Estratégias omnichannel pós isolamento social

Confira como trabalhar o omnichannel após os desafios de 2020

De fato, 2020 foi um ano totalmente átipico.

Ninguém podia imaginar as mudanças de vida e hábitos que esse ano nos traria. Embora a maioria das pessoas esteja empolgada com o final de 2020 e o início de 2021, algumas coisas nunca mais serão as mesmas.

Sendo assim, podemos destacar que alguns efeitos da pandemia serão definitivos em nossas vidas. O hábito de consumo mudou completamente durante o isolamento social. Em contrapartida, esses hábitos ficarão cada vez mais flexíveis, porém, não voltarão a ser como antes.

O consumidor aprendeu a comprar online e aprovou a experiência. Desta forma, é inevitável que esse hábito se estenda com maior facilidade nos próximos meses e ano, independente do isolamento social.

A facilidade relatada por muitos consumidores que nunca haviam comprado online, é impressionante. Ou seja, o que puder ser comprado online, será.

Em conclusão, por mais que tudo volte ao “normal”, a praticidade do e-commerce, condições de pagamento e parcelamento, preços, descontos e infinidade de produtos, farão com que o consumidor pense duas vezes antes de sair de casa a procura de um produto.

Isso não significa que as lojas físicas irão acabar, muito pelo contrário. O ideal é que esses pontos físicos se inovem e passem a oferecer opções 100% online — assim como muitos já fizeram durante a pandemia.

Desta forma, a tendência omnichannel é, mais que nunca, inevitável.

O que é omnichannel?

Omnichannel é uma estratégia de diversificação de canais de venda e comunicação, com o propósito de melhorar o relacionamento com o cliente.

Em resumo, ser uma empresa omnichannel é estar onde o seu cliente precisa que sua loja esteja presente. Aqui falando de redes sociais, marketplaces, loja física e online, atendimento diversificado e muito mais.

O objetivo é melhorar a experiência do cliente com sua marca e garantir a fidelização de marca.

Estratégias omnichannel para manter em seu negócio

Comunicação em diversos canais de vendas

Entenda, seu cliente tem pressa!

Se ele está rolando o feed do Instagram e surgir alguma dúvida sobre o produto, ele irá contactar sua loja pelo direct. Quando isso acontecer, não tente direcionado para o telefone, WhatsApp ou outro canal de contato. Responda, interaja e coloque-se a disposição pelo canal onde ele o procurou.

Esse imediatismo dos clientes já existia antes, entretanto, com a pandemia, a comunicação por diversos canais ficou tão rotineira, que os clientes precisam de atenção cada vez mais rápido.

Ser omnichannel é isso, estar disponível onde for necessário. Mesmo que, o mesmo cliente tenha contactado a loja com a mesma pergunta no direct do Instagram, no WhatsApp e no inbox do Facebook. Seu papel é ser multicanal!

Compra online e retirada na loja

Além de estar disponível em diversos canais de comunicação, essa é outra estratégia omnichannel que precisa ser adotada pelas lojas físicas e online.

Muitas vezes, o preço de uma loja virtual e condições de parcelamento, valem muito mais a pena para aquele cliente do que comprar diretamente em uma loja física. Por outro lado, ele precisa do produto para o dia seguinte.

E assim surge a compra online com retirada na loja. O cliente aproveita o melhor dos dois mundos de uma só vez.

E isso também vale a pena para quem vende, pois, se uma loja física também conta com uma loja virtual, as vendas feitas através do site são mais fáceis do que as presenciais. Isso porque, não é necessário um funcionário para o atendimento. Esse mesmo funcionário, pode embalar e despachar dez pedidos diferentes vindo da loja online, enquanto faria um só atendimento presencial.

De maneira idêntica, vale para aqueles que só possuem loja virtual. Ter um ponto específico onde o cliente pode fazer a retirada do produto de forma presencial, aumenta muito as chances de venda. Já que, ele pode ter pressa em receber ou não desejar pagar o valor do frete.

Vendas online para todo o Brasil

Ligado ao tópico anterior, temos as vendas online para todo o Brasil.

O período de pandemia, por mais que tenha afastado as pessoas presencialmente, uniu, à distância, pessoas e marcas.

Deste modo, as lojas físicas estão vendo a oportunidade de expandir seus negócios e vender não só para a sua cidade, e sim para todo o Brasil!

O que antes parecia impossível, agora parece muito mais simples — e realmente é.

Como uma loja regional pode vender para todo o Brasil

Visto que, agora é impossível ter um negócio saudável sem vender online. Por que não expandir esse projeto?

Através da contratação de uma plataforma de e-commerce e um tema para o layout com a cara da sua loja, é possível começar a vender para todos os cantos do país em poucos dias.

Entretanto, é importante garantir que plataforma escolhida tenha bons recursos de canais de vendas para facilitar as ações de marketing. Além de ter integrações nativas com marketplaces, que, sem dúvidas, impulsionarão suas vendas.

Outro ponto importante é a logística. Defina qual será seu meio de envio, embalagens, frete etc. Bem como, pense em como será a experiência de recebimento de compra de seu cliente. Afinal, o unboxing também faz parte das estratégias omnichannel.

Além disso, como citamos anteriormente, o atendimento é fator fundamental para as estratégias omnichannel. Sendo assim, procure por um aplicativo que facilite a comunicação entre sua loja e os visitantes.

Empreendedores que já possuem loja física, podem entrar no mundo do e-commerce com muita facilidade. Aqueles que começarão do zero, também. Entretanto, vale a pena pegar algumas dicas de como abrir sua loja virtual do zero e faturar muito nos próximos meses e anos.

2020/11/13

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte