Como aumentar o tráfego do seu site usando o marketing de conteúdo

Índice

O marketing de conteúdo se tornou o centro da maioria das estratégias de marketing.

Empresas de todos os tamanhos estão recrutando profissionais para garantir que o conteúdo seja criado e distribuído de forma constante e atraente.  

Isso porque o tráfego orgânico, aquele que não é obtido por anúncios, têm um valor especial para as empresas: ele gera maior credibilidade e engajamento.

O objetivo do marketing de conteúdo pode ter começado como uma forma de as empresas se comunicarem com seu público, mas sua importância chegou a um patamar mais elevado. O marketing de conteúdo agora é visto como o principal impulsionador do SEO e do tráfego orgânico.

Sem surpresa, os profissionais de marketing estão gastando muito tempo desenvolvendo ideias para levar visitantes a seus sites e estimular os usuários a usar os produtos ou serviços das empresas. 

Mas sem uma estratégia de conteúdo sólida, o conteúdo em si pode ser ineficaz.

É por isso que neste post vamos apresentar em detalhes o marketing de conteúdo e uma estrutura de quatro etapas que você pode seguir imediatamente, com as seguintes seções:

  • Como melhorar seu plano de conteúdo
  • Definindo suas metas de marketing de conteúdo
  • Pesquisa de conteúdo em andamento
  • Estabeleça sua autoridade
  • Promoção cruzada

Como melhorar seu plano de conteúdo

Mesmo com o conteúdo mais bem escrito, pode ser que seus artigos não estejam ganhando tanto espaço quanto você gostaria.

Suas peças não estão ranqueando bem para as palavras-chave que você está priorizando e seu site não está obtendo essa posição altamente cobiçada na primeira página do Google.

Então o que está acontecendo de errado?

Sua primeira ideia pode ser criar mais conteúdo. Mas mais conteúdo não é necessariamente igual a engajamento nas mídias sociais ou melhor performance no Google.

Com isso em mente, como você usa o marketing de conteúdo para aumentar o tráfego do seu site, sem ter que gastar muito dinheiro ou criar um fluxo gigantesco de conteúdo?

A resposta é simples: uma estrutura de marketing de conteúdo ajudará você a aumentar o tráfego orgânico para seu site.

Agora, é hora de descobrir você mesmo essa estrutura útil de quatro etapas.

Etapa 1: Definindo suas metas de marketing de conteúdo

Criar uma estratégia de conteúdo que leve a um crescimento escalável deve ser a prioridade. E o primeiro passo para criar uma estratégia forte é delinear as metas de conteúdo.

Assim como definir metas gerais de marketing e de negócios, definir metas para seu conteúdo ajudará você a se comprometer com sua estratégia, permanecer no caminho certo e obter um crescimento consistente.

Abaixo estão as principais metas de marketing de conteúdo:

  • Conversões mais altas
  • Impulsionar o tráfego
  • Aumentar a autoridade do domínio

Você pode estar criando conteúdo na tentativa de atingir esses objetivos, mas quais são as etapas que você está precorrendo no processo? 

Você está criando o mesmo tipo de conteúdo para todos os objetivos? Se os seus objetivos são diferentes, diferentes tipos de conteúdo são necessários.

Se você estiver criando conteúdo otimizado para sua estratégia de link building, estará trabalhando para aumentar sua autoridade de domínio. 

No entanto, o mesmo conteúdo pode não ajudar a aumentar suas conversões, porque as palavras-chave que você está usando para conteúdo de link building serão significativamente diferentes das palavras-chave que você escolher para conversões.

Da mesma forma, quando seu conteúdo é voltado apenas para conversões, é provável que você perca oportunidades de classificação em suas principais palavras-chave.

O que você pode fazer para alcançar esses vários objetivos, então? Comece diversificando o conteúdo que você está criando. 

Sua marca pode ter se concentrado em um tipo de tópico por muito tempo, criando grandes quantidades de conteúdo bem escrito que levaram tráfego para o seu site. Mas este estratagema já não é suficientemente bom.

Há muito conteúdo já disponível na internet, e se você deseja utilizar as postagem do blog para atingir suas metas de crescimento, você precisa fazer alterações em sua estratégia de marketing de conteúdo.

Com suas metas amplas em mente, você precisa criar objetivos menores e dividi-los em  metas ainda menores para alcançá-las.

Por exemplo, se você está buscando mais tráfego na web, pense em criar metas menores, como:

  • Objetivo principal: aumentar o tráfego da web em 50%
  • Meta secundária: aumentar as visitas ao blog em 20% ao mês

E estabeleça ações para atingir essas metas:

  • Verificar o Google Analytics
  • Encontrar as peças com melhor desempenho
  • Analisar palavras-chave
  • Otimizar o conteúdo com palavras-chave
  • Promover os conteúdos nas redes sociais 

Para tornar a criação e distribuição de conteúdo mais organizada, você pode criar um mapa mental como este, definindo canais, tipos de materiais e temas para cada objetivo ao mesmo tempo em que organiza o organograma de marketing para direcionar esforços da melhor forma:

Estratégias de Marketing digital

Ao dividir suas metas de marketing ​​e mapeá-las por meio de modelos de gráficos, será muito mais fácil atingir as metas principais que você se propôs a alcançar. 

Depois de estabelecer as metas corretamente, é hora de passar para a segunda etapa dessa estrutura de marketing de conteúdo: a fase de pesquisa de conteúdo.

Etapa 2: Pesquisa de conteúdo em andamento

Existem dois tipos principais de pesquisa que você precisa fazer antes de criar seu conteúdo: pesquisa de público e pesquisa de palavras-chave.

Pesquisa de público

Qualquer pessoa que use a esfera digital para marketing sabe que o público deve direcionar tanto seu conteúdo em si quanto a sua estratégia de conteúdo.

Com isso em mente, você precisa saber quem está lendo o conteúdo online, em que tipo de assunto eles estão interessados ​​e por que estão interessados ​​nele, para que você possa decidir a melhor forma de alcançá-los.

As redes sociais e o Google Analytics podem fornecer muitas informações sobre usuários online, mas você precisa olhar mais do que simples dados demográficos e interesses.

Por exemplo, seu público-alvo pode ter entre 23 e 45 anos, mas essa é uma faixa etária bastante ampla. 

O conteúdo que você cria para uma pessoa de 23 anos pode não agradar a uma pessoa de 43 anos. Há uma segmentação bem ali para a qual você precisa adaptar seu conteúdo.

Além disso, descobrir os interesses do seu público-alvo pode ou não ser benéfico. Saber que o público está interessado nos filmes da Marvel não vai ajudá-lo se o produto que você está vendendo for um equipamento de encanamento.

Mesmo que você escreva sobre a Marvel, as chances dessa parte do público ler seu conteúdo são mínimas. 

Por outro lado, se você é uma empresa de encanamento que escreve conteúdo sobre como corrigir problemas comuns de encanamento, aumenta significativamente suas chances de alcançar seu público-alvo.

É assim que você decide que tipo de conteúdo você precisa criar.

Você pode criar fluxogramas para cada segmento do seu público para definir quais assuntos abordar para cada um deles. 

Quais problemas eles precisam corrigir? Quanto eles sabem, ou querem saber, sobre o seu produto? Direcione esses leitores para o seu conteúdo porque eles já estão procurando por você; eles simplesmente não sabem como te encontrar. 

Dependendo da profundidade do assunto, você tomar ações mais elaboradas, como criar um ebook, uma apresentação de slides ou tutoriais em vídeos, por exemplo.  

Você pode ter a demografia geral do seu público à mão, mas dentro desse grupo, encontre as pessoas que se envolverão com o que você cria. O que leva à próxima parte da fase de pesquisa: pesquisa de palavras-chave.

Pesquisa de palavras-chave

Encontrar palavras-chave apropriadas é uma parte fundamental no processo de escrever conteúdo – na verdade, o marketing de conteúdo é bastante guiado limitado por palavras-chave.

Palavras-chave são o que ajudam as pessoas a encontrar seu conteúdo, então se você não está pesquisando como usá-las, seu conteúdo está essencialmente se perdendo no vasto mar de conteúdo online, sem ninguém clicar, olhar ou ler seu trabalho bem escrito.

Existem dois tipos principais de palavras-chave essenciais para uma marca: palavras-chave de intenção transacional e palavras-chave informacionais.

Palavras-chave de intenção de compras são palavras-chave que você usa para direcionar o tráfego para páginas da web focadas na conversão. Normalmente, as palavras-chave de intenção das páginas são usadas em landing pages. 

As palavras-chave que você usa para essas páginas geralmente são baseadas no produto ou serviço que você está vendendo, como “equipamento de encanamento”. Esse tipo de palavra-chave costuma ser bastante competitivos. 

Todo mundo que está vendendo um produto semelhante está buscando palavras-chave específicas, o que dificulta a classificação de sua empresa nos mecanismos de busca. 

Dependendo do produto, também pode ser difícil incluir essas palavras-chave naturalmente no conteúdo sem parecer excessivamente focado em vendas.

Páginas que são informativas e não focadas em vendas, por sua vez, tendem a usar palavras-chave informativas.

Então, em vez de ‘equipamento de encanamento’, essas páginas usarão uma palavra-chave como ‘como desentupir um ralo’.

Estas são as páginas onde as pessoas vão quando querem aprender algo, não comprar algo. É por isso que as palavras-chave que você usa aqui provavelmente não serão tão competitivas quanto suas palavras-chave de alta intenção.

Organizando suas palavras-chave

Você pode começar usando o Google Search Console para determinar quais palavras-chave relacionadas ao seu negócios as pessoas estão pesquisando para encontrar o conteúdo que você precisa abordar.

Você também pode usar o planejador de palavras-chave do Google ou ferramentas como Semrush e Ahrefs para descobrir os volumes de pesquisa das palavras-chave que você está segmentando e em quais palavras-chave relacionadas você pode tocar.

Depois de ter uma ideia de suas palavras, liste as categorias amplas de palavras-chave, liste as palavras-chave associadas em subcategorias e divida-as em mais um nível.

A partir daí, você poderá determinar suas palavras-chave de cauda longa. O mapa mental abaixo é um exemplo de como as palavras-chave se relacionam. 

Mapa do Design Thinking

Com suas palavras-chave organizadas, você poderá criar conteúdo que segmente as palavras-chave relevantes que as pessoas realmente estarão procurando e mesmo agrupar temas relacionados para planejar a estrutura de um ebook para gerar mais leads.

A pesquisa de palavras-chave pode levar algum tempo, mas evita que você tenha que criar conteúdo que não vai ser encontrado. As palavras-chave certas podem aumentar seu tráfego significativamente, o que faz com que seja um esforço que vale o seu tempo.

Etapa 3: Estabeleça sua autoridade

Com tantas grandes empresas dominando o tráfego online, você precisa fazer algo diferente para ser notado.

Após determinar o seu público e encontrar as suas palavras-chave, agora você está bem posicionado para provar ao Google que você é uma figura de autoridade no seu campo.

Mas como você pode se estabelecer como uma figura de autoridade e provar ao Google que merece ser bem classificado?

Uma das principais maneiras de estabelecer autoridade é otimizar o uso de palavras-chave. Se você seguiu essa estrutura, já terá dividido suas palavras-chave em vários tópicos menores – vá em frente e use uma variedade dessas palavras-chave em seus artigos.

Como todos estão relacionados, os usuários da Internet eventualmente serão direcionados para sua palavra-chave principal – sua palavra-chave focada em vendas.

Outra maneira de estabelecer autoridade é criando links para seu conteúdo.

Para fazer isso, você terá que encontrar sites com ideias semelhantes que colocarão links para seu site em seu próprio conteúdo. Quanto mais desses links – conhecidos como backlinks – você ganhar, mais o Google terá certeza de que você é um recurso confiável.

Sua estratégia de marketing de conteúdo deve ajudar e permitir que você se torne uma figura de autoridade em seu campo.

Mas tudo se resume a palavras-chave – com as palavras-chave certas, você pode entrar na primeira página do Google para alcançar seu público-alvo com muito mais facilidade.

Etapa 4: promoção cruzada

Nas três etapas anteriores da estrutura, discutimos maneiras de otimizar seu conteúdo para o Google e seu público.

Na quarta e última parte da lista de tarefas desta estrutura de marketing de conteúdo, você precisa encontrar maneiras de alcançar seu público, pois simplesmente criar conteúdo não é suficiente. Você precisa começar a promover.

Você pode promover seu conteúdo nas redes sociais, por meio de postagens ou guest posts, por exemplo. Mas existem outras maneiras de maximizar seu funil de vendas.

Já mencionamos backlinks antes como uma forma de ganhar autoridade no Google. Mas os backlinks também são excelentes para promover seu conteúdo.

Você pode usar uma ferramenta como o Ahrefs para encontrar conteúdo que possa vincular a você. Algumas dicas a serem lembradas ao fazer buscar parcerias desse tipo:

  • Mantenha seu toque pessoal, para que não pareça que um robô enviou um e-mail.
  • Não tenha medo de experimentar! Um tipo de e-mail pode funcionar com uma determinada pessoa e não com outra, então tente combinações diferentes.
  • Peça feedback. Muitas vezes os possíveis parceiros não vão entender a ideia por trás da proposta, então faça um bom follow-up e dê a eles a chance de tirar dúvidas. 

O Link building é, em geral, um ótimo complemento para sua estratégia de marketing de conteúdo, mesmo que possa levar tempo para ser executado. Mas não deixe isso te desanimar. 

Juntamente com seus esforços de promoção orgânica, o link building ajudará a melhorar significativamente seu tráfego na web ao longo do tempo, então definitivamente vale a pena o tempo e o esforço!

Conclusão

A estrutura de marketing de conteúdo de quatro etapas apresentada aqui, dividida em pontos de ação, permitirá que você direcione o conteúdo da sua empresa perfeitamente para o seu público.

Sempre que você estiver criando uma nova postagem no blog, podcast ou outro material de marketing, o conteúdo deve ser produzido para os próprios padrões do seu negócio.\ <!–EndFragment–>

Início Blog Marketing Como aumentar o tráfego do seu site usando o marketing de conteúdo
Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...
Comece a usar o JivoChat hoje!
Gostou do que leu?
Cadastre-se e teste o JivoChat agora mesmo!
É grátis e só leva alguns minutos para fazer o download