Você realmente é empreendedor? 3 erros que prejudicam seu e-commerce

Aprenda quais erros não cometer como empreendedor de um ecommerce

Muitos lojistas enchem o peito e se chamam de empreendedores, mas estão profundamente presos em fazer tarefas operacionais ao invés de liderar o negócio, pensar em propósito, personalidade da marca e gerar fidelidade. Você é um desses lojistas?

Hoje, vamos te mostrar como você pode transformar o seu e-commerce de dentro para fora ao pensar e agir como empreendedor, e não como técnico, operário.

O nascimento de um negócio

No momento que você teve a ideia de criar um negócio próprio, sua própria loja virtual, tudo deve ter sido muito mágico e especial. Mal sabia você que um pesadelo viria logo em seguida: Ter que administrar pessoas, finanças, publicidade, logística, tudo menos fazer o que você realmente queria fazer, que é ficar apenas na sua área de afinidade.

O fato é que seu negócio está na infância, e como toda criança você ainda não sabe muito bem o que fazer para crescer. E faz muita coisa errado. Por exemplo: Na hora de criar o nome da loja, você coloca seu nome ao invés de criar um nome de uma marca de fato. Isso porque você vê como se a empresa e você fosse uma coisa só, o que não é problema, a menos que você queira ser independente do negócio em algum momento, longe do dia a dia da operação e livre para viajar e ser feliz longe do pior chefe que pode existir, que é você mesmo.

Falando em operação, tá aí uma coisa que não consegue se manter em ordem sem você, e pode até ser que você se orgulhe disso dizendo “se não fosse eu, esse negócio não estaria de pé”. Isso é algo pra se orgulhar? Com o tempo, você vai perceber que está preso e que precisa mudar para fazer o seu negócio crescer. Todo negócio saudável tem que crescer e é isso que vamos te ensinar aqui :)

A adolescência, tempo de mudanças

Depois de perceber os pontos a serem melhorados, os processos a serem criados, a forma certa de treinar cada pessoa para cuidar de cada área, é hora de colocar a mão na massa.

No momento da decisão de mudar, seu empreendedor interior, aquela parte sua que tem visão de longo prazo se aflora para agir com o que é importante, ao invés de trabalhar apenas no urgente como antigamente. A parte administradora também entra em cena, para te ajudar a organizar o caminho até o sucesso.

A fase de crescimento é rápida e muito conturbada, assim como nossa própria adolescência foi. Sabe todas aquelas coisas chatas sobre documentar a forma certa de fazer cada coisa, analisar os números e aprender com os erros e com as habilidades das pessoas a cada dia? Essa é a sua tarefa como líder a partir de agora.

É claro que você pode ajudar a separar as vendas, levar os produtos na transportadora, mas saiba que a maior parte do seu tempo e da sua mente devem estar focadas na estratégia,

marca e propósito. Ninguém além de você pode definir isso. Pense grande e seja grande com o tempo.

Finalmente, um negócio maduro

Quando sua loja chega à maturidade, você consegue focar 100% do seu tempo a ser empreendedor, focar na visão de longo prazo e apenas receber os relatórios de acompanhamento da equipe, sem precisar estar pessoalmente todos os dias na empresa como antigamente. Um sonho? Pode ser realidade, basta você começar a pensar:

  1. Por que sua marca, loja e negócio existem?

  2. Por que você levanta da cama pela manhã?

  3. E por que os outros deveriam se importar?

Esses princípios vão ser a linha guia na hora de você contratar alguém, vender para alguém ou conseguir seus fornecedores: Porque você estará interagindo apenas com as pessoas que acreditam no que você acredita. Você pode saber mais nesse link, mas o fundamental é entender que essa é a base para gerar lealdade e inspirar ação nas pessoas.

Talvez você esteja pensando, “mas por que você está me contando tudo isso?” e eu te digo que é porque todos os dias eu (Hevelyn) e todos na Fidelizar Mais estão trabalhando focados em ajudar pessoas a se conectarem de forma única e criarem relacionamentos duradouros. Por conta disso, acabamos fazendo conteúdos como esse que você está lendo, e aplicativos para conectar cliente e loja, como o Gira Lead e o Programa de fidelidade que você pode conferir em nosso site.

O importante é: A revolução turn-key, que é o momento que você tem um negócio com regras, processos, e métodos padronizados, só vai vir e te gerar a paz de ter um negócio que caminha perfeitamente sem a sua presença diária se você se esforçar em definir todos esses aspectos em meio ao caos, se preocupando em fidelizar cada cliente e cuidar de cada colaborador.

Não se esqueça, os negócios fracassam porque os líderes abandonam algumas áreas da empresa, e geralmente o propósito, marca e relacionamento com o cliente costumam ser os primeiros a serem deixados de lado. Seja consistente na execução para ir rumo a um e-commerce de sucesso!

Caso queira conversar, fique à vontade para comentar aqui em baixo ou nos chamar no chat em fidelizarmais.co, será um prazer ajudar!

2020/07/ 1

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte