Como usar Facebook Ads para aumentar sua lista de emails

Aprenda a capturar Leads através dos anúncios do Facebook

Um dos maiores trunfos do marketing digital e importante aliado das ecommerces, os contatos vindos da lista de emails são, normalmente, os mais rentáveis. Essa afirmação se torna ainda mais verdadeira se aliada a bem-sucedidas estratégias e ferramentas de email marketing. Mas as mídias sociais e os emails não precisam ficar separados em suas ações de marketing. Inclusive, recomendo fortemente o uso de Facebook Ads para aumentar sua base de assinantes. Por isso, criei abaixo um post com o passo a passo de como usar os anúncios do Facebook para montar sua lista de emails!

Usando lead ads para expandir sua lista de emails

A primeira opção de uso do Facebook Ads para montar sua lista de emails é a mais simples: fazer um anúncio de cadastro ou também conhecido como Leads Ads. Esta opção de anúncio do Facebook abre um formulário quando o usuário clica no seu anúncio, aumentando em muito suas chances de conversão. Isso acaba tornando ele o formato mais simples de se fazer entre as restantes opção de captura de emails, pois não exige a criação de uma Landing Page. No entanto, também tem alguns pontos negativos. Como não encaminha o usuário para uma Landing Page, quem se inscreve acaba tendo menos informação, gerando leads de menor qualidade. Recomendo que use este formato de anúncio apenas para quem já conhecer o seu trabalho.

Combinando posts no blog com Facebook Ads para mais assinantes

Uma estratégia que pode usar, caso tenha um blog, é criar um post que termine em um formulário de cadastro para que o visitante possa fazer parte de sua lista e promovê-lo através de um anúncio para o Facebook. Os passos necessários para que uma pessoa cadastre seu email são maiores que no método anterior, porém, o lead terá mais qualidade. Afirmo isso pois os lead ads são úteis para que tomem conhecimento de sua marca, mas isso não significa necessariamente que ele manterá um laço com seu conteúdo ou produtos.

O pouco interesse é menos provável do que o de um lead que encontrou um post promovido, achou o conteúdo relevante e assinou sua lista com o intuito de saber mais sobre os produtos e conteúdo que oferece, já que terão maior noção de como funciona seu negócio. Como o interesse do assinante foi gerado por uma publicação, o ideal é que alie isso a uma estratégia de marketing de conteúdo eficiente, para que ele sempre retorne à seu site.

Leads Ads

Usando landing pages com Facebook Ads

Ao invés de usar um anúncio no Facebook para promover um post em seu blog, é possível usá-lo também para guiá-los para uma landing page, especialmente útil caso não possua um blog - embora ambas as alternativas possam ser usadas, como falarei mais à frente. Usar uma landing page significa que levará o visitante diretamente à realização de uma ação, sendo ela a assinatura de email, nesse caso em específico.

O ideal ao utilizar landing pages para aumentar o número de assinantes é oferecer algo em troca, para que o leitor não sinta que foi apenas levado para que coloque seu email sem receber nenhuma contrapartida. Por isso, é recomendável que ofereça algum tipo de material, como um eBook gratuito - estratégia que eu mesmo utilizei em diversas ocasiões nos meus blogs -, vídeos exclusivos, infográficos ou período de testes gratuitos, caso venda algum tipo de serviço por assinatura mensal.

A vantagem em usar as landing pages é a qualidade dos leads que pode receber, caso faça boa segmentação na criação do anúncio para o Facebook. Já o revés é o trabalho extenso em criar uma campanha efetiva e uma landing page otimizada, possivelmente se tornando a mais cara entre as opções descritas até o momento.

3 principais dicas para anúncios do Facebook

Independente do método que escolha ou de seu objetivo, existem três regras básicas a seguir no momento de criação dos Facebook Ads. São elas:

Misture e teste continuamente

Apesar de mencionar cada uma das maneiras de usar Facebook Ads para montar sua lista de emails, de maneira alguma deve limitar-se a apenas uma. Recomendo justamente o oposto: que misture as estratégias, teste-as continuamente para então decidir qual a melhor maneira de usar os anúncios do Facebook. Dessa maneira, poderá otimizar o processo de captação e até mesmo de segmentação.

Por exemplo, pode colocar os assinantes vindos de seus lead ads em uma lista específica, enquanto àqueles que fizeram a assinatura através da landing page fiquem alocados em outro segmento. Dessa maneira, os assinantes de cada lista recebem emails de acordo com o nível de familiaridade com seus produtos e conteúdo.

Uma das ferramentas mais úteis do Facebook para que misture o tipo de anúncio que aparece é o retargeting, que, de forma resumida, permite que use um determinado segmento do público que já clicou em um anúncio receba outros tipos de ads. Um exemplo disso é a possibilidade de enviar lead ads com botão de cadastro de email para alguém que já clicou em um post de seu blog promovido no Facebook.

Como utiliza o Facebook Ads em seu negócio?

Agora é a sua vez: de quais maneiras faz uso dos Facebook Ads para promover seus negócios ou auxiliar seus clientes? Também o utiliza para aumentar sua lista de emails ou ainda não tinha pensado em abordá-lo dessa maneira? Vamos discutir sobre o assunto logo abaixo na seção de comentários.

2018/01/ 5

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte