10 Dicas de como desenvolver Relações Humanas

Índice

As relações humanas são a base para que possamos viver em sociedade, pois nenhum ser humano é capaz de viver sozinho.

Além disso, os ambientes que frequentamos diariamente, seja no âmbito pessoal ou profissional, mostram que é preciso saber como se relacionar com as pessoas, pois conflitos podem acontecer.

Conflitos que podem afetar o seu desempenho, principalmente no ambiente profissional, e também o seu emocional.

Existem diversas maneiras de trabalhar as relações humanas, desde aprender a se comunicar com os outros, até lidar desenvolver a sua inteligência emocional para saber como controlar as suas emoções.

Neste artigo abordaremos mais sobre relações humanas, como você pode trabalhar para desenvolvê-los no âmbito profissional.

O que são relações humanas?

As relações humanas são o conjunto de interações que realizamos com os indivíduos ao longo da nossa vida e que permitem estabelecer uma vida em sociedade. 

Embora pareça simples na teoria, a prática é muito mais complexa, pois ao abordarmos esse tema, devemos considerar que cada pessoa é indivíduo único e que possui a sua própria consciência, história de vida, referências e interage com o ambiente de maneiras diferentes. 

Dessa forma, embora os vínculos sejam a base das relações humanas, nem sempre ele será um vínculo formado por opção, como quando escolhemos nos relacionar com alguém, muitas vezes ele será um vínculo hierárquico, por exemplo, que é o que ocorre nos ambientes profissionais e também dentro das famílias. 

Ou seja, nem todas as relações que desenvolvemos são positivas e harmoniosas, muitas vezes elas podem ser conflitantes.

O ambiente profissional é um dos ambientes em que os conflitos são frequentes, pois não podemos decidir com quem se relacionar ou não e esses conflitos podem gerar danos emocionais, quedas de desempenho e incapacidade.

Por isso, é importante entender mais sobre as relações humanas e o que devemos fazer para nos relacionar melhor com os outros.

A inteligência emocional na mediação de conflitos 

Anteriormente, utilizamos o exemplo do ambiente de trabalho, pois geralmente são posições em que as relações humanas são obrigatórias. 

Diferentemente do que acontece com as nossas relações pessoais, onde temos uma maior liberdade de escolher se vamos manter um relacionamento com determinado indivíduo ou não.

O fato é que, já percebemos que independente do ambiente em que estamos, os conflitos ocorrem, e é importante que possamos evitá-los, ou tentar resolvê-los sem que eles causem consequências emocionais para os envolvidos.

A inteligência emocional possui um papel fundamental para quem deseja desenvolver a sua capacidade de criar relacionamentos mais saudáveis, duradouros e conseguir resolver os conflitos que podem surgir.

Pois, é através do desenvolvimento da inteligência emocional que adquire a capacidade de raciocinar durante um conflito, ao evitar que você aja impulsivamente e seja tomado por suas próprias emoções. 

É também através da inteligência emocional que criamos mais empatia com o próximo, aprendemos a escutar o que o outro pode dizer, saber esperar para que seja possível criar uma condição mais favorável onde o diálogo respeitoso possa prevalecer.

A partir disso, você passa a se tornar mais observador sobre as pessoas ao seu redor e reconhece quando elas estão tomadas por suas próprias emoções.

Não é atoa que recrutadores buscam pessoas que demonstrem ter inteligência emocional para preencher vagas em que o trabalho de equipe é fundamental.

Ou seja, desenvolver essa competência pode ser um diferencial tanto na construção do seu relacionamento com outras pessoas, quanto para conquistar uma vaga em uma empresa em que você precisa avaliar as suas qualidades e defeitos

Se você quer aprofundar os seus conhecimentos sobre inteligência emocional ou desenvolvimento pessoal, no curso INTELIGÊNCIA EMOCIONAL : Fundamentos e como Desenvolver você terá acesso a todas as informações necessárias para começar a trabalhar a sua, e ainda garante um certificado ao final do curso para qualificar o seu currículo.

Teoria das relações humanas

Alguns estudiosos a fim de compreender mais sobre como a mudança no ambiente de trabalho poderia afetar a produtividade dos colaboradores de uma empresa realizaram um estudo.

Esse foi o caso do estudo realizado por por uma equipe de pesquisadores de Harvard, dirigida pelo médico especialista em psicopatologia Elton Mayo e pelo engenheiro Fritz Roethlisberger.

No teste eles buscavam avaliar quais eram as possíveis situações que influenciavam os funcionários de maneira positiva e negativa.

O foco da pesquisa primeiramente era avaliar o ambiente de trabalho em que os colaboradores se encontravam, como a influência da luz no ambiente. Entretanto, conforme os estudos iam avançando surgiu uma outra variável que não havia sido considerada, o fator psicológico.

Após observarem o fator psicológico também tinha influência sobre o desempenho e produtividade dos colaboradores, o rumo da pesquisa e passaram a observar o comportamento dos indivíduos mediante as mudanças.

E a partir desse, e outros estudos eles puderam encontrar algumas conclusões, para formular a teoria das relações humanas, que nos revelam o quão importante são as relações humanas para a construção de um ambiente de trabalho propício:

  • O fator social tem sua influência na boa produtividade de um indivíduo

  • O comportamento do indivíduo em uma organização é baseado no comportamento coletivo

  • As pessoas precisam de elementos sociais e psicológicos para a sua sobrevivência, como, por exemplo: carinho, aprovação social, influencia, proteção e realização

  • É preciso valorizar as relações humanas dentro do ambiente organizacional

  • Criar sistemas de recompensa, analisar o desempenho das pessoas nos cargos e funções executadas, antes de trocá-las de posição para não comprometer a produtividade.

Imagem vetorizada de pessoas andando juntas estabelecendo relações humanas

A importância do líder para as relações humanas no ambiente de trabalho

No tópico anterior, foi possível observar que as relações humanas são fundamentais para que o indivíduo possa ser produtivo dentro de uma organização. 

No ambiente de trabalho, por exemplo, os vínculos formados são majoritariamente hierárquicos, o líder de uma equipe tem um papel fundamental em mediar os principais conflitos e tentar estabelecer um ambiente de trabalho que seja propício para todos.

Não basta apenas delegar tarefas, igual muitos líderes fazem, é preciso fazer com que as relações humanas entre os membros da equipe obedeçam as regras para criar um clima organizacional agradável independente do tipo de empresa

A gestão de pessoas muitas vezes é ignorada por líderes que se colocam em uma posição acima dos colaboradores e por conta disso acabam gerando conflitos desnecessários entre líder e colaborador, colaborador e equipe.

E até mesmo um feedback mal transmitido pode gerar conflitos e desmotivar um colaborador. Portanto, é preciso trabalhar para que você consiga alinhar todos à missão, visão e cultura da empresa, influenciando positivamente nos índices de clima organizacional e de saúde no trabalho

Ou seja, é preciso buscar qualificação para saber como mediar os relacionamentos entre funcionários de uma equipe. 

Por isso, é indicado que você pode realize cursos de liderança, como Liderança e gestão de pessoas e equipes .

Quais são os maiores causadores de conflito no ambiente de trabalho?

Mediar situações de conflito não é fácil, mas entender quais são as atitudes das relações humanas que contribuem para que os conflitos ocorram pode facilitar o processo de prevenção para que eles não ocorram.

Falha na comunicação

Um dos causadores de conflito mais comuns no ambiente de trabalho é a falha na comunicação.

A falha na comunicação ocorre quando a comunicação encontra um obstáculo e ela pode causar problemas como fofocas, colaboradores desempenhando atividades erradas, baixa produtividade e ainda atraso na execução de uma tarefa.

Um líder de equipe deve estar atento a maneira como ele comunica os informativos para a sua equipe e se assegurar de que todos entenderam as ordens com clareza. 

Os colaboradores devem informar quando não compreenderem o que está sendo pedido, e tentar descobrir a fonte de onde a informação surgiu, verificar se é aquilo mesmo que deve ser feito.

Falta de empatia

É outro aspecto, que não é levado em consideração pela maioria dos gestores, líderes e nem pelos colaboradores.

Ter empatia está muito mais relacionado com entender o que o outro está passando e que cada indivíduo tem a sua própria maneira de enxergar as coisas, seus pontos de vista e consequentemente sua maneira de lidar e respeitar o espaço de cada pessoa, do que se colocar no lugar do outro.

Nem todos os dias são bons, e é preciso respeitar que é natural que as pessoas não apresentem o mesmo desempenho sempre.

Falta de respeito

Abusos no ambiente de trabalho geram desconforto para todos dentro de uma equipe, o respeito deve começar com o líder que deve informar aos colaboradores quais são as regras que eles devem cumprir, para tornar o ambiente de trabalho amigável.

Deve-se ressaltar e destacar a importância do trabalho de equipe, para que possam ser alcançadas as metas, a importância de manter respeito com o próximo e de tentar resolver os conflitos amigavelmente através do diálogo.

Competitividade

A competitividade é importante no sentido em que ela estimula os funcionários a querer vencer as suas limitações, entretanto, em excesso, ela pode gerar um ambiente de trabalho desconfortável e consequentemente gerar intrigas entre os membros da equipe.

É importante evitar que o time se sinta pressionado nesse nível, aponto que isso interfira a maneira com que os colaboradores encaram o trabalho e também os seus colegas, o nível de estresse dentro da empresa.

Favoritismo

O senso de coletividade também é importante, e entender que você faz parte de uma equipe e que todos recebem os mesmos benefícios e possuem direitos iguais.

Um líder nunca deve demonstrar favoritismo entre um colaborador e outro, pois pode gerar confusão, e despertar o senso de competição que pode atrapalhar nas relações humanas na empresa.

Portanto, é preciso estimular todos os colaboradores através de feedbacks, frases motivacionais e reuniões para que eles saibam que estão juntos e pelo mesmo objetivo.

Imagem vetorizada de pessoas segurando uma bandeira

Como melhorar as relações humanas no ambiente de trabalho?

Existem maneiras de trabalhar a relações humanas como no ambiente de trabalho, e já até citamos algumas delas anteriormente.

Seja um bom líder

Se você está em posição de liderança, nada melhor do que exercer a sua função entendendo aquilo que já comentamos, cada indivíduo é um indivíduo único.

Para saber lidar com uma equipe é preciso estar preparado para assumir os desafios que virão junto com essa responsabilidade.

.

É preciso saber como estabelecer uma comunicação próxima com os membros da sua equipe, se você não se sente confortável em falar em público procure por cursos que te permitam desenvolver a sua capacidade de oratória, como o Método Falantes.

Assim poderá aprender a como se comunicar com os seus colaboradores sem medo e ainda aprender a motivá-los para que eles queiram alcançar ainda mais metas e objetivos.

Aposte em feedbacks

Tanto os colaboradores quanto os líderes e gestores de uma empresa devem exibir seus pontos de vista, e para que isso aconteça é importante que a empresa utilize o sistema de feedback 360º 

Assim permite que o líder não avalie o colaborador apenas através da sua própria visão, mas também através da visão dos membros da equipe. 

Mas lembre-se que o feedback também deve ser dado de uma maneira que não prejudique o desempenho e sim de um jeito que motive o colaborador a ir além.

Por mais simples que possa parecer, é preciso saber como dar e também como receber um feedback. 

Se você quer ter certeza que vai estar passando um feedback de maneira que não afete o desempenho do seu colaborador conheça o curso Feedback - A arte de dar e receber feedbacks mais efetivos .

Fortaleça o relacionamento entre os colaboradores

Promova happy hour entre os seus colaboradores e eventos que permitam com que os colaboradores possam se conhecer e se comunicar fora do ambiente de trabalho. 

É importante que os colaboradores tenham espaço para se conhecer, e possam assim fortalecer o vínculo, as relações humanas no trabalho e o trabalho de equipe nesses ambientes.

Treine suas equipes para que desenvolvam a inteligência emocional

Já explicamos o importante papel que a inteligência emocional possui como mediadora de conflitos dentro de uma equipe.

E ela tem um papel fundamental para o desenvolvimento pessoal e profissional, por isso você deve promover capacitações tanto a nível individual quanto coletivo.

Mostre para os colaboradores que através da inteligência emocional eles podem melhorar suas relações humanas no âmbito pessoal e também no profissional.

Vamos aplicar o conhecimento sobre relações humanas?

Embora tenhamos abordado as relações humanas no ambiente de trabalho, é importante ressaltar que é muito importante trabalhá-las em todos os campos da nossa vida e que para conquistar um bom resultado é preciso colocar em prática tudo que você aprendeu.

Os cursos de autoconhecimento, de oratória, gestão de pessoas e inteligência emocional vão te ensinar a ter um olhar mais aberto sobre o assunto e também apresentar a parte teórica do tema, entretanto é preciso colocar em prática todo o seu conhecimento nos momentos necessários.

Bons estudos!

Início Blog Comunicação 10 Dicas de como desenvolver Relações Humanas
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download