Marketing de Afiliados: O Que é e Porquê Você Deveria Começar

Descubra como funciona o mercado de afiliação e suas vantagens

Quando falamos sobre começar a fazer dinheiro online é muito comum que a primeira coisa que pensamos são nos ecommerces e lojas virtuais. Porém, existem também formas de ganhar dinheiro sem oferecer seus próprios produtos, mas sim anunciando e divulgando os produtos de outras empresas.

Seja você dono de seu próprio negócio digital ou alguém procurando uma forma de gerar renda através deste meio, este conteúdo irá apresentar o que é o marketing de afiliados e porquê você deveria começar agora mesmo.

O que é marketing de afiliados?

Marketing de afiliados é, essencialmente, um modelo de negócios e de parceria que visa o compartilhamento de renda entre duas partes, sendo estas a empresa anunciante e o afiliado. Do lado da anunciante, o objetivo de trabalhar com o marketing de afiliados normalmente envolve disseminar seus produtos, serviços e ofertas. Já do lado do afiliado, seu trabalho é exatamente fazer esta divulgação, levando a marca e utilizando links de afiliação, para comprovar sua participação do processo de aquisição de um novo cliente, entre outros modelos que logo trataremos.

O mercado de afiliação é um dos mais movimentados no mundo, especialmente por sua característica de ganha-ganha para todos envolvidos, além de ser baseado inteiramente em desempenho. Este argumento pode ser embasado em uma pesquisa do Media Kix, apresentando que há um crescimento anual de 10.1% em investimentos no marketing de afiliados.

Ele envolve diferentes agentes e canais no processo de distribuição de conteúdo, links e anúncios, como as redes sociais, blogs, vídeos, entre outros. É importante mencionarmos que este modelo de negócio deve ser levado a sério, pois demanda trabalho constante, conhecimento e dedicação por parte dos afiliados e anunciantes para garantir os melhores resultados.

Modelos de afiliação

Agora que passamos pelo conceito e definição do marketing de afiliados, está na hora de entender realmente como ele é implementado, ou seja, como as empresas anunciantes pagam seus afiliados pelos serviços e quais serviços são estes. A verdade é que existem programas de afiliados de diversas formas, mas os modelos a seguir são os mais comuns encontrados no mercado.

Custo por Ação (CPA)

No modelo CPA, o afiliado é recebe sua comissão sempre que um novo prospect tomar alguma ação previamente determinada pela empresa anunciante. Esta ação pode ser essencialmente qualquer coisa, como realizar assinatura para a newsletter e e-mail marketing da empresa, cadastrar-se no site, comprar um produto, entre outros.

Custo por Clique (CPC)

O CPC é um dos modelos mais comuns quando trabalhando com anúncios pagos, sendo inclusive uma das formas de monetização utilizada pelo próprio Google Ads. Ele também está presente no marketing de afiliados e funciona essencialmente da mesma forma.

Aqui, o afiliado é pago sempre que um novo visitante clicar em seu link de afiliado, que geralmente irá direcionar para uma landing page ou mesmo para a página inicial da empresa anunciante.

Custo por Instalação (CPI)

O CPI é normalmente utilizado quando tratando sobre ecommerces B2B (Business to Business) ou SaaS (Service as a Software), mas também pode ser encontrado em empresas anunciantes que buscam aumentar o número de instalações de seus aplicativos gratuitos, por exemplo.

Neste modelo, o afiliado é pago sempre que o cliente instalar um aplicativo, serviço, sistema, entre outras soluções. Inclusive, o programa de afiliados da JivoChat se enquadra no CPI, oferecendo também comissões recorrentes durante todo o tempo no qual o cliente assinante se encontra ativo.

Independente do modelo utilizado, o objetivo da empresa propondo um programa de afiliados normalmente envolve aumentar seu tráfego, gerar leads e melhorar seus resultados. Vamos entender alguns dos principais benefícios para cada lado desta parceria.

Descubra aqui os melhores lugares online para divulgar seu link de afiliado

Marketing de Afiliados e seus modelos de afiliação

Benefícios para o afiliado

Primeiramente, vamos apresentar quais são os benefícios de tornar-se afiliado de marcas anunciantes e como este modelo de negócio pode ser ideal para você.

Possibilidade de gerar renda recorrente e passiva

Certamente a primeira coisa que devemos tratar como um dos maiores benefícios de tornar-se um afiliado é a possibilidade de gerar uma renda a partir deste modelo de negócio, especialmente caso participe de programas que oferecem remuneração recorrente.

Neste cenário, você continuará recebendo dinheiro a partir da assinatura de um serviço enquanto o cliente estiver ativo, como mencionamos no modelo CPI. Isso significa que mesmo depois de seu trabalho inicial ao trazer o cliente para a empresa, você continuará recebendo de forma passiva.

Flexibilidade de horários e administração

Trabalhando como um afiliado, você é seu próprio chefe. Afinal, você tem a liberdade de escolher quais produtos, serviços e marcas deseja divulgar, de acordo com seu próprio meio social.

Isso significa que você não precisa se preocupar em bater ponto, ir à um escritório diariamente, nem nada parecido. Você escolher quando e como irá direcionar seus esforços a este trabalho e, sempre que realizá-lo com sucesso, será pago por isso.

Remuneração depende do seu próprio esforço

Outra vantagem de trabalhar como um afiliado é que você também é responsável pelo quanto de dinheiro irá fazer. Quanto mais recursos você dedicar a levar visitantes e clientes para suas empresas parceiras, maior será seu retorno.

Além disso, não existe realmente custo de manutenção do cliente, visto que este é responsabilidade da própria empresa anunciante. Seu trabalho é utilizar os recursos providos e fazer a divulgação, não envolvendo prestar suporte após a concretização de uma venda ou aquisição, por exemplo.

Baixo custo para começar

Trabalhar como um afiliado não requer que você alugue seu próprio escritório, contrate funcionários ou mesmo que encontre fornecedores e ofereça seu próprio produto. É um trabalho que depende de seu próprio desempenho e apresenta um custo realmente baixo para que você possa começar.

Muitos afiliados começam a ganhar dinheiro alavancando seus próprios blogs, redes sociais com milhares de seguidores e outros canais já existentes para anunciar produtos relevantes e que se encaixam com seu público, como acontece frequentemente no mercado de influenciadores, por exemplo.

Não perca: 20 programas de afiliados para você começar a ganhar dinheiro online

Benefícios para sua empresa

Caso você esteja do outro lado desta parceria, como a empresa anunciadora, entenda melhor como este modelo de negócio beneficia seu negócio e ajuda a impulsionar seus resultados.

Modelo de negócio baseado em resultados

Como você pode ter notado a partir dos modelos de afiliação apresentados anteriormente, sua empresa só paga o afiliado quando o mesmo atinge um objetivo. Este objetivo, assim como o valor a ser pago são determinados inteiramente de acordo com sua própria estratégia.

A partir disso, podemos afirmar que o marketing de afiliados apresenta baixo custo. É verdade que você deve preparar seu sistema de afiliados, prover material de divulgação para os mesmos e consequentemente dar manutenção e estar pronto para receber o tráfego gerado. Porém, afiliados não são funcionários de sua empresa, mas sim parceiros e, desta forma, recebem de acordo com os resultados gerados.

Divulgação e disseminação de sua marca

O mercado de afiliados envolve especificamente a disseminação de sua marca, produtos e serviços, através de estratégias de marketing de conteúdo criadas e implementadas pelos próprios afiliados. Portanto, um dos maiores benefícios desta estratégia é aumentar sua presença no mercado e fazer com que mais pessoas conheçam suas ofertas.

Além disso, dependendo da estratégia de divulgação utilizada (como a produção de conteúdo informativo e direcionado, distribuído no blog do afiliado), você estará recebendo leads qualificados, que chegaram à sua página através do link de afiliado por ter interesse no que foi apresentado sobre sua empresa.

Afeta positivamente seus esforços em SEO

Ter páginas relevantes com links direcionados para suas próprias páginas de produto, artigos, entre outros conteúdos digitais tem um grande impacto em suas ações de SEO (otimização para mecanismos de busca). Inclusive, este é um dos principais fatores que levam empresas a iniciarem trabalhos de troca de conteúdo e co-marketing, através da produção de guestposts e ações semelhantes.

Conclusão

De acordo com o infográfico do Hosting Tribunal, o marketing de afiliados é um mercado que vale mais de 12 bilhões de dólares, onde mais de 40% dos ecommerces já utilizam esta estratégia para atrair novos clientes e, consequentemente, aumentar suas vendas. Pensando nisso, seja você um afiliado ou dono de seu próprio ecommerce, não deixe de investir nesta estratégia.

E claro, não deixe de preparar seu negócio para receber e captar os novos visitantes gerados a partir de seu programa de afiliados. Para isso, considere investir em um chat online para seu ecommerce e descubra como esta solução realmente é capaz de satisfazer clientes e afetar suas chances de conversão.

2019/04/ 5

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte