais, pois é personalizada conforme a demanda. Para saber mais, entre em contato com um de nossos consultores!

Início Blog Ecommerce Como saber a melhor hora para abrir um e-commerce
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download