Passo a Passo Para Montar o Seu Funil de Vendas

Aprenda a montar o funil e descubra como ele pode impulsionar seus resultados

Ter mais clientes e assim vender mais é o desejo de todos os negócios quando decidem abrir suas portas, porém, nem de longe é uma tarefa fácil e como conseguir este feito costuma ser uma questão frequente na cabeça de todos os empreendedores.

As pessoas têm demonstrado grande interesse no assunto vendas e isso de certa forma pode ser atrelado à internet, onde possibilidades de empreendimento surgem constantemente fazendo as informações sobre esse universo circularem.

Entretanto, nem tudo são flores e junto dos benefícios citados, têm surgido metodologias e dicas mirabolantes que prometem lucros irreais em tempo recorde (acho que ninguém esqueceu dos um ‘milhão e quarenta e dois mil reais aos 22 anos’, né?)

Calma! Arriscar não só está permitido como é essencial a quem visa alcançar resultados maiores, mas, antes de tudo, é preciso executar o básico com maestria. Por isso o bom e velho funil de vendas ainda é uma estratégia fundamental.

O que é funil de vendas?

Com mais de 100 anos, o funil de vendas é o modelo estratégico que desenha toda a jornada de um cliente para realizar a compra, desde o primeiro contato com marca até a sua fidelização. Parece simples, mas na realidade não é bem assim.

As estratégias do funil de vendas serão responsáveis por guiar o seu consumidor até o fechamento da compra, gerando interesse nele por etapas que geralmente passam por: descoberta, consideração e decisão.

Digamos que no funil o cliente é ‘monitorado’ para que seja possível oferecer a ele algo que consiga suprir sua necessidade, ou seja, realizar uma abordagem mais assertiva e consequentemente realizar mais vendas!

Pareceu útil? Confira agora o passo a passo para montar o seu funil de vendas!

1. Atenção especial ao topo do seu funil

O topo do funil de vendas diz respeito ao primeiro contato do cliente com você. Pense bem, ele ainda desconhece o seu produto/serviço, mas demonstra certo interesse em conhecer, logo, é como causar a primeira impressão a uma pessoa, a comunicação inicial deve ser a melhor possível.

O primeiro contato precisa gerar identificação, para que o cliente ache ali a possível solução do seu problema. A fim de potencializar essa sensação e encaminhá-lo ao meio do funil, é preciso fazer com que ele se cadastre em páginas, e-mails ou outros canais, para que assim, possa ser realizado contato sem mediação entre os dois lados, impulsionando os interesses dele.

Outro ponto: os consumidores hoje tem inúmeras opções, neste caso, ter domínio sobre o seu mercado é fundamental para oferecer algo único, diferenciando-se dos concorrentes.

2. Trabalhe o seu marketing

Todo mundo tem uma ideia mesmo que mínima do que é marketing e geralmente costumam associá-lo a ‘divulgação’. Em partes está certo, então falemos sobre divulgação.

Os consumidores perseguem credibilidade e consultam instintivamente a internet para tudo, não à toa, o marketing digital tem crescido progressivamente.

Metodologias como o Marketing de Posicionamento na Internet, ou MPI, da Doutores da Web, têm o propósito de posicionar empresas, produtos e serviços no topo dos maiores buscadores do mundo: Google, Yahoo e Bing de maneira 100% orgânica.

‘’Ok, o que isso tem a ver com funil de vendas?’’

A definição sobre marketing estava em partes correta, lembra? Pois bem, a função do marketing é também vender. Afinal, é preciso criar um encantamento no lead, trazendo-o para perto e esta arte o marketing domina como ninguém.

A metodologia da Doutores da Web - MPI, é fundamental para proporcionar maior visibilidade aos negócios que a utilizam, tendo em vista que, segundo o GoogleADwords, cerca de 100 bilhões de buscas são feitas mensalmente. Agora, imagine o quão fundamental para atrair leads qualificados é essa estratégia de marketing digital?

Mais detalhes sobre o MPI e Doutores da Web.

3. Aja na segurança

Atrair o consumidor é importante, mas perder a oportunidade de fechar venda é um erro que não pode ser cometido e acredite, comumente acontece.

Em outras palavras, prospectar e fechar poucos negócios é um desperdício de tempo, energia e quiçá até dinheiro! Para não cair nessa estatística, há uma medida interessante de ser adotada. Marketing e vendas alinhados!

Usemos novamente o exemplo demonstrado no segundo item, a Doutores da Web:

Há um cliente que pretende obter mais visibilidade em seu negócio através do MPI, correto? Logo, é preciso que o departamento de vendas esteja alinhado com o digital, pois, além da prospecção ocorrer com sucesso, a melhor estratégia pelo marketing é adotada e assim, a venda é fechada de modo seguro.

Leia também: Etapas do funil de vendas que podem ser otimizadas com o chat na loja

Qualifique seus leads

Mova e traga para perto os clientes certos nutrindo-os com informações/materiais que sejam relevantes a eles. À essa altura do campeonato está mais que claro: não adianta somente oferecer o melhor produto ao consumidor, é preciso encantá-lo e atraí-lo de diversas formas e informação é um caminho a ser explorado.

Melhor dizendo: oferecer picanha a um vegano não faz o menor sentido, por mais deliciosa que ela possa ser. Em suma, qualificar os leads fará com que o produto atinja a pessoa certa, no momento mais apropriado e a chance de uma venda ser feita é consideravelmente maior.

Quer saber mais? Conheça os canais da Doutores da Web: Site, Facebook, Twitter, Youtube, LinkedIn, Pinterest, LoveMondays e Blog.

2019/06/ 7

Se você curtiu esse artigo você também pode gostar desses ...

Dicas para ecommerce, conversão e suporte